Direção gremista, redes sociais e a agenda positiva

O Grêmio vive uma situação muito estranha. Tudo é motivo para alvoroço nas redes sociais. 

O crédito pelo título nacional já se esfarelou para a maioria dos torcedores.

Nem a alegria de ver o clube que nunca cairia estreando no sábado muda o estado de espírito de boa parte dos gremistas.

O técnico Renato Portaluppi que conduziu o time ao PENTA (a cerveja – propaganda subliminar) é questionado porque não conseguiu levar o Grêmio à final do Gauchão – título que esses mesmos críticos, em sua maioria, desprezavam – mas se vê agora que era da boca pra fora. Eles queriam MUITO o ruralito. Eu também queria MUITO o título regional para evitar o hepta vermelho.

Se não queriam o regional, ao menos usam o insucesso para destilar veneno contra Renato, a direção e alguns jogadores -os mesmos de sempre.

Bem, a três dias da estreia no Campeonato Brasileiro, o presidente Romildo e seu vice de futebol Ico Roman, além do diretor Saul Berdichevski, foram ao vestiário conversar com os jogadores. Objetivo: remobilizar e conscientizar o grupo de que está começando um período em que todos serão exigidos ao máximo, e que a torcida espera que os jogadores deem o seu ‘melhor’ – eles gostam de dizer isso nas entrevistas – em cada partida. E isso vale para o Brasileiro, a Libertadores e a Copa do Brasil.

Depois, se reuniram com jornalistas. Passaram essa mensagem, destacando que este mês de maio tem muitos desafios.

Realmente, não será nada fácil. E qualquer torcedor sabe disso. Mas em caso de resultado negativo haverá uma avalanche de críticas, nem todas equilibradas e pautadas na boa educação.

Domingo, jogo contra o Botafogo. Jogo difícil, mesmo na Arena. Como joga em casa, se exige que vença. Não importa se o time estará desfalcado de dois de seus principais jogadores, Maicon e Bolanos. Não importa. O pau vai comer em caso de derrota e até de empate. Outra ausência importante: Edílson.

São três jogadores titulares, jogadores de forte participação na conquista da Copa do Brasil. Mas muitos não vão levar em conta isso se o Grêmio fracassar na estreia.

Além do mais, se não vencer, o time estará descumprindo já na largada a ideia do presidente Romildo de que a meta é vencer em casa e empatar como visitante, um objetivo que conduz a uma proposta de jogo equivocada de jogar pelo empate fora, o que pressupõe uma retranca e raras estocadas no ataque, buscando o tal golzinho fora.

Já se sabe que essa fórmula é inexequível, embora, se acontecesse por algum milagre, realmente levaria ao título.

O melhor no Brasileirão, e isso também é conhecido, é jogar sempre buscando os três pontos, em casa e fora. 

Então, o presidente Romildo errou ao fazer tal manifestação. Pode até pensar, mas não diga.

São tempos estranhos, de sensibilidade à flor da pele. 

É preciso pensar bem antes de fazer qualquer tipo de declaração.

E quando falar, que seja de forma muito clara e positiva.

De qualquer modo, eu saúdo a iniciativa da direção em ir ao vestiário e depois convocar a imprensa, uma forma, ainda que um tanto tímida, muito oportuna para tentar compensar a agenda positiva vermelha estampada diariamente na mídia.

RENATO

Sobre o time que enfrenta o Botafogo. Minha sugestão ao Renato é que ele comece com Arthur no lugar de Maicon.

Não importa se ele pense que Arthur talvez não tenha maturidade para ocupar função tão importante, centralizador do jogo, organizador do time e articulador. Não importa.

Renato, comece com Arthur, não apenas porque realmente é jogador de muita qualidade, mas pra não dar armas aos teus inimigos.

Acredite, eles existem e não são poucos.

O fogo amigo pode ser muito mais nefasto que o fogo adversário, porque este a gente conhece e não pode nos surpreender.

SÉRIE B

 

 

Se gostou, compartilhe!

  • Francisco Coelho

    Vamos por partes já dizia alguém.

    É institucional jogar por 1 pontinho portando os que disseram que o NH assim jogou não olharam os resultados e agora vêm um “gigante” como o Grêmio propor tal resultado. Parabéns Romildo por desconhecer a história do Grêmio.

    A agenda negativa foi proposta pelo empate fora. Apequenou nosso clube e time.

    As redes sociais são reflexos do que é dito e em sua maioria é de mantenedores do Grêmio. Claro que os mantenedores querem é vitórias convincentes com placar dilatado com o time convencendo em campo.

    O resto é festa e orgulho de ser gremista.

  • diego amaral

    Concordo com quase tudo. Só acho que já cansou essa história de dizer que esqueceram do Penta, que não curtiram o Penta. O Penta foi maravilhoso e está na história. O negócio é trabalhar forte pra corrigir os erros e pensar no Hexa. Ou nos Tris.

    • Querubini

      Às vezes tenho a impressão que o PENTA foi acidente, dada a instabilidade atual do time. Renato aparenta que não sabe as razões do time jogar bem ou mal. Quase meio ano já passou e a mecânica de jogo é um mistério. Vejo mais erros do que acertos. Tomara que acerte o time. Pior que temos um excelente plantel e alguns bruxos.

      • diego amaral

        Verdade. Uma coisa importante que Renato tinha recuperado, que era jogar fora da mesma forma que em casa, propondo o jogo, buscando a vitória, se perdeu na poeira. Me parece falta de convicção.

        • Ilgo Wink

          Concordo com vcs, mas não dá pra esquecer que o Grêmio perdeu Wallace e trouxe Michel.
          Maicon continua lesionado, Edilson entra e sai, Bolanos idem.
          O técnico tem seus erros, mas é preciso considerar esses fatores

          • Rezende

            Esta coisa do Maicon vem desde o ano passado quando eu via em muitas partidas o Maicon cansar (e ser substituído) ANTES do Douglas !!!
            Este ano PIOROU ainda mais ele está disputando (E VENCENDO) o Dalebiba no troféu Chinelinho do DM…
            Parece um daqueles casos que o cara tem um foco dentário ou uma doença ou condição grave escondida que faz ele estar sempre machucado ou sem condição de jogo…
            Tem de fazer um check UP total no Maicon, alguma coisa de errado tem na saúde dele…

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            Eu tenho a resposta que você ainda não sabe da saúde dele: ”a idade”, pois ele nasceu em 1985 …..
            (huahuahuahuahua)

  • HENRIQUE MARTINS

    Ilgo,
    Sabe-se que nas conquistas tricolores, o time sempre jogou com a corda esticada.
    E essa corda anda frouxa ultimamente.
    A cobrança é necessária e permanente.
    Como disse já, a CB já é passado, chega de lenga-lenga, vamos botar sangue nos olhos novamente nesse time.

  • FePoa

    Penso que tudo esta muito amplificado contra o grêmio pela queda do inter, pra série B. A grenalização ficou um tanto sem sentido. Por outro lado, a torcida cobra o grêmio por atuações abaixo da média. Tudo porque um sensacionalismo descomunal e mau humor de alguns jornalistas que ainda não digeriram. Aliás , um péssimo jornalismo. O grêmio esta passando por um momento ruim, pequeno ou longo tempo. Pra ajudar, a diretorioria faz comunicados desalentadores e broxantes. Ao contrário, ninguém esta secando o clube ou contra a instituição, mas querendo as pessoas mais pró-ativas. Discurso de ganhar em casa e empatar fora, pra mim, é a coisa mais derrotista que possa haver. O clube caiu por esse apequenamento e gente sem visão que só sabe olhar dentro do cercado. Tipo, ir pra imprensa e dizer que cobrou dos jogadores…deveria ser economia interna.
    Jogadores quando perdem uma partida dizem: não podemos repetir erro no próximo jogo…me digam: o que os gestores do grêmio estão fazendo pra não repetir erros anteriores? Um trabalho que pra consumo externo esta morno, para gremistas. Só refletir e analisar.
    Sobre o penta, a taça esta no museu, não joga e não pensa.

  • Nilton Oliveira

    “Já se sabe que essa fórmula é inexequível, embora, se acontecesse por algum milagre, realmente levaria ao título.”

    É como o RW vive falando no blog dele, a fórmula para ser campeão brasileiro é simples: ser o time que mais vence fora.

    Enquanto a mentalidade sinpofista existir no Grêmio o clube jamais vence uma competição de pontos corridos.

    • Robert Plant

      Lembrando que em 2008 viramos o turno com 41 pontos, graças a muitas vitórias fora de casa obtidas em sequência. Essa foi a maior pontuação até então obtida no primeiro turno de um brasileiro de pontos corridos, nem o São Paulo em 2006 e 2007, que havia sido campeão com um pé nas costas, tinha virado o turno assim. Aí todos lembram o que aconteceu: Começou o Roth a valorizar o pontinho fora. Me lembro que logo após vencer o São Paulo e abrir os famosos 11 pontos que ao longo do turno os paulistas buscariam, fomos jogar no meio de semana com o Flamengo no Rio. O discurso de que o empate fora era bom tomou conta do ambiente: “O importante é manter a vantagem sobre os demais”, “não podemos desprezar um empate”. Claaaaro que perdemos! O resto da história todos conhecem!

      • Ilgo Wink

        a derrocada começou com uma derrota para o Goiás no Olímpico

        • Nilton Oliveira

          Ilgo, o jogo que marcou a queda no campeonato foi aquele contra o Goiás, mas só serve como puro simbolismo.
          Na minha opinião o que começou a tirar a taça das mãos do Grêmio foi a entrada a força do SOUZA no time. O burrão do Roth, que muita gente falava ser imune as pressões da imprensa e torcida, fez justamente o contrário e cedeu.

      • Nilton Oliveira

        Até hoje tenho trauma daquele brasileiro. Mais que da libertadores de 2007.

        • Ilgo Wink

          Nunca esqueço que tudo começou quando Roth foi desestabilizado pela PF, cujo chefe era um delegado colorado

          • Nilton Oliveira

            Bem lembrado. E ainda no fim do ano tivemos aquela tradicional eleição no Grêmio que tem o efeito mágico de causar instabilidade em todo elenco e fazer sabotar qualquer remota chance de título. Enquanto o time perdia pateticamente para a Portuguesa o Seu Odone ficava em POA para campanha.

  • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

    Ilgo, a ”visita” do presidente no CT foi oportuna pelo conteúdo divulgado, pois o momento é realmente de remobilização mesmo depois de usar o estadual com os titulares com discurso de querer ganhar, por que é uma Copa do Mundo, para evitar o Hepta vermelho, porque não ganhamos a seis anos, etc, etc.

    Mas no fundo ficou a imagem do vamo que vamo porque este ano será fácil, e a Taça não veio de novo, porém, pelo aumento significativo das cotas de TV para R$ 12 milhões, os titulares eram obrigação de contrato, mas não era só entrar e jogar, teriam que ganhar, e esse foi o foco da conversa de hoje ”que vazou”.

    Os jogadores receberam muito bem ”esta pressão”, e não poderia ser diferente na véspera da estréia de um campeonato que eles realmente adoram jogar pela visibilidade, mas o presidente errou ao falar que o foco é vencer todas em casa e empatar fora, pois isso nem o Campeão conseguiu na história pelo fato de que para ganhar um brasileirão de pontos corridos desde 2003, o Campeão precisou ”em média” vencer 8 jogos fora dos 19 que tem.

    É impossível um clube brasileiro ganhar a Copa do Brasil, Brasilerão e Copa Libertadores também, portanto, os Urubus & Maricotas precisam definir o que eles querem para 2017, pois o Real Madrid e Barcelona não são de Porto Alegre e nem o poderoso Palmeiras da poderosa Era financeira Parmalat ganhava duas dessas competições todos os anos de 1992 à 1999.

    Antes que me perguntem, o que eu quero este ano, é a Libertadores e uma boa campanha na Copa do Brasil e Brasileirão, mas creio ser possível sim ganhar uma delas em 2017 e acima disso, o que vier é lucro total e estátua para Bolzan e Renato só para irritar os Urubus & Maricotas (kkkkk).

    Abraço à todos, batendo e debatendo sempre, mas com Gremismo total.

    • Francisco Coelho

      Quer dizer que o ruralito foi só para inglês ver?

      Foi só para botar a mão em 12 milhões? Assim sendo a direção mentiu e enganou aos torcedores e fraudou a competição.

      Estou entendendo a coisa…

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Aterrise, Patrono ….. em que mundo tu vives ?????

        • Francisco Coelho

          Tu escreveu vivente. Não lê o que escrevinha.

          Alguns até estão falando que a reunião foi para acertar bicho.

          No meu entendimento a reunião foi só para criar algum fato para notícia. Falta do que dizer. Quero ver é em campo o resultado.

          O resto é confete e enrolamento de bobina.

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            Negativo, Patrono cara pálida, não mude o sentido das coisas, eu escrevi criticando que:

            ”Mas no fundo ficou a imagem errada do vamo que vamo porque este ano seria fácil, e a Taça não veio de novo, porém, pelo aumento significativo das cotas de TV para R$ 12 milhões, os titulares eram obrigação de contrato, mas não era só entrar e jogar, teriam que ganhar, e não ganharam, esse foi o foco da conversa de hoje ”que vazou”.

            Ah, não teve nada de ”acertar o bicho”, pois quem não ganha gauchinho não pode fazer exigências e para isto acontecer eles teriam 1º que estar no rumo da conquista e o brasileirão nem começou ainda.

            Aguardemos juntos os resultados de campo, porém, não faço terra arrasada após a 1ª partida e nem vibro com uma vitória de goleada ”CASO” isso aconteça ”nem” com 4 gols do Barrios.

            Abraço, seu chato. (kkkkk)

  • Pedro de Lara

    Em Brasília, dezenove horas.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Laiá laiá … laiá laiá ….. (kkkkk) …..

  • Gustavo Medeiros

    Só eu que acho que existe uma inversão de valores?

    O Grêmio é dos seus torcedores.

    Então, quem deu um crédito nesses 15 anos sem títulos para os dirigentes, técnicos e jogadores, que passaram, foram os torcedores.

    A direção apenas começou a pagar o débito.

    Como o clube é dos torcedores, o que se fala nas redes sociais, nos bares, entre amigos, em conversa de elevador, nada mais é, do que reflexo de como os torcedores estão vendo o Grêmio.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Isto é evidente, Gustavo, e é por isso que existem um milhão & meio de sábios com alternativas que resolveriam ”tudo & todos” os problemas do time, senão, isso aqui não seria bate & debate como disse o Patrono.

      • Gustavo Medeiros

        Ainda bem que temos sábios no comando que sabem o que estão fazendo.

        Só declaração que motiva a torcida.

        Só rotina de treinamentos exaustivos.

        Só contratação pontual.

        Ruma ao Hexa e aos tris.

  • Fabio Scheffer

    Sinceramente eu me preocupo mais com que o que os dirigentes falam do que fazem.

    Também não curto o discurso do pontinho fora, mas com o Renato no comando sei que isso não vai ser levado muito em conta pq os times dele nunca foram de se acovardar fora de casa.

    O que me preocupa na real é uma possível falta de movimentação no mercado afim de suprir as carências do time.

    A 1ª fase da Libertadores já era (e o Grêmio tá classificado), o Brasileirão tá começando, então tá na hora da direção colocar a disposição do Renato alguns reforços pontuais que agreguem mais qualidade em um elenco que é bom, mas que precisa encorpar.

    Enquanto isso não acontece pelo menos a gente pode se divertir com o co-irmão enrolado com delegados, pdfs, stjds, hoje serie b e amanhã uma serie c da vida… como já falei antes, pode dar em nada, mas que tá engraçado tá !!! hihihi

  • Pedro de Lara

    A verdade é que o nosso indolente comandante de vestiário acredita, há horas, que já cumpriu sua missão: tirou o clube da fila de 15 anos. Não é difícil concluir isso. Está na sua essência. O Gaúchão, missão mais fácil, com adversários mais fracos, seria um plus e o coroaria como GRANDE TÉCNICO QUE, aliás, ELE NÃO É.

    Acho que o Romildo enfiou o pé, porque ele, COMO MUITOS DE NÓS, almeja mais e vê grandes chances para isso. Investiu para isso e espera que comissão técnica e jogadores se mobilizem técnico, emocional e fisicamente para isso.

    Mas é difícil. Assim como o nosso Joel, temos um Maicon, um M.O., um Douglas, quem sabe até o Luan com a cabeça na Europa, que também devem flertar com a tal MISSÃO CUMPRIDA.
    Depois, com um boca-mole como o Odorico de “chefe do futebol”, um presidente atento não pode se omitir por muito tempo.

    E.T.: Gosto muito do futebol do Pedro Rocha. Não seria possível convencê-lo da necessidade, para seu próprio bem, de ficar 1 ou 2 horas a mais num treino de finalizações, todo os dias??? Contrata, sei lá, um Sandro Sotilli da vida e ministra um intensivão pro cara, pô!

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Amigo Pedro, também gosto do pé murcho do Pedro Rocha, mas o problema do Grêmio não é ”finalização”, ”arremate”, ”chutes à gol”, ”definição de jogada”, mesmo que alguém (um sábio?) venha falando isso aqui desde agosto do ano passado (quem seria?), pois o bom Gremista Gustavo Medeiros não concorda com isso, e olha que ele é o ”destaque da semana” aqui no Blog do Boteco do Ilgo mesmo que isso tenha acontecido com seis anos de atraso, ou isso seria ironia ?????

      Eu fico imaginando os comentaristas de resultados que existem nas redes sociais caso o Grêmio tivesse em todas as últimas 20 derrotas feito 2 dos inúmeros gols perdidos em todos os jogos, qual seriam os comentários sobre o Renato ”Santana”, nosso péssimo Treinador.

      Como é bom um bate & debate, né, amigo Gremista.

    • Rezende

      Pergunta que não quer calar…
      O Renato, que tava de folga no RJ, foi domingo no Maracanã para observar o nosso PRIMEIRO adversário na Campanha pelo HEXA da Copa do Brasil ??? Dá uma preguiça ver futebol…

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Menos, Rezende ….. ”todos” os treinadores adversários do Fluminense que é um fenômeno brasileiro em 2017 estavam no Maracanã domingo ????? Ah, tá.

      • Pedro de Lara

        De onde nada se espera, daí é que não sai nada mesmo.

        Profissionalismo, teu nome é Renato Portaluppi.sqn

  • Arthur J

    Só lembrando que a fórmula “ganhar em casa e empatar fora” totaliza 76 pontos.

    O Palmeiras foi campeão ano passado com 80 pontos…

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Para ser Campeão de pontos corridos, na média desde 2003 o vencedor teve que vencer 8 jogos fora de casa, pois ninguém vence os 19 jogos dentro de seus domínios, por isso, precisa ir buscar fora.

  • Francisco Lanferdini Serafini

    Do Renato, não estou gostando é de seu bruxismo. No mais, ele não tem muito o que fazer, visto que o esquema de jogo já está montado e as peças que ele tem são essas. Os discursos pós jogos em que o time dorme, vide o segundo tempo contra o Iquique, também irritam um pouco, embora esse seja o Renato. Se ele repensar um pouco sobre os bruxos, certamente o futebol volta.

    Da direção, pois bem, dessa chega a me dar nervoso em falar. Ainda não engoli a história de poupar jogadores de um jogo de Libertadores para o Gauchão. Além do mais, agora o presidente oficializa o SINPOF. Lastimável. Felizmente, ele falou algumas coisas boas, como querer todos os títulos (o que chega ser incoerente com o SINPOF, mas…) e sobre a cobrança do Victor ao Atlético.

    Sobre o jogo da estreia, se não vencer, é preocupante. Tendo lesões e tudo mais, o Grêmio investiu bastante para ter banco e suprir as lesões dos jogadores do penta. Não conseguir prevalecer em casa, com os reforços e com a cartilha do SINPOF debaixo do braço, mostra que as coisas estão erradas.

    Mas o jogo que estou ansioso é o contra o Fluminense. Se o Grêmio passar e bem pelo Fluminense nessas oitavas da Copa do Brasil, até me animo em que possamos conquistar alguma coisa esse ano, que seria o HEXA (vai ter que lançar uma cerveja nova, Ilgo).

    • Ilgo Wink

      Serafini, não existe treinador que não tenha seus bruxos. O que interessa é se eles resolvem ou não
      A HEXA já está fermentando

      • Francisco Lanferdini Serafini

        Verdade. Então não tenho lá muita esperança. Não confio nos bruxos do Renato. O negócio é esperar e ver como se comporta contra o Fluminense.

      • Rezende

        É Ilgo mas o Renato não treinou na sexta passada e se mandou de folga pro Rio e quando eu vi aquela imagem na internet do treinador do Vasco vendo o Fla-Flu da final no meio da torcida do Flamengo para observar os adversários não pude deixar de me perguntar…
        Por que DIABOS o Renato não está no Maracanã observado o Fluminense nosso próximo adversário na Copa do Brasil ???
        SE ele estava lá não vi em nenhum lugar e ele não falou nada quando voltou do RIO para o Grêmio…
        Tomara que eu esteja enganado e ele tenha visto o jogo no estádio sem ter sido observado por ninguém, pois simplesmente não querer ter ido estando lá seria PÉSSIMO.
        Este tipo de coisa do Renato que me deixa a impressão que ele não se esforça e confia demais na sua intuição/bruxismo.

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          E tu achas que para isso ele teria que estar no estádio escondido ou visível para as câmeras ?????
          Me poupe. Como fazer então para assistir os jogos da Champions League ????? Agora viajasse, e foi feio.

  • Serrano

    Essa seção de comentários já foi mais urbana. Virou um poço de fel.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      kkkkk, é verdade, Serrano, mas deve ser porque não ganhamos NADA nos últimos 6 meses, aí, o fel aumenta cada vez mais e agora parece que temos a obrigação de ganhar dois títulos importantes todos os anos igual à todos os outros grandes do Brasil, pois nunca estarão satisfeitos com o trabalho de ninguém.

      Acho legal ”bater & debater” sobre o Grêmio todos os dias, mas tem Urubu carniça aí que mais parecem colorados enrustidos devido aos constantes pessimismos todos os dias e pode observar que quando o time engrena uma sequência igual o pós jogo com Atlético-PR onde passamos nos pênaltis, eles somem daqui por ”oportunismo”, e a culpa é sempre do Renato que se tornou a nossa ”Dona Marisa Letícia”. Normal.

    • Ilgo Wink

      isso que é tudo gremista

  • Robert Plant

    Sabe o que pega, Ilgo? Eu, que não sou um crítico contumaz, de carteirinha, mesmo eu me irrito com o presidente afirmar com todas as letras que vai buscar o empate fora. Caceta! Não é possível que nós, meros torcedores, sejamos os iluminados, os vanguardistas, os visionários que sabem que assim jamais um clube será campeão na fórmula dos pontos corridos e que quem dirige o clube é um desinformado! Não pode! Não tem cabimento! Não posso acreditar nisso! Eu considero o presidente Romildo um bom gestor. Com ele à frente do clube conquistamos um título nacional que não vinha há 15 anos. Mas não pode ele, que está à frente de um dos maiores clubes do Brasil e que deve sempre postular o título do que disputa, desconhecer que:

    1) O Campeão brasileiro na era dos pontos corridos, em 14 edições, só não foi o time que mais venceu fora de casa em uma ou duas edições;

    2) Quem entra para empatar, perde. Ás vezes empata. E raramente vence. E sem vencer fora, só por um milagre conquistará o título.

    Assim, se ele acha que não temos grupo para sermos campeões, ok. Mas lute. No discurso e em campo. Mostre indignação. Se não der, fracassamos lutando. É isso, esse discurso e postura derrotista, conformista, que o Gremista em sua maioria não suporta mais a cada brasileiro que começa, não obstante o Penta da CB!

    • Arthur J

      Também fiquei p. com essa declaração ridícula do Romildo! E olha que sou da “turma do alento” aqui do blog.

      Estava tendo orgulho de ver o Grêmio jogando pra vencer fora, tanto ano passado na Copa do Brasil, como esse ano na Libertadores.

      Se o Grêmio voltar a ser acadelado fora de casa, o pau vai comer!

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Arthur, Romildo não deveria ter falado isso e errou feio. Mesmo assim, com Renato o time faz gol em todos os jogos dentro e fora da Arena não se acadelando, pois não é o perfil dele jogar pelo empate, e isso é o que devemos considerar. Vamos ver.

  • Daniel Scherer

    Eu acho que é muito mimimi: se elogio algo no clube, direção ou time sou taxado de chapa branca, puxa-saco, torcedor de dirigente. Por outro lado se critico, sou taxado de justino, corneteiro.
    Qual o problema de emitir a sua opinião? Porque temos sempre que rebater adjetivando os outros? Não seria mais saudável apenas rebater com um outro ponto de vista, mas sem querer mudar a opinião alheia, apenas para mostrar que não vivemos um uma bolha onde só vale o que eu penso, qualquer opinão contrária está errada e já tenho que ironizar e adjetivar? No fundo todos queremos a mesma coisa, o problema são as análises superficiais, por exemplo, todo jogador que não vem para o Grêmio é uma tragédia, foi erro de visão e planejamento. Um último exemplo é este goleiro do NH. Pegou três penaltis, virou o novo Buffon, a salvação do ano. Erro crasso do clube não ter visto em janeiro que o cara era um fenomeno (que nunca jogou em clube de série A. Isso por um lado. Por outro lado, Renato tá abusando de fazer cagadas este ano, uma delas insistir com a naba do Fernandinho e que ele é jogador da sua confiança, mas VTC Renato, confiança baseada em que? Fazem três anos que essa m… tá aqui mamando e nunca jogou bosta nenhuma.
    São dois exemplos para mostrar que nem tudo é uma porcaria, assim como nem tudo é uma maravilha.
    OBS: Romildo acabou de fazer a segunda cagada do ano: jogar pelo empate fora, quem pode declarar isso é um time que vai lutar pra não cair. A outra foi declarar o gauchão prioritário. Até agora, Romildo seria um poeta calado.

    • Andre Peixoto – Sarandi/RS

      Perfeito, Daniel. Parabéns…

    • Ilgo Wink

      muito bom

  • Rezende

    Duas coisas sobre uma campanha campeã em pontos corridos:

    Eu considero só os campeonatos de 20 clubes (de 2006 para cá) que tem sempre o mesmo número de rodadas (em 11 edições) para não comparar alhos com bugalhos!

    SEMPRE o campeão é quem pontua mais fora (vitória mais empates)!
    E na média é de 31,8 pontos fora
    (min Fla 2009-26 pts e máx Flu 2012- 39 pts).

    A média de vitórias fora do campeão é um pouco acima de 8 (8,6) e os empates fora é de quase 6 (5,9)!
    Tem de GANHAR E EMPATAR MUITO FORA AO MESMO TEMPO (viés de atacar o adversário FORA SEMPRE e não especular o golito fora e fechando a casinha).

    Ganhar em casa é mera obrigação do Campeão.

    Em segundo e importante….
    E até hoje nestas 11 edições do Brasileiro pontos corridos com 20 clubes o MÁXIMO que um VICE-CAMPEÃO fez foi 72 pts (Grêmio 2008 e o Atlético-MG 2012) portanto (POR ENQUANTO) para ser CAMPEÃO BRASILEIRO DA SÉRIE A basta fazer 73 pontos !!!

    O que é ainda menos que a tese furada (pela realidade) Sinpofista dos 76 pontos com 19 vitórias e 19 empates.

    Na realidade do Futebol EM CAMPO NINGUÉM ganha todas em casa e MUITO MENOS empata todas fora!!!

    O objetivo REAL (jogo a jogo e rodada a rodada) no Brasileiro é o acompanhamento do SALDO NEGATIVO de pontos PERDIDOS em casa que TEM de ser compensado com VITÓRIAS E EMPATES FORA que tem de SOMAR o número de rodadas fora mais os pontos perdidos dentro de casa até a rodada disputada para manter-se com chances REAIS de ser campeão (para fechar matematicamente a tese Sinpofista hipotética de vencer todas em casa e empatar todas fora) com o meu adendo que há uma TOLERÂNCIA de 3 pontos pelo máximo que um VICE-Campeão já alcançou.

    Fazendo a média histórica e ajustando para os 72 pontos a fórmula da “Campanha de Campeão Brasileiro MÍNIMA” seria:

    Em casa 13 Vitórias, 4 empates e 2 derrotas- 43 pontos
    fora 8 vitórias e 6 empates e 5 derrotas- 30 pontos

    Enquanto um vice-campeão não fizer mais de 72 pontos este é o parâmetro de desempenho ESTATÍSTICO no Brasileirão que dá o Título.

    • Ilgo Wink

      Muito esclarecedor. Vai pro topo dos comentários

    • Francisco Lanferdini Serafini

      Eu nunca gostei muito dessa história de fazer mais que o vice, por mais óbvio que parece. Digo isso, pois, por exemplo, ano passado, para ser campeão, tinha que fazer mais que 80 pontos, pois foi o que o Palmeiras fez.

      Mas depois de ler aqui teu comentário, não me parece mais absurda a ideia. Digo isso, pois, dificilmente, dois times fariam mais que 72 pontos (visto que nunca aconteceu). Portanto, mirar (e acertar) nos 73 não é mau negócio.

      E pela tua estatística, dos 19 jogos fora, ganhar 8, pqp, dá pra ver como o pensamento SINPOFista é errado.

      O Rica Perone faz uma análise parecida. Nela, ele mira nos 72 pontos, e diz que quem faz mais que isso tá disputando o título. É um levantamento rodada-a-rodada, muito bom, por sinal.

      No mais, belo post.

      • Rezende

        Francisco para isto que serve a estatística dizer o que pode ser feito baseado no que já foi feito ANTES.
        Por isso que eu disse que isso só vale enquanto não tivermos uma edição que o vice fure a estatística atual.
        ALIÁS no ano passado faltando 3 ou 4 rodadas tanto o Santos como o Flamengo (que terminaram empatados com 71 pontos) PODERIAM ter chegado ao fim do campeonato passado com mais de 72 pontos…
        Como não conseguiram, o Grêmio de 2008 e o Atlético-MG de 2012 seguem como parâmetro estatístico…
        E assim tudo que um time conseguir ALÉM de 73 pontos será a tal gordurinha do Campeão sobre o Vice…

        Por fim o limite MATEMATICAMENTE num campeonato de 38 rodadas no máximo, se um time ganhasse TODAS a partidas, seria que o CAMPEÃO faria 114 pontos e se seu VICE, se só perdesse as duas partidas para o campeão, faria 108 pontos….

        Mas isto não existe…

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          Rezende, por isso que estatísticas são eternamente números para mais ou para menos e o ”se” não joga nunca, pois ”se” todos os jogos terminassem em 0x0, quem seria o Campeão ?????

          Ah, mas isso é impossível ….. claro que sim, e ganhar todas e chegar a 114 pontos também é impossível.

          Pense nisso.

    • Alexandre Sanz

      Perfeito

  • Marcio Luiz

    Concordaria com o ilgo se o Grêmio estivesse jogando bem, mas não tá jogando nada, nem dentro de campo e nem fora, pois não tem nenhum movimento para tentar suprir as necessidades/carências do time.

    Se isso não é motivo de cobranças então não sei o q seria.

    Só sei q usar o titulo da CB ou a desgraça alheia como bengalas sempre não vai dar certo.

  • Rezende

    Só para dar força a TESE SINPOFISTA…

    Sábado o EMPATE fora com o Londrina é um ÓTIMO resultado para o Internacional….

    Queria ver isso na IVI…. Coerência…

    • Francisco Lanferdini Serafini

      Pior que o Pedro Legado largou essa. Impressionante a força do SINPOF.

  • Francisco Coelho

    Está chegando a hora da onça beber água e agora não há mais desculpas para ninguém. Não adianta mimimi nem nana neném.
    Vamos ver quem tem vontade…

  • Francisco Coelho

    Está escrito e é só ler. Só estou colocando para chamar a atenção depois do “vazamento” da reunião com do Romildo com jogadores e comissão técnica.
    Se alguém quer atirar pedras vá ler e ver no site. Só estou colocando para conhecimento.

    ODORICO E LUCAS BARRIOS TEM PENSAMENTOS DIFERENTES NO GRÊMIO
    Posted by João Filho | maio 12, 2017 | Grêmio | 5 |
    Odorico Roman falou pro colega Saimon Bianchini que o Grêmio não tem a obrigação de ganhar nenhum campeonato. Pra ele, colocar pressão nos jogadores só irá atrapalhar.
    “Se todos os clubes tiverem obrigação de ganhar o brasileiro, aí fica complicado. Só vamos cobrar o esforço dos atletas.”
    Por outro lado, o centroavante Lucas Barrios falou com a gente aqui na Band e tem um pensamento diferente do dirigente, como é possível ler nestas duas frases.
    “Por tudo que o Grêmio já conquistou, temos obrigação de conquistar títulos. Temos que brigar por tudo que disputarmos.”
    “O Grêmio tinha obrigação de ganhar o Gauchão. É um time grande. Ele tem obrigação de ganhar tudo que disputa.”
    Em tempo: Na mesma entrevista, Odorico disse que a direção não tem como avaliar o trabalho de Renato por conta do excesso de lesões na temporada.

    • Querubini

      Lixo de Direção. Larguei de mão.

    • Querubini

      Direção de Justinos e bundas moles

      • Andre Peixoto – Sarandi/RS

        Mas é só tu ouvir uma entrevista do tal ex blogueiro Ico que tu já vê tudo. É o legítimo “boca mol”…

  • Ilgo Wink

    é o meu objetivo de vida e já vi que tem 3 que assinam contigo essa agressão

    • Lucas Eduardo Pavão

      isto é uma ofensa ao senhor, comparar com Baldasso é uma lástima. Pena isto. Nenhum Jornalista Gremista se prestaria ao papel do Baldasso

      • Ilgo Wink

        Pois é, Lucas. Jamais pensei que leria uma coisa como essa.
        Mas eles estão no direito deles

  • Francisco Coelho

    Mas os adoradores de direção não são poucos assim como os apoiantes do Lulla e Dilma os honestos. Alguns estão arrazados e outros desesperados.

    A cada dia mais se mostram as mazelas da direção. Por enquanto o placar é 6 a 1 no campo.

    • Diego Stein

      O velho mala le o JB e posta aqui. Pra cornetear a direção. Haja doença.

      • Francisco Coelho

        Tá sentindo as dores? Quem devia pregar a boca é o Ico.
        Eu leio o que quero. Pq o íco não desmentiu?
        Vai te catar.

        • Diego Stein

          Toma o remedinho e vai dormir, vovô. Até na corneta tu só escreve asneira. Chama o bellini e te candidata a VP, e para de dar bola fora, sabichão.

          • Francisco Coelho

            Tô aposentado. Só corneta praia e aproveitando a vida.

            Cuidado para não apertar demais que doem… ai o Ico além de falar besteiras vai ficar com dores…

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            Diego, os Urubus são contra ”todas” as direções do Grêmio e ”todos” os treinadores do time por aqui em qualquer época da história, são apenas 4. É só corneta. Oremos.

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          ”A fila anda” (kkkkk).

  • Andre Peixoto – Sarandi/RS

    Copião, para de incomodar senão eu chamo o Pedro de Lara pra te dar um outro FATALITY…
    https://uploads.disquscdn.com/images/2e009da6108f15999585f45e761ed58c0af3e3bca3621c7ddde6cc6e054769ad.png

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      A fila anda, André Peixoto, Chupatongo. (kkkkk).

  • Francisco Coelho

    Com a convocação do goleiro Phelipe podemos afirmar que temos goleiro de seleção. Felizmente poderá chegar e já ser incorporado pois virá bem treinado e com outra filosofia de trabalho.

  • Currador do futuro

    Esse bar que era pra ser um ponto de encontro de gremistas é frequentado na grande maioria por colorados enrrustidos, quanta amargura nos comentários coloridas! Parece que quem tá na merda da segundona e em jejum de títulos somos nós…

    • Francisco Coelho

      Gremistas têm bastante. Adoradores de direção e de treinador é que causam confusão.

      Eles entram em ebulição quando alguém diz que o presidente é feio ou que o íco caiu na mudança e se perdeu no caminho.

      Se alguém escrever uma linha sobre Renato não conhecer de sistema tático a casa cai e a Vera Verão encarna no Copião que sai alucinado cuspindo fogos.

      Ainda tem alguns como você que aparecem para elogiar sempre tudo que vem da direção mesmo que seja contrário ao Clube. Certo!

      • Currador do futuro

        kkkkkk o chapéu serviu direitinho né velha colorida amarga! Assuma que tu e teu cachorro são sócios colorados e vem pra este espaço somente para criticar e criar tumulto em tudo referente ao Gremio. A direção pisou na bola várias vezes estes anos (inclusive esta última do pontinho fora), mas vem acertando mais do que errando. Só que urubus como o senhor só veem o que tá ruim e querem ver o Gremio perder tudo pra poder reforçar suas teses e críticas. Torço somente para o bem do clube, não torço pelas minhas teses e opiniões. Torço como um louco podendo estar Enderson Moreira ou o Roger na casamata e o Odone ou o Koff na presidência . Nada na história do clube foi conquistado com facilidades, sugiro a você então ir torcer para o Barcelona ou o Real Madri, com certeza irá sumir ou terás menos críticas e fel nos comentários.

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          Grande Gremista, que porrada tu deu nesse véio cheio de sangue BBolorado nas veias, começo a pensar nessa hipótese, pois o cara é muito ruim pra ser um Gremista de verdade. Parabéns.

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        A fila anda, Patrono ….. estais cada vez mais atrasado.

  • Francisco Coelho

    Gol. Tamo vencendo. Maravilha.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Sério ????? Que bicho te mordeu ????? (kkkkk).
      Disfarce um pouquinho, seu falso Gremista.