Jogo para ‘poupar’ o maestro Douglas

O técnico Roger Machado fez treino secreto pensando no Atlético Paranaense. O adversário, dirigido pelo Paulo Autuori, fez o mesmo.

Uma tentativa de esconder aquilo que todos conhecem. Difícil ocorrer uma surpresa de qualquer lado.

Se Roger fosse mais ousado, sacaria Douglas do time. Já escrevi aqui que existem dois Douglas: o leão que se agiganta na Arena em especial contra adversários de grande porte, e o gatinho ron-ron que se enrola no novelo lã em jogos fora de casa.

É fato que o Grêmio cai de rendimento fora de casa. Se Douglas é o responsável maior por isso, há controvérsias, mas eu defendo essa hipótese.

Isso talvez aconteça até em função da idade de Douglas – Roger já admitiu várias vezes que armou um esquema especial para seu veterano e nada atlético meia.

Diante desse raciocínio, eu sacaria Douglas em todos os jogos fora de casa. Talvez com alguma exceção. E começaria pelo jogo desta quarta-feira, 19h30, contra o Atlético.

SErá um confronto duro, áspero. Na última vez que os dois se encontraram na Copa do Brasil o Grêmio foi inoperante ofensivamente e acabou eliminado sem fazer um golzinho sequer.

Bem, o que fazer? Primeiro, sacar Douglas. Segundo, dar sua camisa e suas funções a Luan. Simples.

Outra coisa que eu faria: Jailson na função de meia (sua origem), com Wallace e Maicon como volantes. Jailson jogando pelo lado direito, fazendo o corredor como dizem agora os doutos do futebol. No outro lado, Éverton. Na frente, Miller Bolanos.

Mas eu não sou treinador do Grêmio – infelizmente para o clube.

É claro que Roger não irá sacar seu guru, seu maestro, seu tutor, seu tudo.

Independente de quem jogue, é fundamental entrar em campo determinado a vencer, sem cogitar sequer do ‘pontinho fora’, praga difundida e enraizada na região abaixo do Mampituba.

Se a vitória não for possível – o adversário está bem, joga em seu piso sintético e ainda por cima tem um juiz que não dá ‘sorte’ ao Grêmio. Em 19 jogos com o sr Ricardo Ribeiro, o Grêmio venceu apenas DOIS jogos.

Apesar de tudo, e do retrospecto desestimulante em jogos fora de casa no Brasileirão (DEZ PONTOS EM TRINTA), eu acredito que o time reúne condições de voltar de Curitiba com vitória. Chances que aumentam se Douglas estiver fora.

Se gostou, compartilhe!

  • Arthur J

    Concordo com o post, mas tenho quase certeza que o Roger fará o contrário:

    Vai manter o Douglas se arrastando até os 30 do segundo tempo e jogar pelo empatezinho (de preferência, sem fazer gol).

    • Ilgo Wink

      Maicon está fora. Pena

      • Arthur J

        Até gosto do Maicon, mas pra mim ele é mais um dos que carregam a pipoqueirice no time (junto com o Avenida e o Douglas). Talvez se não fosse o capitão e “líder” do time eu (e parte da torcida) teria menos bronca com ele.

        Enfim, Walace e Jaílson podem fazer uma boa dupla. Só espero que o Roger não me invente de estragar o time com o Ramiro.

  • Fábio Viana

    FERROU!!! Maicon não viaja.

    Roger não vai tirar Douglas. Se Maicon jogasse, seria possível essa mudança, mas dificilmente ele mudará 2 peças do meio campo de uma vez só.

    • Ilgo Wink

      Sacanagem

  • Marcos Vargas

    Faço uma ressalva Ilgo: Luan não joga na do Douglas, deixaria ele na frente flutuando por todo ataque. Recuaria o Bolaños, este sim é do lugar e função do Douglas. Ele jogava assim no Emelec e joga assim na seleção do seu país. Como meia armador com dois wingers (pontas) e um atacante centralizado. Como ele é um meia que chega muito e conclui bastante, se passa impressão de ser atacante. Ele mesmo já falou se sentir mais confirtável jogando como meia. E entraria com Everton.

    • Ilgo Wink

      Eu ainda prefiro o Luan solto no meio, com Bolanos mais adiantado. Acho que os dois podem se revezar durante o jogo, como fazem Douglas e Luan.

      • Ilgo Wink

        Agora, o Bolanos precisa jogar mais

      • Charles

        Douglas e Luan combinam jogadas? So se for nas paginas de ZH, pois no campo a teoria e outra.

  • HENRIQUE MARTINS

    Está cada vez mais dificil acompanhar o futebol.
    Guardem este nome:
    Bruno Arleu de Araújo (RJ)
    Ontem no jogo do Corinthians x Vitória, estava 1×0 pro time Baiano, quando chutaram uma bola no braço do zagueiro corintiano, que estava aberto.
    Penalty claro.
    Claro que o juizão nada deu.
    Se fosse contra o Grêmio……..alguém teria alguma dúvida ?

    • Fábio Viana

      Jogada idêntica ao do Geromel no jogo contra o Fla 1 dia antes.
      Assim fica difícil de ser campeão e do Inter cair. Se Vitória ganhasse ou empatasse eles estariam na porta da ZR.

    • Ilgo Wink

      é por aí mesmo. Foi pênalti que o juiz nao deu

  • Rogerio

    Bolanos vai ser mais um jogador torrado no Grêmio, por jogar fora de posição, assim como Vargas e Giuliano. Ele joga centralizado, encostando no atacante mais adiantado. Ele tem mais assistências do que gols na carreira, não consegue fazer pivô, não tem físico pra isso. Sua maior virtude como jogador é exatamente receber a bola e partir para o ataque com o campo a frente. Já tá cheio de gente querendo que ele vá embora, dizendo que não joga nada, que não deu certo, etc. O Grêmio (clube e torcedores) são impressionantes!

    • Fábio Viana

      Acrescento a essas dificuldades que citaste, criadas pelo próprio Grêmio que não coloca o cara na função dele, o fato do jogador estrangeiro sempre necessitar de um período de adaptação.
      Se a direção e seus satélites não estragarem o jogador e estarem atentos ao dia a dia desse atleta, ano que vem acho que dará uma resposta ainda melhor.

  • Charles

    Perfeito. Esse jogador é, infelizmente, o simbolo do gremio de Roger. Na minha conta ele tem UMA assistencia no BR16… contra a Capecoense. Sao 18 jogos e UMA assistencia.
    Sacrifica-se Luan, Giuliano, Bolanos, Pedro Rocha, os volantes tem de articular pelo meio… tudo para acomodar Douglas, jogando na posicao de “açucareiro”, esperando a famosa “PIFADA” (que nunca acontece). Essa conversinha de Bolanos ja ouvimos contra Vargas, o heroi da epoca era o “Gladiador”, agora e o “maestro”. 15 anos é pouco.
    oremos.

  • Ilgo Wink
  • Serrano

    Tô pensando em largar o futebol, pelo menos por uns tempos.
    Não por que o Grêmio não tem a mínima, mínima chance de ganhar alguma coisa esse ano – hoje, sete e meia, estreia um ‘spin-off’ da série principal.
    Não por imaginar que eles eventualmente escaparão. Acho que o destino deles está selado.

    Mas por coisas assim: http://www.internacional.com.br/internoticias#inter-obtem-expressiva-vitoria-juridica-no-supremo-tribunal-se-justica-desportiva!35598

    Eu fico imaginado o que deveria ter acontecido pra que houvesse punição.
    Desanima o vivente.

    • Daniel Scherer

      Pior do que isso Serrano, é ter o desprazer de ver a imprensa e principalmente pessoas ligadas ao Grêmio saudarem isso como uma grande conquista, que enche de orgulho o estado por ter um estádio seguro e blá, blá blá. A fonte: programa do Vidarte na Grenal, que tenho o desprazer de escutar no trajeto para o trabalho, coisa de 5 min, pois normalmente não passa disso antes de eu vomitar. E o convidado de hoje era o Pelaipe que dava elogios calorosos ao SCI. Então concordo em genero numero e grau contigo, e a pergunta que fica: e se fosse na Arena?????

  • Serrano

    Três volantes, riririri.

    Em algum Universo paralelo, um certo clube de três cores está a beira de fechar as portas.

    • Serrano

      Corneteei pra dar sorte, óbvio.