Os méritos de Enderson

O técnico Enderson Moreira tem muitos méritos nessa campanha do Grêmio na Libertadores.

O principal deles foi o de ter mantido a estrutura deixada por seu antecessor.

Os três volantes permanecem, agora com menos técnica a partir da substituição de Souza por Edinho. Menos técnica e versatilidade, mas com mais força e truculência – o que é muito importante em se tratando principalmente de Libertadores.

Mantido o trio de volantes, tão criticado por especialistas de todos os matizes, mas que foi fundamental na conquista do vice-campeonato brasileiro e da vaga direta na Libertadores, algo fundamental para preparar melhor a equipe – Luxemburgo que o diga.

Enderson mostrou sabedoria futebolística também ao defender a troca de Souza por Rodolfo, um zagueiro que estava em baixa no São Paulo e que veio por indicação do técnico anterior, tornando-se talvez o mais importante jogador na vitoriosa campanha que levou um time sem goleador a ser vice brasileiro.

Mas os méritos de Enderson não terminam aí. Depois de perder Alex Telles, ele não vacilou em escalar Wendell, jogador que já havia recebido oportunidades na gestão anterior. Wendell, hoje, é uma afirmação. Diria que é jogador até para a seleção brasileira, que o Felipão não me leia.

Na frente, uma pitada de sorte. Sim, a sorte faz parte da vida. Já muito técnico se dar mal por falta de sorte – evito dizer aquela palavra de significado oposto.

Kleber, benditam sejam os deuses do futebol, se lesionou. Uma lesão festejada por 9,9 gremistas em 10. Com isso, Enderson pode escalar Luan com tranquilidade. Ele poderia ter optado por algum outro guri da base, ou apostado no Deretti ou no Paulinho, mas ele viu Luan. Apostou em Luan, até então pouco conhecido.

Portanto, sorte com a lesão de Kleber e sabedoria na escolha do substituto.

Outra sorte foi a lesão de ZR. Com isso, ele ficou à vontade para escalar um jogador com mais vitalidade para compor o meio de campo agregando velocidade ao optar por Dudu. Talvez com o tempo, Alan Ruiz conquiste a posição.

Enderson tem ainda dois problemas: a lateral-direita e o comando do ataque. Pará, mesmo quando joga bem, como foi em Rosário, é crucificado. Já disse, é a Geni do Grêmio. A irregularidade de Pará e a imperícia nos cruzamentos são preocupantes.

Já não defendo Ramiro na direita, porque Ramiro é imprescindível no meio. Penso que Tinga poderia receber uma oportunidade. Mas acho que isso só irá ocorrer quando Pará for expulso ou se lesionar.

Na frente, a situação é ainda pior. Barcos decididamente não é goleador. Tem sua utilidade, mas insisto na contratação de um camisa 9, estilo aipim ou movimentação, mas um goleador.

Fora isso, gostaria de ver o que Enderson faria em caso de não poder contar com Barcos. Ele, como Luxemburgo e Renato, me parece refém do argentino até por falta de outro jogador realmente confiável no grupo para tomar conta da posição.

Uma coisa é certa, se Enderson não tomar algum tipo de providência irá afundar com o Barcos, e nós todos juntos.

Se gostou, compartilhe!

  • Gabriel

    De um meio preparado para ser : Kléber , Zé Roberto e Maxi; jogou em Rosário : Ramiro, Dudu e Luan. E acho que vai acabar Dudu, Alan e Luan. Isto é sorte de campão.

    Ainda falta consertar a cobertura da zaga, pois quando o Rodholfo sai fica um buraco no miolo, talvez o Edinho recuando. Este nunca está na área.

  • Eduardo Cruz

    Ilgo,

    Sugiro uma adaptação no título:

    “Os méritos de Enderson (são do Renato)”.

    Abraço.

  • Cláudio

    Ilgo, acho que o time é muito diferente do do Renato, na forma de jogar. Pode ser com três volantes mas é diferente. O time está mais treinado, sai mais rápido em busca do contra-ataque e do gol e o time se posiciona mais à frente. Ano passado o Barcos jogava no circulo central. Hoje joga na meia lua. Falta, porém, fazer os gols. Concordo que devemos contratar um centroavante goleador, aquele que a bola bate nele e entra no gol. Com Barcos, ficaremos limitados e isso, em algum momento, vai fazer falta.

  • Rafael Souza

    Na boa pessoal, já encheu o saco essa história do Renato aqui. Que diferença faz se temos razão ou não sobre Luxemburgo ou Renato? vai mudar o que?
    Vamos discutir o presente e o futuro, por favor…

  • walter borba

    Para mim, a atual “forma” de jogar do Grêmio não é ideia nem de Renato, e nem de Enderson.
    Esta concepção de futebol é do Dr. Koff, velha raposa do futebol e ex – treinador.

    Koff contratou Renato para dar um “up grade” na galera!! E fazer um time para não perder.
    Renato fez o que “Pai” dele falou.
    Exótico ou não o esquema, os resultados foram atingidos, mesmo 15 pts atrás do cruzeiro, e perdendo para Curitiba e Criciúma 12ps. O que diga-se de passagem é uma vergonha, inadmissível.

    Com Enderson no comando, o Decano Koff, tem o Poder de persuadi-lo a manter um esquema fechadinho, a fim de disputar uma libertadores. Porém, com a acréscimos alguns jogadores capazes de dar uma movimentação diferente ao esquema (Dudu e Alan Ruiz), antes usado por Renato.

    Sendo assim, é evidente que o time e maneira de jogar é aquela que o Koff quer!!!

  • Francisco Coelho

    Flávio Augusto do Nascimento é um bom atacante.

    Outro que poderia servir é o José Carlos Ferreira Filho.

  • Francisco Coelho

    Para quem puder assistir:

    22/03/2014 – 16:00 | Jogo: 42 | Grupo: GRUPO 18
    Antônio V. Ramos – Gravatai – RS
    Crêmio x Botafogo sub 17.

  • Roque Fernando

    Botequeiros: Informo por meio deste comentário que é esta é a última vez que me refiro ao Renato em 2014, não comentarei mas sobre este treinador aqui no boteco ou em qualquer lugar de blogs.

    No mais, só diria pela última vez que estou rindo do comentário do Eduardo Cruz que é bem o que penso…e no momento atual o técnico Meu grupo Renato Portaluppi como diria o RW tomou 3 com 3 volantes pra um time chamado Horizonte…algo similar ao huachipato- luxa e Criciúma…jogando fechadinho buscando empate fora…eu sinceramente não vejo nada parecido com a forma de atuar atualmente seja com o Renato, Luxemburgo, roth entre outros, há muito tempo que vivia se acadelando em partida fora, ainda mais em libertadores…o tal do Luxemburgo com todo o curriculo de ofensivista jogou com o Grêmio como se vivesse aqui e trabalhasse no nosso interior…o Grêmio pode nao ganhar a libertadores…mas esta fazendo o certo e jogando com muita hombridade e coragem fora…jogar em casa atacando é obrigação todos eles fazem, quero ver fora.

  • marcio tremarin

    viúvez do renato no máximo hahahhahahahahaha

  • fabio

    Uma das maiores palhaçadas que já li aqui neste blog. Um coisa e jogar com 3 volantes. Outra é como você os utiliza. O time joga pra ganhar, tem aproximação, bola no chão. Não da pra comparar com o que fazíamos ano passado com qualquer um dos técnicos. Fomos uma bagunça completa o ano inteiro. Vou repetir, meu caro. O mais importante é o Grêmio jogar bem e ser campeão e não você ter razão.

  • Ilgo!! Passou dos limites essa tua implicancia com o EM po cara!! ja vi vc criticando as brigas politicas do Gremio e agora vem aqui com esse post ironico dando a entender que o time ta bem por causa da heranca do RG e que os meritos do EM sao acaso da sorte! Se o Gremio for eliminado nas oitavas vou aplaudir o time pois nao joga acadelado ja o teu idolo que foi eliminado na CB2013. pelo grande atletico perdeu ontem com seu grupo para o poderoso horizonte do ceara o que tu tens a dizer dessa?? Ou vais deletar meu comentario

  • Humberto

    Então tá, eu não vi um time acadelado que nem o time do Renato e do Luxemburgo lá na Argentina, o time do Renato já foi faz tempo, agora é outro, joga os 3 volantes porque tem qualidade, nada diferente disto.

  • Gabriel

    Acho injusto com o Ilgo certos ataques, em todo texto há alguma inverdade???

    Vamos aos fatos o time escalado pelo Enderson na 1ª partida o esquema era claro um 4-2-3-1, dito por muitos jornalistas e torcedores o esquema da predileção do treinador. com Maxi(aquele injustiçado ano passado que muitos aqui disseram estar pronto), Zé Roberto e KLÉBER GLADIADOR.

    Esqueceram as vaias na Arena??? Este time durou até o Veranópolis, com a lesão do Gladiador (lembram vaias etc…) entra o Luan e se o Kléber se recuperasse JOGARIA O GRENAL .
    http://www.espbr.com/noticias/enderson-moreira-arma-gremio-werley-jean-deretti-para-gre-nal
    http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2014/01/18/enderson-moreira-se-diz-satisfeito-com-rendimento-do-gremio-e-elogia-kleber.htm

    Principal virtude do Enderson foi inserir o Riveiros de volta a equipe e abdicar de suas convicções em pró da equipe.

    Que engraçado 3 volantes deixaram de ser 3 volantes…

  • MAZEMBIANO

    O Ilgo, hoje no programa da Guaíba, disse que o “Edinho” é muito importante para o Grêmio na Libertadores…realmente, paixão é uma coisa perigosa, e o amor é realmente cego…

  • Gabriel

    Luan era opção de banco naquele momento, assim como Riveiros.

    http://www.gazetaesportiva.net/noticia/2014/02/gremio/sem-kleber-gremio-deve-jogar-grenal-no-esquema-4231.html

    O problema é que alguns só lembram o que interessa.

    Sei que vão berrar, mas na quinta foram 3 volantes e 3 atacantes em um 4-3-3, onde eu já vi isto mesmo???

    A grande diferença este ano está na presença do Luan no lugar do Kléber e quanto a falácia do time que não dá balão, tão de sacanagem. Deram balão sim, como todo time competitivo faz quando é necessário. Inúmeras vezes o Heinze dominou esta bola, que deve ter sido chutada pelos et’s, e vieram com aquele toque- toque improdutivo.

    Nada disto tira o brilho da vitória, sim empate com gosto de vitória. Vejo um treinador humilde, trabalhando, com vontade de acertar e com uma equipe equilibrada, que sinceramente não acreditava ser possível neste curto período de trabalho.

  • Gabriel

    Graças a minha boa memória lembro que alguns que hoje criticam o Ilgo e o Barcos, diziam que o Enderson faria ele voltar a marcar gols assim como fez com o Walter ano passado. ou esqueceram isto também???

  • MAZEMBIANO

    Gabriel eu sempre apostei no Barcos mesmo desconfiando, e até achei que no início do ano ele estava melhor, mas não adianta se ele continuar jogando pra trás assim…ele tem que ficar lá dentro e não buscar o jogo atrás…cada vez que isso acontece ele perde tempo de bola e velocidade que não é o seu forte, somente visão de passe que ele tem de bom…acho que o Enderson esta viciado com o esquema anterior quanto ao Barcos e deveria rever isso, pois como nosso 10 de origem não está no caso do Zé, acho que se o Dudu trabalhar a bola com o Luan ficará mais fácil…

  • Gabriel

    Mazembiano tenho uma boa memória e me esqueci que li aqui que com o enderson ele não saía da área. hehehe Brincadeira à parte assino embaixo de tudo que postou.

  • Ilgo

    Descobri uma maneira de manter o boteco aberto sem me irritar com certo tipo de comentário, que parte normalmente de gente cega pela paixão e que não tem a frieza que eu tenho forjada em 30 anos de jornalismo esportivo profissional:

    eu sigo escrevendo o que penso e como vejo o futebol, com 90% de acerto nas minhas análises e projeções, mas já não respondo, não retruco, apenas respeito e repito comigo, como um mantra enquanto saboreio uma 1983 estilo belga com pedacinhos de queijo e salame italiano:

    Perdoai-os Senhor…

  • viviano

    não é mais botecodoilgo.é botecodorentao.Cruzes

  • Urtigão

    Se não fosse o Barcos lançar uma bala de canhão na direção da área aos 47 minutos do segundo tempo…

    Bruxos sempre existiram no futebol. Eu, do alto dos meus 35 anos de experiência em estádios, afirmo que ganha-se campeonatos com bruxos. Sem eles, ganha-se também….

    Mas, com eles, fica mais emocionante.

    Abraço.

  • MAZEMBIANO

    Ilgo, no meu caso, não estou te ofendendo apenas não concordando contigo no que tange a tua opinião profissional e gabaritada, por exemplo, sobre a escalação do Edinho…nada pessoal…
    A minha crítica a você e em geral a todos os jornalistas esportivos ou pessoas do meio,que considero é achar que nós torcedores, nunca entendemos nada, somente por paixão…acho isso um total desrespeito por os mesmos, pois a essência dos comentários e opiniões esta nessa galera, ou você acha que alguém faz jornalismo e daí em diante somente esse profissional vai poder falar sobre futebol? Cara, o futebol é do povo e do povo vem sua alma…se todos nós, fracos entendedores do assunto não acompanharmos mais, o que será dessa turma profissional esportiva? Pra quem vão falar? Claro que temos os excessos, e esses sim tem que se dar os descontos devidos, mas colocar todos os torcedores em torno de 90% como apaixonados somente é radicalizar…assim como na mídia tem muita gente que não parece entender nada de futebol, mas como é ensinado a perguntar, comentar e por estar no meio se dirigir melhor nas opiniões, se sai melhor,.mas aí se esconde na alma do futebol, que é declarar seu clube do coração…
    Acho que deves refletir melhor sobre isso, pois te considero, primeiro por ser gremista e depois por ser realmente razoável e muito convincente em seus comentários…diferenças todos tem, mas poucos entendem isso de forma tranquila, então não te estressa, e toca o boteco firme rumo ao TRI da América!!!

  • Ilgo

    Mazembiano, onde é que eu escrevi que 90% dos torcedores são ‘apaixonados’? Não entendi, amigo.

    Eu escrevi que acerto 90% das vezes em que opino, isso na minha opinião, claro;

    Sobre torcedor ser passional, jornalista também é, mas por força da profissão acaba reduzindo essa paixão a quase zero na hora de escrever ou falar. Ou ao menos deveria fazer isso, buscar o máximo de isenção.
    Então todos somos passionais no futebol, e é por isso que discutimos tanto. Sempre haverá divergências.
    Só não aceito que me rotulem como renatista, porque assim como a maioria não gostava do futebol do time. Agora, ao contrário de quase todos aqui, valorizo o vice conquistado sob o comando do Renato, mesmo com aquele futebol nada empolgante. É contra essa não valorização é que eu me rebelo.
    Futebol é resultado.
    Se não fosse o gol do Rodolfo muitos que aqui opinam estariam dizendo coisas diferentes hoje.
    Mas um gol é um gol, e pode mudar tudo.
    O ruim fica bom, e vice-versa.
    Aliás, Grohe, que fez milagres no jogo, já estava sendo chamado de mão de alface no tuíter após sofrer o gol. Depois, Rodolfo empatou e a corneta acabou.

  • Alemão

    Sugiro que o pessoal que gosta do Renato acesse os blogs de torcedores de Fluminense para defendê-lo, porque o coitado tá debaixo de um temporal depois que eles levaram três de um timeco do interior do Ceará pela Copa do Brasil. A revolta é ainda maior porque esse mesmo time, um tal de Horizonte, que eu nunca tinha ouvido falar, levou cinco do Ceará no último domingo pelo campeonato local.

  • marco antônio morais

    Bah Igo.É demais.
    Esta tua predileção pelo futebol horrorosso do Renato encheu o saco.
    Te muda para o Rio e convence os torcedores do Flu que o time deles não é uma marda

  • Leandro M

    Ilgo, o boteco cresceu e ganhou dimensões que talvez tu não tenhas imaginado. A audiência aumentou e o sucesso cobra seu preço…

    Se antes tinham 10 comentários por assunto, agora têm 50, 60, ….

    O problema é que o teu texto refinado, com boas metáforas e um toque de uma ironia fina, que beira algumas vezes ao sarcasmo, não está sendo bem entendido por uma turma nova no Boteco. Talvez por acompanhar a pouco tempo o teu texto, ou talvez porque não interpretem o texto que estão lendo, sei lá…

    O lado bom é que popularidade e impopularidade geram audiência, e isso é bom para o boteco.

    O problema é se tu mudares a tua forma de escrever para atingir a esse novo público do boteco. O Boteco perderia a sua identidade e se tornaria mais um blog a falar sobre o Grêmio e assuntos relacionados. Desses já têm muitos.

    Aguente os ataques Ilgo. Ser pedra é fácil, o difícil é ser telhado. Mas não deixe de nos brindar com os teus grandes textos.

    Abraço

  • ilgo

    Leandro, depois dessa te devo uma 1983 litro – sabe 1983, aquele ano em que um certo Renato foi decisivo no único título mundial do Grêmio? Não resisti a mais essa provocação, sorry.
    É só aparecer. Se for difícil, eu levo.

    Outra coisa, não vou mudar meu jeito.

    Tem gente que ‘gosta’ tanto do Renato que seca até seu trabalho no Flu. Vá entender…
    Imagine se o Renato não tivesse garantido vaga pra Libertadores…

    Gabriel, acordei bem-humorado. Tem uma Mazembier pra ti, é só buscar. Só bebendo pra aguentar tanta corneta de gente ingrata, eheheheh

    Contato: ilgowink@gmail.com

    Ah, estarei hoje, 16h, no Olímpico, defendendo o time da ACEG contra o time dos Amigos da Band.
    Será minha centésima despedida dos gramados, mas acho que agora é o fim mesmo…

  • ilgo

    Outra coisa: tens razão, o público do boteco aumentou e isso é bom. De tanto defender o TRABALHO do Renato, conquistei uma legião de gremistas que por motivos diversos odeiam o Renato, mais até que muitos colorados.
    Bah, vou levar mais chumbo.

  • lauro pires

    É verdade.Tem secador do Renato……
    Assim como tinha secador do Luxemburgo.
    E assim como teve secador do Enderson (antes do cara assumir!!!!!).
    A secação é uma via de 2 mãos.
    O Grêmio está indo para as oitavas.Se ganhar a Libertadores o Boteco do Ilgo vai ficar na história.
    eliminou o Grêmio antes de entrar na competição

  • Francisco Coelho

    Pois é; a maioria dos que ficam discutindo Renato ou Enderson deveriam é ir até o Vieirão que é de graça e acompanhar o Grêmio na sub 17 frente ao Botafogo.

    É melhor torcer pelo Grêmio que por treinador e a BASE tem levado o clube nas costas pagando o salário dos marmanjos.

    Ao menos o pessoal da região metropolitana deveria ir e apoiar a gurizada.

  • ilgo

    Verdade, Francisco.

  • Claudio

    O francisco eh uma mala. Escreve o nome inteiro dos iogadores. Sem identificarm quem sao.

  • Rodrigo

    Viviano: Melhor que o autor valorize o Renato do que o Dalessandro e o Falcão por exemplo.Não entendo pq tantos Gremistas odeiam o Renato, estão torcendo contra o Fluminense só para atingir o cara, nem os Colorados que eu conheço o odeiam tanto.

  • Francisco Coelho

    Claudio; vai procurar vagabundo.

  • ilgo

    Rodrigo, verdade absoluta.

    Recebi hoje do Ricardo, de Cruzeiro do Sul:
    Somente quando um mosquito pousa em seu testículo,vc se dá conta de q sempre há uma maneira de resolver um problema sem usar violência…

  • Francisco Coelho

    Baita primeiro tempo com o calvo passando para o Nikolas e gol aos 28 segundos. Mais tarde aos 38 Erick marca o segundo.

  • Fabiano

    Opaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!
    Parabéns, ainda que tendo que reconhecer que apenas um cara inteligente tem a capacidade, ou a ironia, de rever sua posição sem abrir mão de sua convicção;
    Horizonte te manda um abraço! hehehehe….
    Hoje esfrio e é vinholll

  • Gabriel

    Ilgo quem venceu o amistoso da Acegs???

    A pergunta que não quer calar o bigodinho à la Rivelino voltou???? Heheheh

  • Gabriel

    Pode ter sido o último jogo do olímpico.

  • Gabriel

    Ilgo esta semana tivemos uma grande notícia que passou despercebido: o conselheiro gremista Geraldo Correa assumiu como Diretor da OAS para a Região Sul. Seria uma bandeira branca???

  • Fábio Rübenich

    Renato veio a primeira vez em 2010, tirou o time da lama, e o fez jogar por música. Não foi campeão porque faltaram duas rodadas pra isso. Depois, veio em 2013 consertar a casa, mais uma vez, e levou do jeito que deu o time ao vice-campeonato e à vaga direta na LA. Portanto, me serve. Sempre que precisar, pode voltar, Renatão…
    E ainda vem sem multas rescisórias e o escambau. Coisas de apaixonado.