Ponto comum entre Telê e Renato

O que tem em comum o mestre Telê Santana e o atual melhor treinador em atividade no futebol brasileiro?

A pergunta por si só é provocativa, vai atiçar os lobos que apenas toleram Renato Portaluppi , aqueles que não reconhecem nele um técnico com ideias modernas, arejadas, e que estão sempre na tocaia.

Um técnico que é mais que um técnico, é um gestor de vestiário, como ele mesmo se intitulou em entrevista publicada em Zero Hora deste final de semana.

A pergunta, assim de sopetão e tão fora de contexto nesta manhã chuvosa de sábado – sempre que acontece chuvarada assim não consigo deixar de pensar no pessoal alojado no acampamento farroupilha – leva a uma resposta rápida:

– Nada, ué. Não tem o que comparar.

Pois eu acho que tem. Lendo um texto que cometi no dia 21 de abril de 2006, no meu primeiro blog – eu escrevia para mim mesmo, era como um palhaço sozinho no picadeiro, sem plateia -, deparei com uma frase do mestre, morto naquela data depois de uma longa agonia.

Eis a frase, que poucos treinadores podem repetir hoje, sem corar, conforme registrei:

– Se for para mandar meu time matar a jogada, dar pontapé no adversário ou ganhar com gol roubado, prefiro perder o jogo.

Não sei se Renato prefere perder o jogo a ganhar com gol ‘roubado’, mas que o time dele também não dá pontapé, isso é inegável.

O Grêmio de Renato lembra aquele Grêmio de Telê, de 1977, campeão gaúcho. Título que me proporcionou imensa alegria, porque quebrou a hegemonia vermelha no RS.

Era um Grêmio que jogava bola, de raras intervenções faltosas.

Igual ao Grêmio de Renato.

Para completar, repriso o restante daquele artigo, de onze anos atrás:

“Mais que um grande treinador de futebol, Telê foi um exemplo de ética num meio em que cada vez mais prevalece a força do dinheiro e, com isso, tudo o que vem a reboque. Não é preciso entrar em detalhes.

Só conheci um técnico equivalente a Telê, ao menos nesse aspecto da seriedade, da honestidade. O Ênio Andrade. Dele, guardo uma frase: “Eu vivo do futebol, não no futebol”. Havia coisas nesse meio que o incomodavam, por isso a frase.

 

O corpo de Telê será sepultado neste sábado. A sua morte, porém, se deu há mais tempo, quase dez anos. Quando teve o AVC que o afastou do futebol, sua maior paixão. “O futebol é minha vida, não consigo me afastar dele”, disse, certa vez.

 

Telê se vai deixando a sua marca, muitas vitórias e alguns revezes. Acima de tudo uma lição de honestidade e moralidade. Telê se vai com as mãos limpas.

 

Mãos que nem de longe lembram as erguidas pelo presidente Lula, hoje, numa bacia de petróleo. O Grande Guru mergulhou as palmas das mãos no óleo e as ergueu para fotos, imitando gesto de Getúlio Vargas, em 1952.

 

Cheguei a pensar, por um momento, que eram mãos encharcadas de lama.”

Se gostou, compartilhe!

  • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

    Ilgo, é incrível como ainda existem lobos, tocaias, urubulândia e ”otras cozitas más” entre os críticos e corneteiros de plantão do Renato que são poucos após a saída ”muito oportuna” do bom Roger Machado que teve colhões para pedir demissão e deixar a porta aberta para um dia voltar no futuro, pois desde março 2016 ele estava perdido no grupo no grupo do Grêmio.

    O grande mestre Telê Santana foi um dos maiores e melhores treinadores que tivemos nos anos 70 e 80 no Brasil e eu vi um dia ele substituir em 1977 ou 1978 o Vitor Hugo pelo Valderez aos 38 do 1º tempo porque o nosso cabeça de área tinha dado duas entradas duras no adversário do Gaúcho de Passo Fundo e levou cartão amarelo no 2º pontapé.

    No outro dia, almoçando na Churrascaria do Olímpico eu ouvi o Telê falar pro Ithon Fritzen que tirou o Vitor Hugo por causa do 2º pontapé que ele tinha dado no meia armador do adversário e ele não admitia violência, mas que da próxima vez iria deixar ele em campo para ser expulso, aí, ele iria aprender.

    Lembro que você desafiou um crítico bobão aí que anda sumido desde julho a elogiar pelo menos ”uma vez” o nosso bom Treinador Renato Portaluppi no dia seguinte do Penta e até hoje o cara não fez isso e se mandou daqui porque ele alegava que o Renato nem chegaria até o final do Novelettu’s como Treinador do Grêmio por causa do inverno frio e sem futevôlei em Porto Alegre. Oremos, amigo ….. !!!!!

    • Ilgo Wink

      Bah, não provoca…

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        É só digitar falando aí em lobo, tocaia e urubus que eles logo aparecem, mas continuam como minoria absoluta nas redes sociais. E viva Renato Portaluppi, o melhor treinador do Brasileirão 2017.

        Que fase, amigo, e a urubulândia sempre aparece aqui para confirmar o que dizes ….. !!!!!

        • GremioSempre

          Copião te cuida a Pedroca de lorpa ta apaixonada por ti vem aqui só pra te procurar . Esses colorados recalcados e suas cismas kkk

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            Deixa ele latir a vontade, nisso ele é bom, está bloqueado a mais de 30 dias e não leio ”nada” do que ele escreve ”pro vento”, haja carniça, amigo (kkkkk).

    • Pedro de Lara

      Sábado, 18:45hs.
      Copião. O que o Renato está vestindo agora??

  • wilson santos

    Acredito que todos preferem um futebol bem jogado, sem faltas, sem anti-jogo.

    No entanto, as vezes eh necessário matar uma jogada para evitar um gol, faz parte do jogo.

    E soh para relembrar, nossos grandes titulos foram conquistado assim com Felipão e todos nós aplaudiamos aquele time.

    É do jogo, o mais importante no final eh o caneco no armário.

    Mas entendam bem, nao estou dizendo que vale tudo e nem promovendo a violencia em campo.

    O Cruzeiro nos eliminou assim, abusando de faltas sobre o Luan, as vezes eh necessário imposição fisica quando não dá na técnica.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Amigo Wilson, aceite uma grande verdade, ”SE” o ótimo Renato Portaluppi que é o melhor treinador do Brasil desde setembro 2016 (acredite, não é o Roger Guardiola Machado) tivesse ganho ”em sequência” a Copa do Brasil 2016, o Gaúcho amestrado pelo Noveletto, e 1ª Liga 2017, a Copa do Brasil 2017 e estivesse Líder do Brasileirão com 7 pontos à frente do vice-Líder e tivesse feito 0x2 no Botafogo no jogo de ida das quartas da Libertadores, o que os ”chamados” lobos, de tocaia, urubus e os lorpas como disse aí acima mais uma vez o Diogo S estariam dizendo por aqui ?????

      Amigo, com certeza, nesse caso o fenômeno e mito Renato Portaluppi amado e idolatrado por 95% da massa Tricolor estaria indo embora do Grêmio, sendo buscado pelo Barcelona, Manchester ou Real Madrid entre outros ”cascudos” da Europa, pois é isso que esse bando da urubulândia (que não é o teu caso) exige dele todos os dias quando escrevem esse monte de werdas sempre contra tudo e contra todos do Grêmio que estão nesta ótima gestão presidencial, administrativa, técnica, fisiológica, pessoal, financeira, de logística do clube.

      Mas, eles serão sempre a minoria, acredite nisso. Oremos ….. !!!!!

  • Pedro de Lara

    ôps. Não cometer faltas, jogar limpo???
    MAIS UM legado Roger Machado.
    A ânsia de atribuir qualquer coisa boa ao fanfarrão é tamanha que a memória fraqueja.

    • Diogo S

      kkkkkk o Lorpa mor e seu recalque, que feio. Renato machucou esse jurado pavão demais. Te esconde, Lorpa.

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Diogo S, tu és um fake do Copião do Tudo, não te esqueças disso (kkkkk).

    • GremioSempre

      Cara tu és um recalcado colorado ,.para Pedro Pedro para, pede pra kaha e vaza .

  • Serrano

    Assim como o Cruzeiro, pessoal do Botafogo anda falando demais. Vem cá, o Grêmio é o único time que tem que respeitar os outros? Que, se alguém falar algo meio atravessado – ‘despencar’ – o autor tem que pedir desculpas?

  • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

    Eu não entendo porque o Botafogo e o Santos ”pouparam” jogadores ontem ”outra vez”, alguém aí pode explicar esse fenômeno científico e fisiológico desta atitude totalmente equivocada desses clubes ????? Acho que o Odorico Roman & equipe de ”trabalho” andaram dando palestras no Engenhão e na Vila Belmiro, quem diria, hein ….. bah ….. !!!!!

    • Igor Klein

      Tem 6 números de 01 à 60?

    • Pedro de Lara

      Que feio Copião. Editando comentario pra se vacinar da corneta. Típico de um grande idiota como tu.

  • Rezende

    Renato tem no Grêmio o PRIMEIRO trabalho em que se leva a sério na função de treinador, apesar da já longa carreira na função.
    AINDA está em construção como técnico:
    Não define o batedor oficial de pênalti (deveria ser Arthur, Barrios e Fernandinho na ordem);
    Tem de treinar decisão de pênaltis para não perder a TERCEIRA decisão da temporada na Libertadores.
    Quanto tempo vai desistir do “Fernandinho armador” que fulminou Miller, Gata Fernandes e Lincoln.
    Quanto tempo vai levar para o técnico para inverter o posicionamento de Ramiro e Arthur.
    Quantas chances o xenófobo treinador dará ao Arroyo e mais para o Peixe Fernandinho,,,

    Só algumas questões de um técnico que AINDA tem muitos defeitos..
    Mas é o NOSSO TREINADOR…

  • Lillian Moraes

    A Arena dos nanicos.
    Huachipato, Chapecoense sempre que quiser, Avaí, etc, etc, etc.
    Enquanto isso, veneramos um fanfarrão e meio time de jogadores medíocres.
    Mas os Cocôs estão na segundona!!!
    Ah, que bom, então podemos fechar as portas do Grêmio! Já alcançamos nosso objetivo de existência. Ah, tá.