Grêmio pragmático garante o empate

Sem Luan e Geromel, dois jogadores que figuram em qualquer seleção que se faça do Brasileiro, o técnico Renato Portaluppi optou por um esquema mais cauteloso para sair do Engenhão com um empate. E conseguiu.

O empate por 0 a 0 coloca o Grêmio como favorito à classificação, que será decidida na Arena. Além do resultado em si, ficou claro que o time carioca está pelo menos um degrau abaixo do tricolor. O Botafogo não conseguiu tirar proveito das dificuldades do Grêmio, que jogou também sem Michel.

Houve quem criticasse o esquema emergencial (repito, emergencial) armado por Renato. Queriam um Grêmio mais ofensivo, nunca um time mais preocupado e vocacionado a não levar gol antes de tudo.

O Grêmio jogou com quatro homens no meio de campo, um deles, Léo Moura, improvisado. Eu acharia melhor começar com Éverton, recuando Fernandinho. Renato, conhecendo melhor as qualidades e defeitos do adversário, optou por Léo, deixando Fernandinho mais adiantado.

E Fernandinho acabou sendo o jogador mais perigoso do Grêmio em termos ofensivos. Lucas Barrios mais uma vez saiu lesionado. Há tempo que ele vem jogando aquém de suas melhores condições. Por detalhe Fernandinho não fez seu gol ao aparar um cruzamento de Léo Moura, com o zagueiro tirando a bola com o goleiro já batido.

É inegável que Renato estudou bem o adversário e acabou acertando em sua proposta de ganhar o meio de campo. A defesa quase não foi exigida, Grohe quase não trabalhou. E o ataque, dentro de suas limitações, até que criou alguns bons lances.

Já o Botafogo pareceu enredado, sentindo a marcação, sem conseguir alternativas para levar perigo ao goleiro gremista.

Portanto, méritos de Renato, que armou um time de forma pragmática para decidir tudo em casa, aí reforçado de Michel e, provavelmente, Geromel e Luan.

Na Arena, será outra história.

ARTHUR

Foi o grande nome do jogo. Com Jaílson como primeiro volante, Arthur jogou mais adiantado e mostrou que pode evoluir muito como articulador. Assumiu mais a responsabilidade de criar e não teve medo de invadir a área a dribles quando possível. Numa dessas investidas, sofreu uma falta na risca da área, que o juiz ignorou. Não fosse isso, teria chegado na cara do goleiro.

É preciso destacar, também, que Bressan evitou o gol do Botafogo ao interceptar um arremate de Roger, após falha de Bruno Cortêz. Bressan deu uma vacilada no início da partida, mas depois voltou a ser um zagueiro eficiente e seguro.

Destaco, ainda, Edílson, que teve grande atuação.

 

Se gostou, compartilhe!

  • Davi Calil

    Antes dos poréns, to contigo Ilgo. Jogamos bem. Time limitado, muitos desfalques e não sofremos. Porém Fernandinho levaria verdadeiro perigo se jogasse na direita, sua posição. O lance do ‘quase gol’ iria pra lateral haha. Não achei que foi tão bem assim, mas dentro das limitações e fora de posição, aceito o termo “jogou bem”.
    Léo Moura não ajudou muito, cansou no final do jogo, justamente quando fez sua melhor jogada, o bom passe pro Fernandinho. Mas durante o restante da partida foi apagado. Como o nosso centroavante. Brigou bastante, mas a bola não chegou, e pra ele, precisa chegar. Os restantes fizeram partida normais, Bressan,Jailson, Cortez, Ramiro. Sem brilho. Arthur é outro patamar de jogador, outro nivel, pena que jogou sozinho. Edilson e Kanneman jogaram bem também.

    Sobre o jogo. Achei o Renato jogando pelo ‘pontinho fora’. Tinha motivos, eu entendo. Mas ao meu ver, o jogo tava fácil. Com um atacante, Arroyo, teríamos chance de ganhar o jogo. Não acredito no futebol do Éverton, Ilgo e amigos. Não consigo, não dá sinais. Joga apenas quando o outro time ta cansado. Hoje, não fedeu nem cheirou. Mas como Barrios lesionou, só tinha ele como escolha possível. Não foi aí o “erro” do Renato. Foi quando passado de 30, o botafogo no desespero e cansado, o Renato não investiu no Arroyo no lugar do Leo Moura, puxando o Fernandinho pra direita e mantendo o tripé de volantes no meio campo. Penso fielmente que ali, ganharíamos o jogo. Mas quem entrou foi Thiery aos 40. E aí, é o meu receio.

    Botafogo, não sabe propor jogo. Só joga no contra ataque. E o enorme espaço que tivemos hoje. Não vai se repetir na arena. Será um jogo muito, mas muito mais difícil aqui. E não podemos nos dar ao luxo de tomar gol. Porque todos sabemos como o Grêmio joga contra retranca. O que vocês acham? abraço

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Davi, achei muito correta a postura do treinador Renato com três fortes desfalques na casa do adversário lotada, nas quartas de final da Libertadores, não dando espaços ao Botafogo, marcando, roubando as bolas e saindo pro jogo o tempo todo, criando três boas chances de gols e o Marcelo Grohe assistindo o jogo o tempo todo sem sofrer pressões.

      É muito mais fácil sair de um jogo desse numa fase dessas sem levar gols, pois qualquer resultado diferente de 0x0 contra nós eu penso que seria bem mais difícil de encarar no jogo de volta e neste jogo mais uma vez fora de casa, eu não vejo que saímos para empatar porque Renato não joga assim.

      • Eduardo

        Acho que o Jair jogou o jogo todo pelo 0x0, trazer pra Arena e pra cima de nós a responsabilidade, sabedor de que penais principalmente em casa a pressão na gente aumenta…
        Abraços,

      • Davi Calil

        Aí é que tá. Concordo cara. Só nós poderíamos ter saído vencedor. Tava fácil. Por isso Renato devia ter pelo menos usado a reserva, já que sobrou uma substituição. Nessa, entrava o Arroyo. Ganharíamos o jogo, tava facíl, jogamos bem, mas faltou um atacante. Parece que o Renato gostou do empate. Mas tá se esquecendo que o Botafogo joga melhor retrancado e no contra ataque, coisa que não fez hoje, por isso foi fácil. Aqui, não vai ser de barbada. O 0x0 foi bom. Mas 1×0, nós já tava classificado.

      • Serrano

        Torcerei pelo Barcelona de Gayaquil. Não quero toda aquela palhaçada de 2007 de novo.

        Claro, tem que passar pelo Botafogo antes.

    • Eduardo

      Acho esse 0x0 de hoje um péssimo resultado! discordo de ti Jailson não está no nível de Bressan nem Cortez nem Ramiro, coitado não deveria estar ali, em plena quarta de final de Libertadores, ele mesmo sabe que não deveria estar ali, coitado não tem culpa, pessoal vai na da IVI fácil fácil Milagrohe por exemplo, todo e qualquer jogador elogiado por qualquer um da imprensa desde o afastamento do Imortal Paulo Santana é pra nos ferrar, abramos o olho heinnn ano passado quase a IVI manipula: enterra o Maicon e nos deixa essa saracura pereba aí… imagina isso! voltando do trabalho ouvi isso no programa do Nando na época do estudioso Grande Lateral Esquerdo Roger Machado… concordo em relação à situação Arroyo, pensei a mesma coisa que tu… hoje foi um baita resultado para o Botafogo, excelente resultado considerando os clubes. Outra se não o Arthur de armador quem então na ausência do Douglas, Luan, Jael e o Lincon que o pessoal conseguiu emprestar de tanto implorar nas redes…
      Concordo contigo em relação ao Éverton, além de não jogar nada, fiquei muito irritado com ele pq acho que passou o primeiro tempo inteirinho de cabeça abaixada no banco de reservas e não viu o jogo! não viu que o juiz não dá falta! Poxa jogou todo o tempo contra o juiz esqueceu que era contra o Botafogo, faz umas já que se esconde assim… não vejo futuro nele…
      Última bola do jogo quando o juiz pediu a bola o Fernandinho ironicamente estava na direita… na dele
      Ramiro na do Jaílson, Fernandinho na direita Arroyo na esquerda e Arthur e Léo Moura na saída de bola.
      Resultado azedo
      Abraços,

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Eduardo, um péssimo resultado hoje seria uma derrota de 2×0, pois é uma partida de quartas de final da Libertadores da américa, na casa lotada do adversário e o nosso time com três desfalques muito sérios e importantes tendo três chances de vencer o jogo contra nenhuma do adversário, achei um ótimo resultado.

        Nunca esqueça que sempre teremos um adversário do outro lado e esse de hoje despachou até aqui vários campeões da Libertadores nessa edição. Vamos passar para a semi-final.

        • Ilgo Wink

          As vezes eu acho que o Grêmio jogou sozinho, não enfrentou ninguém.

        • GremioSempre

          Concordo Copião e Botafogo não é time pra brigar com o Grêmio na libertadores este ano , confete do centro do país,fogo de palha ou vamos pensar que apoiariam o Grêmio??! não é ser vitima não, é a nossa realidade de time do sul do país, nunca foi não seria agora só se um “goela abaixo” de uma final com Grêmio ai se obrigam a apoiar . Grêmio Sempre !

      • Márcio Tubarão (PDF FIFA)

        Perigoso, sim. Péssimo, não. Péssimo seria se voltássemos com o placar contra. Temos que levar em consideração os desfalques que tivemos na partida. Mesmo assim, o Grêmio não se acovardou. Foi uma grande mudança de atitude em relação aos demais jogos.

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          Perfeito, é que Renato está nos deixando mal acostumados com este futebol que ele implantou no conjunto do time jogando dentro e fora de casa, Márcio, aí, temos que jogar igual o Barcelona em todos os jogos que tem um elenco onde os 42 jogadores seriam titulares absolutos em cada um dos times do G10 do nosso Brasileirão, aí seria fácil demais (kkkkk). E tem ainda alguns quem faz comparação do Grêmio x Barcelona, é pracabá. Oremos.

      • Ilgo Wink

        Péssimo resultado? Se coloca no lugar de um botafoguense pra ver o que é bom pra tosse, rsrsrs

        • Eduardo

          Eles jogam pelo empate, assim como Cruzeiro e Novo Hamburgo, nós só pela vitória obrigatória!
          Resultado para os Botafoguenses foi excelente! Lembrando que é o Botafogo e nao por exemplo o Santos.
          Abraços,

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            Eduardo, tu realmente achas que o Grêmio não vence esse time do Botafogo dentro da Arena Lotada jogando o mesmo futebol de ontem acrescentando os três jogadores titulares absolutos que ficaram de fora deste jogo ?????

            Amigo, o Renato precisa se reinventar à cada 45 ou 60 dias desde janeiro com a saída de Wallace, depois com as lesões de Douglas, do Maicon, Geromel e Luan, as saídas de Pedro Rocha, Gata Fernandez, Bolaños e Lincoln e ainda acrescenta aí algumas suspensões por cartões porque é do jogo.

            Pense nisso e olhe onde estamos e onde já chegamos, amigo. Eu acredito sempre, somos Gremistas, véio.

    • Ilgo Wink

      Não entendo essa adoração geral pelo Arroyo, que não fez nada ainda para justificar sua escalação, e duvido que tenha condições de jogar uma partida inteira

      • Fabiano SC

        Para alguns, ele preenche os requisitos básicos para se tornar ídolo, mesmo sem ter chutado uma bola em gol:
        a) não joga, pois para alguns a solução sempre vem de quem está fora;
        b) fala castelhano.

      • Serrano

        Eu não diria adoração. É o que tem pra janta.

      • Davi Calil

        Nao é questão de adoração Ilgo. É porque é fácil perceber que alguns jogadores, por exemplo, Everton, não conseguem mostrar sinais de futebol. Logo nos faz apostar naquele que não jogou. Mas pedir Arroyo aos 30 do segundo tempo não é nem ser ousado ou esperar por formula magica. Só queria mais um atacante no lugar do velhinho leo moura pra tentar ganhar o jogo e voltar praticamente classificado.

      • Ricardo Gomes

        Ilgo, mas considerando o cansaço que o Léo Moura apresentava desde da metade do segundo tempo, naquele momento da partida não era de ter tentado um jogador com mais cacoete para a posição, descansado e mais jovem?

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Davi, não acho que Renato saiba jogar pelo ”SINPOF”, pois quando isso acontece em qualquer time, o goleiro é sempre o melhor em campo de tanta pressão recebida e o Marcelo Grohe poderia assistir o jogo ontem sentado pela forma como como dominamos o jogo criando 3 chances e eles nenhuma.

      C

  • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

    Ilgo !!!!!

    Grande jogo, nada de SIMPOF considerando que Marcelo Grohe na casa do adversário lotada no jogo de ida nas quartas de final da Libertadores assistiu o jogo sentado na pequena área onde o Renato deu um nó tático no ótimo Jair Ventura do Botafogo onde o Grêmio marcou, tocou, articulou e chegou na frente com três ótimas chances de marcar com Fernandinho e Rei Arthur no 1º tempo e Fernandinho outra vez no 2º tempo com o ótimo goleiro Gatito Fernandes batido no lance com absoluto domínio de bola do nosso Tricolor no jogo todo.

    Gostei do Bressan que não comprometeu e fez um bom jogo, mas os ótimos Kannemann e Fernandinho que jogaram muito futebol deram ao Grêmio a segurança de defender e buscar o ataque o tempo todo com a boa articulação, marcação, roubadas de bola, passes precisos do nosso Rei Arthur que foi o ponto de desequilíbrio do jogo que ajudou muito o Grêmio que não venceu por causa do ”acaso”, pois jogou muito.

    Aos que insistem em insinuar que em algum jogo o Renato sai de Porto Alegre pensando no SIMPOF com este time dele jogando o fino da bola até mesmo com 4 ou 5 desfalques, meus pêsames, pois isso é ser um eterno corneta provocando o fogo amigo inútil que a ”IVI” tanto adora e faz todos os dias.

    O Grêmio mostrou hoje mais uma vez que sabe o que está fazendo e isso requer um trabalho muito forte dentro do clube com vários profissionais & áreas envolvidas e entendidas no assunto e que não será qualquer abestado sem conhecimento ”das causas” que vai estragar o ano que está plenamente em curso, pois com Geromel, Michel e Luan hoje, tudo ”ainda” seria mais fácil.

    Gremistas, não existe outra opção nesse momento que não seja o apoio total ao ótimo trabalho desta comissão técnica com o respaldo da Diretoria, pois estamos muito próximos da semi-final da Libertadores.

    • Márcio Tubarão (PDF FIFA)

      Considerando que estávamos com vários desfalques, foi um ótimo jogo. Uma mudança de atitude frente ao desafio que realmente empolgou. O Grêmio, embora o resultado, não se acovardou. E sim, mais uma vez o Bressan não comprometeu. Fez um bom jogo, seguro.
      Se com o retorno dos lesionados tivermos a mesma vontade, classificaremos para a semifinal. Ficaremos na torcida.

    • Ilgo Wink

      O Grêmio com seu time titular é forte candidato ao título, e isso não é pouco.
      Agora, com o time que jogou ontem dificilmente ganha a Libertadores
      Resta torcer para que ninguém mais se lesione

      • Fabiano SC

        Ilgo, deixo o teu dificilmente por conta do fanatismo e do imponderável de almeida, o irmão do sobrenatural, pq não ganhamos nem gauchão com essa escalação!

        • Ricardo Gomes

          O Internacional não ganhou gauchão nem em 2006 e nem 2010, anos em que ganhou suas duas Libertadores. Perdeu o ruralito no Beira-Rio em 2006 para um Grêmio que lhe era francamente inferior. São Paulo rondou o Z-4 em 2005, ano do seu Tri da América. Galo “só” ganhou a Libertadores em 2013. Mais “nada”. Ah, os 4 rebaixados ano passado foram campeões dos seus respectivos estaduais.

          • GremioSempre

            tchê ! os morangos que fervam nas profundezas… , não compara pela mor , tenta desconectar deles ! abraço.

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            Mas ele falou só verdades aí em comparação ao que escreveu o pessimista amigo de Concórdia-SC, pois o retrato foi exatamente esse mesmo naqueles anos.

          • Fabiano SC

            Copião, em nenhum momento eu quis fazer comparação com anos anteriores ou mesmo com este; o que eu quis dizer, e disse mal, é que acho que esse time escalado ontem não é capaz de ganhar nem mesmo gauchão, quem dirá LA.

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            Opsss, aí concordo contigo, Amigo, e é por isso que existe muita confiança minha na capacidade e no trabalho do Renato, pois ele precisa se reinventar a cada 45 ou 60 dias por causa de vendas ou dispensa de jogadores, lesões, suspensões e mesmo assim o time continua bem nas duas competições, aí, a ”culpa & méritos” não são dele na ótica de uns poucos aí.

            É só por estas razões, Fabiano, que a maioria que vem aqui nesse bom Blog vive combatendo os críticos (não é teu caso) contumazes da gestão administrativa e técnica do clube com argumentos e desculpas que não convencem por absoluta falta de conhecimento técnico e científico do assunto físico humano, por exemplo.
            Valeu, abraço.

          • Ilgo Wink

            Bah, matou a pau

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            ….. outra vez. É que o Ricardo Gomes é o nosso wikipédia infalível que sempre nos faz lembrar desses detalhes nos momentos certos. Grande Ricardo Gomes.

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Concordo porque também vejo e penso assim, e é por isso que o Renato precisa se reinventar à cada 45 ou 60 dias desde janeiro com a saída de Wallace, depois com as lesões de Douglas, Maicon, Geromel e Luan, as saídas de Pedro Rocha, Gata Fernandez, Bolaños e Lincoln e ainda acrescenta aí algumas suspensões por cartões porque é do jogo.

        Amigo, eu só tenho que acreditar, olhe onde estamos e onde já chegamos. Eu acredito sempre, somos Gremistas, véio.

    • Fabiano SC

      Copião, o que tu tomou ontem antes do jogo para ver nosso time jogar “o fino da bola”?
      Desculpe a brincadeira, amigo, mas me dá a receita que eu também quero!
      Com esse time que fomos forçados a escalar, poderíamos estar jogando até agora e ainda não teríamos feito gol!

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Amigo do Oeste de SC (teve um aloprado contumaz aí que não gostou disso, Fabiano, pode?), eu achei que o domínio do Grêmio ontem sem três titulares muito importantes dentro da casa lotada do adversário no jogo de ida numa quarta de final da Libertadores jogando aquela bola redondinha nota 10 que o nosso ”Rei Arthur” jogou foi ”o fino da bola”.

        Também vi que Edilson, Kannemann, Cortêz (no apoio) e até Fernandinho pela esquerda onde ele não produz muito foram muito bem no jogo, e Bressan e Jailson não comprometeram.

        Foi evidente demais que para haver um vitorioso ontem, teria que ser o Grêmio pelo volume e intensidade do futebol que jogamos no Engenhão. Amigo, estamos na semi-final, acredito.

        • Fabiano SC

          Assim espero, Copião, assim espero!!!

  • Deny Camargo

    Permita-me discordar e pela primeira vez criticar o Renato nesse espaço.

    Errou ao escalar o time novamente. O jogo contra o Vasco deveria ter servido para ver que com Leo Moura de articulador o Grêmio vai jogar 100 anos e não vai marcar um mísero gol. O 0 x 0 foi o melhor resultado possível, pois com essa escalação era 0 x 0 ou vitória do Botafogo.

    O Grêmio ganhou a Copa do Brasil e tem encantado o Brasil todo por jogar destemidamente dentro e FORA de casa conseguindo várias vitórias inclusive desfalcado de Luan, Geromel, Barrios, Leo Moura, Edilson dentre outros porque sempre teve uma postura de quem quer vencer.

    Contra o Cruzeiro na Copa do Brasil essa postura de querer vencer sumiu. Aliás o Cruzeiro permite um paralelo interessante: existem 2 Grêmios possíveis o que perdeu nos penaltis para o Cruzeiro tentando segurar o empate e o que empatou em 3 x 3 jogando em Minas.

    Aquele Grêmio destemido que pressionava o adversário e que se tomava gol a gente sabia que ia reverter foi sequestrado. Ontem no fim do primeiro tempo o Renato já tava dizendo pro Ramiro segurar o jogo pra garantir o empate. O Renato de semanas atrás tiraria o Leo Moura para colocar um meia ou atacante para tentar ganhar o jogo, não um zagueiro para segurar um empate que não garante nada.

    Eu preferira mil vezes ter perdido de 1 x 0 num contra-ataque (ou até numa falha do Grohe) empilhando chances de gol porque teria certeza da reversão em Porto Alegre.

    Assim como a gente sabia que aquele Grêmio de semanas atrás ganharia mais um título esse Grêmio sem ambição é questão de tempo para ser eliminado. Ou o Grêmio volta a ser destemido ou a eliminação logo vem.

    Ps: o melhor momento do Grêmio no ano foi jogando quarta e domingo. Desde que começou a poupar o time regrediu. Começo a questionar essa estratégia também.

    Ps2: para dizer que não falei nada positivo Arthur foi espetacular ontem. Jailson me surpreendeu, primeira partida boa dele em séculos.

  • Lucio

    Um empate 0x0 fora de casa em mata a mata é um resultado ruim, pior que isto só derrota mesmo. Não se esqueçam que se o Botafogo fizer um gol no contra ataque o Grêmio precisa fazer dois.

    Ou seja Senhores agora sim que o Botafogo vai jogar na retranca. E se for pros pênaltis, não precisa ser adivinho para saber o que vai acontecer. Botafogo vem pra empatar. Ou o Grêmio atropela ou cai nos pênaltis.

    Nunca precisamos tanto do Luan.

    • Ilgo Wink

      Lúcio, e amigos, se empate fora é ruim, o que devem pensar os botafoguenses, que empataram em casa e agora tem que decidir na Arena?

      • Lucio

        O Botafogo vai jogar do jeito que mais gosta, no contra ataque, especulando um gol, se fizer 1, o Grêmio tem que fazer 2, se der empate com gols é deles, se der empate em 0x0 é deles (pênaltis), quem tu acha que vai com mais vantagens para este jogo, ainda mais com este novo Grêmio “pragmático” em campo.

      • Fábio Rübenich

        O amigo pelo jeito foi influenciado pelo narrador da Globo, que disse que o empate na CASA DO MANDANTE era MELHOR PRO MANDANTE.
        Até parece que a decisão é no Maracanã, e não na Arena, um dos estádios mais temido das Américas.

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          Concordo, Fábio. Hoje eu ouvi uma ótima paródia de um Gremista sobre esse monte de pessimismo que existe em alguns comentaristas de ”resultados”. É assim:

          SE” o Grêmio tivesse ganho gauchinho e Copa do Brasil ganhando dentro e fora, estariam criticando a forma ”errada” como as Taças foram levantadas no momento da comemoração”

          Como diz o Copião de Tudo: ”OREMOS

        • Lucio

          Amigo se te faz feliz achar que não poder jogar pelo empate é vantagem, perfeito.
          Ahhh, e espero que realmente o Grêmio faça valer o fator Arena, coisa que não fez contra o Cruzeiro.

  • Walter Luis Borba

    Concordo com o Deny.
    O Renato não acertou na escalação.
    Mesmo com as limitações era possível fazer um time mais objetivo.
    O Barrios não recebeu uma bola para arremate.
    Saiu cansado, com câimbra de “voltar” para buscar o jogo.
    Quando o Barrios desabou e pediu para sair ele estava no meio de campo.
    Em condições como ontem nenhum “Fazedor de Golo” sobrevive no Grêmio.

    —-x—–

    Fernandinho na esquerda não tem condições.
    O Ilgo tem razão quando afirma que ele fez quase fez um gol.
    Entretanto, Fernandinho perdeu alguns lances bizarros na esquerda oportunizando contra-ataques.
    Ainda, teve um lance que ele chutou na esquerda do Gatito, que se ele olha para dentro da área chegava o Barrios e Ramiro. Ou seja, foi fominha.

    —–x—–

    Infelizmente o Grêmio Show esse ano não veremos mais.
    É uma pena…

    • Ilgo Wink

      O meu show é taça no armário. Belezura não leva a lugar nenhum, rsrsrs

      • Ricardo Gomes

        Me compeliste a voltar a me manifestar. Dois. Show é faixa no peito e taça no armário, em que pese me encantar como o Grêmio jogou várias vezes neste ano. Mas se não ganhar, cairá no esquecimento.

      • Pedro de Lara

        Bueno, foi com belezura que ganhamos a CdoB/16. Nos anos de feiúra só participamos.

      • Fabio Victoria

        Mas o “Gremio Show”, ganhava fora ou pelo menos não deixava de marcar gol. Agora estamos patinando, realmente. Não é corneta, antes que comecem. É uma constatação.Um fato. O medo de tomar gol foi muito maior do que a ambição de fazer, que era a característica do “Gremio Show”. Nem usamos as 3 substituições. Ontem, vendo o jogo, dava pra ganhar. Dava pra marcar gol, pelo menos

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        O meu show é taça no armário também, e vendo o time jogar objetivamente a um ano isso é possível de acontecer sim em 2017, pois o Grêmio não ganha uma Taça a apenas 10 meses porque 15 anos para mim foi demais e o futebol neste período atual me leva a acreditar nisso.

    • Deny Camargo

      Ontem deveria ter jogado com o Fernandinho mais recuado (função que mais rendeu no Grêmio) e Éverton e Barrios na frente. Leo Moura nada acrescenta no meio. Nem defensiva nem ofensivamente. O Grêmio com ele nessa função fica lento do meio pra frente e previsível.

      Com essa escalação o melhor ataque do Brasil virou um ataque de asma. 0 gols em 180 minutos jogando contra duas defesas bem comuns.

    • wilson santos

      Walter, se fizer uma estatística de Barrios jogando fora da Arena, verás que ele geralmente não vai bem, tem pouquíssimos gols…e se observar bem, ele foi um dos que menos correram em campo.

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        A idade pesa, Wilson, tens razão, e o histórico de lesões do Barrios sempre me preocupou, mas temos três opções na base para 2018: Jean Pyerre que é volante, Patrick meia atacante e Dionathan atacante além de Guilherme que está emprestado ao Botafogo que Renato já pediu de volta para o grupo do ano que vem.

        Amigo, o que me preocupa é o aceleramento ”no processo” que a torcida exige dos garotos e assim foi com Bruno Soneca, Leandro, Lincoln, Mamute, Lucas Coelho, Marcelo Hermes e cadê os caras hoje que eram fenômenos e grandes promessas da base ????? Pois é.

        Mas também vimos os acertos em Luan, Wallace, Pedro Rocha e o ”Rei” Arthur que está voando no meio campo do time que se firmou nas mãos do Renato porque se não lançar no momento certo, os guris são engolidos pelo ”sistema”, aí, a culpa será do treinador, lógico.

  • Alexandre

    Não achei um jogo ruim, embora o Grêmio tenha estado longe de ter jogado bem. E isso é justificável pelo número de desfalques importantes e pelo time estar muito mexido. É claro que faltou (e muito) objetividade no campo de frente. O nosso trio de “meias” esteve mal, não proporcionando ao Barrios nenhuma possibilidade de finalização.
    Grande jogo do Arthur. Edílson, Kannemann e Jaílson foram bem para mim. Bressan também.

    Fica um receio pelo resultado, já que um gol deles na Arena complica muito a classificação, mas um empate fora de casa, com um time sem Luan, Geromel e Michel, e ainda se adaptando à ausência do PR, não pode ser considerado ruim. Verdade que faltou força ofensiva, mas coloco muito mais na conta da escalação do time do que pela atitude dos jogadores. Não achei que o time entrou para empatar, e sim que faltou qualidade para fazer algo mais.

  • Pedro de Lara

    Faltou ousadia….
    …e mais outro tanto.
    Como estávamos relativamente seguros defensivamente, muito pela falta de qualidade do Botafogo, deixamos de especular objetivamente no ataque. Barrios e Everton não participaram da partida. Aliás, o Éverton tem sido prejudicado DEMAIS. Ou está sendo colocado em um setor na qual não rende, ou a parceria é inadequada. Mesmo quando joga o time titular.
    O que impressiona é que os desfalques ou eram previsíveis a algum tempo ou a algum tempo se sabe que na ausência de um Luan, por exemplo, por cartão ou por lesão, alguém deveria ser treinado para sua substitução. Mesmo que não cumprisse EXATAMENTE o mesmo tipo de movimentação.
    Lincoln, mais um exemplo, NÃO FOI TREINADO. Era simplesmente colocado como substituto. Por isso, se queimou.
    Pedro Rocha saiu. Mesmo que Everton, Arroyo ou quem quer que seja entre em seu lugar, deveria estar preparado para desempenhar a função, mesmo que aquém da capacidade do PR. Isso para não desvirtuar o esquema.
    Ou vamos mudar tudo em meio ao final das competições???

    O modelo está consolidado e aprovado. Foi muito elogiado o destemor do enfrentamento em casa ou fora da mesma maneira. Por que agora vamos permitir que as chances diminuam permitindo que o adversário se mantenha vivo para o segundo jogo??

    E.T.: Não se pode avaliar o Bressan só pelo zero a zero. É inseguro, não raro faz patacoadas e exige um desgaste grandioso para protegê-lo.
    O (?!?)’Dinho (?!?) (pelamordedeus, onde buscaram essa?) é fominha, peladeiro e perigoso. Arma contraataques mortais. Pro adversário. O treinador precisa intervir com seu bruxo. Se tiver coragem.
    Léo Moura deveria ter saído aos 10min do 2o.
    Ramiro precisa de um estaleiro ou de um puxão de orelhas. Desmontou tudo que se falava dele.
    Para 2018. Mandem todo mundo embora e fiquem com Arthur.

    • wilson santos

      Everton é jogador de velocidade e drible, enfiado na zaga adversária ele realmente é prejudicado, o coitado não tem corpo pra trombar com os zagueiros.
      Ele rende mais pelos lados, é assim que deveria jogar.

  • wilson santos

    Estava temeroso pela escalação, mas conseguimos um ótimo resultado.
    Mesmo bem desfalcado e com Barrios, Cortez, Leo Moura e Ramiro nao jogando nada, jogamos melhor que o foguinho.
    Com o time completo na Arena dá pra passar sem sustos.

    Jailson fez um feijao com arroz, ajudou bem na marcaçao e não comprometeu, mas dizer que jogou bem eh exagero.
    Quem jogou bem foi Arthur e Kannemann, dois monstros.

    Achei
    que Renato podia ter colocado o Arroyo no segundo tempo quando Leo
    Moura se arrastava, podiamos até ter vencido com essa simples troca,
    esse Botafogo eh bem fraco.

  • Serrano

    Olha, Ilgo, eu não vi o Grêmio cauteloso, eu vi o Grêmio jogando seu jogo do jeito que podia, com todos os desfalques – incluindo aqueles que não voltam Quarta-Feira porque nem estão mais aqui. O Botafogo não deu UM chute que fosse em direção ao gol.

    Eu lamento a atuação do Barrios. Achei e disse que ele deveria fazer a diferença, e ontem simplesmente não jogou. Porque a bola não chegou, porque estava descontado, sei lá: a questão é que foi mal.

    • Lucio

      O Botafogo não deu um chute a gol???? Que jogo você assistiu eles tiveram ao menos duas finalizações bem perigosas a gol, uma dentro da área na entregada do Cortez que o Bressan salvou e outro, um chute que passou rente a trave direita do Marcelo.

      • Serrano

        “O Botafogo não deu UM chute que fosse em direção ao gol.”
        Em direção ao gol.
        Que fosse eventualmente entrar no gol.

        Esse foi o jogo que eu vi. E te garanto que não fui só eu.

        • Lucio

          Olha amigo, certamente não visto o jogo inteiro…

          • Serrano

            Vou simplificar.

            Dos chutes que deram, algum iria em gol? Algum?
            O Grohe fez alguma defesa?

            Então tá.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Serrano, eu acho que o Barrios iria virar artilheiro absoluto se tivesse jogando com maestro pifador, pois a bola não chega nele sem Luan em campo, isso é visível.

  • Daniel Scherer

    Vamos lá.
    Resultado: foi o pior dos resultados tirando derrota. Qualquer empate com gols é do Botafogo, 0x0 é penaltis (e todos sabem o que acontece quando o Grêmio decide nos penaltis). Tanto que é o pior dos resultados sem ser derrota que só vitória interessa para classificarmos. A única vantagem é que não começamos tendo que fazer placar obrigatório (ter que ganhar de 2×0 por exemplo), basta uma vitória. Então não achei um grande resultado.
    Sobre o jogo: resumo da seguinte forma: em nenhum momento tive o sentimento de que iríamos perder a partida, não tive medo da derrota em momento algum, por outro lado, o inverso também é verdadeiro, não tive esperança de vitória em nenhum momento, salvo alguns instantes do 1º tempo.
    A atuação: dentro do que se apresentava o jogo no início, o time foi bem, controlou o Botafogo e se tivesse que haver vencedor, por uma pequena margem seria o Grêmio, mas o empate foi o resultado mais justo. Bressan, o temor de 10 em 10 torcedores, deu uma entregada no inicio do jogo que me deixou congelado (único momento em que temi pelo pior), mas depois não comprometeu e teve uma atuação regular. Não consigo entender como Fernandinho foi escolhido o melhor em campo, meu deus, o futebol que eu considero não passa nem perto da atuação dele ontem, fominha, dispersivo, peladeiro, só fez uma jogada no inicio e depois nada mais que fosse digno de consideração. Talvez porque esteja jogando em uma posição que não rende.Jailson não comprometeu. Éverton mostra que falta ainda para ser titular. Barrios coitado, não recebeu uma bola, isolado no ataque, fora isso parece ser feito de manteiga, toda vez que toca na bola parece que se quebra. Os laterais deram pro gasto, Grohe não precisou jogar e agora os dois melhores: Arthur e Kanneman. Arthur é uma jóia rara, devem renovar o contrato dele ontem, que jogador de bola. Kanneman é um monstro, joga demais, deve ser convocado para a selação argentina logo logo.
    Renato: não posso concordar com a escalação sinpof. Para o primeiro tempo até dá para entender, segurar um pouco, mas depois que vimos que o bicho não era tão feio, poderia ter tentado a vitória, não tentou.
    Sentimento: Botafogo é muito, mas muito comum. Tanto que não vejo nenhum jogador do Botafogo como titular do Grêmio, exceção ao goleiro (que aliás fez a defesa do jogo e é pegador de penaltis). Acho que ganhamos aqui e passamos, mas também acredito que poderíamos ontem ter saído com um resultado melhor, pelo menos para mim ficou esse sentimento de que dava, mas o sinpof estava dominando os pensamentos de quem comanda o clube.
    Renato, coloca time titular domingo, por favor. Corinthians tá pedindo pra que alguém chegue nele para animar a festa.

    • Ricardo Gomes

      Léo Moura teve atuação apagada o tempo todo e desde o início do segundo tempo andava em campo, errava passes curtos ou era desarmado, embora o passe para o voleio do Fernandinho. Dava para ter posto o Arroyo a partir da metade do segundo tempo. Não vou falar do Patrick que é um guri, Renato jamais colocaria um menino num jogo decisivo desses.

      • Lucio

        Patrick não esta inscrito na Libertadores….

        • Ricardo Gomes

          Ah, ok. Bom, mas ele dificilmente colocaria ele, não acha?

          • Lucio

            Verdade!

      • Patrick

        Para mim o L Moura sentiu o peso dos 38 anos… haha

        No segundo tempo ele estava morrendo… não conseguia nem manter o domínio da bola… espero que o Luan volte pra quarta.

      • Daniel Scherer

        Verdade. Ele foi tão mal ontem que nem lembrava dele no jogo.

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          Achei que o Arroyo deveria entrar no lugar do Léo Moura aos 10 do 2º tempo, pois ele é meia atacante e entrou muito bem contra o Vasco naqueles 15minutos.

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Amigo, Patrick não está relacionado na Libertadores. Da base estão Machado e Kaio.

    • Fábio Rübenich

      Parei no “foi o pior dos resultados…”.

      • Daniel Scherer

        Beleza, não se deu ao trabalho de ler o resto para tentar entender o ponto em si. Abraço.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Daniel, você acha mesmo que o resultado ontem foi ruim sabendo que no jogo de volta o Botafogo não faz gol nesse time completo do Grêmio do momento ????? Até pode acontecer, mas é difícil.

      Meu palpite no 20 de setembro é 3×0 para o Grêmio, pois não vejo o time deles com capacidade de chegar a semi-final de uma Copa Libertadores com esse elenco fraquíssimo deles.

      Quanto a domingo contra a fraca Chapecoense para encostar no Corinthians e ”animar a festa”, nós vamos com um misto quente tipo 5×0 no Sport. Que tal ?????

      • Daniel Scherer

        Acho com certeza, inclusive explanei o porque. Decretar que o Botafogo não faz gol aqui acho muito otimismo, a gente sabe que futebol não é assim. O Avaí meteu 2 na gente e estavamos com os titulares. O resultado seria bom se tivessemos sido massacrados, mas não foi isso que ocorreu, como eu falei se tivesse que ter vencedor seria o Grêmio, então é ruim pelo que foi mostrado no jogo onde o botafogo poderia chegar morto aqui.

        Acho que a gente passa, mas o resultado não foi bom não.

  • GremioSempre

    Buenas Parabens ao Renato , ao grupo e a direção ,digo e afirmo estamos no caminho certo . urubuzada hoje deve estar brava , adoram sofrer , masoquistas de plantão hoje estão engolindo a seco . Grêmio Sempre , baita jogo , segue la pelota .

  • Ilgo Wink
    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Ilgo, esse cara deve ser um urubu colorado enrustido que nunca em situação nenhuma escreve nada à favor do Grêmio e se diz Gremista, mas eu acho que os intestinos dele ficam no cérebro e nos dedos devido a tantas werdas que escreve.

      Parece até um cara que você desafiou aqui dia 08/12/2016 após o Penta a fazer apenas ”um” elogio ao Treinador Renato que ainda ”hoje” é vice Líder do Brasileirão e ”quase” semi finalista da Copa Libertadores, mas o cara ”se mandou” daqui e sumiu. Oremos, amigo ….. !!!!!

      Que fase ….. que gangorra ….. que ano ….. !!!!!

    • Márcio Tubarão (PDF FIFA)

      A IVI é imbatível, Ilgo. Com uma imprensa assim, quem precisa de psicólogo ou coach para motivar o time adversário?
      Hahahahaha… oremos.