Roth, Renato e a urgente volantização do Grêmio

Celso Roth tem seus defeitos, mas ele guarda uma virtude que aprecio muito: gosta de armar seus times a partir de volantes. O Tite, que deveria ter voltado ao Grêmio há muito tempo, também é assim. Idem o Mano. E mais que idem o Felipão.

O Grêmio campeão da Libertadores com Felipão tinha três volantes: Dinho, Goiano e Émerson. Mais solto, Carlos Miguel. Na frente Paulo Nunes e Jardel.

É claro que ter três volantes não garante vitórias, mas é uma base para armar uma equipe capaz de vencer mais do que perder.

Se a felicidade não existe, não passa de um número maior de situações felizes; também não existe o time imbatível, mas aquele que vence mais do que perde. E, principalmente, vence na hora certa, na hora da decisão.

O Inter encarou o SP com três volantes. Dois deles reservas, só Tinga de titular. Mas manteve a estrutura, a ideia, a proposta, a filosofia de jogo.

Coisa simples, mas talvez por ser tão simples não existe no Grêmio, que ficou sofisticado com seu presidente fashion e com aquele vice que inventou o gentleman Autuori.

O Inter venceu por 3 a 1, humilhou o SP diante de sua torcida. O SP virou freguês de caderno.

Gostaria que Renato Portaluppi se mirasse nos técnicos que citei, e não no Silas, ou no Autuori, que passagem danosa pelo Olímpico. Renato, como seu antecessor, gosta de jogar com dois volantes. E, a exemplo de seu antecessor, vai dançar logo, logo, e com ele o Grêmio.

A salvação de Renato, e do Grêmio, é mudar seu conceito. ainda há tempo. Se ele tivesse dois meias de grande qualidade, ainda seria aceitável que mantivesse o esquema atual, mas nem Douglas, e muito menos e ventilador Souza, que parece ter um cérebro do tamano de uma ervilha, são craques. Longe, muito longe disso.

Gosto do Douglas, e também acho que Souza, em forma, pode ser útil. Mas não é o que estamos vendo. Não há nada que justifique sua presença no time. Ainda mais que no banco está Maylson. Ah, mas Maylson é comportado, não cria caso, não dá declarações polêmicas, não fala demais. E ainda por cima é da casa. E se é da casa, que espere sua chance, que virá quando ‘os de fora’ não puderem jogar.

Maylson não é o salvador da pátria, mas ao menos com ele se reconstitui um modelo que deu certo no próprio Grêmio, três meses atrás.

Não há no Olímpico alguém para encostar no Renato e transmitir essa informação pra ele? Ou já fizeram isso e ele não deu bola?

E mais: quando contrataram Renato não perguntaram qual o esquema que ele gosta de usar? Ou se preocuparam apenas em trazer um nome para sacudir a torcida?

Não é assim que se faz futebol.

Futebol exige planejamento, seriedade, organização. O factóide no futebol tem a duração de um grito de gol.

Se Renato não seguir o exemplo de Roth, povoando o meio-campo com jogadores que marquem e saiam rapidamente para o ataque, será atropelado e sequer terá tempo para anotar a placa.

Volantização é a salvação!

Vamos ver o que ele fará contra o Avaí. Estou começando a ficar apavorado. Pior que isso só o que estão apontando as pesquisas eleitorais.

Se gostou, compartilhe!

  • Eu estou rezando por um gol salvador contra o Avaí, pois nos últimos embates em Floripa a coisa não foi nada boa!

    O Renato é mágico e como tal apenas arquiteta esquemas que somente ele entende, como diria o Reche, professor pardal!

    No último jogo ao sacar o Adilson, único que da consistência ao meio-campo, e, pasme, manter o ventilador de hélice quebrada, Souza, cometeu um grave erro, provou não entender nada de tática ou esquema, pois somente um time equilibrado é capaz de angariar vitórias.

    Vou sugerir ao ODONE que contrate o JACK BAUER, do seriado 24 horas, para organizar o time, só assim se coloca ordem na casa, ehheeh!

  • Anonymous

    Ilgo, que bom que tens revisto tua posição quanto ao Celso Roth. Mas lembro aos demais botequeiros que antes dele ir para o Inter, não era permitido falar em Celso Roth sem levar uma chinelada.
    Celso Roth é um dos 3 melhores tecnicos do Brasil.
    Por que será que o Gremio quase foi campeão em 2008 com um time ridículo? Bom mesmo era o Roth, já que o elenco era fraco.
    Abraços
    Cláudio

  • Leandro M

    Ilgo,

    onde eu assino? Perfeito!

    Leandro

  • Anonymous

    Ilgo, há anos que o Tinga é terceiro homem do meio e não mais volante. Na Alemanha ele nunca jogou de volante.

    É bom este empresário do MAYLSON…deve estar pagando um bom jabá pra todos os cronistas esportivos do RS pra elogiarem o cara, que não tem nada demais. Se realmente fosse a salvação da lavroura, o Grêmio já o teria vendido há muito tempo, assim como os “maravilhosos” Adilson “Mestre dos Desarmes” e William Magrão.

    Engraçado que não tem mais olheiro de time europeu querendo ver Maylson ou Adilson. E mais engraçado é que eles têm passaporte comunitário europeu e sequer um time sem expressão da ROMÊNIA ousa mandar uma proposta do DUDA.

    E isto que vocês não cansam de dizer que eles são o máximo !!

    Na boa, esta gurizada da base ai tá fraca demais pra ficarem elogiando.

  • Historinha breve.
    Um clube com grande torcida e um estádio para 60 mil pessoas após péssimas administrações e negociatas de dirigentes acabou quase falido devendo uma vela para cada santo.
    Visando salvar a pátria o governador do estado mexeu pauzinhos e colocou um empresário e político na administração elegendo-o presidente do clube. Foi contratado um gerente remunerado para tocar o futebol. Após trocas de técnicos e elencos sem resultados significativos em 12/09/2010 o time dependendo só de um empate para continuar é derrotado com os jogadores passeando em campo.
    Fora de todos os campeonatos validos são demitidos o gerente de futebol e o treinador atual.
    Assume o treinador da base e com a base na base disputa uma partida de torneio vencendo e convencendo com jogadores desprezados pelos técnicos anteriores.
    Esta historinha é do Santa Cruz de Recife – PE.
    Raimundo Queiroz e do treinador Givanildo Oliveira são demitidos.
    Os jogadores Paulinho Pedalada, Alyson e Alexandro, contratados para reforçar a equipe tricolor no mata-mata contra o Guarany/CE, já acertaram seu desligamento com o clube coral.
    O goleiro Darci; os zagueiros Leandro Cardoso, Menezes, Sidraílson e Luiz Eduardo; os laterais Gilberto Matuto, Paulo César e Osmar; os volantes Goiano, Dedé e Evandro; os meias Alex Oliveira e Jackson e os atacantes Brasão, Souza e Jadílson.

    SANTA CRUZ/PE 2X0 CONFIANÇA/SE: CONFIRA A FICHA DO JOGO
    Publicado em 17 de setembro de 2010, às 00:03
    Por Redação CoralNET
    Jogo: Santa Cruz/PE 2 x 0 Confiança/SE
    Campeonato: Campeonato do Nordeste / 1º Turno / 1ª Fase
    Data: 16/09/2010
    Hora: 20:00
    Local: Recife/PE
    Estádio: Arruda
    Árbitro: Eder Caxias Aleixo (PB)
    Auxiliares: Luiz Felipe (PB) e Alan Dellon (PB)
    Público: 395
    Renda: R$ 3.650
    Santa Cruz/PE
    Escalação: Baggio, Memo, Éverton Sena e Douglas; Mizinho, Paulino, Wellington, Victor Hugo (Laranjeira), Natan (William) e Renatinho; Gilberto (Netto)
    Técnico: Henry Lauar
    Gols: Gilberto e Victor Hugo
    Cartões Amarelos: Éverton, Mizinho, Victor Hugo e Gilberto
    Confiança/SE
    Escalação: Rodrigues, Gonçalves, Breno e Valdosn; Dedé (Thalyson), Raulino, Ciro ( Neném), Da Silva e Saci; Reinaldo Aleluia (Binho) e Amauri
    Técnico: Maurício Simões
    Cartões Amarelos: Dedé, Raulino e Binho
    Cartões Vermelhos: Da Silva

  • please pay a visit to the internet sites we comply with, such as this one, because it represents our picks through the web