Celso Roth vem aí?

Se o Walter não comer antes, a batata do Dunga vai assar. E vai assar muito rápido.

Por campanha até superior a esta, outros treinadores foram escorraçados do Inter. Não vou citar nomes porque a lista é longa.

Dunga só não caiu porque ainda é respeitado e, sem dúvida, temido pela maior parte da imprensa.

Mas agora a situação mudou de figura. Ninguém esperava um empate com o Vitória depois de estar vencendo por 2 a 1, jogando com o apoio de sua torcida, que, aliás, foi em número reduzido a NH. Medo das arquibancadas móveis ou desânimo com o time? Ou as duas coisas?

Dunga foi chamado de burro. Quando isso acontece é o começo do fim. Toda a revolta nem é tanto pelo empate, mas principalmente porque o Inter escapou de ser derrotado. Sim, derrotado.

E olha que o Vitória tem um time que entra em campo pedindo pra perder. O Inter apertou cinco minutos e fez dois gols, ambos com D’Alessandro.

Aqui entre nós, o argentino é um dos poucos que realmente parece integrar a ‘família Dunga’.

Aquela história de que Dunga tem o controle do vestiário pode ter acontecido em algum momento, mas passou.

Os jogadores não abraçam mais a causa Dunga. Não, não fazem corpo mole. Só não são mais Dunga Futebol Clube. Com exceção do D’Ale e mais uns dois ou três, entre eles o Índio, que é ‘cavalo cansado’, expressão que um luminar do Grêmio usou certa vez referindo-se a Mauro Galvão. O ‘cavalo cansado’ foi dispensando e acabou ganhando tudo e mais um pouco com a camisa do Vasco. Mas Dunga, este sim, está muito próximo da aposentadoria.

Aliás, no começo do ano eu disse aqui e em alguns programas que o Inter tem uma defesa fraca. Que ficou pior com a saída de Moledo. Então, penso que hoje ninguém mais questiona esse fato que apontei há muito tempo, recebendo em troca o desprezo de colorados.

Mas voltando à batada do Dunga.

O vice-presidente Marcelo Medeiros é candidato à sucessão de Luigi, chamado de ‘seminarista cansado’ por um seu desafeto rancoroso.

Marcelo disse depois da derrota para o Santos que o Inter tem time para obter melhores resultados.

É a senha. O treinador não está sabendo explorar o potencial do time maravilhoso que a direção montou. Sim, os dirigentes na hora do aperto sempre dizem que o time é bom e que o treinador é que não sabe tirar proveito disso.

Numa comparação com Renato, que pegou o bonde andando e quase saindo dos trilhos, Dunga está perdendo, e feio.

Essa comparação sem dúvida está sendo feita nos bastidores do clube. A mídia faz de conta que não vê. Evita a comparação porque aí teria que enaltecer Renato e diminuir Dunga.

O fato é que Marcelo Medeiros não vai permitir que sua candidatura naufrague por causa do treinador.

E Luigi, especialista em ganhar tempo, talvez tenha que agir rapidamente desta vez.

A torcida pediu Abel Braga, que ganhava R$ 1,1 milhão por mês no Fluminense.

Desconfio que ‘Celso Roth vem aí’.

Se gostou, compartilhe!

  • alexandre sanz

    E o Gabriel? era para ser a solução da lateral, tá jogando igualzinho a 2011, e hoje deve ta procurando o tal do Marquinhos até agora.

  • Francisco Coelho

    Chamado de BURRO já foi o Dunga. Agora é esperar a voz das ruas.
    Contra o Galo será o divisor de águas. Ganhando e convencendo vai buscar a Raposa ou definir em confronto direto. Claro que tem o Botafogo no caminho, mas pode engrenar melhor. O Botafogo não tem elenco grande e saindo alguém as dificuldades aumentam. Cruzeiro e Grêmio tem boas peças no banco.
    Renato tem de melhorar o tempo de trocas. Ficar esperando até o final da partida vai terminar complicando.
    A eleição gremista vai aumentar a divisão interna.

  • Jocelito

    Toc,toc,toc,isola Ilgo.
    Deixa o Dunga trabalhar!Tomara que permaneça!
    Se o Roth,assumir,arruma esse time rapidinho!
    Em time que está “perdendo”,não se mexe.

  • walter borba

    Ilgo e colegas de blog…

    Segundo a imprensa IV ainda faltam 52 pts a disputar, ou seja, eles tem esperança.
    Alguém viu o xiliqui do Garnizé Dalessandro?

    Ilgo, nem fala que Renato está fazendo campanha melhor, pois é bem capaz de eles começarem a “aliciar” o Renato….kkkkkk
    Igual fizeram como o Profexô, ameaçando de contrata-lo, e de certo modo, forçando a renovação do contrato com o Luxa.

  • Eduardo

    Lá, lá, lá, lá lá, lá!!!

  • Lengo

    Não vamos atacar o dunga, vamos deixar q a mídia vermelha continue dizendo q ele é um grande treinador e não é o culpado pela fase heheh dunga tem q continuar kkk

  • Rafael M.

    GENIAL o novo matemático do Corneta do RW, o Alegrão Garcez. Mito.

  • Ilgo, teu comentário sobre o RW, chamando-o de abonado, surtiu efeito: ele vai te acompanhar no Sangue de Boi!!! Eheheheheh.

  • Lucas Panambi

    Não deixem de ler no Blog do Demian: http://www.blogdodemian.com.br/2013/09/gremio-110-anos.html.
    Magnífico texto sobre o Grêmio e seus 110 anos a serem completados no próximo domingo.

  • Gabriel

    Ilgo sabes que quando contrataram o Gabriel, postei a cronologia da paixão : seria exaltado, eleito melhor lateral do gauchão, pedido para seleção na copa das confederações, em agosto teria cabeça a prêmio.
    Não chegou nem a metade que imaginei…

    Grande participação tua no ganhando o jogo, levando a mesa muitos pensamentos apreciados por mim aqui no blog , principalmente sobre ao acréscimo de qualidade dos atletas ausentes, que quando retornarem ao time, fatalmente obrigará Renato a mudar o esquema ; aquela do ouvinte do “empatando o jogo” foi uma das melhores contribuições do Facebook ao programa hehehe, fiquei mais de 5 minutos rindo.

    Podes avisar no blog quando vai participar novamente? Quase não ouvi hoje.

  • rama

    Não!!!
    Deixa o cara fica até o fim do ano, porra o inter paga tanta gente da imprensa para falar bem do anão de jardim e o de fala fina e vcs querem derrubar o cara, deixa o dunga ai, acho que os gremistas deviam começar uma campanha fica dunga!!!

  • Daniel Scherer

    Texto do Mauro Beting sobre o aniversário do Grêmio. Sem palavras.

    110 ou 220?

    Grêmio. Desde 1903.
    Não importam números, embora 1983 encerra discussões.
    Não importam ou exportam nomes. Mas Lara é tema eterno. Portaluppi fez o planeta mais azul. Aírton é pavilhão. Iúra foi símbolo. Scolari faz cátedra. Foguinho acalenta. Valdo esfria. Everaldo rima e é seleção. Jardel é cabeça. De León é corazón. Alcindo é bugre. Gessy é Grêmio.
    Vocês são Grêmio onde ele estiver.
    A pé, em pé, caído em segundas divisões, primeiro em Libertadores e Mundial, veterano copeiro, imortal vencedor de jogos eternos. Aflitos e Olímpicos, Moinho dos Ventos e Arenas, Baixada e no Humaitá, azedo na Azenha, doce e amargo, Grêmio e Tricolor.
    Até ganhar o BR-81 não era visto por Rio e São Paulo. Quando fez a América e fritou o Hamburgo passou a ser mais respeitado. Mas só passou mesmo a patrola na patrulha paulista e carioca quando foi parrudo e marrento ganhando as Copas do Brasil. Quando não era favorito para a mídia. Mas foi melhor que o Flamengo em 1997, no tri. Quando foi melhor que o Corinthians em 2001, no tetra.
    Ninguém dava bola ao Grêmio. Mesmo campeão da Copa do Brasil em 1989. Mesmo bi em 1994.
    Ninguém dava crédito ao Grêmio. Mesmo campeão da América em 1995. Mesmo vice nos pênaltis para o grande Ajax.
    Muitos davam perdido o título brasileiro de 1996 até o chute final de Aílton.
    Quase todos davam perdido o acesso em 2005 no pênalti de Galatto. No gol de Anderson que nem o mais fanático gremista (redundante) acreditava no fantástico e fabuloso.
    Se é que gremista nasceu para não acreditar no Grêmio.
    Ele não torce. Ele acredita.
    Ele é Grêmio.
    Eles são Grêmio para o que der e vencer. Mesmo que não venha, eles vão.
    Fanáticos e fantásticos como tantos torcedores de tantos times com mais ou menos conquistas.
    Mas os que são tricolores, que são gremistas, que já sofreram com o rival figadal, que já foram fidalgos ou não, esses parecem saber de algumas coisas que não sabemos quando o time deles joga.
    Eles sabem que é possível. Podem ter menos time que os rivais. Podem ter menos dinheiro. Menos poder. Menos midia. Menos gente.
    Mas eles nunca têm menos torcida. Jamais têm menos fé.
    O poder do Grêmio é esse.
    Eles mais acreditam que torcem. Eles se acham mais predestinados. Guerreiros. Imortais. Invencíveis.
    Claro que eles não são tudo isso.
    Mas vá enfrentá-los! Em campo e nos bancos. Nos botecos e nos batuques. Nas bolas e nos papos. Na grama e na fama.
    O tricolor não verga. Ele esgrima. Ele Grêmio.
    Pode não vencer. Mas ele vai lutar.
    É preciso respeitar até quando não se gosta e não se tolera e entende.
    É preciso ser um pouco Grêmio para vencer o brasileiro mais uruguaio. Mais argentino. Mais alemão. Mais Grêmio.
    É preciso ter um pouco dessa alma de avalanche para atropelar quem estiver pelo caminho.
    Você pode não gostar do jeito, do jogo, dos modos, dos meios.
    Mas você tem de respeitar essa história. Tem de entender essa glória. Tem de admirar essa gente cujo hino é de um Lupicínio que cantava a dor-de-cotovelo de corações dilacerados e compôs uma letra que poucos clubes têm: não fala de conquistas de galerias de troféus. Fala de sofrimento e encantamento de quem torce. De quem ama. De quem acredita.
    De quem é Grêmio antes de ser gente. De gente que é Grêmio antes de ficar e ir a pé onde ele estiver.

  • Francisco Coelho

    Eu não voto mas se eleitor ficaria com a 7 pois não sou de ficar no muro.

  • Jocelito

    FANTÁSTICO!!!!!!!!!
    Emocionante esse texto do Mauro Beting!
    Já era fã do cara,agora então…

  • Jocelito

    Gabriel,pelo menos uma coisa tu errou. He he he
    O melhor lateral do Gauchão foi o Ednei do Veranópolis!
    O restante o”valente da fronteira” se encarregou de falar,e, acabou mordendo a língua.
    Bem feito pra ele.Só fala m..

  • ilgo

    Realmente imperdível o texto do Betting sobre o Grêmio.

    Gabriel, eu vou raramente ao programa porque é muito difícil estacionar ali na área da Caldas Jr, mas na próxima eu informo aqui. Tentei puxar o Celso Roth vem aí, mas o Reche não se entusiasmou.

    Alex, não vai nessa do RW. Ele diz que vai beber o Sangue de Boi, mas o negócio dele é Casillero pra cima. É que ele não quer nos humilhar, ehehehe

    Não vou votar na eleição do Grêmio.

  • Gabriel

    Jocelito errei o prazo também, mas acredito que se não houvesse a lesão em agosto ele ia para a berlinda hehehe

  • Todos elogios ao Mauro pelo belíssimo texto! Mesmo Palmeirense roxo, ele mostrou seu lado jornalista, escritor… ele nos entende!