Surge o favorito?

O Inter faz uma campanha admirável no Brasileiro. Surpreendente até para o mais fanático dos colorados.

Não se pode ignorar, contudo, a tabela de jogos que caiu sob medida – como de fosse uma encomenda – para dar confiança e encorpar a equipe.

Mais surpreendente do que a liderança isolada do campeonato, no qual o Inter vive 37 anos de seca, é a reação que percebo entre os vermelhos. Nada de euforia!

– Depois do jogo de ontem (vitória de 2 a 0 sobre o misto do Atlético) estou começando a levar fé – confidenciou-me um colega colorado, que tinha três aninhos de idade em 1979.

Uma trajetória como essa em outros tempos levaria os colorados ao delírio. As redes sociais estariam entupidas de manifestações ufanistas.

Com raras exceções, há muita discrição. A impressão que dá é que o pessoal não leva muita fé no time, em especial no treinador.

Seguidamente leio e ouço comentários críticos à atuação do time, mesmo em caso de vitórias.

Imaginei que os colorados, em especial aos da mídia, fossem se esbaldar com a vantagem do time no Brasileiro.

Mas não, o pessoal anda discreto, comedido, contido.

Percebo, inclusive, um certo constrangimento.

O técnico tão criticado, por seu trabalho de campo e suas entrevistas, está respondendo seus detratores com vitórias.

E como se sabe o que vale no futebol é o resultado.

Tudo mais é tese e especulação.

A realidade, hoje, é que o Inter de Argel começa a despontar como favorito ao título.

 

Os 15 anos 

 

Hoje, em vez de sair por aí cantando o hino vermelho, um grupo de colorados divulgou um vídeo debochado sobre os 15 anos do Grêmio sem um grande título.

Uma brincadeira saudável, sem problemas. 

Uma brincadeira que só foi ratifica a grandeza do Grêmio. Mostra o quanto o Grêmio é grande, porque ninguém mexe com os pequenos.

Já passou o tempo de um clube tão grande, tão superior, ficar sem um grande título.

Os gremistas começam agora a ter uma ideia de como foi sofrido para os colorados sobreviverem 23 anos na expectativa de conquistar um título mundial.

Foi um longo período de inveja, rancor e frustração. O Grêmio no topo do mundo.

Eu sei que doeu muito porque convivi com os colorados durante esses anos todos.

É o futebol, a paixão que ele provoca.

Uma paixão que faz o torcedor, marmanjo, perder a cabeça e trajar um vestido de debutante só pra gozar com os gremistas.

Decididamente, não há o que o futebol não consiga fazer com as pessoas.

Se gostou, compartilhe!

  • Fábio Viana

    Inter, o Leicester do Brasil.
    Também acho que os vermelhos estão bem. Estão aproveitando muito bem a tabela, sob medida, do Zanini. Acredito que até a 11ª rodada vão seguir nessa batida, depois a coisa encrespa.
    Mas até lá o time já terá muita confiança devido a campanha que vem fazendo e isso pode contribuir para seguir nesse ritmo.
    Até agora, a única ressalva é a quantidade de jogos em casa, 5 dos 8 jogados até agora, e pegar o Santos desfalcado e os reservas do São Paulo longe do Bêra. Mas não adianta ter a oportunidade e não aproveitar, e eles aproveitaram.

    Do nosso lado, preocupa, um pouco, a campanha fora de casa.
    Precisando de 8 a 9 vitórias fora para ser campeão, em 5 jogos conseguimos 1 vitória.
    Restam 14 jogos e precisariamos de 50% de aproveitamento para seguir na luta. O problema é que o cavalo passou encilhado contra o Corinthians(se reestruturando), Fluminense(sem estádio e sem torcida=campo neutro) e Chapecoense(pela qualidade do adversário). Não aproveitamos.
    Historicamente o Grêmio tem dificuldades de ganhar fora do Santos, Atletico-PR, Cruzeiro e Ponte Preta. Assim sobrariam 10 jogos “possíveis” de ganhar, tendo que fazer 7 vitórias. Complicado.

    É preciso se mexer senão vamos ficar só com vaguinha, de novo.

    Abs

    • Gustavo Medeiros

      Perfeita a análise.

      Só não acredito que podemos ser campeões.

      Ainda mais com o Roger voltando com seus medalhões. Ramiro na direita e Marcelo Oliveira na esquerda. Logo Bobô voltará a ser titular.

      Negueba, o novo Fernandinho, será mudança certa em todos os segundos tempos.

      Zaga falha muito por cima e Roger acha que são “circunstâncias” do jogo.

      Por mim, Roger poderia ter ido para o Corinthians.

    • Ilgo Wink

      Sem contratar jogadores que acrescentem qualidade vamos ficar de novo projetando o ano que vem.
      Negueba estourou minha cota de paciência, mas não vou cornetear.
      sou Negueba FC até prova em contrário.

  • Gustavo Medeiros

    Vou reiterar mais uma vez minha opinião.

    inter não vai ser campeão.

    Um time não se sustenta, em um campeonato interminável, como o brasileirão, na base do grito e da motivação.

    Julho e agosto a casa cai.

    • Ilgo Wink

      Vou confiar em ti…

  • Dilamar Costenaro

    Olha…eu estou com medo, o time deles está nos eixos, bem encaixado, além de terem um baita goleiro, pra mim eles e o Palmeiras são fortes candidatos, se nós buscássemos um goleiro bom que saiba sair do gol e passasse confiança pra zaga seriamos candidatos também, mas no panorama atual, um G4 seria uma façanha.

    • Ilgo Wink

      No mínimo eles pegam vaga para Libertadores 2017. No mínimo.

  • Francisco Coelho

    Roger não foi para SP por acomodação e não por conversa mole de agradecimento à direção por ter bancado sua continuidade após tantas derrotas.
    Trocar o certo pelo duvidoso e sabendo que lá a imprensa e a direção não perdoaria derrota e escalação esdrúxulas. Muito mais seguro e fazendo o que quer para um grupo que pouco entende de futebol.
    Com seus conhecimentos de mercado iria indicar quem para contratação? Kadu, Fred, Negueba ou deste nível… cai no mesmo dia com malho total da torcida.
    O resto é folclore.

    Roger não têm passado e não terá futuro neste rumo e escolhas.

    Outro fator é as escolhas de jogadores insuficientes ou mal tecnicamente como estamos vendo continuamente. Quando a espinha dorsal está mal o indivíduo anda torto.

    O Grohe arrasta o Geromel e Walace e Douglas terminam com Luan e Everton. Não há um esquema de jogo treinado exaustivamente que permita a troca de peças sem perder qualidade até por não ter qualidade escalada.
    Salvo raras exceções as escolhas do Roger são questionáveis em no mínimo 5 posições. A demora em entender o jogo ou ler o jogo e tentar mudar com 1 troca é impensável.
    Na maioria das vezes troca 6 x 3 ou 6 por 1/2 dúzia.
    A turma do futebol que também não entende vai contratando jogadores que não têm a qualidade ou questiona as indicações e vão empilhando jogadores com as mesmas características gastando sem necessidade.
    O pior é a desculpa de ter vindo de graça “só” pelo salário.

    • Ilgo Wink

      Patrono, essa do Negueba chegar e já entrar no time é demais pra mim.
      Se fosse um cara de exceção, tudo bem, mas é um jogador mediano, de histórico ruim.
      Essa história tá mal contada.

      • Francisco Coelho

        Meu querido Ilgo estamos no mesmo barco. Fosse um Gabriel Jesus, Scarpa, Renato Augusto ou o retorno de um Fernando é aceitável.
        Não podemos é admitir um jogador inferior aos que temos no plantel.

        Também não estamos vendo nenhuma evolução no Lincoln, Tontini, Tilica, Ty, Everton e P. Rocha pois não jogam regularmente. Só estes poderiam pagar a arena a vista e liquidar a fatura sobrando troco.

        Não foi por nada a exaltação do Douglas Costa sobre o trabalho do Pepe. A mão de um bom treinador faz o jogador evoluir.

        Volto a destacar o Nei Franco com o Fernando. O outro que vêm fazendo um bom trabalho é o Zidane. Aqui o Dorival é o destaque. Basta observar a seleção…

        Veja que até o RC correu para a Europa buscando encosto e fotos para construir uma imagem.

        Temos de reconhecer o trabalho do Ortiz no aprimoramento dos vermelhos. O Grêmio necessita de uns 3 para esta tarefa. Outro dia coloquei o nome do Nei e os 2 melhores na classificação do Paulista.
        Ninguém entendeu a colocação até só por conhecido apenas do Nei. Nem todos dão “sorte” na montagem ou campanha de um time.

        Para mim Nei provou que escolhendo formou uma seleção que voltou com caneco e soube definir a posição dos jogadores.

        Mano o “explicadinho nos mínimos detalhes” foi o Roger de hoje com as linhas…

    • Eder

      Pois é, não aceitou porque não suportaria a pressão. O problema é que agora o ego vai ficar ainda mais inflado… Se fosse mais humilde, com alguns ajustes no time poderia nos dar um título a curto prazo.

      Quanto ao Tilica, só teve chance em um jogo fora de casa e contra um adversário de tradição. Os garotos precisam ser testados em casa, em jogos contra times como Ponte Preta. O pobre do Batista nunca tem mais de 5 minutos prá mostrar seu futebol, enquanto o boboca tem várias oportunidades e não deslancha, me parece um Braian piorado, pois nem sabe cabecear.

  • Serrano

    Daqui a cinco ou dez rodadas a gente pode falar em candidatos.
    Até aqui, sendo sincero, não vejo ninguém despontando.

    • Ilgo Wink

      vou arrumar um oculista pra ti, ehehehe

      • Serrano

        Ilgo, todo mundo tá jogando uma bolinha bem curtinha.
        Alguém vai ser campeão porque alguém tem que ser.

        E se o teu medo é deles, pode ficar tranquilo. O deles tá guardado.

        • Ilgo Wink

          Amém!!!!!

  • Rafael – Jack

    Alguns números até a 8a rodada

    A. Jogos em casa/jogos fora
    Grêmio – 3/5
    Inter – 5/3

    B. Jogos contra times da “segunda página”
    Grêmio – 3
    Inter – 6

    C. Soma de pontos dos adversários enfrentados
    Grêmio – 94
    Inter – 73

    Tirem suas conclusões.

    • Ilgo Wink

      A matemática é interessante, mas não explica tantos gols de cabeça que podem levar um time a afundar, mesmo sendo superior

  • Fabio Scheffer

    Acho que o Inter até pode ficar no bolo na disputa pelo titulo.
    Mas pelo elenco e pelo treinador que tem está longe de ser favorito.
    Palmeiras (se o bom elenco der resposta), Atlético-Mg (se der liga), Corinthians (se acertar no treinador), Santos (se não vender a molecada) e o nosso Grêmio podem ser considerados no hall dos que tem potencial pra brigar pelo titulo.
    Parece que no brasileiro do ano passado o Sport Recife estava na liderança do campeonato até a 9 ou 10ª rodada (hoje estamos na 9ª).
    É a prova que ainda tem muita coisa pra rolar !!!