Damião e o favoritismo colorado

O Inter é o favorito. Bicampeão da Recopa, candidato ao título do Brasileiro, o Inter vai para o Gre-Nal de domingo como favorito.

Mas o Grêmio não é zebra, ao contrário do que pensa o presidente Odone, numa declaração que desvaloriza o time que ele próprio contribuiu para montar. Lamentável.

Pode despontar um favorito em qualquer Gre-Nal, mas o rival nunca será zebra.

Zebra, por exemplo, era o Mazembe, um pequeno clube oriundo do ‘poderoso’ futebol africano, responsável pela felicidade gremista no final do ano passado.

No Gre-Nal, como em qualquer jogo de futebol, nem sempre vence o melhor. É um jogo apenas,são 90 minutos, nos quais uma bola lançada na área de forma despretensiosa pode determinar o vitorioso.

O Inter está melhor, e isso, de maneira abrangente, já há meia dúzia de anos, pelo menos. Oito títulos internacionais desde 2006 comprovam a supremacia vermelha no Rio Grande do Sul.

Pontualmente, o Inter também está melhor. Tem tudo para vencer o clássico, especialmente porque vive um momento de tranquilidade e com elevada auto-confiança, muito diferente do Grêmio.

Tempos atrás escrevi que a diferença principal e decisiva entre os dois clubes se deve a apenas um jogador: Leandro Damião. Cada vez mais isso é confirmado, consolidado.

Escrevi, também, e alguns botequeiros devem lembrar, que o Gre-Nal começa com 1 a 0 para o Inter. Damião sempre faz o seu. Tem sido assim. E não vejo como isso possa mudar neste domingo. Só há uma maneira: Damião não entrar em campo ou se lesionar logo no começo.

Assim, o jogo começa com 1 a 0.

Portanto, o Grêmio já sai correndo atrás. Cabe ao técnico Celso Roth transmitir serenidade ao time para buscar o empate e tentar a virada. Com ajuda da torcida isso é possível. Mas o torcedor precisa ser paciente, compreensivo. Aceitar a ruindade e o nervosismo de uns e outros. Cobrar apenas muito empenho, nunca qualidade.

Já é um bom começo: aceitar que o outro é superior como equipe. Repito, como equipe.

Individualmente, nome por nome, há uma certa paridade, um equilibrio. O problema é que numa posição crucial, a de centroavante, a diferença é brutal, um abismo.

Damião é infinitamente superior aos jogadores que o Grêmio conta para o ataque.

Mas como o Grêmio pode enfrentar esse time mais ajustado e entrosado e que tem Leandro Damião?

Só vejo uma maneira: jogar com três zagueiros. Os três em cima do Damião. Está bem, dois podem ser suficientes.

Vilson, Gilberto Silva e Ed Carlos (tem nome de cantor da Jovem Guarda): esta é a zaga.

Na laterais, Mário Fernandes e Bruno Colaço (dizem que os clubes italianos o comparam a Roberto Carlos, incrível).

No meio: Fernando, FR e Douglas.

Na frente, Miralles e um dos dois grandalhões, é só jogar a camisa pro alto.

Leandro fica para o segundo tempo pra pegar os velhinhos da zaga mais cansados.

Viram como é fácil? Nem precisa treino secreto.

Agora, não esquecendo: o Inter começa com 1 a 0, porque Damião vai fazer o seu. A não ser que

saia da campo mais cedo, muito cedo.

Se gostou, compartilhe!

  • moacir sampaio

    Infelizmente ilgo, roth vai fazer o que ele sabe.Retranca.Mas mal feita pq ele entra pra não perder e sempre perde. Vai ser gilberto,adilson,FR e douglas,leandro e andre lima. novamente sem chegada com o douglas sozinho.Vai ser duro de ver..

  • Francisco Coelho

    Ilgo; conversei com um treinador conhecido sobre o problema das laterais do Grêmio. No entender do mesmo e com o qual concordo é uma questão de posicionamento da equipe em campo. Segundo a visão do mesmo não há uma cobertura de laterais e jogadas agudas pelas pontas forçando uma concentração no meio onde Fábio e Gilberto não têm fôlego para acompanhar. São pouco aproveitadas as subidas dos laterais, pois o Grêmio esta centralizando o jogo congestionando o meio. Congestionando fica sem opção de chutes de fora. Se o lateral cai nas pontas abre o meio facilitando um surpresa ou arremate.

    Comparando com o esquema da sub 20 Oscar ajudava na marcação pela esquerda e Casemiro pela direita liberando o Fernando para flutuar na proteção da zaga.

    Quando Gabriel sobe pela direita alguém tem de ficar na cobertura, pois com uma bola nas costas o adversário fica no mano a mano com a zaga. Se o zagueiro se desloca e cobre o primeiro volante tem de voltar e fechar a zaga. Na lateral esquerda tem de ocorrer o mesmo.

    No caso o primeiro volante tem de ter conhecimento da posição (Casemiro tinha) e no entender do mesmo Gilberto é o que melhor conhece, pois já jogou com a 3. Seria uma função de líbero (no meu entendimento Gérson seria jogador ideal já que reclamam da altura).

    Ele treinaria com Gabriel, Mário, Saimon e Collaço; Gilberto, Fernando, Marquinhos (Rochemback) e Douglas; Escudero (Leandro) e Miralles (Brandão). Se necessário deslocaria Mário para a lateral com a entrada do Vilson ou do Gilberto. Lúcio tem velocidade, mas não volta e Julio Cesar sobe muito. Uma opção seria Brandão se estiver bem pois a zaga do inter não o conhece tão bem como ao André.

    A lateral esquerda é um problema nacional segundo o mesmo, pois a maioria do camisa 10 canhoto tende a fechar ou cair na direita. Meia direita de destaque só o Montillo e Lucas atualmente. No caso do Cruzeiro o Gilberto ainda marca, mas Roger só cerca.

    Quando do retorno de Luiz Fabiano no SP o treinador vai ficar com um problema, pois Henrique entra mais pela esquerda como Dagoberto e Lucas e pela direita. Vai conseguir jogar com 3 atacantes (Henrique, Luiz e Dagoberto ou Lucas)? Marlos e Marcelo Cañete são canhotos assim como Rivaldo, Cícero Santos e Carlinhos Paraíba. Como colocar Wellington, Casemiro e?

  • Ilgo!

    Estamos perdidos tecnicamente. Isso é fato! A grande diferença entre Grêmio e o beira lago é o Centroavante, ou seja, 30% do time. Ah! os outros 30% do time também está numa fase desgraçada, que é o teu estupendo goleiro (que vai se aposentar no Grêmio infelizmente).

    O momento é do beira lago, mas podemos ganhar e temos que ganhar de qualquer jeito.

  • Rafael M.

    Acho que a única solução é colocar o time da base pra jogar. Tem uns fraldinhas que tem um futuro incrível. Tá certo que não ganharam a taça bh, mas a culpa não foi deles. Com 10 ou 15 minutos, eles já chamarão a atenção do barça ou do ferguson. Quando o Roth vai aprender que se o Victor não sair do time, nunca faremos gols?

  • Com contrato até 2015 esse maravilhoso goleiro de seleção (eu não falo mais o nome dele, não merece) ficará jogando sempre, há não ser que ocorra alguma lesão!

    Lucio já foi para o banco, agora falta o Gabriel e o goleiro de seleção irem também.

  • R Fernando

    É por isso que eu falo Ilgo, ocorreu uma sucessão de erros, inclusive do Renato: agora vi uma manchete no terra: Com o pior ataque do brasileiro, Grêmio ajuda a pagar artilheiro, http://esportes.terra.com.br/futebol/brasileiro/2011/noticias/0,,OI5313946-EI17896,00-Com+pior+ataque+da+Serie+A+Gremio+ajuda+a+pagar+salario+de+artilheiro.html . Em referência ao Borges. Olha hoje vejo que o cara ou não estava num bom momento no Grêmio ou queria sair. Se não estava num bom momento, o Renato/VIcente avaliaram mal a situação e o esquema do Grêmio não é de favorecer centroavante/atacante. A horas queria dizer isso. Essa cultura de só atacar e se defender é de time pequeno. Larguei de mão esse histórico do Grêmio de antigamente. Chega. Time se faz com bons jogadores. O Luxa ressurgiu das cinzas. O Tite está bem com o Corinthians. O Dorival vai fazer o inter jogar pra frente. O Renato gosta de jogar pra frente, mas não sabe organizar defensivamente seus times. Pois leva gol a torto e a direito. Será que não está sendo provado que fazer times equilibrados é o melhor ? Aqui no sul é sempre 8 ou 80. O Celso Roth gosta de falar em equilíbrio, mas no Grêmio são 03 volanttes. O Antonio Vicente disse que o Grêmio não joga com 02 armadores. Pelo amor de Deus. Faz 500 anos isso. Será que o Inter é esta oitava maravilha do mundo ? Pra mim eles estão no lugar certo na hora certa. Competência da direção deles que fez por merecer. Nós gremistas brigamos por velhos conceitos do passado. E não importa o que se faça, se não tiver gente boa jogando a mediocridade vai ser a tônica. O problema do Grêmio é armar, posicionar e por último, cultural. Completamente embolorado. Não formamos atacantes faz horas. Só volantes e zagueiros. O inter, está fazendo tudo o que o meu time deveria fazer. E nas bandas do Olimpico nada é feito.
    Estes dias vi uma noticia do Reche sobre um conselheiro fazendo um escarcel/falando merda pra tudo quanto é lado sobre o tal de aditivo de contrato da arena….Mas será que isso não pode ser conversado no conselho de forma menos oportunista do que esse camarada fez indo direto pra imprensa, que está no seu papél. A merda foi jogada no ventilador mesmo. O tal de Evandro Krebs foi ridiculo. Se o custo da obra é da OAS e o empreendimento vai gerar receita para os dois lados, qual o problema? Te garanto que com uma boa conversa e estudo do aditivo essa palhaçada não viraria conversa de botequim e sim de economia interna. O inter não está vendendo camarotes para as empresas ? Quem esta construindo o estádio não pode fazer isso ? Sim, pode desde que conste em contrato. Tudo formalizado. Se este cara (Krebs) pensasse no Grêmio não faria esta bobagem. É por essas e outras que o Grêmio se encontra onde está. Sabe o destino honroso do Grêmio deveria ser fechar as portas. Como o Cruzeirinho. Posso estar exagerando, mas que os dirigentes do Grêmio perderam o rumo, faz tempo há, isso faz. É um desabafo isso.

  • Bi-segundino

    “…Damião não entrar em campo ou se lesionar logo no começo…”
    “…A não ser que saia da campo mais cedo, muito cedo…“
    Já que o xororô não resolve vamos partir prá outra estratégia.
    Você, um renomado ex-interino de colunista de jornal e grande empresário do ramo de cervejas, partindo para estas instâncias?
    Fico imaginando dia 04/12. O bi-rebaixado rumo ao tri e gre-Nal no Beira-Rio. O que você fará então? Vai sugerir que a Geral “faça o serviço” no Damião?
    Tô achando que foi você quem começou a queima dos banheiros químicos. Ou foi o mentor…

  • Walter

    A esperança é ultima que morre…
    O negócio é terminar o ano e fazer uma limpa.
    Talvez começamos a reagir a partir desse grenal.
    Da-lhe grêmio…

  • As soon as I detected this internet site I went on reddit to share some of the love with them.