O futebol com seus chapas brancas e urubulinos

É fascinante e intrigante esse mundo dos torcedores de futebol. No meu tempo de jornalista esportivo, atividade que exerci até abril de 2010, não havia essa quase histeria coletiva que aproxima e afasta as pessoas, dependendo das circunstâncias.

As redes sociais deram voz ativa aos torcedores, que antes eram agentes quase passivos, restritos à participações em programas esportivos via telefone, carta, fonograma, pombo correio… É um mundo em efervescência, em ebulição.

O fato é que os jornalistas esportivos já não falam sozinhos. Há toda uma legião de torcedores querendo opinar, informar, trocar ideias, debater, elogiar, atacar e ofender. E são ofensas muitas vezes agressivas demais, em tom raivoso, beligerante.

Estamos diante do crescente empoderamento – nunca pensei que fosse empregar essa palavra – do torcedor. Quem não tem blog, tuíter, face entra nos espaços dos outros para exercer esse poder, nem que para isso apele para a ignorância algumas vezes.

Com isso, sucedem-se os conflitos. E não só gremistas x colorados ou torcedores x jornalistas. O pau tá pegando firme entre torcedores do mesmo clube. Sabe aquelas brigas nos estádios, aqueles ‘bolinhos’ entre torcedores logo apartados? É guerra de travesseiro perto do que acontece nas redes sociais, que em alguns casos só não resultam em agressões físicas porque o embate é virtual.

No caso dos gremistas, que eu acompanho de perto, é impressionante como tudo pode ser motivo para divergência, tomada de posição, radicalismo. Quem não pensa igual ou parecido se torna adversário, ou até inimigo. E por questões muitas vezes banais, insignificantes. Tudo ganha uma dimensão desproporcional ao fato.

Vejamos: aqueles que basicamente elogiam o Grêmio como um todo, sem entrar muito em detalhes, são taxados de oficialistas, chapas brancas. Já os que criticam até a roupa do Renato à beira do campo são os amargos, os urubulinos, apelido carinhoso que eu apliquei numa galerinha rançosa que mais critica do que comemora, e que parece estar sempre se vacinando contra futuras frustrações e decepções.

(Mas, que, se tudo der certo, estará comigo na Goethe no final do ano.)

Bem, se entender que a direção do Grêmio, a comissão técnica e os jogadores estão fazendo um trabalho de alto nível de forma geral – os resultados estão aí para comprovar – é ser chapa branca, então não resta dúvida, sou chapa branca.

Agora, nunca deixo de destacar o que considero errado, mas não é muita coisa, são detalhes. Já os mais, digamos, críticos, são uns implicantes antes de tudo, em especial com o Renato. Se ele opta por Jael, é por bruxismo, não porque se trata de um jogador que mantém o esquema no caso da ausência de Lucas Barrios. Idem para alguns outros do grupo, como o Fernandinho.

Já eu penso diferente: o Renato conhece melhor o potencial técnico e emocional de cada jogador, as alternativas não são tão melhores assim, então que se dê crédito a quem já provou qualidades. Eu prefiro o Éverton ao Fernandinho, mas não faço disso um motivo para atacar e ofender o treinador. Quem quiser fazer, que o faça

Eu vejo alguns jogadores insuficientes no grupo, mas ainda assim o Grêmio está avançando. Muito por causa do Renato, que, apesar de perdas significativas em relação ao time que venceu a Copa do Brasil 2016 com uma campanha espetacular, consegue manter um bom padrão de jogo quando conta com os titulares ‘sobreviventes’.

“Ó, olha o chapa branca se manifestando”, vão dizer. Por outro lado, tem gremista cobrando o mesmo padrão de jogo que havia na reta final da CB, quando o Grêmio encantou o país com um futebol bonito e efetivo. Ignoram que o time sente a perda de Maicon, Douglas e Pedro Rocha. Sem contar o Bolanos, contratado a peso de ouro.

Hoje, infelizmente, em função de desfalques sucessivos e ausências irremediáveis (Maicon, Douglas, Pedro Rocha), o toque de bola já não é o mesmo, e Renato teve de buscar outras soluções, nem sempre as ideais em função da limitação do grupo.

Muitos gremistas pensam como eu, não no todo, porque aí seria impossível. Mas há quem pense diferente, também não no todo, mas em alguns aspectos. O importante é aceitar quem pensa diferente. Portanto, é possível conviver com um mínimo de respeito, harmonia e civilidade. Eu disse um mínimo, porque mais que isso é quase impossível.

Nunca haverá unanimidade, nem na mesa do bar com meia dúzia de gremistas nem no whats, blog ou no twitter, com seus milhões de torcedores que formam um gigantesco coro de gente ansiosa para ser protagonista em todo esse processo que envolve o futebol, fiscalizando, opinando e cobrando.

Se gostou, compartilhe!

  • gremiocampeaomundial

    Por essas e outras eu sempre falo: a crítica construtiva é necessária e a existência da corneta desencoraja seu exercício polarizando o mundo numa falsa dicotomia entre o bem e o mal.

    “O que é corneta e o que é crítica construtiva?” Claro que isso é subjetivo ao menos em parte. O problema aqui é quando fica fácil de identificar essa diferença, que normalmente seria sutil, porque já nem é mais corneta e sim trompete de cinco pistões.

    Tem umas viúvas do PODEROSO ESTUDIOSO atualmente treinando o ?-FC que descontam sua frustração no Renato, só porque ele é o Renato e não o ESTUDIOSO. Aí não dá pra dizer que é subjetivo né?

    Tem outros “motivos” também, como não estudar e jogar futevôlei… todos “argumentos fortíssimos” pra qualificar como crítica…

  • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

    Bah, amigo Ilgo Wink, me desculpe, mas preciso escrever isso: me senti dentro de cada um dos 15 parágrafos de mais este ótimo texto, INCLUSIVE, naquela linha entre parênteses após o 7º parágrafo.

    Chapas Brancas ou Urubulinos amargos, a verdade é que nosso clube do coração segue numa fase muito boa e equilibrada de causar inveja em vários setores da mídia brasileira, onde nosso treinador ”também” é muito elogiado porque precisa se virar nos 30 desde que encerrou a Copa do Brasil em dezembro, pois ele perdeu o Wallace, Douglas, Maicon, Pedro Rocha e outras lesões afastaram por longo tempo o Geromel, Luan e Bárrios …..

    ….. e assim fica difícil manter o padrão de futebol ”reconquistado & reconstruído” dos últimos 90 dias do final do ano de 2016 com a Taça da CB desde quando Renato assumiu o comando Técnico do clube com resultados altamente positivos em meio a alguns equívocos cometidos SIM, mas concordo que a balança é altamente positiva.

    Nosso amigo Dr. Luis Augusto Waschburger lembrou muito bem hoje no post anterior a excelente menção que foi feita pelo nosso colega Demian Diniz da Costa em outro Blog que nem é partidário desta gestão atual, onde frisou e mostrou vários acertos desta atual gestão mostrando sua satisfação com o momento do clube, e isso é fantástico.

    http://www.blogdodemian.com.br/2017/11/campeonatos.html

    Siga la pelota, pois Soy Loko Por Tri América e mesmo que isso não aconteça, eu vou aplaudir porque estou vendo um futuro muito promissor para o meu clube do coração ….. dá-lhe, dá-lhe, dá-lhe Tricolor ….. !!!!!

  • Rodrigo Mello

    Excelente texto, cirúrgico na crítica, ponderada e bem embasada. O negócio é torcer pelo título, a nação Gremista merece.

    • Ilgo Wink

      Valeu, nós chapas brancas nos entendemos ehehehehe

      • Rodrigo Mello

        Podem me chamar de chapa branca, azul, verde, menos de Colorado ou Fake, o resto tá bom kkkkkk.Ataques existem dos dois lados ninguém é santo ou inocente. Teve um jurado (que agora tá reclamando) que na primeira oportunidade que se dirigiu a mim , me chamo de Boboca, ai acabou o diálogo, não consegue dialogar com ninguém é quer reclamar, ai não dá? Eu o bloqueei para não ter que baixar o nível, porque atrás do teclado todos são machos. Abraços.

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          Lembro disso, Tenente, te chamou também de Fake do Copião, e fez isso com mais uns 20 ou 30 por aqui sempre que alguém concorda comigo ou com o Ilgo. O cara deve ser muito infeliz.

          • Rodrigo Mello

            Além do Henrique Martins falso kkk. o Curioso é que tinha um bando sempre o positivando, todos fakes também.

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            Faz muito tempo que não vejo nada do que ele escreve, pois ”eliminei com a descarga”, mas existia uma penca de Fake que o seguia ”misteriosamente” só em alguns posts ”pontuais & oportunos” por aqui, e isso merece um estudo na Nasa (kkkkk).

  • Gustavo Medeiros

    Grande Ilgo,

    Só esquecesse de escrever que a grande parte das pessoas que atacam / ofendem / agridem, que buscam a discórdia, a imposição de seu pensamento e principalmente, a diminuição do pensamento dos outros se escondem atrás do anonimato que a Internet permite.

    Então, em certo ponto, é pior tipo de confronto , pois você dificilmente poderá identificar a pessoa, dando assim, para ela liberdade de escrever o que quiser e se esconder atrás do seu teclado.

  • Heraldo

    Um pequeno resumo …………vamo acabá co praneta!!!!!!, é mas tem o jael.

    • Rodrigo Mello

      Ai é difícil, Jael quando fizer um gol vou soltar foguetes, e espero que seja contra o Lanus, acho que ele tá guardando os Gols pra este jogo, espero.

  • Pedro de Lara

    A Turma do Abafa (6 ou 7) é muito forte, Ilgo. SEMPRE parte pra ofensa. Os urubulinos (2 ou 3) e mesmo os mais comedidos nas críticas se defendem como podem. Acho que tu já percebeu isso, né? É só ver o cronograma das postagens.
    Isso num blogue onde 10 ou 12 se revezam em preencher os 100 comentários por post, num repeteco de argumento e estilo incompatível com o blogue de um jornalista. Se fosse lá no Algoz onde a Geral e o interesse manda, onde o nível é mais baixo ainda, vá lá. Mas aqui…

    O que é lamentável é o blogue ter perdido opiniões muito sensatas e equilibradas, apesar da forte cobrança, pra ficar com um Copião (e suas baixarias desmedidas) ou um Pedro de Lara (a contragosto), por exemplo.

    • Ilgo Wink

      Pedro, a ofensa vem de todos os lados. Tu é um que não perdoa e por vezes bate forte. Eu idem.
      Não aceito quando alguém diz que Renato não é treinador. E me irrito quando alguém chama o Renato de Joel Santana…
      O ruim é quando vai para o lado pessoal.
      ainda mais que somos todos gremistas (acredito)
      Nosso adversário é outro

      • Pedro de Lara

        Faz tempo que eu não chamo o comandante de Joel. Mais de 6 meses. Ele aprendeu muito com o Roger Machado nessa nova passagem pelo Grêmio. Rsrsrs.
        Pena que na reta final das competições ele tenha optado pela cautela, contrariando o que vinha dando certo. E, ao contrário do que vem sido escrito aqui, ele só perdeu o Pedro Rocha. Maicon e Wallace, na minha opinião, foram muuuuuito bem substituídos por jogadores que aliam alta qualidade técnica a muito vigor físico. Michel e Arthur.

        • gremiocampeaomundial

          Essa conclusão de que o Renato aprendeu com o ESTUDIOSO também veio de Probabilidade IV?

          É porque, como tu sabe, eu só cursei Probabilidade I mas o problema nem é esse. É que Probabilidade IV não existe aqui, já que depois vem Teoria da Medida…

          É currículo de outra universidade? Se for a mesma onde o ESTUDIOSO aprendeu futebol nem precisa responder…

          • Pedro de Lara

            Pontifícia Universidade Católica, querido. Para poucos.

          • gremiocampeaomundial

            Ah, está explicado…

            Mas a PUCRS também é uma excelente universidade. Aí nesse caso é você que não deveria jogar uns números totalmente fora de contexto

            Eu estudo na UFRGS, “querido”, que também é “para poucos”. Mas respeito a PUCRS e me recuso a acreditar que não tenham te ensinado teoria da probabilidade e, principalmente, interpretar estatística…

          • Pedro de Lara

            A urgs foi uma ótima universidade.

          • gremiocampeaomundial

            Ainda é, como a PUCRS também é, e o pior é que apesar de tudo eu acredito que até mesmo você não é um mau aluno, seja de graduação ou pós.

            É o ESTUDIOSO que é um mau treinador, aí até os cultos se perdem na tentativa vá de justificar o injustificável…

            Aliás aqui entre nós eu NUNCA aprovei inferência estatística em futebol a menos que MUITO BEM considerada. Ainda bem que o Odorico está provando saber o que faz nesse quesito.

            E o modelo troca-passes guardiolista do ESTUDIOSO não tem a menor chance de dar certo, esqueça. Agora se a idéia é qualificar a troca de passes como PARTE da coisa toda, aí sim podemos conversar…

          • Pedro de Lara

            Mas eu não quero conversar contigo. Respondi por educação.

          • gremiocampeaomundial

            Então fique á vontade. Eu estou sempre aberto a discussões até porque essa não é difícil.

            E, como já dizia Schopenhauer, nunca apele à autoridade ao invés da razão. Encontrar a “res” (e não é a vaca) no passe infinito seria complicado mesmo…

            Mesmo sendo “monólogo” permita-me dizer: com Renato temos verticalização agressiva, troca de passes normal e saudável, erros pontuais e normais pois nenhum grupo é perfeito. Temos alternativa de jogo, incentivo ao drible, treinos de finalização, vemos isso nos jogos a média distância, dentro da área, temos cobrança de falta (finalmente!!!) com o Edílson, sabemos ter o controle de jogo sem a bola…

            … enfim, tudo isso e mais um pouco. Com o ESTUDIOSO o que tínhamos era tocar pra lá e pra cá até o adversário resolver sair da frente (isso quando não corria e apertava como fez o CARC).

          • Pedro de Lara

            Depois de tudo que o Roger desenvolveu em seu parco ano no comando, até o Rotho poderia triunfar.
            Tchau.

          • gremiocampeaomundial

            Que bobagem. Ele só levou um conceito a cabo como se fosse um mantra, iludido por uma mídia que, lá atrás, começou com o Cruijff distorcendo como treinador o que fez em campo regido pelo Michels.

            Se o ESTUDIOSO tem algum mérito é só o de qualificar a troca de passes, mas fez isso priorizando um fundamento enquanto sacrificou o conjunto da obra. Isso não faz um bom treinador, não pode fazer. Se o Renato chegou e aprimorou todos os outros, mérito dele. Espero que o ESTUDIOSO mesmo esteja se reciclando quanto a isso.

          • Rodrigo Mello

            Gestão de pessoas, este é o principal camarada, resumiste muito bem, não sei se vc trabalha com um grande número de pessoas, mas o bom trato com o subordinado é algo primordial, tenho certa experiência nesta área, para baixo e para cima.
            Quanto a Treinamento, resumiste bem, as vezes achamos que nosso Plano de Treinamento vai funcionar perfeitamente, mas não funciona, porque quem executa é um ser humano e não uma máquina. Quem ministra também o é, e as vezes comete erros que não consegue perceber. O exemplo do Conte é muito bom, basta ver o que aconteceu com a Itália como Ventura, arrisca não ir à copa.

          • gremiocampeaomundial

            Opa, eu tinha respondido antes da edição.

            Eu concordo em relação a estudos, “vivo disso” afinal de contas, mas acho que também por isso vejo como isso se aplica ao futebol ou não. E como em outras àreas do conhecimento humano, não basta só copiar a mesma conta e trocar as maçãs pelas laranjas.

            O meu argumento em relação a isso é muito simples: o futebol é um esporte. As variáveis envolvidas são inúmeras, ele não é uma ciência exata e, na verdade, ele passa longe de ser uma ciência.

            Ele (o futebol) pode e deve ser estudado, e sempre foi. Foi criado pelos ingleses junto com todos aqueles outros esportes com regras macabras e complexas, como críquete. Voltando pra mais perto do presente, o que eu digo é que o estudo no futebol é tão embrionário, que ainda estamos numa realidade em que a “regra” é pragmática. Pra poder aplicar algum método ou estudo de fato você não pode se valer do campo – que ainda não existe. Os melhores livros de tática e análise no futebol são tão reais quanto a sexologia e a ufologia. Talvez um pouquinho menos dramático mas você entendeu a analogia.

            Não significa que o estudo em si perdeu seu valor intrínseco. Acho que essa é a hora em que eu falo o que deveria ser óbvio: o ESTUDIOSO não estuda COISA ALGUMA! Justamente por isso você tem razão ao mesmo tempo que não tem. Afinal, é certo que os rigores de uma análise formal agregam a qualquer contexto. Mas é errado quando você faz parecer que o Machado fez isso quando não fez. Até porque, repito, nem teria como fazer. É tudo embrionário aqui, e é por isso que grandes treinadores ainda se valem de pragmatismo e observação empírica.

            O que você realmente quer ou ao menos parece se referir é a alguém como o Michels, mas o Michels era o Michels. Ele era um visionário que não precisava de base pra raciocinar algo do zero. Não é nada parecido com cientificismo real e ainda assim é o melhor que temos nesse contexto. Loooooooooonge de seu sucessor Cruijff, mais longe ainda do Guardiola, e maaaaaaaaais longe ainda do Machado que NÃO SERVE pro Grêmio.

            Quero clube campeão, não pioneiro em estudos servindo como rato de laboratório e perdendo pra TALVEZ daqui a uns trinta anos nós – e provavelmente os outros, mais espertos, que ficaram só olhando – colhermos alguns frutos.

        • Ilgo Wink

          Maicon, Douglas e Luan é que deram o toque de bola que consagrou o Grêmio
          Desses, resta o Luan
          Os outros são agregados que entraram na marra nesse tipo de jogo

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            Ilgo, é evidente demais. A um ano, nosso meio para a frente era Wallace, Maicon, Ramiro, Douglas, Giuliano com Luan flutuando e Fernandinho e Éverton entrando com correria no 2º tempo.

            Depois saiu Giuliano vendido, mais adiante saiu o Wallace vendido, em seguida saiu o Douglas e Maicon com lesões longas, o Pedro Rocha vendido, o Bolaños pro México, mais as lesões de Geromel, Luan, Bárrios e Michel que foi um ”achado” pelo gênio Renato que promoveu e revelou o craque Arthur que o Roger ”Estudioso” Guardiola tinha mandado de volta para a base …..

            ….. e quando o time saía de Porto Alegre jogando pelo Sinpof (o Roger ouviu a IVI e se ferrou completamente), voltava derrotado com 3 gols pelo Rosário Central, 3 gols pela Ponte Preta e com uma goleada de 4 gols pro Coritiba só no 1º tempo além de manter aquele eterno tic tac improdutivo com passes para os lados e para trás jogando cada vez menos.

            Ilgo, aguardo muito a volta do Roger Machado no futuro porque é cria ”da casa”, inteligente, tem vontade de aprender & crescer, mas este sumiço dele até como ”opção” nos canais de esportes depois que fracassou também no Galo mineiro me preocupa demais, pois o Renato teve que ajeitar muito a casa bagunçada desde que chegou, além de enfrentar perdas e muitas lesões em sequência de jogadores fundamentais.

            Por isso, aplausos para o Treinador pela sequência de acertos que teve desde que chegou porque tinha que se virar nos 30 de 60 em 60 dias, e o resultado de mais um trabalho dele aqui no Grêmio é ”altamente” positivo e eu desafiei qualquer um a me dizer onde o Grêmio estaria ou qual o percurso do time sem o Renato de Treinador desde setembro/2016 e nenhum deles consegue me responder, e estou esperando ”na final” da Libertadores da América. Pois é.

          • gremiocampeaomundial

            Olha, lamento discordar mas eu não aguardo a volta do ESTUDIOSO não.

            Infelizmente deu a coincidência de eu “não gostar” do Guardiolismo mas pra mim essa é uma análise muito rasa. Essa é a idiossincrasia do ESTUDIOSO, e eu tenho mais raiva dele pelo que ele fez (ou deixou de fazer) no time que eu torço. Agora isso não limita as manias e idiossincrasias só a ele.

            Quero dizer que não é SÓ o ESTUDIOSO que eu não quero de volta, o que eu manifesto é o meu lado passional amparado pela razão. Mas se tirar isso e ampliar a mesma razão a gente pode incluir outros nomes nessa barca, com outras idiossincrasias, que podem não ser as mesmas do treinador modinha Nutella europeu mas que também não vão dar certo.

            Drubscky, Eduardo Baptista, o Mineiro do Gerúndio Banguela que o Koff botou de tampão até trazer o Felipão, Jair Ventura, Zago, Ceni… TODOS esses “emergentes” que não mostraram NADA pra trabalhar num clube como o Grêmio, exceto planilhas e pranchetas. E isso o velho Joel Santana (o de verdade) já fazia.

            Respeito sua opinião mas por enquanto o Roger é o Roger. Quando ele me mostrar potencial pra ser “o Roger depois de crescer” aí eu mudo de idéia. Por enquanto ele é o que é então por que eu deveria pensar diferente? Esse negócio de “torcer pra crescer” funciona até com o Roth. Não vou aliviar pro Machado só porque ele foi atleta em 95 e venceu os GREnadas do bundeador (como interino) e do 5×0 não!

            PRIMEIRO cresce, DEPOIS vem pra cá! Se crescer muito fica caro mas tu entendeu… ainda precisa de mais feijão com arroz pra me convencer o tal ESTUDIOSO!

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            De pleno acordo, pois como eu disse espero a volta dele ”num futuro” mais preparado e pronto para assumir um time do nosso tamanho, pois sempre achei muito cedo ele no Grêmio e o histórico durante e depois no Galo, provou que eu estava certo. Aguardemos, no momento é utopia.

          • Rezende

            Além destes três que DERAM O TOQUE DE BOLA ainda coloco o Arthur, apesar de ser o último a chegar sendo o novato acho que é desta turma.
            Os dois que chegaram perto e contribuíram MUITO para o futebol de toque de bola do Grêmio foram o Pedro Rocha e o Michel.
            E os três melhores “paredes” foram o Barrios, Edilson e o Ramiro…
            Para funciona como um todo TODOS precisam contribuir.
            Por ESTA CAUSA é que o Fernandinho atrapalha tanto o jogo do Grêmio pois ele não tem toque de bola, não faz parede e SEGURA demais a BOLA esperando o adversário para tentar o drible. E perdendo a bola na MAIORIA das vezes…
            Pior do que ele só o Marcelo Oliveira…

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Daqui & de lá ….. !!!!!

        Olhe onde chegaram, Ilgo, muito boa e perfeita resposta. Não sei o que veio ”de lá desta vez”, me nego a ler qualquer asneira que ele escreve por estar bloqueado, mas imagino o nível disso ”hoje” pela forma como sempre acontecia aqui, pois é o que ”o bloqueado” fazia o tempo todo, ofender & perseguir, e os teus seguidores sabem disso, por isso foi bloqueado por alguns e as respostas que ele recebe eu consigo ler e são sempre no mesmo nível de ”ataques recebidos” com frequência, pois nunca vinha aqui para debater ou opinar e hoje deve estar com o mesmo comportamento.

        Está registrado aí, é só pesquisar que ”daqui” sempre haverá tão somente apenas ”respostas” aos ataques bobos e infelizes, senão, o ”batismo carinhoso” de urubulino não haveria acontecido e isso não é ofender ninguém.

        É muito fácil, não gosta da linha de opiniões, do conteúdo, e das pessoas, não venha no ambiente que não te agrada, pois é isso que eu faço nas redes sociais. PONTO.

        Serei sempre chapa branca até discordar do que a Gestão ”do momento” no Grêmio estará fazendo que não me agrade, aí, vou criticar e muito, e quem vem aqui ofender & perseguir o tempo todo & todos os dias, é urubulino sim, amargo, secador, chapa preta, Gremista Infeliz, ou como tu disse, galerinha rançosa que as vezes apela até para ignorância. Santo Deus ….. Oremos por eles, ou não são Gremistas (?).

        Tens razão, nunca existiu Gremista mais Gremista que ninguém por razão nenhuma, e quem pensa assim, é um defensor de críticas diárias para desestabilizar o ambiente, um ”alvo da IVI”.

  • wilson santos

    Cortez está fora do jogo com o Vitória, MO também está, mas esse eh um alívio.
    Diante das ausências, acho que seria uma ótima oportunidade de Renato testar o Fernandinho na lateral esquerda, entrando o Everton em seu lugar.
    Lateral eh a posição mais fácil de se jogar, acho que ele poderia se adaptar por ali.

    • Alexandre

      Fernandinho de lateral é um pouco extremo, talvez se jogasse como ala e com 3 zagueiros atrás.

      Seria um boa oportunidade para testar um lateral da base, uma vez que o jogo não vale lá muita coisa, mas pelo que li, é o Bressan que vai de lateral.

      • Ilgo Wink

        Bressan de lateral é outra invenção. Que coloquem esse Conrado pra jogar.
        É a chance de ele mostrar se jogar alguma coisa ou é mais um que irá do juvenil para os veteranos

        • Alexandre

          Também acho invenção. Por quê não testar um lateral da base? O jogo vale muito pouco mesmo.

          O Conrado não mostrou grande coisa, mas também nunca jogou com o time titular junto. Se não há confiança nele, deve ter outro na base com um mínimo de esperança que possa ser alçado ao time principal. Ouvi falar que o Guilherme Guedes, que inclusive já foi convocado pra seleções de base, iria subir para o time de cima ano que vem. Tá aí um bom teste pro guri.

          • Rodrigo Mello

            Eu prefiro que jogue este Conrado, que já jogou por ali, jogando com os titulares é a chance dele mostrar seu real potencial. Improvisar agora é meio temerário.

          • Ilgo Wink

            Tem uma coisa também: melhor é jogar com quem está inscrito na Libertadores, nosso grande objetivo

        • wilson santos

          Eu sou fã de jogadores de base, sou muito mais eles que os cascudos.
          Jogadores de base geralmente dão lucro e os cascudos dão despesas.
          Mas não vi nada nesse Conrado, lateral de pernas curtas igual aquele Bruno Colaço, que era o ” novo Roberto Carlos”.

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            Wilson, mas Bressan de lateral não dá, né. Como zagueiro ele já é limitado, imagine improvisado.

          • wilson santos

            Bressan na lateral direita, onde poderia se sair melhor, já acho má ideia.
            Na esquerda nem vou falar o que acho, o Ilgo iria censurar…kkkkk

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            Quem sabe não haverá um revezamento entre o Bressan e Kannemann por ali na esquerda, pois o gringo chegou também com essa opção de atuar na lateral, lembras disso ?????
            Mas é uma idéia que não aprovo.

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Também já falei aqui sobre Fernandinho de lateral, mas acharam que ele não vai se empenhar por ser cascudo demais.

    • Ilgo Wink

      Fernandinho de lateral. tu quer me enlouquecer…
      Ou a ideia é derrubar o Renato? ehehehe

      • wilson santos

        Eu acho que dá, ele marca melhor que o MO e ainda tem o acrescimo da parte ofensiva.

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          É o que eu penso também.

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Ilgo, seria muito melhor que Bressan ou Conrado, é o que temos hoje (kkkkk).
        Lembre-se que Fernandinho só joga na esquerda como titular pela forma de recompor o setor.

  • Heraldo

    Chapa branca do GRÊMIO e chapa branca do Lacerda. Você é livre para escolher.

    • Rodrigo Mello

      Aquele Lacerda é um filhote de Baldasso, nunca deve ser levado á sério por Gremistas.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Não sei porque o RW faz isso, é apelação em busca de Ibope nos microfones, pois no Blog o Ibope dele já está consolidado por milhões de seguidores leitores do assunto principal que é de Resistência a IVI.

  • Rodrigo Mello

    Pelo que li, Bressan vai jogar improvisado, não acho a melhor opção, mas torcer para que ele não comprometa. O brabo é que Jael é titular, entendo manter o esquema, mas pq não Everton, que pelo menos se movimenta muito mais?

    • Ilgo Wink

      Éverton talvez porque Renato queira mesmo um cara mais fixo entre os zagueiros.
      Eu particularmente gosto mais de atacantes de movimentação na frente, confundindo a marcação.
      Tenho pra mim que Renato escala o time sempre pensando nos duelos com os argentinos e para ele é melhor insistir com Jael porque logo o Lucas Barrios volta. Fica mantida a estrutura

  • gremiocampeaomundial

    Percebo uma certa “tendência” que acho difícil de explicar. Vou pegar como exemplo a Geni do time.

    Jael errando um gol = “Naba! Pereba! Aipim! Não é jogador pro Grêmio nem nunca será! Aquele passe pro Léo Moura foi exceção! E se não foi eu não fiquei prestando atenção nos outros jogos! Pode ser exceção mas não exceção única, mesmo assim eu não alivio pro Jael! Jael é cruel, fora Jael!”

    ESTUDIOSO levando um pau do CARC = “Não está pronto. Vai crescer. Tem potencial. Hoje acabou o clima mas no futuro será um grande treinador. Quero vê-lo de volta algum dia. Ainda está no começo da carreira.”

    Alguns podem fracassar à vontade que continuam tendo potencial, enquanto pra outros o martelo da mediocridade já atingiu a madeira da mesa…

    • Ilgo Wink

      ten uns que são rotulados de ruins, e talvez sejam mesmo, mas até os ruins podem ser importantes em algum momento. Não importa o que façam, sempre serão as genis. A gente sabe que Jael é insuficiente, mas é o que a casa oferece.

  • gremiocampeaomundial

    Lá vem o Binter subindo pela meia-esquerda com Xiliquento – peeerdeu a bola foi desarmado! Contra-ataque perigoso do Vila com Zé das Couves, passou pelo meio conduziu a bola pela ponta tabelou com athirso que devolve pra vilso, levantou na área pra nilso, que ilso, goooooooooooool do Vila Nova e com o empate dentro de casa o Binter ainda não garante matematicamente o acesso!

    AEHHAHEHAEHAHEAHAHEHAHEHAEHEAHEHAHAEHAHEHAHEAHEEAHHA Canta torcida morangada!

    BINTEEEER!
    ESTAREMOS CONTIGOOOO!
    EU E O MEU MACHÃÃÃÃO!
    NÃO ME IMPORTA O QUE DIGAM!
    SEMPRE LEVAREI COMIGOOOO!
    A VERGONHA VERMELHA!!!
    QUE É MEU PANO DE CHÃÃÃÃO!!!
    O REMENDÃO ME ESPERA!!
    PARA COMEÇAR A MELDAAAA
    XALAIÁLAIÁÁÁÁÁ! XALAIÁLAIÁÁÁÁÁ! XALAIÁLAIÁÁÁÁÁ!
    NA SEGUNDA DIVISÃÃÃÃÃO!!
    XALAIÁLAIÁÁÁÁÁ! XALAIÁLAIÁÁÁÁÁ! XALAIÁLAIÁÁÁÁÁ!
    E O SASHA É UM CUZÃÃÃÃÃO!!

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Muito bom ….. show.

  • Ilgo Wink

    Jogando uma bolinha sofrível, o Inter escapou de perder pro Vila Nova. Não fosse aquele jogo estranho contra o Brasil, em Pelotas, o Inter estaria disputando a classificação com Ceará, Paraná e Oeste, a cinco pontos do líder, o América Mineiro.
    Mais uma vez foi adiada a festa pela vaga daquele clube que dizia que não ‘comemora vaga’.

    • Rodrigo Mello

      Gol aos 50 minutos contra a Luverdense “daquela forma”, 4 penaltys num mesmo jogo, só para começar, em 3 partidas em casa fizeram 2 pontos, mas nunca perdem a arrogância.

      • Ilgo Wink

        é uma campanha bastante suspeita

    • Márcio Tubarão (PDF FIFA)

      Ilgo, foram quatro jogos bem duvidosos. Foram 12 pontos somados estranhamente. Agora, se o Binter não tivesse seis destes 12 pontos, estaríamos vivendo o apocalipse no Texas.
      Há bem pouco tempo, o título da segundona era uma vergonha. Recentemente, até o Zini Glu-Glu já envergou a conversa sobre “um lugar de honra para o título da Série B” na galeria do Binter.
      Puxa… que temos estranhos estamos vivendo. Hahahahah

  • Rezende

    NUNCA HOUVE unanimidade, o fato de antigamente só se ouvia a “voz dos jornalistas esportivos” é que dava a opinião dos profissionais MAIS PODER do que realmente tinham.
    Muitos jornalistas ainda acreditam que tem este poder e derrubaram uma Presidente para provar isso.
    DEPOIS de mais de 13 anos do partido inimigo da mídia no poder.
    No futebol, na política e na vida a internet é uma realidade que subverte a ordem imposta, por quem quer que seja…
    Enquanto ELA existir, desta maneira, TODA idéia será combatida por quem dela discordar…
    Isto é algo que teremos que nos acostumar…

    Parabéns ao Coelhão Mineiro, primeiro time a conquistar o acesso a série A de 2018…
    Merderson Moreira de volta a série A !!!
    Esta tal de SEGUNDONA é ruim mesmo, UM VERDADEIRO INFERNO !!!

    Gordiola Demitido e só falta uma vitória do OESTE em casa na terça-feira para a ROMA VERMELHA pegar fogo de vez…

    E o Juiz da Comarca “se deu folga” terça-feira cavando escandalosamente um cartão amarelo…
    Covarde metidinho a esperto, merecia fazer dupla caipira com o Marcelo Oliveira…

    • gremiocampeaomundial

      Reforço seus cumprimentos ao Coelho (apesar do Mineiro do Gerúndio Banguela) mas preciso corrigi-lo: não é “segundona”, é “Série B”

      “Segundona” é só quando a gente cai.

      • Rezende

        DEPOIS DE HOJE nem a IVI vai conseguir conseguir glamourizar a situação deles…
        Se o Oeste derrotar os VERMELHOS na terça-feira a casa cai de vez…

    • Rodrigo Mello

      Não levo fé neste Oeste, tá brigando por vaga, mas não tem camisa. Lembro que a reviravolta deles começou contra o Guarani em Campinas, ali eu vi que eles iam engrenar

      • Márcio Tubarão (PDF FIFA)

        O Binter engrenou em quatro jogos recheados de elementos muito duvidosos (vide a partida dos quatro pênaltis e aquele contra um certo time que tinha sete reservas).
        O Binter precisa de pouco para subir. Porém, vai ficar pouco tempo na Série A. Vai cair novamente.

        • Rodrigo Mello

          Há se não houvesse um Brasil de Pelotas, para facilitar a vida deles………..

          • Márcio Tubarão (PDF FIFA)

            O Brasil de Pelotas está pagando o preço daquele dia. Aquele jogo nunca acabará…

          • Rodrigo Mello

            Pior que não, eles venceram fora o Paysandu e praticamente se garantiram. Toda a simpatia que eu tinha por eles se esvaiu naquela pataquada. Contra nós sempre jogam a vida, aliás todos do interior jogam a vida, lembro do 15 de Novembro, que abria as pernas para eles e contra nós era sempre Copa do Mundo, embora nossa fase na época fosse terrível

          • Márcio Tubarão (PDF FIFA)

            Quando eu digo que está pagando o preço é pelo contexto todo. Quase voltou para a Série C. Teve técnico demitido. Deu crise no vestiário… o resto, todos sabemos. hahahaha
            Não torço mais pelo Brasil de Pelotas. Era uma equipe que tinha minha simpatia. Depois daquele “jogo eterno dos sete reservas”, o Brasil de Pelotas vale tanto quanto 0,01 centavo da Lapônia.

          • Rodrigo Mello

            Sim verdade, entendi, referiste ao contexto todo não só ao produto final. Eu pelo menos voltei a acreditar no Juventude, este ano voltaram a encrespar com eles, ao contrario da filial o Cassias que sempre entrega a rapadura.

          • Ilgo Wink

            Fecho com o relator

          • Ilgo Wink

            Bem lembrado.
            Sobre o Brasil, enquanto tiver essa direção eu serei um secador

      • Ilgo Wink

        Vai rolar mala preta

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Gilberto Milico, tirando a parte da politica aí onde tu é um ZERO À ESQUERDA, de resto eu até concordo.

      • Rezende

        Ô Coxinha amante do Temer eu sou um DEZ à ESQUERDA…
        TU é uma cópia xerox, um Zero à direita… Imbecil a décima potência..
        Desgruda de mim INFELIZ…
        Estamos aqui para falar do GRÊMIO tira a política do assunto…

        • Ilgo Wink

          Tu entra com política defendendo esse bando de ladrões que comandou o assalto ao país, o maior da história mundial, e vem reclamar do Copíão

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            Ilgo, acho que é muita cara de pau de qualquer petista ainda hoje defender aqueles ladrões de tornozeleira eletrônica onde só falta o molusco e a besta, mas só faz uma coisa dessas quem já sofreu lavagem cerebral por ser fraco demais, pois é impossível existir um cidadão brasileiro que tenha completado o ”1º grau” e vote com consciência no PT, pois isso não existe. Bando de safados, eleitores & eleitos.

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          Gilberto Milico carioca, pega leve, não comece a Latir politica por aqui, pois tu é um fascista e comunista aloprado, podre, vagal que não entende nada desse assunto e eu não sou e nunca serei dependente de ”bolsa família” pra sobreviver …..

          ….. e junto com o ”Seu Algoz” & Cia, te admiramos ”de montão” exatamente por essa tua burra e imbecilidade politica além de que você adora uma carniça podre nas refeições quando não recebe um pão com mortadela e uma passagem do PT para vir à Porto Alegre assistir o Grêmio escondidinho dentro de um ônibus do MST.

          Te liga, eu só falo de Grêmio e futebol por aqui e não venha querer dar ”outro gópi” porque quem elegeu o Temmer que agora faz alianças com vocês foram os milhões de idiotas analfabetos que votaram na DilmAnta e vocês politicamente se merecem.

          Só falta agora tu vir aqui defender o Sérgio Cabral, Eike Batista, Carlos Arthur Nuzman e toda aquela corja & corriola de cariocas podres fedorentos que são teus conterrâneos. Acorde, rapaz, você está num estado decente e sobrevive aqui a 38 anos, é o que tu disse certa vez. Pois é.

          Agora fale de Grêmio e futebol para não apanhar mais, pois tu sofre dimoaaaaaiiiiisssss por aí por causa dessa tua visão politica podre e ultrapassada. The End.

          • Pedro de Lara

            Quanta ignorância…

  • Pedro de Lara

    “…e suas baixarias desmedidas”.
    Bah!
    Até quando?