Grêmio larga com vantagem contra o Cruzeiro

O Grêmio atingiu o objetivo básico, que era vencer o Cruzeiro sem levar gol.

Se pudesse empilhar gols para encaminhar a classificação à final da Copa do Brasil, melhor. Mas não foi possível, e muito em função do adversário.

Mano Menezes, assim como outros treinadores, hoje conhece bem o Grêmio, e sabe que precisa encurtar o espaço no setor intermediário para não deixar fluir o toque de bola envolvente do tricolor.

Não é fácil, tanto que no primeiro tempo o Cruzeiro quase não conseguiu respirar tamanho o sufoco. No segundo, sim, o time mineiro conseguiu marcar melhor, teve por momentos o controle das ações, mas pouco produziu em termos de oportunidades de gol.

As melhores foram duas, um chute no canto direito que Grohe mandou para escanteio e, quase no final, uma escapada pela direita do Raniel, com Grohe saindo para abafar, evitando o empate.

Já o goleiro Fábio fez a grande defesa do jogo, um cabeceio de Lucas Barrios, que ele tirou de cima da risca. Ele ainda defenderia um belo chute de Pedro Rocha. E foi só também.

Aos 45 minutos, o gol gremista. E tudo começou com Marcelo Grohe, é verdade, acreditem. Ele rolou a bola para Michel, que avançou, cruzou a linha do meio de campo e meteu uma bola preciosa para Pedro Rocha, que tocou de primeira para Luan que entrava pelo meio. Luan, também de primeira, chutou. E aí Fábio espalmou pra dentro da área, onde estava Lucas Barrios. Gol!!!

Dias desses, Grohe soltou uma bola (defendida com muita dificuldade como foi o caso de Fábio), também para dentro da área. Aí, os ‘especialistas’ em goleiro (e eles são muitos), disseram que não se pode rebater a bola para dentro da área, e sim para os lados, para escanteio de preferência.

Nada mais óbvio. Só tem um detalhe: às vezes não dá. Mas e os caras que querem a caveira do Grohe levam isso em conta?

Mas voltando ao que interessa. O Grêmio venceu com muita dificuldade, não teve aquela supremacia técnica e tática de outras partidas. E isso prenuncia um segundo jogo muito difícil. Ou não, diriam os mais otimistas, aqueles que consideram o Mineirão um salão de baile desse novo e empolgante Grêmio treinado por Renato Portaluppi.

O certo é que tudo pode acontecer. Confio que o Grêmio faça ao menos um gol, o que já cria um problema ao Cruzeiro.

A lamentar a lesão de Geromel. Depender de Bressan, esforçado mas limitado, é torturante. Tem ainda o Lucas Barrios, que sentiu uma lesão.

A torcida para o segundo jogo contra o Cruzeiro começa agora: a torcida pela recuperação de dois dos mais importantes jogadores do time.

Por fim, um elogio ao juiz da partida, o Marcelo Aparecido. Ele marcou um pênalti sobre Luan, mas recuou atendendo aceno do bandeirinha. E fez o certo, porque a falta foi mesmo fora da área. No mais, foi correto na aplicação de cartões e nas marcações de falta, com um ou outro equívoco.

Um de seus méritos na carreira foi ter expulsado Marcelo Grohe por aquela babaquice de fazer cera excessivamente. De lá pra cá isso acabou. E tudo graças ao Aparecido.

Destaques: a dupla de área, a dupla de volantes, Ramiro e, principalmente, Luan, o craque do jogo.

Se gostou, compartilhe!

  • Francisco Lanferdini Serafini

    Curti a coluna. Concordo com tudo, salvo sobre o Ramiro, pois pra mim, ele errou bastante e jogou bem abaixo do que já jogou outrora.

    E o Luan poderia ter finalizado melhor no lance do gol. Felizmente, o Fábio falhou. Azar do Cruzeiro e sorte nossa.

    • Lillian Moraes

      Ia comentar o mesmo: o Ramiro não acompanha o nível de qualidade do restante do time. Aliás, o Edilson também um pouco abaixo. São dois guerreiros, mas um pouco abaixo em qualidade.
      No mais, uma grande partida, muito estudada, ambas equipes tomando cuidados pra não levar gol. O Cruzeiro, então, apelando pra faltas e catimba desde o início. Normal, já jogamos muito assim no passado. Mas o Grêmio, apesar do placar apertado, jogou com inteligência e disposição clara de que queria o placar. Espero e creio que no Mineirão fazemos um gol; e aí estaremos na final.

    • Francisco Lanferdini Serafini

      Ah, também discordo da coluna sobre a arbitragem. Não curti muito como os juizão conduziu o jogo.

      • Serrano

        Senti uma ponta de ironia de Ilgo Wink sobre a arbitragem.

  • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

    Amigo Ilgo, depois de 5 dias na Europa com minhas filhas, volto diretamente do aeroporto para a Arena do Grêmio e te vejo aqui num esforço danado defendendo o Marcelo Grohe num jogo que ele foi apenas comum outra vez, pois não foi exigido em momento algum e no gol do Grêmio, tudo fluiu à partir da visão do Michel que enfiou ao Pedro Rocha uma bola redonda que veio dele pro Luan numa pifada legal, aí, no rebote do bom goleiro Fábio num chute venenoso, a gorduchinha sobrou pro Barrios enfiar para as redes.

    Acho que tu viu o Ramiro jogar mais do que todos os outros Gremistas, pois hoje ele destoou dos demais jogadores com apenas uma atuação nota 5 e os destaques do jogo foram Barrios, Luan, Geromel, Kanemann e Arthur com algum louvor pro Edilson pela direita.

    O time do Renato joga fácil dentro e fora de casa e mesmo com uma marcação forte e retrancado, o Cruzeiro foi um time covarde outra vez diante de um Grêmio firme e decisivo no jogo com um 1º tempo perfeito em que o placar não mostrou a nossa superioridade no jogo e na volta, eles vão pra cima nos dando o espaço que o time do Renato precisa e gosta para jogar. Acho que estamos na final outra vez.

    • Márcio Tubarão (PDF FIFA)

      Concordo, amigo Copião. Mas em alguns momentos do segundo tempo fiquei com a impressão que o Grêmio deu umas apagadas, incorrendo em riscos desnecessários.
      De qualquer forma, vamos com a vantagem. Precisamos valorizar isso para colocar a mão na taça.

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Sim, mas não esqueça que era uma semi-final e do outro lado tinha um grande time que veio para complicar nosso sistema retrancado o tempo todo, mas achei que o Grêmio foi muito inteligente no jogo o tempo todo com muita firmeza na zaga e no meio. Gostei do time outra vez, e acho que dá para ir à final em mais um ano seguido, Márcio.

    • Francisco Lanferdini Serafini

      Não achei o Edilson bem. Pra mim, Léo Moura volta pra ontem, o que fará até o Ramiro jogar mais.

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Nem eu, Francisco, falei apenas que foi com ”louvor”.

    • Fabio Scheffer

      Pô, ontem quem também comeu a bola foi o Michel.
      Volante de pegada, bom passe e intensidade que vai fazer muita falta no 1º jogo das quartas na Libertadores.
      Pra mim hoje, ele é o volante mais titular o time e Arthur e Maicon brigam pela segunda vaga.

      • Deny Camargo

        Concordo. Michel, Kannemann, e Edilson são os caras que amaciam a carne do adversário quando o jogo fica meio complicado. Embora o time do Grêmio seja técnico tem que ter uns desses pra quando a partida fica mais pegada.

        Lembro que o Grêmio do Felipão tinha Dinho e Rivarola que faziam o mesmo papel

      • Ultron

        Se no segundo jogo contra o Godoy Cruz o Michel errou praticamente tudo, contra o Cruzeiro, pelo contrário, ele foi soberano, participando das principais jogadas, inclusive daquela que resultou em gol. Excelente atuação

  • Ricardo

    Como o Mano Menezes é cagão, típico treinador “texano”, como diz o rw. Jogou pra perder de pouco, e conseguiu. Que retrancão! O discurso deles é “só precisamos um gol agora”. Sim, o Thiago Neves falou isso, provavelmente repetindo o que o treinador falou no vestiário. Estão enganados.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Ricardo, o Grêmio faz gols em todos os jogos, INCLUSIVE, fora de casa com o time titular e nesse caso, acho que o Mano Menezes ”dançou” de novo, SALVO, uma zebra.

      • Ricardo

        Quando sortearam os mandos eu escrevi aqui que preferia a primeira em casa, porque achava que o Cruzeiro não tentaria fazer gol aqui. E foi o que aconteceu, o Mano com anos de estrada ainda não entendeu que mata-mata se ganha fazendo gol fora. Nem o 3×3 que ele ganhou de presente do Palmeiras fez ele mudar a postura do time…

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          Bah, bem lembrado daqueles 3×3, concordo contigo.

  • Rezende

    Vamos ter tensão no jogo da volta com Bressan na zaga se Geromel e Thierry não estiverem disponíveis.
    Mas não tendo levado gol em casa se o contra ataque com Pedro Rocha, Éverton e Luan funcionar bem, mesmo que o Bressan vaze atrás, o ataque garante no mínimo o empate com gols.

    Uma OBSERVAÇÃO, concordo com muitos que veem o rendimento um pouco menor do Ramiro na “função do Giuliano”; está mais que na hora do Renato PELO MENOS TESTAR a alternativa de avançar o Arthur mais para frente para aquela função e colocar o Ramiro de volta como volante ou até mesmo substituí-lo por MAICON…
    Tá caindo de MADURO…

  • Deny Camargo

    Uma coisa que tenho notado nos últimos jogos do Grêmio e que não vi ninguém comentar é o descritério na aplicação dos cartões. O jogador do Gremio faz uma falta mais ríspida ou reclama e já leva o cartão amarelo. Já com relação aos adversários os juízes são mais tolerantes, pois sabem que o estilo do Grêmio de toque de bola obriga que o adversário faça mais faltas, então os juízes economizam propositalmente nos cartões para evitar uma ou mais expulsões. “Modus operandi” similar ao que faziam com o Guinazu quando jogava nos vermelhos….

    Um exemplo disso ontem foi o Ramiro. Depois do cartão que ele levou 2 jogadores do Cruzeiro fizeram faltas iguais e não levaram amarelo. O caso mais crasso foi o da expulsão do Michel contra o Godoy. Se utilizassem os mesmos critérios com relação aos Argentinos terminariam com 5 em campo nos 2 jogos.

    O Grêmio como é muito melhor que os seus adversários tem passado por cima disso, mas esse descritério em jogos equilibrados tecnicamente pode “castrar” o time.

    • Juliano Flores

      eu escrever q discordava dessa parte do texto do ilgo num post sozinho, mas ja q tu comentou vamos aqui mesmo

      alem do q vc falou, me irrita q ele vai claramente pra nao expulsa,r o luan sofrendo rodizio de falta e em quem ele brilhantemente da o cartao? no sóbis claro, dificilmente faria outra falta mais rispida ou mesmo no luan, preservando todos os volantes e defensores com muito mais probabilidade de cometerem outra falta

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Juliano, as vezes fico com a impressão de que por tratar-se de Grêmio após aquele desastre da Patrícia na noite em que praticou racismo, as coisas tendem à ser negativas somente contra nós, porém, não quero alimentar essa hipótese.

  • Lucio

    Parabéns ao Grêmio pelo jogo, fez o dever de casa e alinhou bem uma classificação lá no mineirão. Ilgo quanto ao Ghore, trata-se de um goleiro instável, não importa se ele não levou gol ontem, com a idade dele se fosse o bom goleiro que você pinta, não seria tão contestado quanto é, e não só por torcedores do Grêmio, a mídia toda do centro do país considerou o Fabio mais goleiro que o Marcelo na comparação entre eles. Se alguém aqui gosta tanto do Ghore leva ele para casa e aproveita para levar aquela uva do Bressan junto.

    • Ultron

      Interrompi a leitura no “Fábio é um goleiro bem meia boca”.

      • Francisco Lanferdini Serafini

        Também acho o Fábio meia boca.

        • Fabiano SC

          Mas contra nós sempre pega muito; mantivesse o nível e seria seleção.

          • Francisco Lanferdini Serafini

            Isso também é verdade.

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            Fabiano, os comentários que rolam a 15 anos sobre a ausência de Fábio na seleção é pelo seu comportamento como atleta de Cristo que atrapalhava o ambiente nas concentrações, e isso foi constatado pelos 8 treinadores desde o ano 2000 quando ele surgiu com um grande potencial.

            Sinceramente, acho que tivemos vários outros bons goleiros em comparação a ele, pois acho impossível não haver um treinador de goleiros no Brasil que soubesse como avaliar as qualidades dele, ”caso” fosse uma unanimidade.

          • Fabiano SC

            Também já ouvi sobre essa dedicação extrema dele, mas não quis defender ser ele selecionável, apenas que contra nós ele sempre tem grandes atuações.

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            É verdade, lembro que naquele 3×3 no Mineirão ele fez dois milagres contra nós e salvou o Cruzeiro da derrota.

        • Ricardo Gomes

          Acho que o melhor momento dele passou. Mas ainda é bom goleiro e merecia ter tido mais chances na seleção.

      • Lucio

        Se tu acha o Fabio um bom goleiro é porque tu também deve andar comparando ele com o Grohe.

        • Ultron

          Parece aqueles comentários do tipo, “Se você não Gosta do Machado de Assis, deve ser leitor do Paulo Coelho”.

          Francamente!

          • Lucio

            Vindo de uma pessoa que se auto denomina Ultron, não dava para esperar muito mesmo…

    • Francisco Lanferdini Serafini

      Só uma colocação: o que a mídia coloca não é importante, porque é puro achismo.

      • Lucio

        Como eu disse não são os “apenas os torcedores” mas também a mídia, ou seja meu amigo, o Marcelo Grohe não é um goleiro confiável, isto esta claro tanto para o torcedor do Grêmio, quanto para quem não torce para o Grêmio.

        • Francisco Lanferdini Serafini

          Não falei nada sobre o Grohe, só sobre a mídia.

          • Lucio

            usei a mídia do centro do Pais para mostrar que não são apenas nos gremistas que vemos que o Marcelo é um goleiro instável.

          • Francisco Lanferdini Serafini

            Mas a mídia do centro falando de time de fora do centro é uma lástima. Eles não acompanham nada do que acontece por aqui e falam qualquer coisa. Pode ser que acertem na opinião, mas é por puro acaso.

            E sobre o Grohe, novamente não teci opinião. Só quis dizer que não importa o que a mídia diz pelos motivos já apresentados.

  • Fabiano SC

    O placar, embora apertado, não estava me deixando preocupado até a lesão do Geromel.
    Logo que vi o lance me pareceu lesão muscular e já pensei em uns 60 dias de estaleiro, o que parece se confirmar pelas primeiras notícias da manhã.
    Nosso Departamento Médico é sabidamente insuficiente e politizado, não recuperando ninguém (unha encravada são seis meses…), mas comecei a rezar hoje para que ele volte pelo menos nas finais da Copa do Brasil e semi da Libertadores, pois ainda acho que mesmo com o temível Bressan ainda temos boas chances de eliminar Cruzeiro e Botafogo. Mas não restam dúvidas de que passaremos por todos os tipos de medo com ele jogando tantas e decisivas partidas.

    • Francisco Lanferdini Serafini

      Eu realmente tô preocupado com o Bressan.

  • Flávio De Boni

    Impressão minha ou o Grêmio deu uma “arriada” fisicamente no segundo tempo, muitos erros de passe e levou uma pressão incomum no segundo tempo!

    • Alexandre

      Fiquei com a impressão que foi o Cruzeiro que começou a marcar mais alto, pressionando a saída de jogo do Grêmio. Aliado a isso, o tricolor errou muito mais, não só pela pressão deles, mas também por falta de opções pro passe ou de paciência (e alguns erros não-forçados ridículos).

  • Alexandre

    Foi um bom resultado, mas a lesão do Geromel foi um balde de água fria. É um zagueiro muito acima da média e as reposições são bem abaixo. E ainda podemos perder o Luan pro jogo da volta. Vejo o confronto ainda em aberto, vamos ter que jogar melhor em BH pra classificar.

    Não gostei do Ramiro ontem, errou demais, assim como o Edílson. Ambos foram abaixo do resto do time. Dupla de zaga perfeita e os volantes muito bem, especialmente o Michel, fez um grande 2° tempo.

    Não tenho certeza se a falta no Luan foi fora da área. De qualquer forma, nem comemorei quando ele deu o pênalti, do jeito que anda nossos batedores…

    Por fim, esqueçam time titular ou mesmo misto no domingo. Renato deve ir com a gurizada mesmo e concordo com ele, dessa vez. Sem Geromel, talvez sem Luan, perder outro titular pode ser desastroso para a sequencia de mata-matas.

    • Fábio Viana

      Advinha quem erra o bote na cobertura daquele ultimo lance do Raniel? Uma chance.
      Confio mais no Thyere do que em qq outro zagueiro reserva para o jogo da volta.

      Guardada as proporções, quando Luan inventa de segurar a bola e saem aqueles cinquenta adversários correndo atrás dele me lembra muito o Riquelme. Ninguém consegue tirar a bola do cara e só o param com falta. Isso quando ele não mete um calcanhar e quebra toda a defesa do adversário.
      Disparado o melhor jogador da América.

      • Walter Luis Borba

        Fábio.

        Espero que o Mano não marque o Luan homem a homem como fez com o Riquelme em 2007.
        Porque daí é meio caminho andado.
        Joga muito o Luan

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          Concordo.

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        ….. e pensar que chegamos a ouvir vaias ao Luan dentro da Arena. É ”pracabá”.
        Tem certas atitudes e visões de Gremistas que eu não consigo entender, Fábio, e o que dizem para justificar certas burrices, não convencem ninguém, mas insistem ”nas teses”. Oremos.

        • Ilgo Wink

          Amigo, o Ronaldinho também foi vaiado no início, faz parte

  • Fábio Viana

    Excelente resultado para o jogo da volta, ainda mais para este time que não é filiado ao SINPOF.
    Porém não gostei da atuação do time. Nada que preocupe para a volta.
    No 1º tempo jogou um pouco mais perto do esperado. Teve mais iniciativa, mas com dificuldades em tocar a bola, em momentos sem a aproximação costumeira e cruzando bolas que poderiam ser melhor trabalhadas. Ramiro abaixo da média talvez tenha contribuído para essa maior dificuldade.
    Pra mim o 2º tempo foi fraquissimo. Não se impôs, as duas primeiras linhas jogando praticamente como uma só deixando os volantes trocarem passes na intermediária, tanto que Luan pedia a todo o instante para o time sair de trás e quando conseguia chegar ao ataque não tinha tranquilidade para tocar a bola e mante-la lá na frente.
    Edilson e Ramiro muito abaixo oq talvez tenha contribuído para as dificuldades.
    Sei que do outro lado há um adversário, mas na boa esse Cruzeiro é uma naba. Só tem os dois volantes e o Thaigo Neves para fazer alguma coisa, sem profundidade, o toque de bola é somente entre os 2 volantes, um pro outro e outro pro um. A defesa, fede de ruim, lateral direito é improvisado, no miolo tem Léo “arranque de pretoleiro”, quase do tamanho do Walter. No jogo da volta, vão jogar no bumba meu boi, chuverinho e trombada do Sobis pra cavar falta perto da área.
    Não tem como esse time envolver o Grêmio. Pode até passar, nos penaltis talvez, mas a perspectiva é muito boa para o jogo em BH.

    • Ultron

      “No 1º tempo jogou um pouco mais perto do esperado”.

      Bom… pelo que eu vi, no primeiro tempo apenas o Grêmio jogou e apenas não fechamos a etapa inicial com goleada por o goleiro deles operou alguns milagres aqui e ali.

      “Pra mim o 2º tempo foi fraquissimo”.

      Bom… Nesse caso eu concordo. O Grêmio deu espaços demais.

    • Fabiano SC

      Acho que algumas vezes mudamos nossa característica e saímos de trás com balão, talvez para evitar que erro na saída de bola resultasse no temido gol fora do Cruzeiro; lá confio no retorno ao normal, apesar da perda do nosso zagueiro-craque.

  • Ricardo Gomes

    Duas coisas:
    1) Sou pé quente Ilgo (1 x 0 é goleada), rsrsrs;
    2) Coparemos em Bh.

  • Walter Luis Borba

    O Grêmio do primeiro tempo me agradou, apesar de não ser avassalador, foi cauteloso e efetivo.
    Se não é o Goleiro Fábio a vantagem no primeiro tempo seria maior.
    No segundo tempo, o Renato preferiu “dar” a bola para o Cruzeiro, o qual pouco fez.
    Presumo que o Grêmio tenha cansado um pouco devido a marcação alta que fez no primeiro tempo.

    ———x————–

    O Cruzeiro sempre foi um time com proposito de jogar bola. Tanto é que, nos anos 60 fazia frente ao Santos, de Pelé.
    Em 2003 fez tríplice Coroa.
    Em 2013/2014 Bi do Brasileiro…
    Ganhou por merecimento, jogando a bola.

    Ontem, o Cruzeiro foi covarde, por vezes, até duro em algumas jogadas.
    Cruzeiro ontem foi um XV de Campo Bom.
    Cruzeiro foi a cara de seu treinador. Um treinador que joga uma final de Libertadores e diz que um tal de “Riquelme não precisava de marcação homem a homem”. Um treinador que deixa Anderson no banco e bota Lipatin.

    ———-x————–

    Enfim, mata mata tudo pode acontecer, nem sempre o melhor vence.
    Mas, para o bem do futebol o Grêmio tem que passar. O time que joga futebol tem que passar para se fazer justiça.

    Caso contrário, vencerá um cara que contribui para os 7 x 1…que ainda joga um futebol baseado no vamo-que-vamo….seguindo a escola – Felipiana e Rothiana…

  • Daniel Scherer

    Primeiro tempo do Grêmio sendo Grêmio, tendo a iniciativa do jogo e buscando o gol. Só achei que neste primeiro tempo deixamos em determinados momentos o Cruzeiro trocar muitos passes e ficar muito tempo com a posse de bola dentro do nosso campo sem fazer pressão neles, mas nada demais pois o Cruzeiro se contentava em ficar com a bola e matar o tempo. Edilson destoando desde o inicio do jogo, mas justiça seja feita o Cruzeiro nada criou por aquele lado, não que tivesse criado algo no primeiro tempo, mas a maior parte do tempo o Cruzeiro jogou pela esquerda. O gol do Grêmio premiou o time que buscou ganhar o jogo desde sempre, e o Fábio que parecia estar naquelas noites em que pegaria tudo, falhou bisonhamente no lance. Falhou como todo goleiro falha, mas sobre nosso goleiro eu nem falo mais nada, não vai mudar mesmo. Continuo achando ele um goleiro médio pra bom que está atravessando uma fase ruim. Mas com ele ganharemos ou perderemos.
    Para mim no segundo tempo os dois times sentaram no resultado, o Grêmio esperando a postura do Cruzeiro para sair no contra-ataque sem se expor a tomar o gol de empate, e o Cruzeiro por sua vez ficava novamente com aposse de bola mas não fazia questão de ir pra cima e se expor ao contra-ataque. Ou seja, se no intervalo o juiz perguntasse se poderia terminar o jogo naquele momento, os dois times aceitavam na hora. Azar dos mineiros, porque tenho certeza que faremos gol em BH.
    Os melhores foram Geromel e Luan (jogou muito ontem desfilando a sua técnica) e Michel. Ramiro e Edilson estiveram abaixo dos demais.
    Agora, a péssima notícia é a lesão do Geromonstro. Jogar com Bressan semi-final e possível final de Copa do Brasil e ainda ser campeão, é para novo DVD “A Batalha dos Aflitos II – Episodio Bressan” porque vai ser indigesto. Bressan é zagueiro para-raio, se é para dar merda certamente ele vai estar no bolo. Tomara e torço para que ele faça gol em BH e na final a gente seja campeão com outro gol dele. Já disse aqui, faço uma camiseta com o rosto dele escrito eu te amo Bressan.
    Agora, deus nos livre de uma decisão por penaltis, porque daí o coração não vai aguentar.

    • Ricardo Gomes

      “Já disse aqui, faço uma camiseta com o rosto dele escrito eu te amo Bressan”, rsrsrsrs, mitaste!

      • Ilgo Wink

        Uma amiga vai bordar o nome Bressan na camisa

  • wilson santos

    Foi um ótimo primeiro tempo e um segundo tempo cauteloso, esperando o contra ataque que não veio.
    O fato de não tomar gol em casa ser tão importante, fez com o que o time diminuísse o ímpeto e segurasse o resultado.

    Agora sem o Geromel, complicou um pouco, ele carrega a zaga quase sozinho.
    Bressan não passa confiança a ninguem…a direção errou em repatriar esse jogador.
    Mesmo com pouco tempo em campo, no final do jogo ele errou o bote e quase saiu o gol de empate dos cruzeirenses.

  • Alexandrebg
  • Diogo S

    E eis que, 4 anos depois , virou e mexeu, e teremos BRESSAN em um jogo decisivo na zaga. É dar muita sorte pro azar. Que não seja nada de mais.

    • Fabiano SC

      Se fosse só em um…

    • Ilgo Wink

      A direção poderia ter investido em alguém melhor, errou nessa aí

  • Fabio Scheffer

    Caraca… três anos depois de idas e vinda, com inúmeras falhas em momentos decisivos, e um contrato por finalmente expirar, vai que aparece uma nova oportunidade para o lamentável Bressan jogar.

    Incrível como o Geromel tem azar com lesões em fases decisivas e o Bruno Rodrigo, zagueiro bi-campeão brasileiro a duas temporadas atrás, não conseguiu virar opção.

    Vai ser brabo e só mesmo alguma mágica do Renato será capaz de fazer com que a gente não seja eliminado por conta da ruindade do Bressan.

    Parece exagero mas não é, basta procurar o histórico do Grêmio com o Bressan na zaga !!!

    • Francisco Lanferdini Serafini

      Eu tô apavorado com o Bressan.

      • Ilgo Wink

        Idem

        • Fábio Viana

          Suspeito que Renato vai de Michel, Arthur, Maicon e Ramiro no meio campo. Barrios no banco.

  • Ilgo Wink
    • Ricardo Gomes

      A ivi vem se informar nos blogs independentes.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Ilgo, o Diogo Pateta Olivier copiou o teu pensamento da semana passada, eu vi essa matéria.

      A IVI não descansa nunca, ela é contumaz em tudo e isso como disse o Ricardo Gomes aí acima, está contagiando e é também comportamento de alguns Gremistas.

      É incrível como nessa fase tão positiva do clube, treinador e do time os caras não se conformam com o ótimo momento de todos, pois o caminho é esse e ”SE” as Taças não vierem, com certeza eles vão Latir & Vomitar afirmando criticamente que haviam previsto isso. É só aguardar, amigo.

      É profundamente lamentável ainda existir algum ser humano assim que consegue torcer contra a sua própria paixão somente para confirmar ”suas teses” e depois cravar: ”eu não disse?”.

  • Walter Luis Borba

    Colegas de blog.
    Estamos convictos e sabemos de todas as deficiências do Bressan. É fato.
    Mas, quero crer, que Bressan vai fazer a partida da vida dele. Pelo menos, desejo isso, e acredito que Renato irá dizer algo assim:

    _ Bressan esse é o teu jogo. Tú é o patinho feio da turma. Te vira meu filho!

    Pois bem, até o jogo terminar, vou apostar minhas fichas no Bressan. Não por ele…

    Mas por Renato, e creio que, o time vai jogar pelo Geromel….e por consequência, Bressan irá fazer a parte dele.

    • Ricardo Gomes

      Perfeito. Paradoxalmente, de positivo temos que ele com uma semana de antecedência sabe que vai jogar e portanto, será preparado para isso. Muito pior seria ele entrar num cenário adverso no Mineirão com a partida em andamento se a lesão do Geromel viesse a ocorrer lá.

    • Fabio Scheffer

      O problema em relação ao Bressan é que esse apoio, independente até da sua ruindade, a torcida do Grêmio já deu outras vezes e o resultado foi sempre o mesmo… eliminação !!!

      O guri é ruim de bola, limitadíssimo na leitura do jogo e por vezes até azarado.

      Como tu falou tomara que o “efeito Renato” consiga fazer o diferente, pq o normal é o Bressan entregando a paçoca com ou sem apoio da torcida.

      • Fábio Viana

        Azarado?
        O cara é um para-raio.

  • Serrano

    Pelo visto, racismo contra atletas é muitas e muitas vezes pior do que racismo contra espectadores. Vivendo e aprendendo. Aliás, desisti de escrever um textão sobre o que aconteceu em Botafogo e Flamengo porque – fica a dica – é brabo digitar com uma mão e tapar o nariz com a outra. Deixa quieto.

    Eu vejo poucas pessoas falando sobre Michel, o que é um pouco triste. Pra mim, é um achado.

    Se não me falha a memória, 75% dos gols do Grêmio no Brasileirão foram feitos fora de casa. Creio que possa se extrapolar para a Copa do Brasil. Então não estou preocupado para Quarta.

    Meio que contraditoriamente, acho que o Cruzeiro não vai se jogar com tudo para o ataque. Vai tentar conseguir um gol de bola parada e levar o jogo, talvez para os pênaltis, talvez conseguir alguma coisa ainda nos noventa. Talvez até dar a bola para o Grêmio e jogar no nosso erro, esse cenário tão incomum. Pelo menos, é o que EU faria. Se jogar à moda louca e o contra-ataque do Grêmio estiver inspirado, é um abraço pro gaiteiro.

    Eu fiquei meio desconfiado quando o Grêmio anunciou o Barrios. Eu entendo MUITO de futebol, diz aí.

    Quem terá jogado mais que Luan no Rio Grande Amado nesse Século XXI?
    Por enquanto é isso. Boa Sexta.

  • Fabio Scheffer

    Luan no Atlético de Madrid por 20 milhões de euros e saindo em dezembro ???

    Pra mim serve, assim como para o Grêmio, provavelmente para o empresário ganancioso e principalmente para o próprio Luan que pode sair pela porta da frente e ir para um clube em franco crescimento na Europa.

    Ganha a CdB e/ou a Libertadores (e um Mundial de plus em em do Real) e vai para Madrid já como ídolo para jogar em um clube com um puta treinador, grana chinesa entrando a rodo, um estádio novo e com chance real de conseguir uma vaga no grupo do Tite pra Copa se continuar evoluindo e pifando atacantes, hoje o Barrios, amanhã o Griezmann !!!

  • Ricardo Gomes

    https://uploads.disquscdn.com/images/9003e314b03e96f3d4e66186719b7cf847a1ed12142235a55b3f758e07151c07.jpg

    A diferença mais sutil entre o otimista e o pessimista, para além de
    dizer que um vive num mundo de fantasia e o outro numa zona cinzenta, é
    que o pessimista perde duas vezes, pois no momento da derrota a suporta
    pela segunda vez, visto que é um derrotado de véspera. O caso do terror
    causado pela entrada do Bressan é ilustrativo. Evidente que ele é mais
    limitado que o Geromel. Muito mais, diga-se de passagem. A única coisa
    que nós torcedores podemos mudar quanto a isso é a nossa postura em
    enfrentar o fato. O resto é com o Renato e com ele! Coparemos no
    Mineirão, dois gols do Luan e uma assistência dele para o Pedro Rocha!

    • Pedro de Lara

      Robert Plant, tu andas lendo muito livro de auto-ajuda.

      Faz assim: funda uma seita, cria teus 10 mandamentos, ergue uma estátua dos testículos do Portaluppi e chama o Copião para pastor e os fakes dele para coroinhas. Aí só aceita os que concordarem com os teus pontos-de-vista, aqueles que tu possas policiar as opiniões. Não é genial??

      E.T.: A boa nova é que o Copião não tem só fakes. Agora ele tem covers.