Caso Aranha: Grêmio precisa reagir

Há uma campanha sórdida em andamento. Um movimento que busca atribuir ao Grêmio a pecha de clube racista. Mais do que isso, o mais racista do país.

Acontecem atos de injúria racial seguidamente em todos os locais. Um jogador do Inter (Victor Cuesta) foi acusado recentemente. E ninguém fala mais nisso. E se fosse um jogador do Grêmio?

Com certeza seria incluído no programa que a TV Globo anuncia para esta quarta-feira, dia 19, quando volta a abordar o caso Aranha dentro da temática do racismo.

A emissora, em seu site, apresenta assim o programa:

‘O repórter Guilherme Belarmino acompanhou o goleiro Aranha, da Ponte Preta, que no último fim de semana jogou em Porto Alegre contra o Grêmio. Durante o jogo, o goleiro foi vaiado toda a vez que pegava na bola. Há três anos, o Grêmio foi desclassificado da Copa do Brasil depois que a torcida atacou o então goleiro do Santos com ofensas racistas.’

O Grêmio já foi dura, e injustamente, punido. Afinal, respondeu pelo desatino de uma torcedora (não de uma torcida, como faz crer a reportagem). De nada adiantou identificar e responsabilizar a infeliz.

O goleiro Aranha, ciente de que seria destaque do programa sobre racismo, veio preparado. Foi um ator o tempo todo. O cinegrafista estava atento, esperando, por certo, outra manifestação racista. Que não veio. Imagino a frustração da equipe de TV.

No final, fez cara de vítima para os repórteres. Bem diferente daquele Aranha agressivo e homofóbico dessa entrevista de abril deste ano.

ARAPUCA

Foi armado um circo dentro da Arena. Eu diria que foi armada uma arapuca. Vai que no clima tenso do jogo aparece outro torcedor desvairado…

Agora, triste também a postura de certos jornalistas da aldeia, aliás os mesmos que cobraram punição exemplar ao Grêmio naquela ocasião e que hoje se calam sobre o caso Victor Cuesta.

Gente que conhece a história do Grêmio e ainda assim o rotula de clube racista. (Uma história que o jornalista Léo Gerchmann conta em detalhes em seu livro ‘Somos azuis, pretos e brancos’.)

Um clube que tem o negro Everaldo, em forma de estrela, em sua bandeira. Que teve em seu Conselho Deliberativo um negro, Alceu Colares, que acabou governador do RS.

Aliás, o estado mais racista, segundo o goleiro, já elegeu um negro.

Penso que está passando da hora de uma tomada de posição mais firme da direção contra essa tentativa de colocar o Grêmio como referência de racismo no futebol.

Se demorar mais um pouco, será tarde demais.

 

 

Se gostou, compartilhe!

  • Antonio

    Olha, tá chato esse negócio aí do Aranha. Concordo com sua opinião. Estou com medo que essa bosta da globo tenha arrumado alguma coisa que repercuta no restante do país. Tudo impulsionado pelos “tem que ter punição exemplar”. Se não arrumaram nada que comprometa o Grêmio, vou soltar foguete como se fosse umas das maiores vitórias tricolores. PORQUE O CIRCO TAVA ARMADO

  • Daniel Scherer

    Já existem boatos, eu disse boatos, de que foram colhidas imagens de torcedor novamente injuriando o goleirinho aracnídeo. Se for verdade se preparem.
    Ai eu pergunto: é justo punir e colocar uma pecha de racista em um clube e em 8 milhões de torcedores, pela atitude de 1???
    Se for assim, tenho a prerrogativa, como qualquer outro torcedor gremista, de vestir a camisa do Flamengo, Corinthians, ou Internacional (deus me livre) e entrar em um jogo destes times para proferir xingamentos e provocar a punição destes. Ou será que só vale para o Grêmio??
    E parabéns a direção que permitiu armarem este circo.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Olá, Daniel Scherer, ouvi ontem a noite uma informação que a reportagem e conteúdo do programa do gaúcho Caco Barcelos é exatamente para mostrar o que o Grêmio fez à partir de 2014 para coibir estas possíveis ações por parte da torcida e que ao saber disso é que Aranha reagiu ontem após o jogo.

      O Caco Barcelos é gaúcho, Gremista e em 2014 havia se posicionado contra a punição do clube por achar que foi um fato isolado de uma torcedora, mas reiterou na época que a questão do racismo era muito complicada de lidar no mundo inteiro.

      • Daniel Scherer

        Caco Barcellos é colorado copião. O resto agora é aguardar para ver se vem uma bomba ou apenas um rojão.

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          Sim, Daniel, vermelho na infância e Flamenguista desde a adolescência.

    • Antonio

      Esse é o meu medo

  • wilson santos

    A torcida do Fla passou o tempo todo chamando Renato de viado.
    Se fosse a torcida gremista chamando o fdp do Aranha de viado, o estádio seria interditado.

    A direção precisa tomar alguma atitude contra essa rede de merda, que quer ganhar um ibopezinho requentando um fato que parecia superado.

  • Serrano

    Olha, se no dia seguinte o Sr. Narciso Pavão de Tal e Tal, Procurador do digníssimo STJD, não “requisitar as imagens para estudar uma possível denúncia ao clube gaúcho”, acho que estaremos no lucro.

    Vamos à cronologia dos fatos – no que eu puder lembrar, ao menos?

    O Grêmio vai muito bem no Brasileirão… não, deixa eu refazer essa: o Grêmio é o obstáculo no caminho do Flamengão para alcançar o Curingão e juntos pontearem o campeonato…

    Há um jogo na Arena, onde jogará o goleiro aquele…

    A Rádio Guaíba comete o desaforo de “sortear” ingresso para o jogo a um dos mais detestáveis torcedores colorados, famoso por ter ameaçado o atleta Edílson… fica esperto, conheço uma gente aí, o que é teu tá guardado… o que um colorado quer fazer no jogo do Grêmio?

    Relatos dão conta que ele passa o tempo todo provocando no aquecimento…

    O time atropela o protocolo e entra antes…

    Muita, mas muita cera… a qual o inútil do juiz só assiste, talvez inibido em punir tão sofrido mártir… talvez instruído…

    Aquela entrevista no final do jogo, onde o filósofo moderno fala em “conceito de vida” e “ódio no olhar deles”… dramático demais pra ser casual…

    E agora a notícia que o programa esse vai falar de “Racismo”, mas parece que não é “Racismo Como um Todo”, nem mesmo “Racismo no Futebol”: que nada, é bem localizado e específico. Já saiu artigo por aí, inclusive, chamando essa Direção do Grêmio de Mau-Caráter.

    Não, não me venham dizer que é tudo coincidência.

    Todo ano novo, eu faço a promessa de tentar ser menos paranoico. Vai ter que ficar pra 2018.

    (Lembrei de uma outra: o Grêmio foi um dos autores da ideia da Primeira Liga. O que certamente desagradou Federações… e Emissoras de TV.)

    • Lucas Eduardo Pavão

      Quer outro exemplo para tentar nos desestabilizar? Uma simples frase do Renato foi explorada ao máximo, gerando quase guerra. Como se TODOS os times não secassem o Corinthians, mas ai eles supervalorizam uma declaração normal de um treinador, anormal seria se o Renato falasse o contrário? Não meu amigo não somos paranoicos, louco é o cara que acredita em papai noel e acha que não, o povo nos odeia, moro e morei muito tempo longe dos pagos e sempre o Colorado foi mais querido no resto do Brasil, já nós…….

      • Ilgo Wink

        o Grêmio é muito invejado, isto sim

    • Ilgo Wink

      Serrano, tudo que vc escreveu tem fundamento.
      Somos Todos Paranóicos

      • Serrano

        Tamo junto, Mestre Ilgo. Pelo que parece, juntos na desgraça que se avizinha. E como eu quero estar enganado.

  • varga carlos

    Mas que palhaçada é esta?
    Aonde está o Presidente do clube e a diretoria que não dão declaração alguma de contrariedade contra isto?
    Se o Presidente Romildo ficar calado depois de sair outra reportagem taxando o clube de racista novamente e vier com aquela fala mansa e conciliadora não da para esperar ele sair do clube ele tem é qui ser saído do clube.
    Me desculpem pelo que vou escrever mas esta merda tem que acabar,chega já basta de ver dirigentes mansos quando achincalham o clube e eles ficam de braços cruzados sem nada fazer DEFENDA O CLUBE PRESIDENTE PORRA.

    • Ilgo Wink

      sei que o jurídico está atento e só espera o programa ir ao ar para tomar medidas, mas depende do que for ao ar. por enquanto é só especulação.
      Eu acho que a Globo vai pegar leve depois da repercussão negativa.

      • varga carlos

        Tomara.
        Mas quanto as matérias e comentários do pessoal aqui do RS a diretoria pensa em mudar um pouco a postura?
        Se souber e puder me responder te agradeço, mas te confesso que esta postura mansa do Presidente já cansou.
        Eu tenho saudades de um dirigente tipo Élio dourado não passava este tipo de desaforo.

      • varga carlos

        Obrigado pela resposta e pelo espaço, tomara que isto seja feito em caso de outra barbaridade contra o clube e sua torcida.
        Mas acho que deveria fazer um grande barulho colocar nota de repúdio no site e pronunciamento em nome da instituição estou cansado desta coisa mansa quando achincalham o clube, as vezes tem que enquadrar esta turma de jornaleiros sem vergonhas que só denigrem a imagem do clube chega já basta DIRIGENTES DO GRÊMIO DEFENDAM O CLUBE DESTA GENTE.
        Me desculpem mas cansei disto.

      • AlmaAzulCeleste

        Ilgo, todos estão achando que o programa será para mostrar o lado do racismo, mas o programa poderá mostrar o que clubes como o Grêmio tem feito para coibir essas e outras práticas preconceituosas no futebol.. alguém sabe afinal qual o teor do programa a ser exibido? será que não estamos morrendo de véspera? Pelo que entendi da entrevista do Romildo, o Grêmio sabia que haveria uma equipe de reportagem na arquibancada neste jogo.

  • Gustavo Medeiros

    Tem gente que precisa dar uma pesquisada antes de sair escrevendo.

    _____

    Caco Barcellos, ou Cláudio Barcelos de Barcellos, nasceu na Vila São José do Murialdo, na periferia de Porto Alegre (RS), em 5 de março de 1950. Formou-se em Jornalismo em 1975, na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS). Conhecido por seu trabalho em Jornalismo Investigativo, vem realizando documentários e grandes reportagens sobre injustiça social e violência.

    Sua primeira experiência na profissão – quando ainda era aluno do curso de Matemática, que abandonou – foi na redação do jornal do centro acadêmico da faculdade. Tempos depois, junto com toda a equipe do periódico, foi convidado para integrar a redação do jornal Folha da Manhã (RS), do Grupo Caldas Júnior, onde trabalhou durante três meses.

    ….

    É torcedor do Sport Club Internacional, de Porto Alegre. Queria ser jogador de futebol profissional, mas não conseguiu convencer nenhum técnico sobre suas qualidades esportivas.
    ___

    • Lucas Eduardo Pavão

      Isto explica muita coisa…..mas agora vamos sofrer ainda mais, já era obrigado a ouvir besteira antes, agora vai ser pior, pois a Globo tem abrangência em todo o país. Tem horas que é difícil sempre ser a geni e ser taxado de Racista.

      • Fernando

        O meu consolo é que na hora em que esse programa é exibido o público está todo reunido ao redor de facebook e netflix. Aliás, deve sr por isso que arranjaram dessa vez uma pauta sensacionalista, para angariar, nem que sejam, ínfimos pontinhos de audiência.

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Nem esquenta com isso, Lucas, pois esta ótima fase do Grêmio faz até os urubulinos escreverem besteiras. Normal.

    • Ilgo Wink

      tem gente jurando que ele é gremista, mas que eu sei ele é colorado mesmo

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Acho que ele é de SM e torce pro Ypiranga de Erechim (kkkkk). Muito relevante, eu acho que ele é na verdade Flamenguista, e na infância hippie era vermelho fascinado pelo azul. Bah.

    • HENRIQUE MARTINS

      É torcedor do Sport Club Internacional ????
      Bingo………

  • Walter Luis Borba

    Está na hora da direção do Grêmio buscar a justiça postulando uma indenização à imagem no Clube.

    Isso passou do limite.

    Aranha achou no Grêmio o trampolim para aparecer, lamentável.

    O que é mais lamentável é a IVI dando pauta a este rapaz.

    No dia do jogo o primeiro a entrevista-lo foi o Julio Cesar Santos , da RBS…

    Foi coincidência?

    • Lucas Eduardo Pavão

      Não infelizmente desde que a tabela é montada e tem jogo contra o Time do Aranha, já sabemos que terá circo armado.Negócio é torcer para o Aranha para de jogar, ai virá técnico e segue a ladainha.

  • Querubini

    Atitude antidesportiva da Ponte Preta e do atleta Aranha ao participarem dessa armação. Merecem punição na Justiça Desportiva e comum. Como é que a Arena permite jornalista que não são da área esportiva ingressarem no estádio para tal fim. Espero reação da Direção e do Jurídico, a começar com uma coletiva de imprensa para denunciar e repudiar tal armação.

    • Fábio Viana

      Ilgo pode me corrigir, mas pelo que sei quem credencia jornalistas é ACEG.
      Portanto, dificilmente algum jornalista será barrado.

      • Daniel Scherer

        Mas se o estádio é particular o Grêmio pode sim determinar quem entra ou não. A ACEG não manda na Arena. Problema é a direção do clube querer comprar essa briga.

        • Fábio Viana

          Concordo.
          Se é mesmo a ACEG que credencia, se não estiver em lei, tem que mudar isso aí. Clube tem que defender seus interesses.

  • gremiocampeaomundial

    O problema é bem simples e parece estar óbvio a todos: o goleiro foi hostilizado por ser “persona-non-grata” entre torcedores, por ter protagonizado um episódio que culminou numa eliminação (ridícula, diga-se de passagem, e olha que fico ao lado do jogador no tocante ao racismo).

    Aí a imprensa vai fingir que as vaias não estão relacionadas à eliminação e ao contexto do futebol em si, mas que são elas próprias, senão um ato de racismo, uma apologia ao mesmo. E vai fazer isso sabe por quê? Não, não é pra beneficiar o Corinthians. É porque VENDE MELHOR! Eu ODEIO sensacionalismo. E o goleiro é débil-mental por estar bancando o inocente útil nessa história.

    Aliás assim como dei razão a ele quando se sentiu ofendido, estou ficando de saco cheio dessa história de acusação coletiva de racismo. Ou ele pensa que é uma acusação branda, que só ele fica incomodado do lado dele e nós do lado de cá achamos muito bonito sermos taxados assim? Nem estou falando mais sobre a imagem do clube, esse cara devia por a mão na consciência. Ele deve ter filhos pra dar exemplo, que não é só de igualdade entre brancos e negros, mas também de que existem pessoas boas e más em qualquer canto do universo, e disseminar o ódio indiscriminado é tão errado quanto racismo.

    P.S.: Tô sem saco pra esquadrinhar livro de regras agora mas acho que o PIFA ganhou roubado. Roubado, não roubando, já que a culpa foi dos Trapalhões de amarelo. Tem duas coisas que eu queria saber:

    1 – O Pottker não participa da jogada com um “corta-luz”? Se você está impedido e o passe é feito PRA VOCÊ é tão fácil assim se “desimpedir”? É só pular? Alguém já ouviu falar em “falta técnica”?

    2 – Digamos que o Pottker em si tenha o “direito de se desimpedir” legítimo pelas regras. Quando o assistente levantou a bandeira e fez o time do Luverdense parar não cometeu ele, assistente, uma espécie de falta técnica? Nesse caso o gol foi legal mas esse cidadão precisa ser enquadrado! O Luverdense não c*g* grana e pode ser rebaixado por dois pontos que perdeu graças a um trapalhão! Isso tem que ser esclarecido!

    • Fernando

      Eu não vi o jogo, mas corajosos que assistiram afirmaram que jogaram a mesma merda de sempre. A vantagem é que dessa vez teve gols.

    • Daniel Scherer

      Problema é que nem na varzea tu pode parar de disputar a jogada até escutar o apito do juiz. E os caras simplesmente acharam que pelo fato do bandeira ter levantado o lance estava invalidado, só que o juiz não é obrigado a seguir o que o bandeira sinaliza. Enfim, a boa notícia é que eles continuam não jogando bosta nenhuma, e a subida vai ser um parto a forceps.

      • Alexandre

        Não deveriam ter parado, mas é normal. Eles estavam de frente para o bandeira, viram ele levantar a bandeira (até entrar dentro do campo). Em 99,99% das vezes, o árbitro segue a marcação do auxiliar e para o jogo.

    • Fábio Viana

      Perfeito.
      Aranha lembra a injustiça acontecida aquela vez. Falo da punição do clube. Até pq membros do STJD não entram em campo para serem vaiados.
      Há tb o fato dele nunca ter eximido o clube e a maioria da torcida, e relativizado o fato há alguns poucos imbecis.

      Talvez, se não fosse o programa, ele não tivesse dado a infeliz declaração, mas como sabia que estava nos holofotes, aproveitou a onda.

      O estrago já está feito. Mesmo que o programa “pegue leve” com o Grêmio, a diversidade na forma como as pessoas interpretam as coisas levará uma grande quantidade(talvez a maioria) de telespectadores do programa a taxarem o Grêmio e a nós de racistas.
      Nenhuma nota, video ou campanha irá reparar/recuperar a imagem, que certamente sairá desgastada após o programa. Porém é imperativo que o clube faça tudo que estiver ao seu alcance para defender a instituição.

      Duvido muito que o programa irá mostrar que o tom das vaias não está relacionada a cor da pele, muito pelo contrário, como vc disse, a tendência é pelo SENSACIONALISMO.

      O ideal seria a torcida ignorar a existência do Aranha, mas com suas declarações pós-jogo fica dificil conter o pessoal.

      PS 1: A coisa é tão premeditada que o cartaz foi notoriamente feito por profissional. E as inscrições em vermelho? Que gremista usa vermelho em cartaz para NÃO falar do Inter, nunca tinha visto.
      PS 2: Se meu filho quer muito levar um cartaz pra Arena, ele mesmo que faz, com a minha ajuda, e digo mais pra vcs, nem nascendo de novo fica tão “profi” como aquele.

      Dá-lhe tricolor 3×1 hoje. Barrios(2x) e PR32.

      Abraços

  • Deny Camargo

    Sem querer ser o advogado do diabo, mas já sendo penso que o Grêmio tem que ignorar isso.

    A equipe vai muito bem dentro das 04 linhas com chances reais de ganhar 04 competições. Este deve ser o foco do clube. Não precisamos de distrações nesse momento tão favorável.

    Nessa era de redes sociais a repercussão de uma reportagem como essa dura no máximo “15 minutos” só o tempo de estourar outro escândalo em Brasília…

    Um dos motivos do Grêmio sair dessa seca de 15 anos foi parar de ser um clube “chorão” que todo final de jogo reclamava de arbitragens, e outros fatores extracampo, muitas vezes com razão, mas o fato é que time vencedor tem que passar por cima inclusive disso.

    Deixem a choradeira para os vermelhos que vão ficar mais um ano na B…Aliás depois desse jogo contra o Luverdense se tinha alguma dúvida de que não subiriam não tenho mais. Tiveram que parir uma bigorna para ganhar roubado do pior time do campeonato e ainda assim não entraram no G4. O bom é que garantiu o Guto por mais alguns jogos…

  • Alexandre

    Eu não gosto do Aranha, assim como a maior parte dos gremistas. Não por ser negro e nenhum pelo incidente das injúrias, e sim pelo que se sucedeu àquela noite. As declarações infelizes do jogador, rotulando gremistas e gaúchos como racistas, a cobertura da imprensa contra o Grêmio e a decisão do STJD que eliminou o clube da Copa do Brasil. Dito isto, o Grêmio, como instituição, precisa esquecer essa história. Não dá para dirigentes irem aos microfones falar mal do cara, isso é prejudicial ao clube. Bolzan e Hein deram declarações desnecessárias, que não fazer bem algum a imagem do tricolor para o resto do Brasil.
    Mudando de assunto, Grêmio vai sem Luan em Salvador. Era uma boa oportunidade para o Miller, mas … . Se o jogador não quer ficar (é o que tá parecendo), vende logo. Assim como o Gata.
    Por fim, a série B. Para mim, impedimento. Pottker vai em direção à bola e só para quando vê o companheiro chegando. É impossível a defesa não parar, ao ver o auxiliar agitando a bandeira, DENTRO de campo. Enfim, mais um jogo ruim deles, mas o nível é tão baixo que vão acabar subindo. Pelo menos está divertido de acompanhar.

  • Francisco Lanferdini Serafini

    Se dá muita audiência ao Aranha. O melhor é ignorá-lo.

  • Lucas Eduardo Pavão

    Só no aguardo de uma explicação por o tal de Jose me responder o porque de ter me ofendido em Post anterior. Aguardo……..Como é um fake não tenho como me defender. Mas Jose apareça….

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Lucas, ignore os Urubulinos, é só assim que todos reagem e agora existe o ”Ninho dos Urubus” e como diz o Cacalo, cada um na sua turma.

      • Lucas Eduardo Pavão

        Verdade,mas se reclamam tanto dos Fakes, porque usar a mesma coisa, mas tá certo,para algumas pessoas ser otimista e sempre procurar tirar as coisas boas de alguma coisa é puxa saquismo e chapa branca. Bom mesmo é ser azedo e reclamar de tudo, não podem ser contestados que se doem e alopram,o cara quer ter razão, não torcer para o clube.Muito comodo ser engenheiro de obra pronta ou Técnico sem nunca ter treinado o time do quartel pelo menos (ai é só pauleira hehehe).

  • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

    Ilgo & ”Amigos”, só Peru morre na véspera, aguardemos os fatos após a derrota do Aranha na Arena.

    Segunda Divisão

    Ontem tivemos mais um capítulo do nível que será o ano dos vermelhos em 2018 SE eles vão realmente voltar desse inferno horroroso onde estão metidos, e observem bem que no momento que aquele monte de jogadores pangarés correm atrás da goleira próximo a mureta da torcida comemorando o gol roubado, um torcedor pula para dentro do gramado do Circo para abraçar os caras e o câmera da Sportv muda o foco da imagem imediatamente, mas está lá, observem bem.

    Como é com o time da IVI, parece que não houve nenhuma manifestação hoje sobre este fato, aí, ficamos então imaginando se fosse com o Grêmio qual seria o tamanho da repercussão ?????

    Vejam a imagem e Pensem nisso.

    • HENRIQUE MARTINS

      O que aconteceu ontem é um retrato de um clube que vive às custas de favores.
      O juizão como de fato, muito suspeito.
      E o pior de tudo é ouvir o tal de Diore comentando “sempre” a favor dos reds.
      Não sei o que é pior:
      Se este famigerado clubeco ou a IVI ou tal partido político de mesma cor.

  • Robert Plant

    O assunto do post é cansativo demais. Este país está cansativo demais. É um Grenal piorado, tudo o que poderia ser dito sobre o assunto, já o foi e à exaustão. Quanto ao lance decisivo ao final do clássico Luvernal desta última terça, escutei a vida toda que “participar” do lance, “desviar a atenção” do zagueiro, configurava-se impedimento. De ontem para hoje aprendi com os “especialistas” que a regra 11 explica que não basta ter a intenção, o jogador tem que tocar na bola. Ok, lembrarei disso no futuro.

    • Robert Plant

      Li dois tweets do novo sala agora. Num diz que Sálvio Espinola anularia o gol. Noutro, diz que ele anular “não significa que ele esteja certo porque é lance de interpretação”. Ora, ora senhores. DE ontem até bradavam tal qual um padre conservador num sermão: “Porque a regra 11 diz que o jogador tem que tocar na bola”. Agora virou lance interpretativo?

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Robert, estão conseguindo ”Novelettar” a Série ”B”,amigo, e eu aprendi com a ”IVI” que quando é à favor do Inter vale tudo: interpretação do árbitro, lance difícil, bola na mão, nunca é mão na bola, o árbitro sempre acerta, mudam a regra no estúdio.

        Só nos últimos 30 dias nós tivemos 4 pênaltis num jogo à favor deles, um time de Pelotas que tirou 7 jogadores do jogo porque tinha que poupar, mas logo depois teve uma demissão de um diretor, disseram que a luta deles era para escapar da série ”C” 2018, que não iriam disputar o acesso em 2017 e levaram ”todos os poupados” para BH e PE.

        Para completar essa baixaria vermelha estampada e escancarada no RS, em seguida o time envolvido nisso conseguiu trazer emprestado ”sem custos” nenhum nem de salários até 31/12/2017, dois jogadores do Beira Rio, mas eles com uma cara de pau daquelas ainda dizem que isso é do futebol, é normal.

        Não é fácil ser Gremista no RS, ”INCLUSIVE”, nem mesmo entre Gremistas ultimamente, pois o que alegam e escrevem é que criticam ”para ajudar” até quando o time ganha de 6×3 na casa do adversário ou vem numa sequência vitoriosa em três competições seguidas, haja Bardahl e Gimo Cupim, meu amigo, e vamos rindo.

  • Alexandrebg

    Ética, uma palavra tão curta e que poderia renovar positivamente todas as relações pessoais, profissionais, esportivas…
    Faltou ética aos jogadores do binter que continuaram a jogada e se beneficiaram, após perceberem que os jogadores da Luverdense estavam parados.
    Mas como esperar ética de um clube como este, depois de tantos exemplos das suas direções, no sentido contrário?

  • AugustoCaçadordeCríticobesta

    Grêmio é racista sim, seus torcedores também o são, e esse sujeito Ilgo não sei das quantas consegue ser pior que todos. País de hipócritas.