Grêmio: estratégia poderia ser repensada

Confesso que esperava um Grêmio mais encorpado para enfrentar o Atlético-PR depois que o Corinthians deu uma vacilada e sofreu sua primeira derrota no Brasileiro (contra o Vitória, 1 a 0).

Não adianta, a alma do torcedor é nutrida pela emoção, que muitas vezes sufoca a razão. Por mais que eu concorde e defenda a estratégia de priorizar a Copa do Brasil e a Libertadores, sempre fica aquela perguntinha inquietante: será mesmo que não dava para colocar em campo um time um pouco mais qualificado, ou pelo menos compor o banco com alguns titulares capazes de dar uma estocada final no adversário cansado?

Sei que há todo um estudo, um planejamento, que inclui avaliações de fisiologistas e tudo mais. Se eu fosse dirigente, se tivesse algum poder de decisão, talvez fizesse a mesma opção. Talvez.

Outra perguntinha inquietante: se o Cruzeiro – adversário na decisão de quarta-feira – pode escalar os titulares, por que o Grêmio não pode? É o tipo de questão que me perturba. O Cruzeiro bateu o Sport com seu time titular, o Grêmio, com seus reservas e com a perspectiva de aproximar-se do líder, ficou no empate diante dos paranaenses. Com o reforço de alguns titulares poderia ter vencido.

Escalar força máxima não significa vitória garantida – o Avaí não nos deixa esquecer -, mas aumenta as possibilidades de sucesso.

Por outro lado, se tivesse escalado titulares mais vezes em jogos do brasileirão é possível que outros jogadores importantes estivessem com lesão muscular, a exemplo do Geromel.

Quero deixar claro que defendo a estratégia adotada, mas não precisava ser tão radical. É apenas essa a minha discordância. Um detalhe, mas um detalhe que pode fazer toda a diferença, como costuma acontecer no futebol.

Bem, o Grêmio está apostando todas as suas fichas na CB e na Libertadores. A roleta está girando…

Luan

Foi duro ver a TV mostrando Luan e Pedro Rocha nos camarotes enquanto em campo o time reserva escapava de uma derrota graças principalmente ao goleiro Paulo Vitor, e também à imperícia do adversário nas conclusões.

Lincoln

Por fim, lamentar as vaias ao jovem e promissor Lincoln. Um guri de 18 anos, formado no clube, merecia mais carinho, mais tolerância, ainda mais que vem num crescendo.

Torcedor assim deveria fazer como eu: ficar em casa e ver o jogo pela TV.

Bressan

Bressan até que foi bem. Pelo menos mostrou que no momento é superior ao Bruno. Gostei que a torcida deu apoio ao substituto de Geromel. É bom para dar moral e confiança.

Marcelo Oliveira

Deu uma entregada daquelas de sair lesionado de tanta vergonha. Ainda bem que o Paulo Vitor estava atento e saiu na hora para abafar, evitando o gol.

 

Se gostou, compartilhe!

  • Patrick

    Defendi bastante o M. Oliveira em 2015… em 2016 ele foi perdendo a graça… mas em 2017, depois de ter o parâmetro do Cortez, me pergunto como ficamos tanto tempo tendo nele o titular absoluto da posição. Hoje foi o segundo jogo que ele comete uma falha e pede pra sair supostamente lesionado.

    Não desejo lesão à ninguém… mas espero que ele não tenha inventado essa lesão, pois seria brincar com a cara do torcedor.

    Quando entra em campo esse time alternativo, tenho “dó” do Éverton, que se desdobra e corre por todos no setor ofensivo.

    No mais, vi o time hoje melhor do que no último jogo, acredito que mais uma partida e esse time “alternativo” adquira algum nível competitivo.

    • Ultron

      Se esse time alternativo protagonizou um filme de terror enfrentando o Botafogo. Contra o Atlético eu detecteri uma certa melhora.

      Sobre o Lincoln, quando ele está ligado é um excelente jogador, mas tenho a impressão que ele perde fácil a concentração no jogo. Dois contra-ataques do adversário surgiram de duas cagadas que não devemos cometer nem em jogo de final de semana com o pessoal da firma.

      • Ilgo Wink

        A ZH fez quase duas paginas com ele hoje. Isso pode ter contribuído pra falta de concentração

        • Patrick

          Ilgo, quanto ao Lincoln, creio que criamos um hype muito grande sobre ele, com toda aquela história ainda do Felipão.

          Acredito que será um bom jogador quando adquirir mais experiência, creio que com 21 ou 22 anos estará jogando em um bom nível, mas não sei se ele será o extra classe que o Felipão nos “vendeu”.

          • Lillian Moraes

            Concordo que tem potencial (nos pés, não sei se na cabeça) pra ser um grande jogador.
            Mas por enquanto é só um bosta, beeem bosta!

  • Walter Luis Borba

    Fato 1: Lincon não tem aproveitados as oportunidades. É verdade.

    Fato 2: Lincon quando joga de titular sempre é com a ‘baba da baba’.
    Queria ver Lincoln jogar com Luan, Barrios, Pedro Rocha, Artur e Ramiro.

    Fato 3: Lincon não é castelhano….
    Se fosse, a torcida jamais ousaria vaia-lo.
    Tem gremista que chorou a saída de Maxi Rodrigues, que ‘não’ teve oportunidades….

    Fato 4: Lincon ainda não se achou na posição, uma opinião apenas.
    E isso é com o treinador.
    Renato tem se mostrado expert nisso.
    Espero que ele TB tenha sucesso com Lincoln.

    • Patrick

      Ele deve ter umas 4 assistências no ano entrando no time titular. Não merece vaias.

    • Fábio Viana

      Torcida do Grêmio não tem por característica a aceitação aos jogadores da base como tem com os jogadores de “fora”. É a cultura da maioria do nosso torcedor.
      Apesar do clube mudar o aproveitamento do jovens na gestão Bolzan, a torcida não tem a compreensão, nem identificação com o trabalho de base no clube. Se tivesse, apoiaria esses jovens e não o contrário.
      O sucesso dos jovens do Grêmio, depende, da qualidade do atleta é claro, mas também de forte respaldo da direção e trabalho forte do treinador no psicológico do jovem, dando confiança, atenção e protegendo esses jovens da torcida nos momentos ruins.
      Às vezes é desanimador o tratamento dado aos jovens pela torcida.

  • Juninho Street

    Parabéns pelo texto Ilgo, concordo com tudo que escrevestes.
    Foi por textos como esse que retratam o sentimento real da maioria dos gremista que me fazem acompanhar esse blog a tempos.

  • gremiocampeaomundial

    Excelente post, porque até vou bater na mesma tecla mas, se com essa ajuda do Ilgo, não cair a ficha, aí acho que nem desenhando:

    “Não adianta, a alma do torcedor é nutrida pela emoção, que muitas vezes sufoca a razão.”

    Entenderam TODOS agora por que É IM-POS-SÍ-VEL ter motivação REAL E SEM OSCILAR DURANTE O JOGO nessa BOSTA de fórmula?

    NINGUÉM vai correr o mesmo pra trocar uma diferença de 8 pra 5 pontos (e ainda falta o jogo a menos) que correria pra livrar 5 ou 4, com possibilidade de confronto direto. É NATURAL porra, é TÃO NATURAL que a gente acha ruim quando perde, mas NÃO DÁ PRA COMEMORAR QUANDO GANHA!

    Não entendam mal: a vitória pode ser comemorada, mas em termos de CAMPEONATO, tá pelada a coruja! Fórmula sanguessuga. Ou não. Nós brasileiros tendemos a achar que tudo que acontece é fruto de corrupção e esquema, por causa da nossa cultura e política. Mas nosso pior mal não é a corrupção, e sim a BURRICE! Basta ver que uma quadrilha chefiou o Executivo ACLAMADA PELOS INOCENTES ÚTEIS DO VOTO OBRIGATÓRIO! E a cereja do bolo é o “presidente” que sente “orgulho de ser filho de pai e mãe analfabetos”. ELES NÃO ERAM ANALFABETOS PORQUE QUISERAM SEU IMBECIL, ELES PROVAVELMENTE ERAM PESSOAS HUMILDES, QUE NAO TIVERAM NA VIDA A CHANCE QUE VOCE TEVE PRA SER ALGUMA COISA MELHOR DO QUE FICAR ACHANDO BONITO SER ANALFABETO, COMO SE ISSO FOSSE MÉRITO E NÃO UMA TRISTE CONSEQUÊNCIA A SER COMBATIDA!!!

    Pontos corridos e o ABORTO EMOCIONAL que é em JOGADORES E TORCIDA quando um time abre diferença fazem o resto do ano ser modorrento. Enquanto isso temos gasto pra abrir Arena (que não se paga pois torcedor não vai em cumprir tabela, pois o Ilgo está certo ao dizer que torcida não é razão) durante os meses que faltam. SE TIVESSE PLAYOFFS O TORCEDOR IRIA, MESMO GARANTIDO NO G-8, PORQUE AINDA HAVERIA CHANCES DE TÍTULO, VOCÊ ACEITA VER SEU TIME CUMPRIR TABELA DESDE QUE, LÁ NO FIM, AINDA POSSA SER CAMPEÃO!!! SIMPLES ASSIM!!!! SERÁ QUE DESENHAR ADIANTA????

    Que fique claro que não digo isso a “alguem do blog”, mas pelo contrário, digo a quem nunca vai ler: OS IMBECIS Q

    • gremiocampeaomundial

      Só pra constar: vim falar isso de novo pq tava lendo o blog dos palmeirenses no tópico em que acompanham a partida

      Antes do gol da Chapecoense já falavam que o time parecia sem vontade

      Mas segundo alguns çábius que conheci em blogs de futebol, jogador fica motivado por ter altos vencimentos. Fórmula e competitividade, gestão de vestiário… isso tudo é bobagem no “futebol moderno”, com a filosofia do MONEIBOL!

      “Mas com o salários que eles ganham deviam comer a grama!” – Sim, e o PT devia ser implodido. E aí? Como é que faz?

      Na vida real não é assim que funciona!!! Tá na hora de voltar do mundo de Nárnia e botar uma pressão nessa porra de CBF!!! Dica do dia: nem precisa de violência – basta pegar o telefone e fazer uma ligação internacional. Só precisa falar inglês. A conversa inteira fica a critério mas é meio óbvia e começa assim:

      “Alô, é da Interpol? Vocês não tem na lista de procurados um senhor chamado Marco Polo del Nero?”

  • Heraldo

    2 pequenas coisas irrelevantes,o público de 13 mil do brasileirão e os 46 mil da copa do brasil,já encerra a discussão sobre qual campeonato a torcida quer ganhar. Segundo,se tivéssemos ganho com os titulares do curintia e Avaí,estaríamos 1 ponto a frente do segundo colocado,desta forma somente apaixonados pela(alguns fazem propaganda diuturnamente de links da ivi) ivi que ficarão batendo na bobagem de dizer que foi um erro o jogo contra o Sport.

    • Francisco Lanferdini Serafini

      De fato, são irrelevantes.

    • Fabiano SC

      Minha nossa, que comparação absurda pretender comparar um jogo de semi-final de Copa do Brasil com um jogo às 11h da manhã depois de já termos abandonado o campeonato.

    • Fabio Victoria

      Eu acho que ta bem mal escrito hj, mas vamos la. Vamos admitir que o Curica tenha ganho a partida que falta. Neste caso, estaria 10 ptos na nossa frente. Mas, se tivesse mos ganho do próprio Curica. Eles teriam menos 3 ptos (distancia reduziria para 7) e nós mais 3 ptos, (distância reduziria para quatro). Ganhando do Avai, a distancia reduziria para 1. Então, vamos lá, se empatasse com o Sport estaríamos juntos, se ganhássemos do Sport estaríamos na frente 2 ptos. Mas essa foi uma escolha da comissão técnica e direção. Ja está feito. Eu, por exemplo, não sou contra poupar quem esteja mais desgastado, mas sou amplamente contra poupar o time todo. Maicon, Edilson, para dar dois exemplos, estiveram parados por muito tempo devido a lesões…então, desgastados eles não estão. Fooda é achar que quem pensa diferente sofre influência da IVI. Eu, por exemplo, moro em São Paulo. A influência dessa gente em mim é nula.

      • Fabiano SC

        Também concordo.

    • wilson santos

      Ouvi dizer que o maior publico do ano foi contra o Corinthians…confere?

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Wilson, naquele dia a diferença era de 6 pontos e com uma vitória, o Grêmio ficaria a 3 pontos do Corinthians com um confronto direto pela frente e assim, a torcida ”sonhava” ainda com a possibilidade do Brasileirão e isso, era evidente na vontade em ir ao jogo.

        Mas é evidente desde o jogo com o Sport onde fomos com um time ”D” que a cúpula do futebol planejou ”participar” do Brasileirão procurando ir o mais longe possível, ”disputar” as Copas do Brasil e Libertadores e as lesões e outros riscos delas mostram hoje esse acerto.

        • Heraldo

          Mentira, na 10 rodada o Corinthians tinha 23 pontos contra 22 do Grêmio.
          Como sempre adulterando ou omitindo fatos para tentar provar o seu ponto de vista.

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            Opa, falha nossa (?), mas então a situação do que eu disse aí era melhor ainda para justificar o tamanho do público, né, pois esta era a questão.
            Obrigado pela força, Heraldo, somos todos Grêmio, acredite, é verdade.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      De pleno acordo.

  • Pedro Cunha

    Renato foi perguntado sobre isso de encorpar o time em função do tropeço do Corinthians. Ele disse que há um planejamento bem sério, que os relacionados para o jogo estavam concentrados desde sexta, que os titulares treinaram, inclusive no sábado pela manhã e pela tarde (principalmente recuperação física) e que ele não poderia, no sábado a tardinha, mudar a programação e os concentrados para o domingo pela manhã.

    Sobre o Cruzeiro: interessante lembrar que tiveram um jogo a menos nos últimos 10 dias (Godoy Cruz). E vamos na quarta ver o preço que vai ser cobrado dos mineiros por ter escalado os titulares ontem…

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Pedro, isso é pra você ver o nível cultural dos jornalistas atuais que só perguntam por perguntar sem ter um fundamento de curiosidade concreta na resposta, ou seja, procuram sempre tentar colocar o entrevistado numa possibilidade de contradição e com Renato eles dançam semanalmente.

  • Pedro Cunha

    Sobre o Lincoln: ele tem DEZOITO ANOS. Está desde os DEZESSEIS entre os profissionais. Passou por situações pessoais que eu não desejo para nenhum de nós. Paciência e carinho, é o que ele precisa.

    Estamos falando de uma torcida que até semana passada vaiava o Pedro Rocha. Estamos falando de uma torcida que jogou pipoca no Luan e o vaiou DEPOIS do penta e da medalha olímpica. A mesma torcida que ainda hoje tem saudades de Bertoglio e Allan Ruiz…

    • Ricardo

      Isso. Eu só lembro de 4 jogadores que foram titulares absolutos do Grêmio com 18 anos ou menos: o Assis em 89, o Emerson em 94, o Eduardo Costa em 01 e o Anderson em 2005. O Ronaldinho só virou titular aos 19, após o baile no Dunga. O Renato aos 20. Tem que ter calma. Mas torcida não tem calma…

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Pedro, concordo em parte com você nesta questão, pois eu sinceramente acho que é possível tirar do Lincoln um talento que ele ainda não nos mostrou, e respeito os problemas que ele passou e está superando, mesmo tendo pisado ”na bola” mais de uma vez desde 2014, mas deitar e fazer um filho é bem fácil, porém, se levantar e ser um Pai de verdade e assumir junto à isso a responsabilidade de ser um profissional são outros 500. Acredito muito nele em 2017, mas ele tem que querer o sucesso e não está mostrando interesse.

      • Fabiano SC

        Copião, espero queimar a língua, mas não vejo futuro no garoto, ao menos não aqui; quem sabe sendo emprestado e voltando mais calejado…

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          Amigo, esse guri se deslumbrou demais à partir de 2014 e só por isso ele não decola, porém, ainda acho que ele tem algo à mostrar devido seu histórico na base, mas cada vez diminui mais minhas expectativas igual aconteceu com o padrinho Felipão.

          Já vi esse filme várias vezes quando o cara recebe ajuda de custo, arrebenta na base, passa a integrar o profissional, recebe um contrato com salário de 15 mil, sai por aí tatuando, colocando piercing, pagando Big Mac pras menininhas no Shopping, comprando celular da moda, cabelo moicano ou desenhado pra chamar a atenção, andando na ponta dos pés com muita marra, aí, o cara deita e engravida uma das piriguetes de bairro qualquer, mas a família na Lomba do Pinheiro está passando dificuldades com, PASME, cesta básica ….. é dose, amigo, até Felipão enlouquece.

          Como dizia o Capitão Carlos Fronner: ”vamos ver, vamos aguardar” ….. !!!!!

    • Mazito Tricolor

      Você citou o Alan Ruiz. Oras é claro que tenho saudades deste jogador, como não ter? Fez gol em goleada de grenal, peitou o dalebixa, demonstrou ter uma habilidade monstra. Por que não teria saudade? Por acaso não é um grande jogador? Não seria titular, e justamente o que precisávamos durante estes últimos anos e ainda hoje? Não seria o substituto perfeito para o Douglas? Não sei se tu sabe mas ele esta jogando a liga dos campeões. Ah entendi, deve ser porque tu fez isto que citou quando ele estava aqui, vaiou e jogou pipoca, kkkkk. Mas hoje em dia tu não faz mais isso né, ah só com os brasileiros. Coitado do Barrios vai ter que te aguentar vaiando, bom tu faz parte da torcida afinal.

  • Deny Camargo

    O Cruzeiro ter jogado o Brasileirão com os titulares pra mim aponta que já jogou a toalha na Copa do Brasil…

    Quem eu acho que deveria aproveitar mais as oportunidades neste time reserva é o Éverton. Deveria ser o Neymar desse time, chamar o jogo, ter mais iniciativa em vez de esperar a bola no pé.

    O crescimento do Pedro Rocha no Grêmio é proporcional ao “encolhimento” do Éverton. O Éverton até tem alguns lampejos e faz gols, mas não consegue manter a mesma constância de quando apareceu e era o preferido de 09 entre 10 torcedores para ocupar a vaga do Pedro Rocha. Hoje o Pedro Rocha está muito a frente porque evoluiu, mas também porque o Éverton decresceu.

    • Francisco Lanferdini Serafini

      Everton parecia o Pelé em campo ontem. É complicado jogar se teus companheiros são Jailson, Kaio, Marcelo Oliveira, esses craques do ótimo elenco tricolor — de repente, se tivesse o Jael em campo, ele renderia ainda mais.

  • Daniel Scherer

    O Grêmio abandonou o brasileiro na terceira rodada, então falar disso agora, da preservação dos titulares na totallidade é perda de tempo, Renato já disse e repete que vai ser assim. Ponto. Nunca concordei com isso, mas também já abandonei a causa, torço só pelas copas, brasileiro para mim só ano que vem. Ficar discorrendo sobre o acontecido não vai mudar nada. Confio no time pelo que vem jogando, mas rezo, mais do que torço, para que ganhemos pelo menos uma das duas, senão será um ano jogado na lata do lixo, pois sabemos como as coisas funcionam. Como bem dito, o Grêmio apostou na roleta em duas copas, mas copa a cada fase é 50% de chance de ser eliminado, portanto…. Copa nem sempre o melhor vence, campeonato de pontos corridos sim. Mas isso já nem vem ao caso.
    Desse time reserva pelo menos dá para concluir que M. Oliveira deve ser escalado como palestrante motivacional pré-jogo, pois a ruindade que se via antes agora é premiada com uma falta total de ritmo de jogo, é vergonhoso ver este cidadão jogando, uma tartaruga dribla e passa voando por ele.
    Leonardo já teve chances suficiente para mostrar que é insuficiente.
    Agora, o grande problema é analisar individualidades dentro de um coletivo que não funciona, é grande a chance de cometermos alguma injustiça.
    Esta na hora da direção dar um jeito no Bolanos, deu dessa historinha pra boi dormir.

    • Francisco Lanferdini Serafini

      É algo pessoal, meu, mas eu vejo o Grêmio como obrigado a ganhar as Copas. A Copa do Brasil por ser preferida ao Brasileirão e a Libertadores por ser preferida ao Gauchão, o que acabou complicando até mesmo o Brasileirão.

      • Daniel Scherer

        Esse é o ponto: tornar obrigatório a conquista de uma copa, que sabidamente não permite vacilo. E lembrando que logo ali atrás o clube optou por reservas na LA2017 para disputar Gauchão, e nem preciso dizer o resultado disto.

        • Francisco Lanferdini Serafini

          Perfeito!

  • Fabio Scheffer

    Agora não adianta mais…
    É foco na decisão da CdB na quarta e na recuperação do Geromel para as finais e o restante da Libertadores.
    Infelizmente nesse momento, que pode até mudar se o Grêmio for desclassificado pelo Cruzeiro, o Brasileirão se tornou um estorvo para o time gremista.
    A manutenção do time titular inteiro para os mata-matas, a volta do Geromel e a não venda imediata do Luan são os pontos que o Renato e a direção devem estar tratando de cuidar para alcançarmos os êxitos dos títulos.
    Pena que esse está se mostrando um dos Brasileirões mais acessíveis para o Grêmio, que com time titular hoje poderia estar bem menos distante do Corinthians.
    Mas melhor focar em algo do que tentar tudo e não ganhar nada !!!

  • wilson santos

    Sempre achei um exagero poupar todos de uma vez, ao menos uns 3 titulares poderia jogar nestes jogos, ninguém vai morrer por isso.
    Temos quatro otimos volantes, mas jogamos com Kaio e Jailson que são muito fracos, não marcam, não armam, não fazem nada de útil.

    Renato podia realizar um rodizio nesses jogos e ir de time misto. Os
    que jogarem nesse, descansariam no proximo jogo do time misto, será que é tão pesado como assim?

  • Alexandre

    Bom, eu já falei isso aqui semana passada e mantenho o meu pensamento: o Grêmio perdeu o título brasileiro nos pênaltis perdidos contra Corinthians e Avaí. Tivesse feito os gols e estaria muito próximo do líder, além de se manter firme na disputa das Copas, com os titulares descansados.
    Não sou defensor do Renato e da diretoria, mas vejo o planejamento do calendário bem feito. Se não dá pra jogar sempre com os titulares, que se poupe no Brasileirão (onde há mais pontos em disputa), embora eu JAMAIS escalasse uma equipe totalmente reserva.
    O grande erro na temporada foi na avaliação do elenco. Não temos zagueiros reservas confiáveis e os laterais são questionáveis (mesmo os titulares), e isso estava bem claro desde o início do ano. Bom frisar também, que o Grêmio vem sofrendo com seguidas lesões, além de questões extracampo. Tivesse jogadores como Maicon, Miler, Arroyo, Beto no time reserva, provavelmente os resultados fossem melhores.

    • Alexandrebg

      Xará, podemos dizer também que perdemos o título nestas duas últimas partidas (Botafogo e Atlético PR), em que sequer escalamos um time misto, foi somente de reservas. Se tivéssemos ganho, estaríamos a dois pontos do Corinthians. Ou seja, eles estariam em nossa alça de mira, apenas dois pontos a nossa frente… embora com um jogo a menos (com a Chapecoense em Chapecó).

      • Alexandre

        E se contra o Botafogo o Geromel se machuca? Imagina a choradeira…
        É uma situação complexa, não consigo ver uma decisão certa ou errada.
        Citei aqueles jogos porque eram em casa, com os titulares e tivemos dois pênaltis que fatalmente decidiriam os jogos pro tricolor.
        Fim do ano, mesmo que vençamos as Copas, vai ficar aquela sensação de que poderia ter sido mais.

  • Pedro de Lara

    Boa, Ilgo. Colocou a famulagem numa saia justa.
    Chega de verdades verdadeiras. Cada um vê o time, o clube, os jogadores, o treinador, a direção e a importância das competições do jeito que quiser.

    Lembrando: o Copião não é só fakes, Agora ele tem covers, também.
    O cara é um astro das redes sociais.
    Conheça o pensamento vivo do homem, do mito, do pai de família. Um homem educado, fino, que respeita a opinião alheia e não positiva por interesse. Visite sua pagina no facebook e descubra mais sobre a sua personalidade fascinante.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Apareceu a Margaridaaaaa ….. kkkkk ….. eu disse que ela voltaria, taí ….. !!!!!

      Na boa, Lorpa Pedro de Lara, tu realmente só descobriu isso do Copião de Tudo hoje depois de mais de 13.500 comentários em 6 anos, e foi agora à noite, a duas horas atrás ?????

      Mas tu é lerdo demoaaaaaiiiiisssss mesmo, hein, Lorpa (esse batismo não é meu, pois pra mim tu serás a eterna Maria Maricota junto aos Urubus) desiludida da vida.

      Isso mostra que você entrou em contradição outra vez (é só mais uma pra ti, né!), e que também o Copião não tem Fakes ou Covers coisa nenhuma e eu, te incomodo muito, nem sei porque.

      Como que tu conseguiria fazer ”um registro” no Disqus (ou 12 ou 15 como tu o dizes) sem ter um Twitter ou Facebook, e como eu sempre fui um Fake igual aos outros 85 ou 90% dos que participam das redes sociais iguais à você, eu estou PASMO com essa tua burrice insana, pois tu já me respondeu várias vezes em muitos outros canais nas redes sociais, esqueceu ?????

      Cara, seja mais inteligente se é que tu consegues, e nunca confunda flauta com ofensa, mas se tu és realmente um Colorado reBBaixado & humilhado iguais aos nossos rivais, ou sou um MITO, pois tu te ofendes com qualquer frase que eu escrevo, mas aqui é um recanto Gremista, não esqueça.

      Pedro de Lara, minha querida e tão sofrida Maria Maricota, seja menos ridículo iguais aos teus amiguinhos e volte para tua tumba, véio, pois aqui tu só ”levapau” todos os dias e não preciso me indentificar porque você também não faz isso, mas o MITO sou eu conforme tu hoje me batizou, e não você, lembre-se sempre disso. (kkkkk). Tu és hilário, véio.

      Obrigado pelos inúmeros créditos que tanto insistes, em me dar, nem sei se mereço. JURO.
      Um abraço, Fake. Que gangorra ….. que fase ….. que ano ….. OREMOS ….. !!!!!

  • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

    ILGO, esse papo de Brasileirão 2017 é fazer chover no molhado de tão surrado e explicado que está a situação do clube e do time desde o jogo com o Sport com aquele time ”D”. Desista, nem alimente isso.

    É evidente demais que o discurso será o de ir o mais longe possível, mas que a prioridade são as Copas e isso agora na virada do turno já está sendo admitido nas entrevistas, pois atingimos 40 pontos na tabela.

    Eu vejo que as chances na Copa do Brasil são mesmo grandes de novo e mesmo que num mata-mata isso dá sempre 50% de chances para os dois lados como disse o amigo Daniel Scherer mais abaixo, esse papo de Brasileirão agora não vem definitivamente mais ao caso.

    Porém, ”caso” ocorra a perda do título da Copa do Brasil (eu não acredito nisso), ainda teremos tempo, bola e Treinador para pensar no G4 pelo planejamento perfeito que fizemos até aqui, pois só o Grêmio no Brasil está com esta situação de excelente colocação nas três competições com ainda a Libertadores ”na mira” e isso podemos creditar na conta da gestão administrativa e técnica por mais que urubus e lorpas esperneiem.

    • Francisco Lanferdini Serafini

      Taí o G4 virando título. G4 que foi consolo de gremista por 15 anos.

      Planejamento que mira G4 caso falhe nas Copas é ridículo, não perfeito.

      Felizmente, para minha paz espiritual, acredito que o Grêmio levanta a Copa do Brasil e aí fica mais fácil acompanhar o Grêmio e tolerar esse planejamento.

      Que venham as Copas, pois tornarão essa discussão só lorota e evitará uma guerra entre gremistas.

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Francisco, o G4 é uma possibilidade real no planejamento, fala sério, tu acreditas mesmo no Brasileirão desde o jogo com o Sport com aquele time ”D” que usamos em Recife, ou isso é só um discurso para ser usado ”no futuro” em caso de desclassificação ?????

        E as lesões do Geromel, Arroyo, Douglas, Bolaños, Maicon que sofreram problemas desde fevereiro ????? Aterrise, vire o disco.

        Desista, amigo ….. estás batendo numa tecla inútil a tanto tempo quando a maioria da torcida também queria o Tri-Brasileiro, mas já de entendeu os riscos de jogar as três competições pra valer e desde o jogo com o Corinthians, o número de público presente nas três competições provam isso.

        Amigo, isso não existe, vire o disco e mesmo que a Copa do Brasil não venha para nós, por mais que os urubus e lorpas esperneiem (não deve ser o teu caso), o trabalho do time foi bem feito, senão estaríamos eliminados das Copas e em 10º no Brasileirão correndo riscos, acredite, isso é verdade.

        Agora me fale os números da mega sena, pois de lorotas tu entendes muito bem conforme tu mesmo escreveu aí. Abraço.

        • Francisco Lanferdini Serafini

          G4 é consolo. Não sei como foste capaz de citá-lo como algo positivo. De repente, como justificativa para eventuais eliminações.

          Óbvio que não acredito no Brasileirão, pois o planejamento não me permitiu. Portanto, não é discurso para o futuro.

          A lesão de Geromel é realmente preocupante porque não temos reserva. Arroyo é inacreditável que foi contratado. Douglas se lesionou justamente num treino em que o time estava poupando. Bolaños, de fato, quebrou o Grêmio. Maicon é chinelo.

          E caso seja eliminado, será fiasco. E como falei em outro momento, até a Libertadores não vir é fiasco, após direção, comissão e parcela da torcida acharem correto poupar para priorizar o Gauchão.

          Cara, o Grêmio priorizou um Gauchão nesse planejamento. Isso é surreal. Que ganhe tudo (salvo o Gauchão, que esse já está perdido) e cale a minha boca. Na verdade, nem vou falar mais nada até não acabar a Libertadores e a Copa do Brasil para o Grêmio (e que seja com os títulos).

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            kkkkk, Amigo, tu já fez essa promessa anteriormente. Tua vacina não me contagiou.
            Abraço.

        • Fabiano SC

          Copião, concordo que há risco em jogar três competições simultaneamente, mas a minha irresignação é que optaram por largar o campeonato brasileiro, a competição mais importante do País, ao argumento de que temos mais chances de ganhar a Copa do Brasil.
          Sem entrar na questão da relevância dos torneios, quem disse que ganhar a Copa do Brasil é fácil? Esqueceram que só sobraram times grandes na competição, que querem ganhá-la para salvar o ano e, no caso do Flamengo, reeleger a diretoria?
          Acho a opção lamentável, embora te confirme que em caso de título comemorarei muito!

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            Desculpe, amigo, não entendi, concordas, mas estás inconformado, porém, comemorarás muito, e isso seria ”uma solução” ou alternativa de momento ?????

            Fabiano, eu fico imaginando o que iriam escrever aqui ”caso” o Grêmio leve as Copas e o Mundial em dezembro (eu, sinceramente, não acredito nisso), pois em caso de sair da Copa do Brasil, perder a Libertadores ou nem chegando na final, os discursos já estão ”todos preparados” pelos urubus e lorpas, isso é fato, amigo.

      • wilson santos

        Concordo, com esse pensamento pequeno NUNCA vamos vencer o brasileirão.
        O clube valoriza demais a vaga, parece que o título é algo inalcançável.
        Caso o calendário continue dessa forma, será assim, ano após ano, priorizar a LA (no que concordo) e a CB (no que discordo).
        Não que eu esteja desvalorizando a CB, mas considero que o titulo do BR dá muito mais status e visibilidade ao clube.

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          Eu também.

    • wilson santos

      O planejamento só será perfeito se vencermos a CB ou a LA.
      Ou melhor, se vencerem somente a CB, não penso que seja tão perfeito assim, considerando que temos condições de vencer o Brasileirão, que é titulo maior.

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Também acho e queria ”muito isso”, Wilson, mas não será em 2017. Por isso, desista e nem perca teu tempo.