Do Chevette ao camionetão de Leandro

Usar documento falso é crime, ainda mais sendo uma carteira de habilitação que permite ao seu portador trafegar com um carro, cada vez mais uma arma de efeito muitas vezes letal.

O jovem Leandro não é o primeiro a ser flagrado tentando burlar a lei. Antes dele, para ficar nos casos conhecidos, tem o Ronaldinho (me faz lembrar um ditado, aquele é de ‘pequenino que se torce o pepino’, não torceram e deu nisso que está aí).

Do jeito que vai, com essa gurizada assinando contrato e inventando história para ganhar liberação na justiça e assinar com outro clube, muitos outros ainda estarão envolvidos em delitos de tudo que é natureza.

(Na pressa de sair dirigindo um carrão, comprar muitos celulares, fazer muita festinha, e ficar rico logo, a ética e a moralidade são varridas pra debaixo do tapete)

O caso mais grave e que dificilmente será batido, devendo ocupar o ranking negativo por muito tempo e espero que seja para sempre, é o que envolveu o então goleiro Bruno, do Flamengo, que se depender de mim apodrece na prisão. Acho que ele, o Bruno, merece passar uma temporada na pior cela do presídio central.

Já o Leandro, depois dessa humilhação toda, ou coloca a cabeça no lugar, ou será mais uma promessa que virou fumaça no mundo do futebol.

E pensar que no tempo em que comecei a acompanhar futebol o máximo de rebeldia, digamos assim, era chegar ao treino de moto. Acreditem: Cláudio Duarte, então jovem lateral-direito colorado, e com uma boa cabeleira, teve de vender a sua motocicleta, é assim que se chamava.

Lembro que o Valdir Espinosa, também jovem e com cabelos abundantes, igualmente lateral-direito, mas do Grêmio, imitou o Claudião e comprou uma moto. Que não durou muito tempo.

Argumento dos dirigentes: com moto é mais fácil de se acidentar e assim desfalcar o time.

Eram tempos mais amenos. Ouvia-se no rádio coisas ingênuas como ‘você é o tijolinho que faltava na minha construção’, enquanto hoje as letras são de duplo sentido ou sentido nenhum, pura sacanagem mesmo.

Era um tempo em o jogador comprava um Chevette e dava-se por satisfeito.

O Renato, por exemplo, depois de assinar um ‘grande contrato’, comprou um Escort Xr-3, conversível, se não me engano.

E saiu feliz por aí, pegando todas. Mas com uma carteira de motorista quente.

Pelo menos ele nunca foi flagrado para alguém afirmar o contrário.

Se gostou, compartilhe!

  • MAZEMBIANO

    Ilgo,é lamentável essa imprensa…repercutiram o dia todo esse caso do Leandro, que não concordo também, deve ser punido conforme a lei de transito e penal…mas os comentários, as deduções e conclusões são sempre mais abusivas quando o assunto é o Grêmio…a poucos dias o atacante Jô do Inter se envolveu em um acidente pois emprestou o carro para um terceiro sem carteira, alguém viu muitos comentários sob o fato? Eu só ouvi no programa do Vidarte na Pampa, e foi ligado pro genro da pessoa atropelada na ocasião…depois se dizem imparciais…

  • juca

    Esse guri é muito abobado. Esqueceu que, se não aprender a jogar, os carros, as noitadas e as vagabundas não vão durar muito. E, pela bolinha que ele vem jogando, vai acabar traçando uma carreira similar a do Marcelinho. O gambá morto na cabeça, as tatuagens, as fitinhas no braço, a gola levantada da camisa, a chuteira colorida, nada disso adianta se a pinta não tem futebol. O piá acha que se ficar parecido com o Neymar vai acabar tendo a vida do mesmo.

  • ilgo

    Mazembiano, tu lembra de alguma vez um jogador da dupla grenal ter parado no presídio central?
    este é o inusitado da coisa.
    a imprensa tem que falar muito mesmo, até pra deixar o Leandro bem envergonhado e ver se assim ele se concentra mais na profissão.
    só lamento que o Ronaldinho naquela vez também não tenha ido pro presídio.

  • Getulio

    Brabo foi ouvir o Fabiano Baldasso hj na Band histérico bradando o inter como melhor time da América disparado, o sensato Carlos Guimaraes tentou argumentar mas com o Milton Neves do sul é complicado. A derrota pro fraquissimo deve ter sido culpa da grama, vento, juíz, gandula, bola, latitude, longitude menos do fraco futebol colorado.

  • Bi-segundino

    Semana histórica para a torcida gremista. Assis foi condenado e o caso Oscar piorou para o Inter, que pra completar é o pior classificado entre os 16 da LA, jogando um futebolzinho digno desta posição desde o inicio do ano. Melhor que isso só se estivesse fora, o que não seria injusto. Pena que a felicidade de vocês continue nos fracassos alheios e não no sucesso do grêmio, como tem sido nos últimos dez anos.
    Assis vai gastar alguns milhões das centenas que possui e nada vai acontecer. Seguirá se divertindo com a fortuna que os negócios lhe renderam.
    O fato ocorrido com o Leandro é uma repetição do que ocorreu com um jogador colorado há alguns anos. Nem lembro quem foi. To pra dizer que estes guris nem sabem que o documento é falso. Caem na conversa de que podem comprar a carteira sem prestar exames porque no Detran tudo se compra. Se acham espertos.
    Mas vocês estão com uma neura impressionante. Até a noticia do Leandro, que é noticia de momento e bombástica porque é uma pessoa pública, vocês acham que é perseguição. Que estão exagerando no destaque. Se pegassem algum de nós com carteira falsa ninguém ficaria sabendo, mas jogador da dupla é evidente que é notícia. O caso Jô foi destaque na imprensa gaúcha por vários dias e não vi nenhum colorado falando em perseguição. Mas é lógico! É notícia e vende jornal! Ou vocês querem que seja dado destaque paras as festas do dono da banca de jornal?
    Agora M.Fernandes passou de craque e titular incontestável para um jogador dispensável. Os mesmos que vibraram com aquela bobagem que ele fez na seleção estão agora dizendo que o guri tem problemas mentais e é melhor que vá embora. Não vejo nenhum gremista lamentar a saída do jogador. Ta certo que a grana é alta, algo em torno de 7 mi de euros para o clube, mas estão desdenhando demais. Não é a toa que os jogadores não criam vínculo com o clube. São tratados como mercadoria. É engraçado que ídolos do século passado, como Ancheta, Tarcísio, Danrlei e outros tem um forte laço com o grêmio. A torcida mudou muito. Só a falta de títulos explica isso.
    Com este dinheiro voltaram a sonhar com Giuliano. O sonho de vocês fez uma grande LA em 2010, mas nunca passou de reserva no Inter. Até com reserva do Inter vocês sonham.
    Tá lôco!

  • ilgo

    Quem tem o MA de titular, só pode festejar o Giuliano, ô Bi segundino. Não se faz de leitão pra mamar deitado.

    Agora, realmente a semana foi boa, mas só em cima da desgraça dos outros.

    Aí não tem muita graça. Mas é o que nos resta neste momento.

  • Alex Silva

    Leandro nunca foi destaque nem na base e só porque fez uns gols quando subiu p/ profi alguns começaram a rasgar elogios, o Luxemburgo só estava de bom humor e não crucificou o Leandro porque é jogador de seu mesmo empresario, se fosse qualquer outro ele teria outra atitude, mas fazer o que??? será que fizeram bafômetro nele? Deveriam emprestar ele p/ time do interior p/ aprender dar valor e ter respeito por esse clube.

  • walter borba

    Sinceramente,

    O Leandro, é jogador sicardor, nada mais do que isso!!
    Jamais chegará a limpar a chuteira do Tarcício, do Fecha, do Renato….
    É uma pré promessa.
    Concordo com o Juca, esse negócio de jogador com chuterinha rosa, cabelinho espetado, brinquinho, pulseirinha…ESTÃO MAIS PARECENDO UMAS BARBIES do que jogadores de futebol.
    Tem que parar com essa palhaçada. Vide o barcelona, aparecem pelo futebol, e não pela chuterinha vermelha, cabelinho espetado….

  • Douglas

    O Leandro é bom jogador. Não é o craque que alguns imaginaram que seria, mas também não é uma porcaria. A diferença dele pro Miralles, por exemplo é o idioma. Nenhum dos dois mostrou muita coisa. Mas o Leandro já fez gol em gre-nal e ainda é jovem, tem potencial.
    Fez merda, mas o cabelo, a chuteira, tatuagem nada disso interessa. Tem muito jogador no Grêmio com cabelo militar, sem brinco, sem tatuagem e com chuteira preta que não joga nada. Isso é bobagem. O melhor jogador do Brasil tem um cabelo ridículo, chuteira colorida e gasta a bola. Acho que estes que criticam o leandro são os mesmos que comemoram a venda do Mário para comprar o Giuliano. Com mensalidade pra sócio custando R$ 83,00 não existe mais isso de ter de vender um jogador por ano. Mas nada disso importa. Vamos debater o Leandro com documento falso, isso sim é importante para nós gremistas.

  • rauru

    O Douglas tá certo, vamos debater o Leandro, e as circunstâncias (pelo menos algumas). 1) Com tanto alarde sobre as condições do presídio central, a polícia apanha um cara como o Leandro, sabe quem ele é, sabe (se não sabe, é incompetente) a profissão, o endereço profissional, enfim, do cara, e mesmo assim vai jogando numa cela do Central? Com tanto advogado por aí, alguém responda: era mesmo causa pra isto? Ou tem coisa mal (ou não) contada? 2) Não estou desculpando o que ele fez, de jeito algum, mas, justamente quando é politicamente correto falar em “reinserir na vida da sociedade” tudo que é tipo de bandido, um cara que nem sei se já fez 18 anos entra numa fria dessas e a solução é jogar logo no Central? 3) Eu tenho, como experiência profissional, a lembrança de uma noite que passei na Febem – não nas celas, mas perto delas, e posso dizer, pelo que me foi dado ver, que pior que aquilo, só mesmo o Central que estão descrevendo, e que é inadequado pra condenados. Então, de novo: por que jogaram o Leandro no Central? 4) Como não sei de coisa ao contrário, vamos supor que a direção do Grêmio não foi avisada de nada. Hospital merreca do canto mais remoto de todo o Brasil precisa ter sempre um médico no plantão em regime de “sobreaviso”, ou seja, ela está em casa, acontece alguma coisa, toca o telefone e ele tem de sair correndo pra atender. A direção do Grêmio lida com uma comunidade bem mais diferenciada e destacada que qualquer comunidade atendida por um hospital merreca, e sabe que está sujeita a emergências. E não tem ninguém de “sobreaviso”? E só sabe dizer que é problema pessoal, o jogador que se vire? Pelamor de Deus, não faz tempo estavam paparicando um guri que do mundo certamente nada sabia além do lado mais sombrio; hoje, vão mandar ele se catar? Desculpem o discurso, mas, saiu.

  • andre

    Esta faltando imprensa nos informar com quem ele estava acompanhado e se fizeram bafometro ou ele se recusou? Saber em que condições estava dirigindo alem de estar com documento falso? Não interessa a profissão ou questão social ou financeira, se foi pego em flagrante a lei tem que ser cumprida.

  • Depois o PIB tem queda de 0,73 e ninguem sabe por que

  • Agora, se fosse o renato nao ia ter problema, se fosse o mercenario que tivesse acertado com o gremio e tivesse vindo pra ca nao ia ter problema, fosse o romario e seria normal e até bonito.
    PArem de pegar no pé do moleque, se ele falasse espanhol seria titular desse time do gremio (melhor q o bertoglio),

  • Mercenario = Ronaldinho carioca

  • ilgowink

    Rauru, essa pressa de levar pro presidio é que é estranha.
    acho que o delegado era colorado, só pode.
    Tanto cara cometendo crime nas ruas que é solto assim que
    chega na delegacia.
    Agora, andar com documento falso é crime, é falsidade ideológica.
    Acho que a direção do Grêmio precisa estar mais atenta ao seu patrimônio.
    Pelaipe pisou na bola ao dizer que o clube não é babá, não é babá, mas
    tem que cuidar do que é seu.

  • Wow, great post.Thanks Again. Much obliged.