Grêmio exagera no desprezo à Liga

Entre o Campeonato Gaúcho, vulgo Noveletão, e a Primeira Liga, sou mais o nosso regional. 

É preciso evitar o hepta colorado. É preciso retomar o comando pleno na aldeia.

Agora, também não se pode tratar o torneio que o próprio Grêmio lutou tanto pra criar com tamanho desprezo.

A sabedoria está no meio, ensinam os chineses.

É possível jogar as duas competições com equipes mais fortes, mais equilibradas.

O time que enfrenta o Flamengo nesta quarta no Mané Garrincha dificilmente fará em enfrentamento digno, do tamanho do clube, atual campeão da Copa do Brasil.

É um time sem entrosamento, embora conte com alguns bons jogadores. É um time improvisado contra um Flamengo com força máxima, segundo se informa.

Sei que a direção e a comissão técnica devem ter bons motivos para terem feito essa opção que está deixando muitos gremistas agitados e revoltados nas redes sociais.

Aqui, à distância, sem todos os elementos para julgar, considero essa decisão equivocada.

O foco, a gente sabe, é a Libertadores. Mas outros clubes estão na mesma competição, mas nem por isso abrem mão da Liga com tanta facilidade.

Não me preocupo com o título – penso muito mais no título do Gauchão -, mas até pela expressão do adversário, o Flamengo, queridinho da Globo, penso que valeria a pena armar uma equipe com mais potencial de vitória.

A derrota diante do Caxias já deixou a torcida com um pé atrás. Como se previa o título da CB e o Inter na segundona já estão ficando em segundo plano na mente dos gremistas.

Mais uma derrota nessa quarta e já terá gente pedindo a cabeça do Renato, do Odorico, do Romildo, etc.

CEREJA DO BOLO

Difícil entender a ausência do técnico gremista em Brasília. Pensei que o jogo serviria para observações das várias alternativas, com jogadores estreando com a camisa tricolor. Claro, ele pode ver pela TV, mas não é a mesma coisa. Os próprios jogadores sentem a falta do comandante. O que acaba afetando o rendimento individual e coletivo. 

É a cereja no bolo abatumado.

Mais munição para os críticos azuis e vermelhos do ídolo gremista.

Espero que haja uma boa explicação para tudo isso.

Ah, fosse o jogo no Rio Renato também não viajaria?

Não precisam responder.

Se gostou, compartilhe!

  • Serrano

    Comenta-se que Romildo Bolzan teria ficado desgostoso com o descaso demonstrado pelos dirigentes dos outros clubes para com a Primeira Liga, e daí viria essa postura meio indiferente desse ano.

    O que eu lamento. Se tivesse escolher, priorizaria esse jogo de Quarta. Campeonato que prevê grandes enfrentamentos, TV dando visilbilidade, (e por isso mesmo) alguma grana pela exibição. Evitar uma sétima conquista de alguns aí só me parece algo importante se a disputa fosse minimamente honrada.

    Coisa que não é. Nem perto disso.

    • Ilgo Wink

      Pra mim, ganhar o regional é questão de honra

      • Heraldo

        Por que?

        • Ilgo Wink

          Perder o gauchão pra eles, um time da série B, isso não te incomoda? tudo bem.
          respeito, mas eu não gosto

    • Walter Luis Borba

      Serrano.
      Também ouvi algo do gênero sobre o Bolzan estar desgostoso com a primeira liga.
      Então que não jogasse.

    • Heraldo

      Ficou dodói? Cruzi.

      • Serrano

        Porquê tu não é capaz de dizer coisa com coisa?

        • Heraldo

          Kkkk.não fui eu quem inventou mas dizem que meia palavra é suficiente

  • juca

    Muito cuidado com os questionamentos, senão o irmão do Odorico vai te chamar de membro do MGI.

  • Walter Luis Borba

    Ilgo,

    Outro post perfeito.
    Quanto a pedir a cabeça de Renato, eu particularmente não teria renovado com ele.
    Renato é um excelente bombeiro, na hora de levar a coisa a sério como no início do ano já deixa desejar.
    Romildo é um bom administrador, péssimo conhecedor de futebol…

    Bom….Odorico Roma….jamais deveria estar nessa função no clube.
    Não tem pedigree.
    Devia parar de ver o filme do Brad Pitt (o Homem que mudou o jogo)…
    E cair na real, pedir para sair….

    Odorico me lembra o Chitolina em 2012/2013

  • Pedro de Lara

    Renato Portaluppi é um bosta. Não merece a sorte que tem.
    Um pretensioso de merda.
    Preguiçoso. Segue a lei do menor esforço. Por isso treina dando gritos em meio a coletivos arcaicos e rachões improdutivos.

    Para piorar, que tipo de mensagem dá para o “meu grupo”, para os jovens do “meu grupo”?? E para a torcida ??? E para os dirigentes ??

    O Gremio começa mal o ano. Joga um trabalho primoroso fora, dá poderes demais para um fanfarrão e sinaliza aos jogadores que o título do ano passado lhes dá salvo conduto para renovações, insurgências, independente dos resultados.

    Romildo, te liga. Dirigente forte no vestiário e mão pesada para abusos

  • Fábio Viana

    Poderia ser o time sub-20 que o treinador deveria estar na casamata. Não estamos em nenhum momento decisivo de Gauchão ou LA que justifique a ausência do treinador.
    Esse tipo de atitude do Renato e da direção, me dá o direito de pensar que começamos mal 2017 e que a maionese está começando a desandar.

  • Daniel Scherer

    Sinceramente, Gauchão pra mim não deveria nem mais existir. Mas se
    existe, é mais honroso ganhar um título sobre Flamengo, Fluminense,
    Inter, Cruzeiro, Atlético MG ou contra Ipiranga, Caxias, Juventude,
    Brasil de Pelotas???
    To nem aí para hepta, octa enea e o escambau. O
    Inter ganhou os ultimos 6 e está aonde agora??? Serve só para mascarar a
    ruindade do time. A p´ropria torcida abraçou os 15 anos sem títulos
    desprezando o título ganho em 2010. Então gauchão não serve pra nada,
    campeonato ultrapassado, sem valor algum.
    Sobre Odomico, não tem a
    menor condição de ser dirigente de futebol, não tem preparo e nem
    conhecimento e se a torcida está indignada é porque a direção está
    pisando na bola. Renato não ir é segundo plano, pior é jogar com os
    reservas e tomar um sacode do Flamengo. É pedir para arrumar confusão.
    Por isso os dirigentes são criticados, não tem estofo para bater de
    frente com o Renato, e o Grêmio está novamente entregando o vestiário
    aos jogadores e ao treinador, na hora que os barbudos não quiserem
    mais…
    Não estou entre os que acham que a CB caiu no colo, e nem esqueci a conquista, mas que a coisa tá meio esquisita, isso está.

    • Heraldo

      To nessa, ganhar gauchão por causo de não ser zoado por macaco é foda,e com este tipo de mentalidade é ,foram e serão nossos dirigentes,por isso esta cultura de acrocamento(fgf,mp e ivi)e a síndrome do guaipéca( eles na merda e nós ajudando eles a saírem).

    • Fábio Viana

      Vai perder hj e vai parir uma bigorna para bater o Passo Fundo do Saimon.
      Vão dar de mão beijada os motivos para os críticos(IVI) incendiarem a torcida contra a direção e o treinador.
      P.S.: Para uma melhor análise, não seria melhor o treinador observar os jogadores em uma cabine ou camarote do Mané Garrincha. Sempre ouvi dizer que a visão de cima é melhor que da bêra do campo.

      • Serrano

        A gente não sabe se vai parir uma bigorna pra bater o Passo Fundo. Até porque, depois de hoje, o Grêmio meio que ficou na obrigada.

        Contra o Flamengo sim, concordo, a chance é bem reduzida.

  • Fabio Scheffer

    Essa do balela do Renato não viajar pq vai “trabalhar para corrigir os erros do jogo de Caxias” eu não compro.

    Vai resolver tudo num treino de quarta-feira ???

    É inadmissível um clube do tamanho do Grêmio, cheio de auxiliares pra tudo, deixar seu treinador não viajar para um jogo do time PRINCIPAL em um competição NACIONAL (por mais meia-boca que seja).

    Sem duvida o vestiário gremista tá nas mãos do Renato.

    E infelizmente independente do titulo da CdB, que faz o nosso maior ídolo merecedor de uma estatua na Arena, esse filme a gente já viu.

    Renato faz um grande trabalho no tiro curto do 2º semestre, renova, não recebe os reforços que ele deixa “mastigadinho”, se frusta e começa arrumar sarna pra se coçar e entregar o boné antes de maio.

    Tomara que pelo menos esse ano, se realmente isso acontecer, as coisas se deem antes da decisão do gauchão e com o Grêmio encaminha na 2ª fase da Libertadores.

    • Fabio Victoria

      Só o vestiário?

  • Arthur J

    Incrível como o Grêmio procura sarna pra se coçar.

    Direção e treinador se queimando de graça…

  • FePoa

    Olha, o Romildo deixou de ir em frente e poderia ter feito um belo campeonato da 1ª liga com times do interior tipo serie de acesso movimentar todo mundo. De forma organizada, e ter um dinheiro da esporte interativo. diminuindo cada vez mais esses estaduais ridículos. Ou ate fechar com a globo, pois se a rede de TV dividiu o clube dos 13, porque ela ficaria ao lado das federações em algo mais comercialmente que parece viável. Nao pega bem iniciar desvalorizar o produto criado. Quanto ao Renato….não é marinheiro de primeira viagem…conhece a aldeia, já deveria ter noção profissional. O ídolo não é técnico mas sim o profissional Renato, então é simples. Da forma como derrete o capital do Romildo…não sei ate onde vai.

  • Ricardo

    Bah mas esse Thyere é uma mãe, que zagueiro bem ruim. Pé mole.

  • Daniel Scherer

    Parabéns a diretoria do clube, estão broxando o torcedor em menos de dois meses do ano.
    Contratar Jael e Cortez e´atestado de burrice, porque incompetencia é outra coisa.

  • gremiocampeaomundial

    Nem me estresso…
    Só não me faça um papelão desses na competição de verdade (LA)

    • Daniel Scherer

      Problema é que a tendencia é fazer. Eu disse tendencia.

  • COPIÃO DE TUDO

    AMIGO ILGO WINK !!!!!

    O Binter, Cruzeiro, Fluminense, Atlético-MG nem tem time titular ainda, estão em formação, vai demorar, e muito para eles terem ”um time”.

    O Flamengo com Diego e Guerreiro só jogam com a bola no pé e mesmo assim, o Grêmio perdeu de 2×0 sem o Renato à beira do gramado e não de 8×1 como estavam ”querendo” os pessimistas por aqui ”antes” do jogo porque o Renato não viajou à Brasília.

    Esta 1º Liga JA ERA, e Romildo fez muito bem em abandonar também, pois os outros ”dirigentes” roeram a corda antes dela emplacar, e achei certo dar uma prioridade ao gauchão do que na 1ª Liga, pois ano que vem, babau. Mais um ponto pro nosso Presidente. Abraço.