Robinho, uma boa ideia sob determinadas condições

Se a contratação de Robinho significa esquecer nomes como o venezuelano Josef Martinez – tão elogiado pelo diretor Rui Costa que deve ter visto muitos jogos desse ilustre reserva do Torino – quero dizer que, em princípio e sob determinadas condições, sou a favor.

Robinho, mesmo parecendo um ex-jogador pelas notícias que chegam da China, pode dar ao time qualidade técnica, incluindo aí capacidade de finalização, experiência e, com o prestígio que ainda tem, contribuir para impor-se diante das tenebrosas arbitragens da Libertadores. Imagino que Robinho, pelo prestígio acumulado, pode fazer com que os homens do apito e das bandeirinhas pensem duas vezes antes de nos sacanearem. Quem no time do Grêmio tem essa condições de respeitabilidade no exterior?

A presença de Robinho no grupo, desde que realmente disposto a jogar e a se comprometer com o clube, serviria de estímulo e exemplo aos mais jovens. Lincoln, Éverton e Pedro Rocha teriam muito a aprender com Robinho, que já não dá pedaladas mas que hoje apresenta outros atributos que só o tempo pode acrescentar.

Bem, colocados os pontos positivos da contratação de uma estrela capaz de, num primeiro momento, ampliar o número de sócios do Grêmio, não se pode ignorar o custo dessa operação.

As informações indicam que investidores pagariam a maior parte de uma remuneração que chegaria a 700 mil mensais.

O problema é que não existe almoço grátis. Em troca desses recursos aplicados, quem investir vai querer algo em troca. Por exemplo, percentuais de promessas do clube.

Aí, o negócio começaria a ficar nebuloso e pesado demais. Não sei se é assim que se daria a transação. Penso que nesse caso o clube poderia pensar em transparência. Basta de ‘fatiar’ jogadores sem que o torcedor, que sustenta isso tudo, tome conhecimento dos fatos.

Outro aspecto que penso ser importante: fazer um contrato de produtividade com Robinho à semelhança do que existiria (segundo dizem) com Douglas.  

Robinho, pelo que li nos sites, demonstra um certo fastio com o futebol. Está muito rico, não precisa mais da bola para sobreviver.

Portanto, o ideal seria um contrato por apenas um ano, com cláusulas de produtividade, que é algo corriqueiro na Europa.

Não seria nenhuma novidade para Robinho.

Fora isso, melhor é começar a Libertadores com o que se tem.

Melhor insistir com Lincoln, que integra a lista das 50 maiores revelações sub-18 do futebol mundial.

Se isso não diz alguma coisa… 

 

Se gostou, compartilhe!

  • Arthur J

    Ilgo, penso de forma similar…

    Avaliando só pelo futebol, o Robinho me serve.

    Resta saber se o NEGÓCIO vale à pena (custos, condições, etc.).

  • Fabio Scheffer

    Futebol mesmo com todas as analises e projeções futuras é imprevisível, e dito isso a contratação de um jogador no naipe, ou do preço, do Robinho normalmente tem 3 formas de acabar:

    1ª com um péssimo retorno tanto em campo quanto nas finanças, bastando para isso o jogador acabar não se comprometendo com o clube ou sendo vitima de fatalidades como lesões (vide Kleber Gladiador).

    2ª com um inicio promissor, com torcida e atleta em uma simbiose tão forte que o time até consegue uma atingir uma grande conquista no curto prazo, mas que a partir disso o desgaste vem de forma acelerada e antes do fim do contrato ambas as partes já não vivem mais o conto de fadas (vide Adriano no Flamengo em 2009 e Ronaldinho no Galo em 2013).

    3ª com o jogador se tornando um “torcedor” do clube, altamente comprometido com os objetivos traçados e que com sua qualidade, e estrela, consegue decidir campeonatos em prol do clube a ponto de seu salário não ser motivo de contestação e se tornar ídolo do clube (vide Emerson Sheik no Corinthians em 2012).

    Se o Robinho vai mesmo vir, ou o que ele se vier vai acabar sendo eu não sei.

    Mas só a chance de em 2/3 dessas situações um jogador dessa categoria proporcionar um caneco já me faz pensar em correr esse risco !!!

  • Robson Cembranel

    Concordo Ilgo, outro dia aqui disse sobre esse jogador de “respeito”, de preocupar o adversário.

    Se vier Robinho será um desses.

  • Francisco Coelho

    Só para lembrar…
    http://botecodoilgo.com.br/?p=5561#disqus_thread

    Além do LD do Primavera destaquei 2 jogadores do Primavera e 1 do Flu. o Inter contratou o atacante do Primavera.

    O Grêmio deve estar esperando o fim da Copa para tentar alguém se o $ permitir…

    —–000—–

    Francisco Coelho • 13 dias atrás

    Ontem quem assistiu ao jogo Primavera 3 x 2 Fluminense teve uma bela surpresa com mais uma ótima partida do lateral direito Welder Henrique Da Silva Oliveira. O cara defende e ataca como poucos LD no BR.

    Este cairia como uma luva ao Grêmio.

    Também pudemos assistir 2 bons atacantes matadores (Fluminense) Pedro Guilherme Abreu Dos Santos e (Primavera) Goteira – Leonardo Avila dos Santos que a Ponte Preta está de olho.

    Outro que merece destaque no Primavera é o 10 Roney Oliveira Alves de 16

  • Francisco Coelho

    Recordando: Nos idos de 2012 na Copa SP um jogador desmontou a equipe gremista marcando 3 gols numa mesma partida atuando pelo Grêmio Osasco. Foi contratado e no Grêmio foi campeão da Taça BH de Futebol Júnior e da Copa da FGF sub-19.

    Em 2016 ira defender o Boa Esporte de Varginha, fará sua estréia no Campeonato Mineiro 2016, dia 31 de janeiro, em Poços de Caldas às 17 contra a Caldense.

    FICHA TÉCNICA

    Nome: Danrley Souza Mendonça (Danrley)

    Nascimento: 03/07/1994 (20 anos), em São Paulo/SP

    Posição: Atacante

    Altura: 1,83 m

    Peso: 83 kg

    Clubes: Boa Esporte/MG (atual), São José/RS, Grêmio/RS, Osasco-Audax/SP e Grêmio Osasco/SP

    Da mesma Copa o Inter contratou o Wanderson Ferreira de Oliveira (Valdívia) do Rondonópolis.

  • Marcio Luiz

    Se ele tivesse vindo antes da pré-temporada seria uma boa…. Agora não sei, até se adaptar, pegar ritmo de jogo, etc…. Pra mim isso é cortina de fumaça para esconder a ineficiência nas contratações pro meio e ataque.

  • Francisco Coelho

    Romildo já foi avisado por seus pares que sem título expressivo e a compra da Arena perde feio a eleição no final do ano.

    O HANA SAP vai ter de trabalhar assim como Roger para virar a maré…

    Agora vou sair para jantar que a turma está com fome e a mulher não quer chegar perto do fogão. Kkkkkk

  • Pedro de Lara

    Por mais paradoxal que seja, Ilgo, tu deverias proibir a bebida no Boteco.

  • Pedro de Lara

    Ou chamar o AA.

  • Ilgo Wink

    Realmente, está aí uma grande ideia, diante das circunstâncias:
    http://cornetadorw.blogspot.com.br/2016/01/nos-queremos-robinhoe-grande-sacada.html

  • Andre Peixoto – Sarandi/RS

    Olha, a vinda do Robinho (se é que o Grêmio está realmente tentando) seria uma contratação de alto risco. Como bem disse o Fabio, tudo pode acontecer. Mas é melhor o Robinho que o venezuelano que o RC quer trazer (parece piada essas notícias). Portanto, o contrato por produtividade seria a saída. Se aceitar mostra que está comprometido e quer provar algo. Se não aceitar é porque quer somente conhecer a Tia Carmen…

    • Ilgo Wink

      O que vaqi ter de gente querendo fazer companhia ao Robinho nesse passeio noturno…

  • RFPoa

    Eu acho interessante as possibilidades que se abrem com o Robinho…nada de pedaladas, zinho veio para cá assim com um monte de gente na imprensa falando mal antes de vim. A questão de dar percentual de jogador é relativo, existe risco pra quem recebe pois certos jogadores não vingam mesmo. Mas penso que trazer Robinho é um acréscimo de grandeza de clube, dar certo ou não tem mais 10 jogadores que precisam estar bem de cabeça pra ser campeão de alguma coisa. Esse cara tem cultura vencedora, algo que no grupo do Grêmio acho que nao tem ninguém. Assim, tem jogadores que fizeram boa carreira, mas vencedores, levantadores de taça como um zinho, Robinho, danrlei….dessa extirpe não temos. Então, se vier será um puta de um acréscimo. Depois de manter o grupo, precisa mentalizar um grupo vencedor.

  • Fiscal da Pipoca

    O Robinho estava na reserva do time do Felipão na China.
    Considerando que o Wallace era reserva do Felipe Bastos no ano passado no Grêmio, acho que isso acaba contando ponto pro Robinho.

  • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

    Ilgo, se o Roger conseguiu com sua capacidade fazer até o Douglas jogar, fico imaginando o que ele não vai arrancar do Robinho com seu ótimo histórico e capacidade, pois o Douglas veio do Vasco da 2ª divisão sem jogar nada e nem 40% do que conseguiu jogar no Grêmio.
    Continuo achando difícil o Grêmio trazer o Robinho por causa do salário, mas o Grêmio está batendo o pé no teto salarial de 250 mil e liberando Robinho para buscar com sua imagem, o saldo que ele quer ganhar em Porto Alegre.
    Bolzan está certíssimo nessa parada, pois nada o tira do perfil austero que ele vem trazendo o Grêmio e tirando o clube desta ciranda financeira em que está metido desde a desastrada era Odone.
    Acho o Robinho um jogador ótimo de vestiário, cumpridor de seus deveres, alegre e divertido, que curte muito os seus momentos de folga, que tem um perfil clínico e físico muito bom nas recuperações de lesões, e em todos os grupos que ele conviveu, ele marcou presença com sua simpatia e carisma.
    A capacidade dele é enorme, e isso cabe ao Roger e Rogerinho tirar dele o melhor que pode nos dar, e eu confio nisso.
    Porém, sinceramente, eu acho uma contratação difícil devido o alto custo, mas se o Grêmio conseguir o marketing para cobrir a diferença salarial, deve sim trazer ele, pois vejo que se encaixa no sistema, e seria a cereja deste bolo entrosado que o Roger montou no time.

  • Francisco Coelho

    Enquanto comíamos uma ótima carne de sol assisti Cruzeiro x Corinthians. Depois Flamengo x América -MG primeiro tempo. O conjunto do Corinthians e algumas individualidades fizeram a diferença. O mesmo com o Flamengo que superou o Coelho.
    Meus filhos torceram pelo Cruzeiro más o segundo tempo com 27 Mil pessoas assistindo numa sexta-feira e pagando para assistir um sub 20 foi só Corinthians. Eu sou fanático por base más a torcida dos Manos me surpreendeu.
    No conforto seguinte torci pelo Coelho a segunda camisa mais bonita. Mesmo com algumas peças de muita qualidade o Flamengo foi melhor.
    Segunda-feira tem Corinthians x Flamengo para felicidade da Globo. Meu palpite é Corinthians com largo placar.
    Só para ilustrar: o Coelho não conseguiu nem levar médico e o do Flamengo atendeu um jogador mineiro que teve uma queda feia más chegou nas finais.
    Como o restaurante é próximo de casa rapidamente voltamos e pude assistir o segundo tempo bem acomodado. Agora é nanar e acordar cedinho para esperar a estreia do Grêmio 2016. Claro que uma boa dose de 12 se faz necessária para um bom sono após uma carne gorda e 3 cervejas nevadas de litro divididas de 5 por 1 com a mulher pois meus filhos só tomam vinho eventualmente. Kkkk

  • Alexandre Sanz

    O BRASIL
    Ah! o Brasil, particularmente, tenho a opinião de que todo o investimento é lucrativo, chego a essa conclusão observando a atuação de clubes como o Barcelona, Real Madrid, Bayern e uma grande quantidade dos times da terra da rainha, até mesmo nesses pagos tupiniquins há gente que consegue grandes feitos, falo isso para exemplificar e criticar as contratações ou especulações neste tempo de pouco futebol.
    Os clubes europeus, fazem de suas contratações um grande negócio, seja ele de forma lucrativa financeiramente, o que deve ser sempre o primeiro objetivo, ou no que diz respeito ao desempenho dos times dentro de campo, exemplos proliferam aos borbotões, o Real quando contratou CR7 em uma semana já havia pago a conta em vendas de camisetas e produtos ligados ao clube e marca do jogador, deixemos para o lado o fato de aumentar o quadro associativo, os jogos com estádio lotado, a exposição na mídia, os patrocinadores que vêm de carona e as premiações em caso de títulos, isso dá um retorno incalculável, hoje o Real Madrid, só para ficar neste exemplo, vende sua marca ao mundo inteiro, mercados emergentes e quantitativos como China, Índia, EUA, BRASIL entre outros…
    Começaram de alguma forma ou do ZERO, como se diz aqui na República do Texas do Sul, aqui no Brasil já tivemos alguns exemplos desta forma de fazer negócios o Corinthians e o Flamengo em suas aventuras de trazerem Ronaldo e Adriano Imperador, obtiveram sucesso nas “vendas” e em desempenho com títulos, CB e BRÃO respectivamente, a diferença está que, enquanto “eles” contratam jogadores no auge de sua forma física e técnica, “nós” contratamos o bagaço, e me arrisco a dizer, sob a grande possibilidade de levar uma pedrada, que essa é a única coisa que nos separa dos europeus e que seria possível investirmos em jogadores de alto escalão com o ínfimo risco de fracasso, pois tenho para mim a certeza absoluta que prejuízo não daria pelos fatores citados acima, isso significa dizer que, só não somos grandes porque temos medo.
    Se sou a favor da vinda de Robinho? Não sei, se for para vir e jogar como o Zinho, sim, se for para vir e jogar como o Cebolla Rodriguez, não, como não tenho bola de cristal uso de fatos recentes, sua qualidade técnica é indiscutível, qualidade essa que foi testada em apenas 9 partidas no último ano somado ao péssimo jeito de fazer marketing do Grêmio, citando alguns exemplos: “não vendemos craques, damos”; ” a arena não é do Grêmio”; “assino o Grenal pelo empatezinho”, me parece arriscado, mas como dizia o outro, veremos…

    • Francisco Coelho

      Muito bem Alexandre. Provavelmente eles fazem uma boa análise de quem contratar e o real potencial para revenda.

      • Ilgo Wink

        Sonha, Francisco. ehehehe

  • Ilgo Wink

    Desisti de ver Gremio x Danubio. Soube que Lincoln participou do jogo-treino com o NH, 0 a 0, de manhã. Lincoln no time titular , é o que eu imaginava ver.

    Francisco tem razão: melhor emprestar Lincoln ao Santos. Lá ele terá chance e até pode se consagrar. Só pode ir com passe fixado em 200 milhões de reais.

    • Fábio D.

      Pois perdeu dever a grande atuação do Éverton. Lincoln pode vir a ser um grande jogador, mas não é maior que o Grêmio sequer joga o que o pilantra jogava com a mesma idade .

      • Fábio D.

        E o Lincoln acaba de entrar, aos 35. É pouco tempo, mas veremos se jogam com ele.

        • Fábio D.

          Gostei da indignação do guri. Tem jeito de não aceitar desaforo.

  • Francisco Coelho

    Pela manhã jogaram os do grupo de transição contra o NH: Bruno Grassi (Tiago) (Léo); Wallace Oliveira (Raul), Bressan (Rafael Thyere), Fred (Werley) e Marcelo Hermes (Iago); Edinho (Kaio), Moisés (Araújo), Ramiro (Fernandinho) e Lincoln (Felipe Tontini); Pedro Rocha (Lucas Coelho) e Bobô (Batista) (Braian).

    Técnico: Roger Machado

    Contra o Danubio devem jogar: Grohe; Wesley, Geromel, Kadu e M. Oliveira;
    Walace, Maicon, Giuliano e Douglas; Everton e Luan.

    Técnico: Roger Machado

    Os reservas não foram divulgados.

    Pretendo assistir,pois só assim terei as confirmações do que penso. O modesto Danubio não deve oferecer muita pressão, mas serve para ver as individualidades.

    Não acredito em mais de 10 mil gremistas na Arena.

    Aqui o Sport joga contra o Argentinos Juniors e o Santa Cruz contra o Flamengo adversários teoricamente mais fortes…

  • Francisco Coelho

    No Corneta do RW a eleição do engenheiro LBM no Sinpof.
    http://cornetadorw.blogspot.com.br/

    Este sindicato está ficando mais forte que a CUT, Cpers e a CGT.

    É o maior sindicato da República do Piratini.

  • Arthur J

    Roger só pode estar de sacanagem por achar que o anão Ramiro joga alguma coisa. Mais sacanagem ainda ao me inventar 3 volantes.

    • eder

      Três volantes, repetindo o ultimo jogo oficial ano passado, parece que vai virar convicção do tio Roger. Pela amostra, Lincoln e tontini esse ano, nem pensar.

      • Arthur J

        Daqui a pouco ele tira o Everton e coloca o Bobô, pra estragar um pouco mais o time.

        Ramiro completamente perdido em campo. O que passa na cabeça do Roger?

        Edit: falando no Everton. Golaço!!

  • Arthur J

    Agora sai o Douglas, que era o pior em campo, e entra o Bobô.

    O Grêmio precisa de um armador. Lincoln e Tontini pelo visto nem no banco estão.

  • Francisco Coelho

    Os melhores : Cadu, Douglas, Ramiro e Maicon.
    Os piores : Everton, Wesley, Luan e Geromel.

    Matar uma bola e seguir jogando como se recebeu um passe e não um chute é para poucos como o Lincoln.

    Para quem canta em prosa e versos a manutenção do elenco não foi a melhor amostra.

    Aos 19 do segundo Marcelo recua a bola e o Grohe chuta para a lateral dando ao adversário pois não tinha para quem passar. Problema crônico como bola na área é gol do adversário… Mesmo que o teu zagueiro entregue a rapadura e as bergamotas.

    Sem avante na saída do Giuliano era Tontini e jamais o Ramiro.

    • Arthur J

      Lincoln em 10 minutos fez mais que Douglas cachaça no jogo inteiro.

      É constrangedor ver o pança em campo. Junto com o Ramiro então…
      Não esperava voltar a ver o Grêmio com 3 volantes, não com o Roger e seus conceitos modernos de futebol. Fiquei decepcionado.

      Douglas pelo visto segue com cláusula contratual que o obriga a jogar até os 30 do segundo tempo.

  • eder

    Eis uma substituição que vai ocorrer durante o ano todo aos 30 do segundo tempo: Bobo no lugar de pança. Roger ta me assustando.

  • Rezende

    Robinho é o mesmo tipo de “boa ideia” de contratar o Luxemburgo.
    O cara é um debochado, peladeiro, nunca foi um jogador tático é um INDIVIDUALISTA.
    Não tem nada a ver com o Grêmio, tem QUASE o perfil do Traíra…
    E se vier tem de ser assinado pelo Roger em CARTÓRIO que em HIPÓTESE ALGUMA lhe será permitido escalar Robinho e Douglas ao mesmo tempo em campo… Em jogo oficial….
    Como algo como isso não terá como garantia, MELHOR NÃO…