Grêmio é vice com show de Luan em Minas

O título do meu último comentário foi ‘Roger reencontra seu esquema vitorioso’. Fazia referência à substituição de Bobô no intervalo do jogo contra o Flamengo por Éverton, um atacante de velocidade e movimentação.

Escrevi, ainda, que continuava acreditando no Roger Machado dos 5 a 0 no Gre-Nal e da campanha exitosa no Brasileirão/2015.

Contra o Atlético, Roger não começou o jogo com Éverton (podia ser Lincoln ou Pedro Rocha), optando por outro centroavante, o Henrique Almeida. Mas o noticiário apontava que Bobô seria escalado, até que apareceu uma providencial lesão muscular. 

Duvido dessa lesão, que pode ter sido ‘estratégica’. Quero crer que Roger queria mesmo alguém com mais movimentação na frente. Então, começou com Henrique Almeida, não com Éverton/Pedro Rocha. Ficou no meio do caminho.

Os deuses do futebol, no entanto, decidiram dar uma ajuda ao noviço treinador. Henrique Almeida se lesionou ainda no primeiro tempo e aí sim jogou o time do ano passado. Aquele que tinha Luan mais próximo da área, um ‘falso centroavante’.

Nada de Bobô ou Henrique Almeida: Luan.

O grande nome da vitória maiúscula sobre o Atlético Mineiro (o terceiro time potencialmente candidato ao título que o Grêmio enfrenta em sequência) foi Luan, contestado por alguns, louvado por uns poucos, mas o jogador que é, sem dúvida, a maior referência técnica do time desde o ano passado.

Era um time desfalcado de nove titulares, mas ainda assim um adversário de respeito. O Atlético tem talvez o melhor grupo da competição, e segue se reforçando, ainda mais agora com o vitorioso Marcelo Oliveira no comando.

O JOGO

O primeiro gol gremista foi uma pintura. Henrique Almeida deu um toquezinho genial para Marcelo Oliveira (sim, o Marcelo Oliveira tão odiado por uns), que vinha de trás, desviar com habilidade do goleiro Victor.

Até ali o jogo estava indefinido, embora o Grêmio já tivesse uma bola na trave (nas traves), num lance de Luan.

O Grêmio ampliou através de Luan, após lançamento de outro ‘cristo’, o Maicon, que roubou a bola do adversário. Nos acréscimos, Luan fez 3 a 0.

Ainda no primeiro tempo, até aos 36 minutos, o time perdeu três jogadores por lesão, HM, Fred e Marcelo Oliveira.

No segundo tempo, o Atlético tentou reagir, mas encontrou o Grêmio bem posicionado. Geromel um gigante na área. Edilson muito bem.

Nos contra-ataques, o Grêmio foi criando mais situações para ampliar, mas abusou demais, foi pouco objetivo.

Com a vitória, o time de Roger Machado assume o segundo lugar pelo critério de desempate.

Aproveitamento de 77,8%.

Quem armou uma tabela para prejudicar o Grêmio se deu mal, porque os resultados positivos contra três grandes clubes logo na largada aumentam a confiança do time e dão tranquilidade para Roger Machado seguir seu trabalho.

INTER

Na segunda-feira, o jornal ZH deu em manchete que o Grêmio havia conseguido uma vitória ‘magrinha’, ou algo assim, com o 1 a 0 sobre o Flamengo, desconsiderando o fato de que o Grêmio teve inúmeras chances para ampliar.

Curioso para ver qual a manchete que será aplicada para definir o mesmo placar do Inter sobre o Sport Recife, clube sem um décimo da tradição e da relevância do Flamengo no futebol brasileiro.

O fato é que hoje Grêmio e Inter estão igualados na tabela.

A diferença é que o Grêmio teve dois jogos fora de casa e contra adversários de maior porte.

Se gostou, compartilhe!

  • Talita j.

    Sumiram os corneteiros!!!! hahaha

    • Marcos lena

      Se o Roger continuar teimando em teses tipo Bobo, vai ter corneta sim, o acaso ajudou ele ontem.

      • Ilgo Wink

        Se ele não aprendeu agora tem é que ser demitido mesmo

        • Marcos lena

          Pode crer que Domingo o Bobô volta, junto com a corneta – heheheheh

    • Ilgo Wink

      eles estão na moita… ehehehehe

    • Gabriel

      Talita j., eu fui um, mas o futebol é simples, basta o Roger não querer inventar e o time jogar com uma pegada forte que serão elogiados. O que não pode é destilar veneno contra o Grêmio o tempo todo!!! Por exemplo o Edilson todos sabem que não vai atuar como está sempre, porém critica-lo antecipadamente como fazem alguns é safadeza. Esperem o cara ir mal.

  • Gustavo Medeiros

    95 % dos escribas aqui do Boteco, desde metade do ano passado são unânimes em dizer que o Grêmio precisa jogar sem um atacante de referência, sem Marcelo Oliveira e sem o Douglas.

    Agora, depender do acaso, do sobrenatural de almeida, dos deuses do futebol para que isso aconteça, é frustrante e pode ser ilusório.

    Todo mundo viu como o time se porta nessa formação. Até hoje em dia, falamos do jogo contra o Atlético-MG, do ano passado. Pois foi a referência. Não pode ser a exceção.

    Agora, não se iludam, pensando como o Roger pensa, domingo que vem, se todos tiverem 100% é Bobô, Douglas, Marcelo Oliveira e mais 7.

    E vamos falar do jogo contra o Atlético-MG até o ano que vem.

    Espero, sinceramente, estar enganado.

    • Ilgo Wink

      Gustavo, acho que ele aprendeu.

      • Gustavo Medeiros

        Logo saberemos, nobre taberneiro. Eu continuo achando que no time ideal do Roger consta Marcelo Oliveira, Fred, Douglas e Bobô/Henrique Almeida.

        • Lemmy

          Infelizmente compartilho da idéia. Odin queira que eu esteja enganado.

  • Gabriel

    O Ilgo ficou tão emocionado que citou o segundo gol como terceiro e não comentou o último. Hehehe
    O tricolor alternou, como nos seus melhores momentos, marcação alta e baixa, descendo suas linhas . Assim confundiu o jovem time do Atlético MG. O Ilgo definiu muito bem a melhora do time e do Luan se deu com a sua volta ao comando de ataque. Jogando ali, solto, ele consegue fugir da marcação. Esse posicionamento trouxe o Douglas para o jogo, impressionante o que o veterano meia jogou e correu durante os 90 minutos!!!!Outro que vem bem é o lateral Edilson, que está falando minha boca. Se jogar assim vai se firmar na posição.
    Por fim fui analisar o galo e os nove titulares ausentes, na verdade uma falácia da IVI, pois Victor, Marcos Rocha, Coiceiro Donizetti, Rafael Cariocae, Jr Urso e Carlos foram titulares contra o SP!!!De cinco a seis titulares, a IVI precisa de umas aulas de matemática.

    • Ilgo Wink

      bah, fiscal de gol agora, ehehehe

  • Daniel Scherer

    Ilgo, a grande dúvida que fica é saber se Roger entendeu o recado dos deuses, pela entrevista pós -jogo parece, repito “parece” que não entendeu, pois a primeira coisa que fez foi defender os “aipins”, dizendo claramente que espera a recuperação do Bobo, lógico que pode estar preservando o grupo, não querendo queimar ninguém. Tomara que seja isso. Veremos domingo.
    Edilson está sendo uma agradável surpresa, não imaginei que a resposta fosse tão positiva em dois jogos, pra mim ontem o melhor do time com o Luan, que até o guardador de carros da Arena sabe onde deve jogar, mas as pessoas gostam de se complicar, né Roger?
    Cabe de minha parte elogiar a quem eu continuo querendo ver longe do time, o sr. Barriga jogou muito bem ontem e durante os 90, com direito a pique aos 40 do 2º tempo, tenho que reconhecer se jogasse sempre assim me serve, mas esse não é o caso.
    Geromel sem comentários, o Lédio Carmona se derreteu em elogios, cobrando seleção. Não Lédio, seleção não. Não precisamos dela, deixa como etá.
    Quem ficou abaixo, principalmente no 1º tempo foi o Wallace, errando passes bisonhos e em uma região do campo onde não dá para errar da forma que ele fez, pois como primeiro jogador de saída de bola, ele errando naquele setor pega o time todo fora do lugar. Melhorou consideravelmente no 2º tempo, mas precisa saber que as vezes é bom simplificar. E também Giuliano, principalmente quando é ele que tem que definir a jogada ofensiva, parece que falta gana de fazer o gol, mas é preciso reconhecer que taticamente ele está sendo muito importante na recomposição defensiva e saída de jogo, o problema é lá na frente.
    Grande atuação, melhor dos últimos 8 meses, fazia tempo que eu não vibrava realmente com o time, deu gosto ver. Principalmente porque, mesmo com 3 no placar, no segundo tempo não recuamos, continuamos a atacar e não fizemos uns 6 porque faltou objetividade e uma certa soberba, mas não termos recuado foi uma das melhores noticias. Meu receio era um sufoco com o time acadelado no 2º tempo, coisa que não ocorreu.
    Agora é ganhar da touca Coritiba no domingo e quem sabe a liderança isolada.

    • Ilgo Wink

      Mania que essa gente tem de querer nossos melhores jogadores nessa droga de seleção.

    • Rafael – Jack

      Tchê, concordo 100%.

      Quanto ao Bobô, estou com o Roger: torço muito pela pronta recuperação dele – pra que esteja à disposição para nos ajudar no grupo de transição.

  • Detective

    Amigos e Ilgo, acho que me enganei quanto ao Róger, se o Grêmio continuar jogando assim. No momento, peço desculpas pelas críticas ao Róger.

    • Ilgo Wink

      Ele é que tem de pedir desculpas pela insistência com centroavante de carteirinha que não tem vez no esquema ele próprio armou

  • Marcos lena

    A corneta vai para quando o Roger fizer o simples e logico, e não insistir na tese do Bobô como referencial.

  • Ilgo Wink

    HORA DE BLINDAR ROGER DAS ‘VOZES EXTERNAS’ QUE MAIS PREJUDICAM DO QUE AJUDAM O GRÊMIO:
    http://cornetadorw.blogspot.com.br/2016/05/a-hora-de-blindar-roger-machadoa-volta.html

  • Ilgo Wink

    Até o Zini Pires defende Luan contra centroavante fixo. Está na coluna dele em ZH de hoje. Ele diz que Roger não pode se deixar influenciar pelas ‘vozes externas’ que querem Bobô de titular

  • Gustavo Medeiros

    Eu nunca vi disso no Grêmio. Tirando um ou outro que diz que o Lincoln não pode jogar, que tem que ter um centroavante de ofício ou que o Douglas é craque, praticamente todas olham para uma só direção. Algo como o time que jogou ontem, depois das lesões, com um lateral esquerdo de verdade, um zagueiro confiável ao lado do Geromel e Bolanos na equipe. Não precisa de muito. Não precisa inventar Sr. Roger.

  • Francisco Coelho

    Cheguei. Não estava na moita e sim trabalhando desde a madrugada.

    Roger já mostrou ser Roger. Está na essência do Roger o desafio ao que funciona e suas invenções.

    O tempo logo vai mostrar o Roger de ontem. Cachorro comedor de ovelha só matando.

    Não se enganem. Assim como a sina do escorpião é ser o que é a do Roger é ser o Roger.

    Até a mente do Roger se confunde com tanto palavreado elaborado a ponto de repetir e gaguejar.

    Não se deve querer inventar a roda desafiando os deuses do futebol. Futebol é coisa simples onde cada um na sua posição rende aquilo que passou a infância fazendo e instintivamente.

    Alguns poucos conseguem aprimorar suas habilidades e modificar alguns hábitos como a forma de chutar etc. Estes são os que deram a volta.

    Roger é o mesmo Roger só que de “terno e gravata”. O tempo vai mostrar.

    Já vimos este filme em 2015. Agora são só alguns cortes e inclusão de cenas não aproveitadas. Tradução: saíram alguns e chegaram outros.

    Roger Machado Marques não é o Josep Guardiola i Sala.

    Gostaria de estar errado mas é o que Roger me mostra. Vamos ver “amanhã” quem está certo…

    • Ilgo Wink

      Chico, esse time do Grêmio pode fazer boa campanha, mas dificilmente briga pelo título, que é o que nos interessa.

      Precisa reforçar e garimpar uns guris na base para irem entrando no time. Não deixar para um momento de desespero

      • Francisco Coelho

        Ilgo; eles só lembram da base quando falta $ e não tem quem colocar. É como o povo que só lembra de Sta. Bárbara quando chove. Kkkkk

        Estão como as demais gestões passando borracha nas promessas de valorizar a base. Quando as coisas não vão bem e correm risco apelam para os pratas, pois terão justificativas de inexperiência para justificar os erros das contratações e montagem de elenco.

        Bastou depois de perder campeonatos com a Av. lateral direita para colocar um do ramo mesmo que manco (meia boca) para melhorar o desempenho geral. Nossa Av. lateral esquerda continua aberta e necessitando de um babá para salvar a situação. Este babá não vai render e sempre haverá um lado capenga. Tendo um lado capenga teremos uma sobrecarga aos volantes.

        Com os volantes fazendo a cobertura da lateral sobra para a zaga e ai uma bola entra e a casa cai…

        Vimos no Atlético ontem que a LD com Marcos Rocha não estava bem e foi uma peça que colaborou para a derrota. Mal fisicamente não conseguia ir e voltar abrindo espaço.

        Roger elogiou a preparação física. A mesma que tirou (estourando músculos) peças que fizeram o Grêmio vencer.

        Com este time o Grêmio deve ficar entre 8 e 12. O mesmo para o Santa pois não tem no elenco peças para repor. Estas peças o Grêmio tem de sobra e melhores que algumas usadas por Roger.

      • Fábio

        Quem vai brigar pelo título neste ano??? Na minha opinião qualquer um pode.

    • Eder

      Eu nem penso em título, apenas fico feliz quando o time ganha, mas mantendo os pés no chão. Deixo pra comemorar quando finalmente um título estiver garantido.

  • Francisco Coelho

    Quem assistiu à seleção americana viu jogando o meia Christian Pulisic. Tem 17 anos. Vai fazer 18 em setembro.
    Este não jogaria no Grêmio do Roger… falta experiência. Kkkk

  • RFPoa

    Eu prefiro esperar um pouco mais do Grêmio.

  • Rogerio

    Amigo botequeiros,

    Apesar da ótima vitória, ainda vejo o time do Grêmio muito vulnerável no setor de meio campo. Ontem, isso não ficou tão nítido porque o campo é bem menor e o Douglas, até por característica, se aproxima mais pra jogar. Precisamos de um meia pra jogar ao lado do Giuliano e deixar o Luan e o Bolanos na frente. Gostaria que fosse o Lincon, mas se o Roger não quiser, tem que achar outro e que não seja o Douglas. Gosto do Everton e do Pedro Rocha, mas não fazem a função de meia, são atacantes. Outra coisa, o Roger precisa de uma peça que possa substituir os dois volantes, se ele não confia no Kaio, precisa buscar alguém fora, Edinho é brincadeira de mau gosto.
    Abs

    • Rafael – Jack

      Concordo com Lincoln no lugar do “Maestro”, essa medida já deveria ter sido tomada desde o começo deste ano…

      …maaaaas, somos obrigados a reconhecer que ele foi muito bem ontem: fez a bola andar e o Galo correr atrás (“cadenciou” o jogo, rs) e também não armou nenhum contra-ataque, vejam só!!!

      Feito o reconhecimento, espero que domingo Lincoln saia jogando no lugar dele. Mas sei que isso não vai acontecer.

  • Eder

    Credo, isso foi em quadra de futsal?:

    “Em mais uma atuação fantástica, o Juventude garantiu um resultado expressivo ao bater o Grêmio por 6 x 4 na tarde deste sábado (28/05), no CT Hélio Dourado, em Eldorado do Sul. Com o placar, o Verdão assegurou a segunda melhor campanha da primeira fase, empatando com o Internacional na liderança com 33 pontos, mas sendo superado no saldo de gols. Matheus (3), Vinicius, Caprini e Jeferson construíram o placar.

    Embalado pela boa sequência de resultados, foi o time comandado por PC Parente quem abriu o placar, com Matheus. Atuando em casa, o Grêmio cresceu, virou a partida e chegou a fazer 3 x 1. Ainda no primeiro tempo, o Verdão descontou com Matheus novamente.

    Atrás no placar, o Juventude voltou para fazer um segundo tempo arrasador. O time alviverde empatou com Vinicius, virou com Caprini, ampliou com Jeferson e chegou ao sexto gol com Matheus novamente. Ele é o principal goleador da equipe com 9 gols, e o vice-artilheiro do Campeonato Gaúcho Sub-20. O Grêmio ainda descontou, mas não teve forças para superar o time alviverde, que teve mais uma tarde espetacular.

    “Foi um bom jogo, onde encontramos alguma dificuldade no primeiro tempo e acabamos tendo algumas falhas. No segundo tempo nós encaixamos, e os atletas mostraram qualidade e competência para chegar aos gols que garantiram o bom resultado. A campanha da primeira fase foi consistente e vamos continuar trabalhando muito para manter a mesma pegada nas quartas de final”, destacou o técnico Paulo César Parente, ao final da partida.”
    http://www.juventude.com.br/noticias/id/4752/juventude-aplica-6-x-4-no-gr%C3%AAmio-pelo-gauch%C3%A3o-sub20-e-conhece-advers%C3%A1rio-das-quartas