Noite de superar altitude e deficiências

O Grêmio vai passar de fase na Libertadores. 

Hoje, precisa jogar pelos três pontos, sem pensar em prêmio consolação, o empate. 

Voltar com um ponto na bagagem não chega a ser ruim, embora a projeção seja de adversários mais fortes na próxima fase. Tipo Corinthians e Atlético Nacional, melhor campanha da competição.

O ideal é vencer hoje e também o jogo contra o Toluca.

Mas sempre há percalços no caminho que leva ao ideal.

A começar por esta noite. Confesso que estou preocupado.

A altitude é um problema, físico e psicológico. Depende de cada um.

Mas há outra dificuldade. Percebo que os torcedores em geral não querem pensar muito a respeito do time que enfrenta a LDU.

A qualidade do time que enfrenta a LDU.

Eu avalio que um time para ser vencedor de verdade não pode ter mais do que dois jogadores meia-boca, jogadores medianos, dos quais não se espera muito, a não ser que não comprometam.

Pois o Grêmio tem, a meu ver, seis jogadores inconfiáveis em sua escalação.

 

Alguns são quase unanimidades negativas, outros geram polêmica. Douglas e Bobô são, a meu ver, insuficientes para o desafio de conquistar uma Libertadores. Podem ser, no máximo, alternativas para o decorrer de uma partida. Nada mais do que isso.

 

Há quem os defenda, tudo bem, mas eu os prefiro fora do time titular.

Os outros quatro nomes que considero insuficientes, ainda mais juntos no mesmo time, no mesmo jogo:

Wallace Oliveira, Fred, Marcelo Hermes e Edinho.

Tem ainda Giuliano, um ótimo jogador que vive uma fase instável.

Apesar disso, acredito na vitória. Por que? 

Porque sim, ora!

 

Se gostou, compartilhe!

  • Marcos lena

    vou dar meu voto de confiança pro Roger, mas discordando da escalação, tomara que eu esteja errado, mas Douglas na altitude ? não poooode…

  • Marcio Luiz

    Douglas + Edinho = -2 jogadores em campo, ainda mais na altitude. Mas eu acredito na vitória, magra e suada, isso se o Roger abandonar o bruxismo no intervalo do jogo pelo menos.

  • Francisco Coelho

    Noite de tomar calmante e remédio para pressão.

  • anne

    Douglas,velho e lento lá nas alturas??? Oremos…

  • Francisco Coelho

    Nem sempre o elenco mais caro vence. Se o treinador consegue passar aos jogadores uma boa estratégia eliminando os pontos fortes do adversário no campo a vontade pode superar e sufocar os “craques”.

    Bayern chega à semi da Liga pelo 5º ano seguido.
    Atlético engole Barça no 1º tempo, segura pressão e avança à semi.

  • Walter Luis Borba

    O grêmio com Lincoln e Pedro Rocha eu acredito mais.
    Nesse grêmio escalado é noite para sofrer e aguentar secaçao de colorado no condomínio.
    Nunca vi, em jogo do Inter, eles ficam tudo quietinho dentro dos aptos.
    Em jogo do grêmio vão para sacada assistir o jogo.

  • Fabio Scheffer

    Altitude a parte, se o Grêmio não conseguir no minimo, EU DISSE NO MINIMO, um empatezinho contra uma LDU em péssimo momento técnico…

    Aí pode entregar a vaga nessa 1ª fase pq não iria muito longe não.

    O bom do jogo de hoje é que se o Douglas ou o Giuliano se arrastarem, temos o Lincoln e o P.Rocha babando pra entrar.

    E entrando bem podem abrir os olhos do Roger para o futuro do time, que deve ser com eles !!!

  • Eder

    Noite dos aipins. Primeira vez no ano que os cascudos resolvem.

  • Rogério

    Quebrei a cara, os cascudos resolveram. Se continuarem assim, não me importo de quebrar mais vezes.

  • Francisco Coelho

    Realmente ainda falta quilometragem para o Roger. Têm de ter alguém com rodagem para informar a hora de trocar e quem.
    As pernas não conseguem aguentar e vai perder alguém. Banco é para poupar jogadores e manter a pegada.