Saída pela porta da frente

É difícil avaliar a qualidade de um jogador jovem a partir de um jogo como o desta noite em que o Grêmio, com um time misto frio, foi eliminado pelo misto quente do Cruzeiro por 2 a 0, gols nos minutos finais.

Quem quiser que sentencie se este ou aquele jogador deve largar a bola e estudar, ou que está ali um projeto de craque.

É muito arriscado opinar com amostragem tão pequena.

Pedro Rocha, lançado por Felipão em 2015, certamente não agradou a todos quando começou a aparecer entre os titulares, que normalmente oferecem melhores condições para que um jovem desabroche.

Lembro-me que PR jogava mais pelo lado direito na época, e até pelo miolo do ataque. Não sei se chegou a jogar pelo lado esquerdo. Acredito que não.

Não esqueço dos murmúrios e até de vaias ao iniciante, que também em alguns momentos arrancou aplausos e convenceu alguns de que ali estava uma pedra bruta a ser lapidada.

O trabalho começou com Roger Machado, que começou a insistir com PR pela esquerda, marcando e atacando. Foi um período em que o guri, ainda inseguro e sem conhecer suas reais potencialidades, dividia opiniões. Ah, e os gols perdidos, então.

Com a chegada de Renato Portaluppi, que de atacante entende alguma coisa, Pedro Rocha começou a ver seus caminhos rumo ao estrelato se abrirem, se iluminarem.

PR foi jogador decisivo, fundamental na conquista da Copa do Brasil de 2016. Sem ele o título não teria acontecido. Estou convencido disso.

Pois bem, além de contribuir para romper o jejum tricolor, PR agora ajuda a salvar as finanças do clube num momento crítico.

Foi negociado ao Spartak por 12 milhões de euros, uns 45 milhões de reais. Dinheiro para ninguém botar defeito, dinheiro graúdo até para muitos dos ladrões da lava-jato.

Os russos acreditavam que poderiam tirar nosso menino de ouro por 8 milhões de euros. Mas a direção do Grêmio – mesmo pressionada pelo déficit de 60 milhões – conseguiu elevar o valor para 12 milhões. Ou tudo ou nada. Deu certo. Importante registrar que todo o dinheiro é do Grêmio, coisa rara hoje em dia.

Depois da recusa de Luan, que se encaminha para imitar o sujeito aquele, os russos foram com tudo em PR. O Grêmio tirou proveito da situação durante a transação.

Pedro Rocha, quem diria?, virou uma estrela do futebol. Vai brilhar no Spartak e logo estará vestindo a camisa de um clube da primeira linha da Europa. Porque joga muito, tem potencial para evoluir e, acima de tudo, porque tem um bom caráter.

A lamentar apenas que o time não terá o guri no segundo semestre.

Pedro Rocha é a prova de que se pode enriquecer num clube e sair pela porta da frente, podendo voltar como se nunca tivesse saído.

 

PRIMEIRA LIGA

Sobre o jogo em Minas, sem dúvida o goleiro Léo Jardim foi o maior destaque. É um goleiro em condições de disputar posição com Marcelo Grohe.

Gostei do Conrado, do Jean Pyerre (este com um potencial enorme) e do Patrick. A dupla de área até que foi bem. O time do Cruzeiro era superior e mais experiente.

Já o Grêmio atingiu seu objetivo: menos uma competição pra atrapalhar.

Se gostou, compartilhe!

  • Cuca Beludo

    Eu me contentava até com esse título da primeira liga, agora é rezar para não transformar o melhor ano em decepção.
    E por favor chega de poupar o time todo, nenhum torcedor merece isso.

    • Dilamar Costenaro

      Esquece, a turma do chinelinho não joga quarta e domingo, é desumano.

  • Lillian Moraes

    Minha análise ‘sofisticada’ do Grêmio desta noite: não tentem fazer sabão porque será soda jogada fora!

    Salvou-se o Patrick e parcialmente goleiro e zaga, porque sofreram e tiveram que segurar durante todo o jogo. O que mostra que esta molecada medonha de ruim nem tentou jogar, só os mais já mais conhecidos lá atrás tentando evitar uma goleada. E até que foram bem.

    Leonardo, Esperon, Caio, Machado: pode mandar estagiar no departamento de manutenção do CT, porque não nasceram pro futebol.

    Duvido que se chamar 50 guris da várzea do interior do RS pra uma peneira não saem meia dúzia melhores que os dois laterais de hoje. Como podem ser tão ruins e constarem no plantel do Grêmio???

    • Fábio Viana

      Esse aí com certeza corneteava Pedro Rocha e chama Luan de soneca.

      • Lillian Moraes

        Oi Fábio, corneta da corneta.

        Desde cedo, quando o PR errava muito nas conclusões e o Luan dava uma boas apagadas durante os jogos, via-se que eles valiam o risco do investimento na soda (rsrsrs). Mas metade dos guris de ontem não valem. Ou te anima ver o Leonardo, o Kaio, o Conrado?

        Entendo que não tem outro jeito senão experimentar a gurizada pra ver se dá um caldo (um sabão, pra fica na piada). Mas tem o tempo de descartar também. E alguns eu estou seguro que já poderiam fazer andar e tentar outros. É tentativa e erro, não tem jeito. Só que quando se erra na tentativa, tem que fazer a fila andar pra deixar lugar e oportunidade pra outros e assim por diante.

        Eu morava em Minas quando o Grêmio buscou o Werley e fiquei louco com aquilo. O mesmo com um volante que se chamava Nunes, ou com o Marcelo Oliveira que não rendeu bem em lugar nenhum, ou com o Mamute que poderia estar no MMA mas não no futebol. Ou seja, não é impossível prever alguns desfechos. São raros os que nos surpreendem positivamente, como o Geromel. Mesmo assim, era para mim desconhecido, ou seja, não tinha muitas expectativas e nem duvidava. E mesmo assim, é um caso em talvez em uma centena de tentativas. Lembre do Walace Oliveira, por exemplo. Quando não rende nada em uma dezena de testes, não adianta esperar que por milagre o cara vai apender a jogar de uma hora pra outra. E os que tem potencial, ao contrário, é possível perceber cedo, como foi co o Neymar, como foi com o Pilantra e agora com o Patrick, talvez o Jean Pierre.

  • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

    QUE PENA, PEDRO ROCHA !!!!!

    Ilgo, como ousas elogiar o Treinador Renato Portaluppi que fez ”também” do Pedro Rocha um ”sábio” nas finalizações após a sua chegada em setembro 2016 ????? Como você mesmo diz: ”não cutuca”.

    Pois é, lá se vai o Pedro Rocha por um bom dinheiro e sem o bestalhão do Zini GLU GLU Pires da RBS ter dado um pitaco se quer durante este ano maravilhoso do bom atacante do Grêmio com suas barrigadas em sua coluna, pois a IVI estava mais preocupada com o glamour de um título nacional do BBinter na 1ª Liga, e não veio.

    É evidente que lamento a saída do Pedro Rocha neste momento do time, mas achei um bom negócio para os clubes e para o jogador que vinha realmente crescendo muito nas mãos do Renato que acabou colocando também o Arthur no radar da Europa e junto com Luan não deverá ficar após a janela de janeiro, se bem que eu acho que o Luan renova seu contrato por mais dois anos com o Grêmio até setembro 2020. Como dizia o Capitão Carlos Fronner ”vamos ver”.

    Sobre a 1ª Liga, gostei muito do goleiro Léo, achei que o Thiery foi bem no jogo e que Jean Pyerre tem futuro na meia por ser um jogador bem clássico, mas do Patrick eu esperava bem mais. Fomos longe no jogo e o resultado ficou barato pelo tanto que nosso goleiro trabalhou.

    Que Pedro Rocha seja muito feliz, pois merece, e é realmente um jogador de grande futuro na Europa.

    • Fábio Viana

      Sobre Lincoln, péssimo negócio. Vai para uma liga “terciária”, para um time totalmente desconhecido, talvez nem tenha estrutura para ele desenvolver/amadurecer. Num país completamente oposto ao Brasil, em todos os sentidos. Seria melhor uma 2ª divisão espanhola, 2ª divisão italiana ou um Marítimo da vida.
      Volta em 4 meses, sem os turcos pagarem o empréstimo e o seus salários.

    • Dilamar Costenaro

      Esse Lincon nunca me agradou, nunca vi nada nesse cara, Pedro Rocha sim, evoluiu muito no último ano, se mostrou um jogador disciplinado taticamente, e bom de grupo, certamente fará muita falta, não acredito mais em título esse ano, com esse desmanche.

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Ainda tenho esperanças do Lincoln no futuro, pois lembro que o Yuri Mamute teve passagem por várias seleções de base, teve inúmeras chances no time, e foi outra grande mentira.

        • HENRIQUE MARTINS

          Pois este Lincoln é uma espécie de Bruno, a eterna promessa.
          Ou quem sabe, Maílson….todos de categoria de base da seleção mas que nunca vingaram.
          Na verdade nunca me convenceu, balaqueiro e enganador.
          Vejamos…quem é realmente bom entra e joga, ex: Traíra e Arthur.
          Abçs

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            De pleno acordo, Henrique. Vamos aguardar mais um pouco, pois temos amigos Gremistas que acham que ”tudo” é para acontecer amanhã porque ontem deu errado, mas esqueceram de viver ”o hoje”. Abraço.

  • Deny Camargo

    Ilgo comentei recentemente em algum post que o único jogador que o Grêmio sentia falta quando não jogava era o Pedro Rocha. Não tem ninguém no plantel que defenda e ataque com a mesma qualidade. Prova é que a derrocada do Roger começou quando tirou o Pedro Rocha do time. Depois nunca mais se encontrou…

    Acho que foi uma venda ruim para o jogador e para o clube. O PR estava em ascensão vertiginosa. Daqui uns 6 meses poderia estar valendo uns R$ 20 milhões e é o tipo de jogador que cairia como uma luva em mercados maiores como o futebol inglês e o alemão. Não precisava ter ido pra Rússia.

    Preferia mil vezes que tivesse saído o Luan

    • Deny Camargo

      *errata: 20 milhões de euros não de reais.

  • Fabiano SC

    Lamento demais a saída do Pedro Rocha e acho que a partir daí todo nosso fim de ano está em risco, pois poucos são os jogadores como ele no futebol brasileiro. Quem irá substitui-lo? Everton? Além de ser infinitamente pior jogador, não faz a função tática que PR32 faz.
    Para mim, além dos gols da final da Copa do Brasil ficará marcado o gol feito dias atrás, onde ele roubou a bola na nossa área e concluiu o contra-ataque na área adversária, abrindo o placar. Isso mostra o potencial dele e que o fará ser valorizado na Europa e jogar em clubes grandes, possivelmente da Inglaterra (acho que cai como uma luva no tipo de futebol jogado na Premier League).
    Preferia que tivesse saído o Luan, que além de dar mostras de que irá se mandar para qualquer lugar assim que estiver livre para assinar contrato, em fevereiro, parece jogar só quando tem vontade, o que não é sempre que acontece. Talvez seja essa a diferença de caráter para Pedro Rocha.
    Enfim, finanças salvas até dezembro e títulos sob risco total.

  • Luciano Castro

    Bom dia Ilgo e demais. Triste pela ida do Pedro rocha, mas entendível. Preocupado com as opções de grupo, nao me refiro ao Pedro Rocha. Me refiro a meia cancha (considerando uma renovação do Luan). O Lincoln esta sendo emprestado e era no momento a reposição imediata do Luan. Perdemos Gaston, perdemos Bolanos, Douglas voltando (acima do peso e sentiu joelho, nao da pra contar com ele por enquanto). Apostar no Patrick ? Apesar de ver muito potencial nele (ate no Jean Pierre) são muito novos. Sem contar que o Patrick se machucou. Temos reforços que julgamos reforços, mas na pratica nada acrescentam ainda como Beto da Silva e Arroyo(este ultimo mais recente). Nao sei se a direção pensa em reposição e se e possível novas inscrições nos campeonatos restantes.

  • Fábio Viana

    Pedro Rocha vai para um time que pode abrir portas para ele em outros centros europeus. Ainda mais jogando futebol moderno de intensidade, velocidade e técnica. Logo logo vai estar em um grande europeu.
    Vai jogar fase de grupos da Liga dos Campeões no Old Trafford e Estádio da Luz, sensacional.

    Muito feliz pelo nosso PR32.
    Deixo meu comentário após o 1º jogo contra o Galo ano passado. Seu maior jogo pelo tricolor, que o marcou para sempre na história do clube.

    Fábio Viana 9 months ago

    Grande jogo! Sensacional! E que show da torcida tricolor!

    Isso é Grêmio.

    Muito feliz pelo protagonismo de Pedro Rocha.

    Jogador abnegado, humilde, valente, veloz e matador.

    Jogador contestado e subestimado pela torcida. Ano passado já havia mostrado seu valor, sendo um dos pilares junto com Luan de falso 9 do Grêmio de Roger e que só virou reserva por causa da pressão pelo aipim.

    Brilha novamente e em um momento histórico desse clube.

    Vai ganhando o destaque que merece.

    Estamos muito perto.

    #QueremosaCopa

    Ps.: vamos ser campeões sem aipim e sem volante brucutu.

    Abs.

  • Alexandrebg

    Sinto como se um parente querido estivesse de mudança para um país distante…
    Quem lê meus comentários sabe da minha admiração, desde o seu início nos profissionais, pelo Pedro Rocha.
    Acho que o Éverton terá a oportunidade de deslanchar agora…
    Penso que jogando a bola que estava e com um título no final do ano, ele estaria valendo muito mais, mas não controlo as finanças do Grêmio, por isso não posso dizer com certeza se era ou não o momento de vendê-lo.
    Boa sorte Pedro! Até a volta.

  • Alexandre

    PR é um jogador muito subestimado. Faz uma função importante para o time, tendo que não só participar das jogadas ofensivas, como também defender pelo lado esquerdo, de área a área.
    É natural, por todo esse esforço, que ele se desgaste muito durante as partidas, caindo consideravelmente de rendimento no 2° tempo. Todo esse esforço, cobra seu preço também na parte ofensiva, fazendo com que chegue mais cansado do que seria o ideal para concluir as jogadas no ataque e, dessa forma, errando mais.
    E é aí que entram as críticas sobre o jogador. Com razão, muitas vezes, mas nem sempre. Claro que ele erra gols imperdíveis volta e meia (aliás, como todo atacante do Tricolor atual), mas no esquema tático, com a função que lhe foi dada, ele consegue produzir muito para o time.
    Eu gostaria muito de ver o PR jogando mais solto, sem precisar fazer o vai-e-vem constante que ele é obrigado a fazer no Grêmio. Imagino que poderia evoluir e se tornar ainda mais importante para o time, mais eficiente na parte ofensiva.
    É uma pena que ele tenha que sair agora.

    Pode-se dizer que a direção se preparou para vendê-lo. Trouxe Beto e Arroyo, para somar-se a Everton e ‘dinho, todos jogadores de lado de campo.
    Mentiria se dissesse que conheço os gringos, portanto vou dar tempo para eles. Conheço os brazucas bem o suficiente para não acreditar que um deles possa substituir PR à altura.
    ‘dinho joga melhor pelo lado direito, e creio que Renato concorde com isso, pois normalmente o escala por lá. Já Everton rende melhor centralizado.
    Nenhum dos 2 têm a capacidade de marcação do PR. Isso pode ser um problema gigante para o lateral esquerdo, que convenhamos são bem fracos. Sem um parceiro que consiga ajudar na marcação da mesma forma, tendem a ficar mais expostos e expor ainda mais suas deficiências.

    Enfim, não é uma negociação que eu teria feito, pelo menos não nesse momento. Têm muita gente que pensa que o Everton pode ser uma alternativa melhor, e talvez os dirigentes pensem da mesma forma. Eu discordo frontalmente.
    Vamos dar alguns jogos para ver como o time se comporta. Eu desconfio que o time terá dificuldades nessa sequencia, embora espero estar redondamente enganado.

  • Alexandre

    Sobre o jogo: placar normal, visto que jogamos com um time inexperiente e desentrosado. E eles foram com vários titulares ou reservas imediatos. No fim, o Grêmio até que resistiu bastante e bem que poderia ter saído com um placar melhor.
    Minha avaliação sobre os jogadores:

    Léo: melhor partida no Grêmio. Na minha opinião, superior a que fez contra o Flamengo, em que fez boas defesas. Senti mais segurança nele hoje. Espero que continue essa evolução.

    Leonardo: não foi tão mal como nos jogos anteriores, mas nitidamente não tem bola para jogar aqui.

    Thyere e Bruno Rodrigo: foram bem. São dois reservas razoáveis, mas eu preferia que tivéssemos outros. Acho os dois inconfiáveis, principalmente o Thyere. BR é uma decepção. Quando chegou achei que poderia ser um ótimo reserva, sem que o nível caísse tanto, mas não tem sido assim.
    Grêmio precisa de zagueiros pra temporada que vem.

    Conrado: é um meia de origem, por isso tem deficiência na marcação. Não acho que tenha futuro.

    Machado: jogava muita bola na base, mas como profissional vem mal. Ontem, quase entregou duas vezes.
    Tem um bom passe, técnica, mas ainda tem que evoluir bastante.

    Kaio: volante marcador, sem qualidade com a bola. Não tem espaço no Grêmio atual.

    Jean Pierre: muito técnico, boa visão de jogo, sempre me chamou atenção na base. É lento, no entanto. Tem muito futuro se bem trabalhado.

    Patrick: foi o melhor ontem. Drible, velocidade, visão de jogo, gostei muito. 18 anos só, tem potencial pra evoluir bastante.

    Esperon e Dudu: pouco jogaram.

    Dionata: entrou bem. É rápido, forte, chutador. Jogando aberto pela esquerda, pode ser um opção ao PR daqui a um tempo.

    Batista: joga nada.

    Beto da Silva: péssimo 1° tempo, onde apanhou da bola o tempo todo. Melhorou no 2°, já conseguindo segurar a bola na frente, trocar passes. Normal que tenha sentido, uma vez que não jogava há muito tempo. Me parece um jogador de lado de campo, embora tenha atuado centralizado ontem.
    Cedo pra fazer qualquer avaliação conclusiva sobre ele.

  • Daniel Scherer

    Bom, sobre a eliminação nada a declarar, era um campeonato que o Grêmio abriu mão em Março, quando o Romildo deu uma das declarações infelizes do ano, que a prioridade era evitar o hexa do cocolorado no Noveletão. Lá naquele momento eu achei que a prioridade deveria ser essa 1 liga, que o Grêmio brigou para criar. Mas isso é passado, então eu não estou entre os que lamentam essa eliminação, lamentei lá atrás. Por coerencia, não faria sentido colocar time titular em uma competição em que só jogou a baba. Então tudo certo.
    O jogo para mim serviu apenas para analisar individualmente (coletivamente analisar o que de um time composto por reservas dos reservas e alguns guris, então falar sobre coletivo deste time pra mim é impossível) em que alguns demonstraram que tem sim potencial, se vão vingar é outra história. Deve ser dado também o desconto de que o coletivo pode puxar a individualidade para cima ou para baixo, no caso ontem, para baixo. Jean Pierre, Patrick foram os que mais me chamaram a atenção, nada demais a ponto de rótulos. Já o Kaio, teve várias chances e nunca demonstrou evolução, ontem foi um desastre. Leonardo pode voltar para o Boa Esporte pois também já teve oportunidades de sobra para mostra algo. Goleiro Léo não me surpreendeu pois considero um bom goleiro. No mais, fico com a análise do Alexandre. Cruzeiro no meu ponto de vista estava próximo de um fiasco, colocou um mixto muito quente e penou para ganhar dessa baba do Grêmio. Única coisa que fica é lamentar a eliminação para esse time na copa do Brasil. Mas também já é passado.
    Quanto ao Pedro Rocha, lamentar apenas o momento, com as oitavas de final da LA na porta, mas não há o que se fazer. Nem vou entrar na seara de que o clube é de futebol e não banco e blá, blá, blá. Ah mas os outros não venderam, mas será que não venderam porque não quiseram ou porque não haviam interessados??? Futebol no Brasil é assim, foi assim e será assim por algum tempo ainda.
    Enfim, quem entra no lugar? Arroyo? Não tem como saber. Cebolinha? Não vejo como, é outra característica. Fernandinho? Certamente Renato vai colocar ele em um primeiro momento. Ou talvez colocar o Maicon e fazer o Arthur desempenhar esta função pela esquerda tal qual o Ramiro na direita, vai saber. O tempo dirá.
    Futuro. Espero que parem com a palhaçada de poupar no brasileiro. 1 semana e meia de folga e quero ver o time sábado, se vai entrar mordendo ou vai ficar de frescura. O Brasileiro pode ficar em aberto se o Grêmio quiser, mas parece que estou vendo que contra o Vasco vem a palhaçada de poupar todo o time de novo, lembrando que o jogo foi antecipado. Então dá para colocar os titulares nos dois jogos e tentar ainda buscar os gambás, a sequencia deles é muito pior que a nossa nesse início de 2 turno. Tentar pelo menos é o que eu espero.

    • Fábio Viana

      Achava que entraria o Maicon, mas esse não joga mais esse ano. Nem imaginava que era tão séria a sua lesão.
      Vamo de Fernandinho, então.

      • Daniel Scherer

        Maicon um a menos. Agora está ficando preocupante de verdade. Douglas
        pelo visto não volta tão cedo, Arroyo não se adaptou a máscara, temos
        Léo Moura, Fernandinho, Éverton e ?????

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          Tens razão, amigo Daniel, mesmo que você mantenha sempre o perfil correto de criticar os erros e ”nunca” esquecer os acertos (admiro isso), nós vamos ter que ler por aqui que a culpa é do Bolzan porque não contratou umas feras do nível de Paulinho, Caçapava, Ronaldo Assis, Bruno Soneca, Messi, Braian Rodrigues e segue o baile de críticas ”contumazes”. Oremos.

          P.S.: Realmente preocupa o Maicon, Douglas, Arroyo, saídas de Bolaños, Lincoln, Pedro Rocha e ainda podem sair Luan, Arthur, etc & etc ….. ou seja, amigo, temos que ter um plantel de 59 jogadores & meio para agradar esta podre e frágil urubulândia.

          Oremos outra vez, pois é muito fácil fazer futebol na cabeça de urubus. Abraço.

  • Luis Augusto Waschburger

    Sobre Pedro Rocha:
    Evoluiu nas mãos do Renato. Eu era um que não acreditava no guri. Me rendi. Mas há de se destacar que era outro jogador com Roger. Assim como fez com Ramiro, Renato também foi fundamental para a melhora do PR32.
    É uma pena a saída neste momento.
    Tenho receio que estejamos desmontando o time.

    Sobre o jogo de ontem:
    Assisti ao 2º Tempo. Sofrível.
    Destaque ao goleiro, o que é esperado. Goleiros de times fracos e bagunçados que só se defendem tendem a se destacar mais (vide Danilo Fernandes ano passado.
    Jean Pierre foi bem.
    Beto da Silva quero ver mais. Ontem jogou isolado e centralizado, fora das suas características.
    De definitivo, o fato que Bruno Rodrigo é um zagueiro muito lento. Leva alguma vantagem na bola aérea, mas, por baixo, não joga no time da firma.

    Sobre o futuro:
    Maicon também está fora até o fim do ano.
    Diferentemente do Renato, eu gosto do Everton aberto na esquerda. É verdade que ainda não está no nível do PR32, mas assim como este aprimorou as finalizações e subiu de rendimento, talvez Everton também possa.
    Receio que o tempo seja curto para que algum dos estrangeiros encaixe no time.
    Talvez para o ano que vem…
    Me preocupa a renovação do Luan.
    Me angustia não saber como o time titular está.
    Se o desempenho ridículo diante do Cruzeiro foi um ponto fora da curva ou indica uma descendente técnica e física.
    Como prêmio pela eliminação da CB, ganharam 10 dias de folga.
    Espero que, tendo sido eliminado de 3 das 5 competições do ano, o clube bote os caras pra jogar e parem de frescura.
    Acho que a desculpa do cansaço e desgaste não cola mais.
    Mas, sinceramente, temo que, o que podia ser um grande ano, vire um grande fiasco.
    Temos alguns jogadores em flagrante queda de rendimento, como Edilson e o próprio Ramiro. Pra mim, os titulares seriam Léo Moura e Maicon, que agora machucou.
    Contra o Sport, que seria o jogo para recuperar a auto-estima, vamos sem Pedro Rocha, Maicon, Luan e Barrios.
    Não tô gostando do rumo desta prosa.

    • Ilgo Wink

      Nenhum gremista deve estar gostando, caro LA
      Eu estou pensando em passar um tempo meditando no Tibet

  • wilson santos

    Dos guris, Patrick e Jean Pyerre tem futuro.
    Dionatã parece bom também.
    Os outros nâo mostraram nada que chamasse a atenção.
    Beto da Silva foi muito mal, esperava mais dele, me pareceu molenga igual o Lucas Coelho.