Grêmio para no goleiro e na arbitragem

Dizer que o o árbitro Bráulio Machado foi mal-intencionado seria para ele um elogio, porque partiria do pressuposto de que ele, sendo bem-intencionado, poderia ter uma atuação digna, correta, eficaz.

Não, esse árbitro catarinense não poderia ter uma atuação boa pelo simples fato de que seu problema é mais grave. Trata-se de uma questão de ser competente ou não.

Neste empate por 1 a 1 com o Santos, na Arena, o sr. Bráulio foi incompetente, sem qualificação para comandar um jogo entre dois clubes que ainda podem ameaçar, mesmo remotamente, o título do Corinthians.

Esse juiz vai ter de conviver com sua incompetência, e eu vou dormir com minha raiva, minha revolta.

Coincidência ou não, o empate foi ótimo para o clube paulista, que, aliás, também foi prejudicado pela arbitragem. Teve um gol legítimo anulado. Quem foi o beneficiado? Outro queridinho, o Flamengo.

Não é fácil para qualquer juiz apitar o duelo entre os dois queridinhos. A quem beneficiar?

Nesse jogo na Arena, onde mais uma vez o Grêmio se impôs e criou inúmeras situações de gol, chamou minha atenção o conivência do juiz com as faltas cometidas pelos santistas, muitas delas ele deixou passar em branco.

É o tipo de arbitragem que favorece o time que se contenta com um empate.

Edílson, por exemplo, esquentou a cabeça. Acabou expulso por uma bobagem faltando alguns minutos para o jogo terminar.

Tolerante com os santistas, o sr. Bráulio – que Deus o mantenha longe da Arena, o Grêmio não se dá bem com juízes catarinenses – foi enérgico e rigoroso com os gremistas. O capitão Maicon levou amarelo por reclamação.

O volante Yuri, que deveria ter sido expulso por uma entrada por trás no início do segundo tempo, e deveria ter levado o segundo amarelo, foi deixado livre. Esse tipo de decisão realmente incomoda o time prejudicado, no caso, como na maioria das marcações do juiz, o Grêmio.

Nem vou comentar um pênalti sofrido por Éverton, num lance em que o juiz talvez não tivesse a melhor visão para ter certeza de falta.

Fez bem o técnico Renato Portaluppi em não reclamar da arbitragem. O corporativismo dessa categoria é grande. Gostei também do recado dele, que seu time não é de freiras ou de padres, que não vai se encolher diante de um adversário mais preocupado em bater, como foi o Santos.

Tanto o Santos não conseguiu jogar que Marcelo Grohe não fez nenhuma defesa. Os anti-grohistas podem repetir a cantilena: de novo, uma bola em gol, um gol. Não importa o grau de dificuldade.

Aqueles que criticaram Grohe por defender uma bola para a frente certamente vão criticar Vanderlei, goleiro destaque do Brasileiro, que também defendeu uma bola para a frente, não para os cantos como deve ser quando possível. Não sendo possível, defende de qualquer jeito. Para Vanderlei vale a defesa de qualquer jeito, para Grohe, não.

Mais uma vez o Grêmio parou no goleiro. A arbitragem atrapalhou, mas Vanderlei atrapalhou muito mais, foi decisivo. Assim como tinham sido Cássio e Douglas, do Avaí.

Neste jogo contra o Santos flagrei um defeito do ataque gremista: a insistência em buscar o gol bonito, com tabelas curtas e dribles  pelo meio, buscando a jogada consagradora.

Um pouco mais de simplicidade talvez o Grêmio tivesse vencido. A gurizada do Grêmio parece contaminada com essa história de futebol mais bonito do país. Não entrem nessa, que é o primeiro passo para perder.

No mais, foi uma atuação muito boa, ainda mais considerando-se o adversário, altamente qualificado.

Se gostou, compartilhe!

  • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

    Grande Ilgo !!!!!

    Vejo o Grêmio jogando pelo G4 do brasileirão, pois os times da mídia Corinthians e Flamengo estão à frente de nós na hora da dúvida do árbitro, e isso deve ser aceito por todos nós Gremistas nesse momento.

    Grêmio jogou muito futebol hoje contra o Santos e o empate premiou só o time deles que soube apenas ”numa bola” aproveitar a única chance no jogo, pois o Grêmio massacrou o adversário de novo no jogo.

    Eu não vejo preciosismo no time do Grêmio num jogo cascudo desses, pois entendo que enfrentar Santos, Flamengo e Corinthians e ganhar 4 pontos nesses jogos sendo um deles fora de casa, é positivo pra nós.

    O Grêmio está nitidamente administrando o brasileirão 2017 devido ao bom momento nas Copas do Brasil e da Libertadores, e eu ”ouso” dizer que ”caso” aconteça algum desastre imprevisível na Copa do Brasil e Libertadores, ainda assim teremos tempo, time, treinador e muitas chances de buscar algo muito bom no fim de ano ainda no brasileirão, pois o tempo está à nosso favor e Renato sabe disso.

    • HENRIQUE MARTINS

      É por aí mesmo.
      O Grêmio só triunfará no Brasileirão se tiver time para passar por cima da arbitragem, como nos anos 90.

  • HENRIQUE MARTINS

    ilgo, começo a me convencer que o cansaço está tomando conta da equipe.
    2º tempo muito abaixo, time parou de jogar.
    Jogadores Equatorianos precisam se benzer antes de estreias por aqui.
    Aliás, sobre o ocorrido, nas redes sociais, torcedores “reds” já estão comemorando e debochando da lesão do Arroyo.
    Ao meu ver, o time deve dar sangue é na LA.
    Brasileirão parece estar sendo deixado “meio de lado”.
    Sobre o juiz, o clube deveria entrar com uma representação contra este árbitro, nunca mais apitar por estas bandas.

    • Lucas Eduardo Pavão

      Sim, mas o Santos fez isto,o Carile hj está chorando, mas se n[os fizermos isto,seremos taxados de Gaúchos Chorões, como sempre Racismo e prejudicado pela Arbitragem só os outros, já a Geni do Brasil não pode reclamar. Renato tá certo em matar no peito, pois uma simples declaração sobre o corinthians caiu o mundo sobre o cara, negócio é bola pra frente, até pq este Campeonato já tem Campeão.

      • Ilgo Wink

        O Corinthians vai ser compensado por esse erro, já o Grêmio não

        • Lucas Eduardo Pavão

          Sim, mas se nós reclamamos, somos taxados de paranoicos e facilita o STJD nos pune pra erradicar as reclamações, pois com a nossa punição no caso Aranha o Racismo foi extirpado,SQN. Não tem como tirar o título dos Manos, pq em condições naturais eles já são sempre ajudados, imagina na fase que o Jô faz gol até de maca. Nosso negócio é G4

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Amigo Henrique, esqueça o Campeonato Brasileiro, pois estamos jogando desde o início pra chegar no G4 deste torneio. Fato.

      • Ilgo Wink

        é isso mesmo

      • HENRIQUE MARTINS

        Pior é que tu tens razão.

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          Eu queria muito o Tri Brasileiro, mas o calendário será cruel para isso, pois o foco neste momento pelas facilidades de mata-mata são as Copas. Que pena.

    • Ilgo Wink

      O time deu uma parada no segundo tempo, é verdade

    • Fernando

      O tricolor poderia ter finalizado o primeiro tempo com uns cinco a um no placar.

  • Robert Plant

    Na coletiva, Levir Culpi lascou essa: “O Santos buscou a vitória, jogou para vencer”. Ora sr.Levir Culpi, o senhor é um fanfarrão. O sr. Armou um time de dar inveja a Daltro Menezes. Ilgo, além dos equatorianos, eu preciso me benzer: Terceiro jogo seguido que vou à Arena e a vitória não vem: Corinthians, Avaí e Santos!

    • Ilgo Wink

      Bah, tu és um perigo rsrsrs

    • Fernando

      O primeiro tempo foi do Grêmio.

      • Ilgo Wink

        O Grêmio podia ter matado o jogo no primeiro tempo. Teve aquele chute do Fernandinho que o zagueiro tirou com o goleiro batido, sobrou pro Everton, junto a trave, que chutou pra fora
        Teve outro lance, do Luan, que ele chutou a bola desviou no zagueiro e quase entrou
        fora algumas defesas do Vanderlei

    • Ricardo

      Eu tava pensando nisso no segundo tempo. Retranca de time pequeno do interior.

  • Deny Camargo

    Grohe 100%. Vai uma bola em gol e entra gostem ou não. Não dá pra brigar com os fatos.
    Já o Cássio tem que ir no mínimo umas 5 a gol para 1 entrar. Aliás num lance quase idêntico ao do gol do Santos o Cássio fez um milagre ontem contra o Flamengo.

    Aliás outra coisa que me chama a atenção é que além dos milagres que o Cássio faz erram muitos gols absurdos na frente dele. Provavelmente seja porque o atacante sabe da qualidade do goleiro e tenta caprichar, tirar mais do goleiro do que precisaria e aí acaba errando. Já com o Grohe tem mais tranquilidade porque sabem que é um goleiro comum (para ser generoso).

    Lembro que me chamava a atenção quando o Dida jogava no Grêmio que chutavam pouco de fora da área contra o gol dele. Os boleiros sabem quando o goleiro é bom.

    Tivesse o Grohe no gol o Corinthians estaria em 10º no campeonato.

    • Ricardo

      Vou defender o Grohe pela primeira vez na vida. Não fez nenhuma defesa, mas ontem a bola foi muito rápida. Não quer dizer que ele tenha melhorado nem nada, só que especificamente ontem qualquer goleiro sofreria o gol. Concordo que o Corinthians estaria bem longe da liderança com ele no gol.

      Eu lembro do Dida, além de não chutarem de longe, também não cruzavam na área. Em faltas laterais ele mandava a defesa pra fora da área e ficava na marca do pênalti, o cobrador se perdia…

      • Ultron

        Apenas um adendo: Vale lembrar que, durante muito tempo (inclusive na seleção) o grande defeito do Dida era ter uma péssima saída de gol.

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          Sim, mas ele teve atuações memoráveis nos oito anos de Milan na Itália onde teve um crescimento enorme em experiência, e nos 90 jogos pela seleção brasileira. É isso que não vejo no Marcelo Grohe com 31 anos: crescimento & experiência.

          A melhor definição do Marcelo Grohe foi do Deny Camargo em apenas uma frase:
          ”Tivesse o Grohe no gol, o Corinthians estaria em 10º no campeonato”.

        • Ricardo

          Acho que isso é mais lenda do que realidade, por causa daquela trapalhada com o Aldair. O Dida tinha um baita controle da área, ele ia lá na marca do pênalti cortar cruzamento… o Grohe não controla nem a pequena área, incomparável.

  • Ultron

    Levando em consideração que o nosso objetivo nesse campeonato é permanecer no cangote do líder, foi um bom resultado. Foi bom também saber que, mesmo cansada no segundo tempo, a equipe poderia ter goleado um time celebrado por ter no plantel Lucas Lima e Ricardo Oliveira, dois jogadores que ontem nem viram a cor da bola.

  • Fábio Viana

    Fugindo um pouco do jogo em si, queria destacar o péssimo momento da arbitragem brasileira.
    Quarta teve o lance do penalti do Santos, que o humano do Texas se atrapalhou feio, ontem teve o lance do jogo do Corinthians, com erro juvenil do bandeira e o árbitro do jogo do Grêmio, muito fraco. Isso sem falar em erros de outros jogos(né Luverdense) para não estender muito o comentário.
    Até acho que CBF evoluiu bastante com a preocupação com capacitação dos técnicos e com licenciamento dos clubes. Poderia agora se preocupar em qualificar a arbitragem.
    De nada adianta os técnicos e clubes se profissionalizarem ainda mais, enquanto arbitragem amadora e incompetente estiver atuando.
    Não adiantará implementar o VAR no brasileiro, se quem vai interpretar os lances serão uns totais incompetentes, só pra haver mais confusão.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      … e não querendo reclamar só de arbitragem, mas sempre na dúvida o apito ”pende” para os times do eixo RJ/SP. Ontem foram várias faltas no ”último terço” à nosso favor que ele não deu, além de ter poupado o Santos de uns 3 cartões.

    • Lucas Eduardo Pavão

      Mas pra ti ver que mesmo com o arbitro ruim empatamos, em outros tempos perderíamos, sinal que o Grêmio mantém o padrão, não são atuações esporádicas ou com sorte, o time vem jogando muita bola, mesmo com desfalques e em QUALQUER CAMPO, contra qualquer adversário. Parece surreal vermos Corinthians e Santos jogando como time de interior contra nós, isto é respeito. Há quanto tempo não jogávamos em alto padrão em 3 competições ao mesmo tempo? A questão do mau rendimento de alguns deve-se ao cansaço, pois mesmo atletas de alto rendimento sentem a fadiga muscular pois não são máquinas e isto independe de quanto dinheiro ganha, pois muita gente fala que pelo que ganham não podem fraquejar, mas competir em alto nível em dois dias da semana tem seu preço, a tua cabeça quer, mas teu corpo não acompanha o raciocínio. Isto explica que um Luan não renda tanto por exemplo, mas mesmo ele jogando “mal” cria sempre perigo pro adversário, vc nunca dá refresco para um fora de série como ele, os adversários colam e aliado ao cansaço inevitável, cai a produção.

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Perfeito.

      • Ilgo Wink

        Com o Lucas Barrios em campo a vitória seria até tranquila. Faltou alguém pra meter pra dentro.

  • Fabiano SC

    Ilgo, novamente discordo de ti.
    Vanderlei teve uma defesa difícil, justamente na bola que resultou no gol.
    A arbitragem foi péssima, mas também não vi influência no resultado da partida; acho que nos preocupamos demais com o árbitro e esquecemos de jogar futebol. Nossos atacantes tentavam entrar a dribles na área e esqueciam das leis da física que impedem dois corpos ocuparem o mesmo lugar no espaço. Quando esbarravam em alguém se lançavam ao chão; fizeram isso tantas vezes que o juiz fica predisposto a não dar pênalti mesmo quando acontece. No lance do Éverton, o juiz estava encoberto; mesmo assim não sei se foi pênalti.
    Por falar em Éverton, seria ele o novo Fernandinho, que só consegue render quanto entra no segundo tempo?
    Vejo que o empate passou muito mais pelas péssimas atuações de Everton e Luan, que, aliás, fardou, entrou em campo e não jogou nada pela terceira partida consecutiva (São Paulo, Atlético/PR e ontem). Pedro Rocha esteve um pouco acima, mas também não foi bem.
    Everton e Pedro Rocha ocupam a mesma faixa de campo, não podem jogar juntos, embora ontem a escalação tenha sido improvisada pela absoluta ausência de opções, já que Miller Bolaños e Gata Fernandes a cada dia confirmam suas opções pelo chinelinho em vez das chuteiras.
    Enfim, ontem esbarramos mais em nossas próprias deficiências do que no bom goleiro ou no péssimo árbitro.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Fabiano, concordo com você sobre arbitragem, pois isso acontece conosco a mais de 30 anos e não vai mudar, porém, vi o Vanderlei fazer três defesas difíceis além de Éverton e Luan por azar não terem acertado dois rebotes com chances claras.

      Teve ainda mais duas chances com Fernandinho e Pedro Rocha além de uma pifada do Luan ao Éverton que chegou um instante atrasado com Vanderlei tirando com os pés.

      Achei realmente mais um bom jogo e é visível que o Grêmio administra o G4 para não tirar o foco das Copas neste momento, mas merecíamos a vitória outra vez pelo bom desempenho.

    • Ilgo Wink

      Fabiano, essa defesa do juiz é porque ele também é catarinense?
      Só tu não viu prejuízo do Grêmio.
      O Yuri não merecia o segundo amarelo e por consequencia o vermelho?
      Maicon levou amarelo porque reclamou de uma falta sofrida pelo PR na cara do juiz.
      Vai me desculpar, se o Grêmio não foi prejudicado então não sei mais nada

      • Fabiano SC

        Não Ilgo, porque por aqui sempre tivemos péssimos árbitros, como o famigerado Dalmo Bozzano, que apitava todas as finais de campeonato para ter visibilidade; mais ou menos como acontece com o Carlos Berckembrock como assistente.
        Em verdade, todos os árbitros são ruins e se preocupam mais com a questão disciplinar do que com a violência, deixando o pau comer solto e dando amarelo para quem reclama.
        Prejudicado de verdade, ontem, foi o Corinthians, com a anulação de um gol legítimo.
        Deixamos de ganhar por nossos defeitos, e mesmo que o árbitro seja ruim não acho que o resultado tenha passado por ele.
        Veja que ele deu 10 minutos de acréscimo, mas desde o início do segundo tempo já tinha afirmado que poderíamos estar jogando até agora que não faríamos gol.

        • Lucas Eduardo Pavão

          Eu trabalho com um Palmeirense e um São Paulino e ambos falaram o que eu pensava, entre Coringa e Flamengo o árbitro sempre vai ficar na dúvida sobre para quem dar uma ajudinha hehehehe. Agora este árbitro vai pra geladeira, pois errar contra os manos é impensável.

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            Lucas, o Corinthians é tão ajudado a vida inteira que considero eles no Brasil assim como o BBinter está para o RS e a FGF, ou seja: quando sofrem algum lance de erro de arbitragem contra eles, isso se chama de reembolso.

  • Alexandrebg

    Ilgo, concordo contigo que a arbitragem catarinense sempre nos complica. Dalmo Bozano, Heber Roberto Lopes (Paranaense mas filiado à Federação Catarinense), além de uns bandeiras catarinenses que também nos prejudicaram, entre eles o Sr Carlos Berkenbrock.
    Em meu comentário anterior havia dito que nosso time tem passado por cima da péssima arbitragem brasileira. Nem sempre conseguiremos e ontem foi um destes dias difíceis…
    Agora, esquecendo o resultado, fomos muito melhores do que o time da Vila.

    • Ilgo Wink

      Fomos melhores contra Corinthians e Avaí e não vencemos. E sem problema maior de arbitragem.
      Domingo o juiz prejudicou bastante

  • Alexandrebg

    Lendo o Corneta, pensei em algo relevante: Como ficará a mídia do “campeão de tudo” se não vencer a série b, depois de disputá-la???

    • Lucas Eduardo Pavão

      Vão relativizar de alguma forma, eu cresci ouvindo que título que vale só os deles, os nossos não valem.

  • GEK

    Ilgo, sou leitor do seu blog a muito tempo, parabéns pelo trabalho. Obviamente não iremos concordar em todos os assuntos. Mas sua defesa a Marcelo Grohe está passando dos limites da consciência. Das últimas 5 bolas que chegaram no gol 4 delas entraram. Para ele todas as bolas são indefensáveis e segundo seus comentários ele nunca tem culpa. Precisamos parar de finger-se de cego e pressionar pela saida deste goleiro. Marcelo teve algumas boas temporadas, mas sua fase atual compromete o desempenho de todo o time.

    • Luis Augusto Waschburger

      Algum sábio escrevei certa vez por aqui que “se Grohe fosse bom, não precisava de tantos defensores”.

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Grande Motociclista, eu lembro de ter lido isso aqui, boa lembrança.

    • Ilgo Wink

      Eu defendo o Grohe porque não temos outro melhor no grupo. Fora isso, melhor que ele no país só o Márcio.
      Ontem, o Vanderlei, que é muito bom, soltou uma bola pra frente. Ninguém corneteou.
      Já o Grohe fez o mesmo dias atrás e o mundo caiu sobre ele.
      A diferença que no primeiro caso ninguém do Gremio pegou o rebote.

      Agora, falo mais pra irritar os anti-grohistas de carteirinha. Gente que não para de atacar o Grohe por tudo.
      Aí já é exagero na minha opinião.
      Mas dizem por aí que até vão fundar uma associação.

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Márcio ou Cássio ?????

        • Ilgo Wink

          Cássio. to ficando gagá

          • Lucas Eduardo Pavão

            Só falta o senhor ressuscitar o Sidimar ou o João Marcos kkkkk.

          • Ilgo Wink

            não me chama de senhor, por favor

          • Lucas Eduardo Pavão

            KKK,é porque há 21 anos no Exército tendo a hierarquia rígida faz disto um hábito.

      • Lucas Eduardo Pavão

        Ou um novo Blog kkkk, pra ser concorrente do senhor hehehehehe

        • Ilgo Wink

          Grande ideia

      • Ricardo

        Acho que a associação já está formada, e é dos defensores do Grohe. Até já irritei gente aqui chamando de Fã Clube. Os argumentos de quem defende o fraco goleiro são todos subjetivos: “salvou várias” (quando? onde?), “não tem melhor” (em que ele é melhor que os outros?), é gremista (…), etc.

        Já disse aqui, ele é tão ruim que quando faz um jogo normal é exaltado pelos fãs.

        • Lucas Eduardo Pavão

          Já me ofendeste inclusive nesta tua cruzada, mas apesar de tudo já não guardo mais ressentimento, pelo menos não é Urubu torcedor de tese.

          • Ricardo

            A intenção nunca foi ofender ninguém. Desculpa, ok?

          • Lucas Eduardo Pavão

            Beleza, estamos do mesmo lado

  • Fabio Scheffer

    A maratona de agosto realmente será cruel.
    Nela serão decidido se o Grêmio vai continuar brigando pelo titulo brasileiro, se vai as quartas da Libertadores, e principalmente se vai buscar o hexa em mais uma final de CdB.
    Acho que pela proximidade de titulo o Grêmio vai dar uma atenção especial pra esses jogos contra o Cruzeiro, deixando no brasileiro times mistos nos períodos próximos a esses jogos.
    O time tá bem, ontem sentiu a falta do Barrios como definidor, e com o elenco sendo bem girado dá pra se manter na briga por todas competições.

    • Luis Augusto Waschburger

      Acho que é por aí!
      Até porque, como desperdiçamos as chances de encostar no líder, penso que a meta mesmo seja ficar entre os 4.

    • Ilgo Wink

      Barrios fez muita falta

  • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

    Ilgo, segue abaixo os 22 relacionados por Renato para a viagem a Goiânia:

    Os 22 relacionados por Renato para a viagem a Goiânia:

    Goleiros: Marcelo Grohe, Bruno Grassi e Paulo Victor.
    Laterais: Léo Moura, Bruno Cortez e Leonardo.
    Zagueiros: Kannemann, Bressan e Bruno Rodrigo.
    Volantes: Maicon, Michel, Arthur, Jailson, Machado e Kaio.
    Meias: Ramiro, Lincoln e Patrick.
    Atacantes: Pedro Rocha, Fernandinho, Everton, Dionathã.

    Meu time seria esse: Paulo Victor, Léo Moura, Bruno Rodrigo, Kannemann e Cortêz.
    Michel, Maicon, Arthur, Lincoln. Fernandinho e Éverton.

    • Juninho Street

      Pedro Rocha manda lembranças!!!!!!

    • Juninho Street

      Pedro Rocha manda lembranças!!!!!

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Grande Juninho, o Pedro Rocha deverá ser poupado também, mas é titular absoluto nesse bom time ”titular” do Renato.

  • Alexandre

    Sempre defendi força máxima nas 3 competições, dentro do possível, mas começo a repensar essa situação. A partir da semana que vem, as quartas-feiras terão confrontos de mata-mata, que tem de ser prioridade para o Grêmio. Infelizmente, as muitas lesões das últimas semanas dificultaram bastante a possibilidade de o tricolor colocar um time misto em campo capaz de jogar de igual para igual com qualquer adversário do Brasileiro, embora nos últimos jogos vários reservas jogaram e deram conta do recado. Vamos ver como o time responde a essa sequência dura.

    No jogo de ontem, um bom 1°tempo, onde deveríamos ter matado o jogo. No 2°, o time cansou e faltaram peças para mexer o time. Arroyo era o único jogador de ataque que podia entrar, mas não deu certo. Grêmio abusou de jogadas individuais que não deram em nada e forçou muitos passes e tabelas, principalmente nos minutos finais.

    • Lucas Eduardo Pavão

      Aliado há isso temos 3 problemas, Gaston Fernandez chinelinho, Bolanhos sempre enrolado e Beto da Silva canela de vidro, ai não temos opção de banco nunca, por mim podiam mandar o tal Gata de volta pra Argentina, é um Mirales piorado. Tanto que nunca para em time nenhum. O sina que temos pra trazer Argentino ruim, Kaneman é excessão.

  • Lucas Eduardo Pavão

    Mudando um pouco do foco e analisando a demissão do WC, apesar de achar ele um escroto não consigo gostar da demissão de uma pessoa, mas ele deu o motivo que faltava para a empresa, assim como o próprio Santana e Keny Braga deram naquele triste episódio, mas o fato que quando se fica velho a pessoa passa a ser descartável. Mas valeu o ditado, o que a boca fala o ….. paga.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Prezado amigo Lucas !!!!!

      Água mole em pedra dura tanto bate até que fura ….. !!!!!

      Demorou demais para isso acontecer e as redes sociais são responsáveis por esta ótima notícia da demissão deste cara que ofendia todos os dias os os ouvintes, os patrocinadores e seus colegas de bancada do Sala de Redação.

      Ele se escondia atrás de seu ”azedume” e coloradismo para criticar tudo o que era notícia do Grêmio e enaltecia qualquer KH..da do BBinter com sua parcialidade vermelha.

      Que triste fim de carreira para este senhor casado e pai de duas filhas que deveriam ter muita vergonha de sua conduta nesta altura da vida. Acabou ….. finalmente. Aplausos a ética.

      Parabéns ao Demian Diniz, Ilgo Wink e Ricardo Wortmann que em seus espaços de todos os dias em seus Blogs abriam a oportunidade dos Gremistas se manifestarem contra esses desmandos da mídia da ”IVI” em todos os canais que já derrubaram os idiotas e radicais Kenny Braga, Fabiano Baldasso e agora Wianey Carlet que nos causava náuseas e enjôos com suas posturas.

      Acho que agora muitos outros vão colocar as barbas de molho devido a esta proteção tão ridícula que a IVI dá ao BBinter todos os dias, pois de apenas um grão de areia na Arena do Grêmio eles fazem uma praia e da caçamba vermelha eles não deixam cair um grão se quer ”por proteção”.

      A guilhotina está solta e o Nelson Sirotsky está atento à este momento de inúmeras KH..das pelos lados vermelhos sempre maquiadas, abafadas e tão defendidas por seus estagiários jornaleiros e vem mais por aí, é só aguardar.