Atuação preocupante e derrota frustrante

O Grêmio com o melhor que havia para o momento perdeu de 1 a 0 para um adversário instável no campeonato e sem torcida. Tudo indicava que a vitória viria ao natural, sem maior esforço, e isso deve ter contribuído para o desempenho preguiçoso do primeiro tempo. No segundo, o time tomou vergonha na cara, acordou em campo, mas continuou jogando um futebol opaco, sem brilho, sem criatividade.

Para alguns, ou muitos, o Grêmio jogou a não fazer, pedindo para perder para poder dedicar-se unicamente à Copa Libertadores, prioridade das prioridades da direção e de nove entre dez gremistas – sim, tem gente que na dúvida optaria pelo Brasileirão, cujo título ficou ainda mais distante.

Quero alertar apenas que o Grêmio não joga sozinho. Há um adversário a ser superado. No caso deste sábado, o Vasco do técnico estreante Zé Ricardo, que armou um esquema que podemos definir como humilde e respeitoso.

Zé Ricardo reconheceu a superioridade técnica do Grêmio e tratou de anular seu ponto forte, que é toque de bola de um lado para o outro diante da grande área. Então, ergueu duas muralhas móveis para neutralizar a articulação gremista. Deu tão certo que o goleiro Martin Silva pouco trabalhou. Que eu me lembre, sua defesa mais difícil foi um chute de Fernandinho.

Numa escapada, aos 42min, o Vasco fez o gol. Na verdade, achou um gol, numa bola em que a marcação foi frouxa no setor direito e inexistente no lado esquerdo, onde Mateus Vital apareceu livre para cabecear. Fora isso, o Vasco teve outro lance perigoso, com Marcelo Grohe salvando.

Então, quero reforçar que foi uma atuação ruim do Grêmio, preocupante,  até porque estamos à beira de um jogo pela Libertadores, mas qualquer análise também passa pela estratégia do adversário.

Os treinadores mais atentos e com humildade suficiente para armar esquema com maior capacidade de contenção já sabem o que fazer diante do Grêmio. Vamos ver o que fará o técnico Jair, do Botafogo.

Claro, sempre torcendo para que Luan e Geromel possam jogar. Luan é o toque de arte, e Geromel a liderança que anda faltando atrás, embora Bressan não tenha comprometido.

 

BOTAFOGO

O Grêmio tem a vantagem de 24 horas sobre o Botafogo, que enfrenta o Flamengo neste domingo, 19h, a três dias do jogo contra o Grêmio. Jair vai com força máxima. Afinal, trata-se de um clássico.

Um Botafogo mais desgastado irá enfrentar o Grêmio.  Em tese isso é bom. Mas aconteceu algo parecido com o Cruzeiro e o Grêmio foi eliminado da Copa do Brasil.

Se gostou, compartilhe!

  • Heraldo

    MEDO…….

    • Ilgo Wink

      Acredito na vitória sobre o Botafogo. O Grêmio completo e realmente focado – não foi o que aconteceu ontem – vence o Botafogo, com todo respeito.
      Dias atrás o Grêmio, este mesmo, tocou 5 no Sport, que se equivale ao Vasco. Mas era na Arena, com a torcida em cima, fiscalizando

      • Jorge B. Vieira

        A qualidade do nosso jogo nos últimos dois meses, com os titulares jogando poucas vezes, é preocupante. Tu acredita, diante do que tem sido visto, no fundo mais fundo da tua mente, que o jogo com o Botafogo é jogo jogado?

        • Detective

          Eu, não.

        • Ilgo Wink

          Jogo jogado? Existe isso?
          é claro que nada está definido, mas vejo o Grêmio superior ao Botafogo, e o parâmetro para avaliar isso é o campeonato brasileiro.

      • Márcio Tubarão (PDF FIFA)

        Tudo bem Ilgo, mas uma pessoa que ganha R$ 200.000 não precisaria ter fiscal… deveria, com muita alegria e dedicação, realizar seu trabalho. O pedreiro que “vira massa” o dia inteiro, cinco dias por semana, e ainda ganha um salário miserável, não tem condições de trabalhar com pouca vontade ou entrar em uma obra desfocado… ele é despedido caso isso ocorra. Já os jogadores do Grêmio podem “perder o foco”? Sinceramente, eles deveriam ter vergonha.
        Agora teremos o Botafogo. Acho que será uma parada duríssima. E com a bola que o Grêmio anda jogando (ainda mais machucado pela eliminação na CB-17), o Botafogo entre com muita vantagem neste duelo.

  • Cuca Beludo

    PQP que molezaaaa !!!!!!!!
    Time ta precisando descansar mais, tão tudo cansado.

  • Jorge B. Vieira

    Minha hipótese para o momento broxante é resultado da conjugação dos verbos priorizar e preservar.
    Qual foi a gana mental dos boleiros para o jogo de ontem diante do discurso do treinador e da direção na prioridade da Liberta? Eu sou um torcedor que nunca quer perder. Tomar 5 do Santa Cruz, perder para o São Paulo de Rio Grande, entre outras, é algo que me machuca, mas parece que para o treinador e os boleiros é irrelevante. Jogar três vezes com o Novo Hamburgo, não ganhar, e dar adeus melancolicamente ao gauchão é dilacerante, ao menos para minha mente.
    Qual foi o discurso do nosso treinador no vestiário ontem, antes do jogo, mandou jogar a morrer para os três pontos ou mandou moderar o desgaste tendo em vista a decisão da quarta?
    Eu tenho péssima lembrança dessa estratégia, em 2007 priorizamos, não ganhamos e fomos humilhados pelo o Boca e fomos mal no brasileiro. Já em 2011 como o mesmo treinador, mesma coisa, e a água bateu na bunda, horrível brasileiro e retorno do Roth. E agora novamente o mesmo roteiro. Nossa grande sorte é que encaixamos boas partidas e pântano da segundona não assusta. Mas nada garante que a Liberta esteja favorável, se a qualidade do nosso jogo não melhorar muito e nos dois últimos se jogou muito pouco.
    Time com estratégia vencedora joga todas, vou repetir todas, as competições com a mesma vontade e não é o que vem ocorrendo.
    Ter orgulho de estar em inúmeras competições para depois priorizar é possibilitar uma visão perdedora da instituição.

  • wilson santos

    Jogaram troteando e se poupando com a cabeça na LA, com medinho de se machucarem.
    Foram moloides, toque pra la e pra ca sem definirem nada, a postura foi irritante.

  • GremioSempre

    Certeza que contra o Botafogo será outro jogo…LA

  • Márcio Tubarão (PDF FIFA)

    Ontem ficou claro que o problema não é o cansaço. Os jogadores tiveram tempo suficiente para isso. O Grêmio largou o Brasileirão duas vezes… e bem na nossa cara.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Grande Márcio, tu percebeu isso só agora, amigo ????? Eu sabia disso antes de começar o campeonato, porém, até o dia 28/05 no jogo contra o Sport em Recife eu ainda alimentava alguma falsa esperança, mas ali acabou.

      • Márcio Tubarão (PDF FIFA)

        É meu grande amigo, Copião. Depois da partida de sábado, com tudo que ocorreu hoje, é capaz de terminarmos o Brasileirão em terceiro ou quarto. E considerando a bola que o Botafogo está jogando, o estado anímico começa a baixar. Não estou dando como perdido… não joguei a toalha. Mas nos últimos jogos, nosso amado tricolor não vêm dando sinais de confiança.

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          Que é isso, Márcio, temos que confiar, pois tínhamos Giuliano, Wallace e Pedro Rocha, aí, o nosso Treinador Renato (tem um bocó aí que o chama de ”Joel”) trouxe o Michel, fez o Ramiro jogar 100% dos 30% que jogava, firmou o Barrios e fez até o Fernandinho jogar mais. Segue o ano.

          • Márcio Tubarão (PDF FIFA)

            Não, não… coo eu disse, eu não desisti; não atirei a toalha. Mas, de fato, o time não está inspirando confiança. Esperamos que isso mude na quarta.

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            Amigo, mesmo que alguns não gostem de ler isso, é visível que existe um desgaste em setembro, mas eu confio amplamente no clube e nesse time até o fim do ano:

            Marcelo Grohe, Edilson ou Léo Moura, Geromel, Kannemann e Cortêz.
            Michel, Arthur, Ramiro, Luan, Arroyo e Bárrios
            .

            Não vejo o Fernandinho nem Éverton ou Beto Silva titulares, pois os dois primeiros sempre entram bem na metade do 2º tempo e teremos ainda a volta do Douglas.

            Foi evidente que contra o Vasco o time tirou o pé (também não gostei disso), pois não recebemos nenhum cartão amarelo, se bem que este time do Renato comete poucas faltas, e era quase certa a vitória do Santos no domingo. Que pena.

          • Márcio Tubarão (PDF FIFA)

            Gosto dessa configuração. Vamos torcer para que a vontade de vencer volte para comemorarmos mais uma vitória do nosso tricolor.

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            Márcio, 4ª feira será outro jogo, estou convicto disso. Aguardemos.

          • Fabiano SC

            Copião, ele precisa refazer a magia, pois Ramiro voltou aos 30%, Fernandinho não é Pedro Rocha e Barrios não vem conseguindo ser decisivo. Não é corneta, apenas constatação de não sermos o mesmo time de meses atrás. Venho falando que demos o azar de justo neste ano as copas serem longas; fosse como antes e as finais nos teriam pego no auge. Temo termos virado o fio, torçamos para que não!
            Quanto ao brasileirão, tento e tento me enganar e acreditar, esquecendo que a direção passou aos atletas a convicção de que ele não é importante, que não está nos planos ganhá-lo. Os torcedores queremos ganhar tudo, mas os atletas não são movidos pela paixão, imagino que apenas esperam atingir os objetivos traçados pelo empregador, e o campeonato brasileiro parece que nunca é objetivo traçado pela nossa direção.

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            Sim, Fabiano, entendo e aceito teu ponto de vista. Como perdemos o Pedro Rocha e eu acho que Fernandinho vinha mesmo numa crescente, é evidente que com Geromel e com Luan o time estaria diferente.

            Porém, mesmo que alguns não gostem de ler isso, é visível que existe um desgaste em setembro, mas eu confio amplamente nesse time até o fim do ano:

            Marcelo Grohe, Edilson ou Léo Moura, Geromel, Kannemann e Cortêz.
            Michel, Arthur, Ramiro, Luan Arroyo e Bárrios
            .

            Não vejo o Fernandinho nem Éverton ou Beto Silva titulares, pois os dois primeiros sempre entram bem na metade do 2º tempo e terem os ainda a volta do Douglas.

  • Deny Camargo

    O Renato demorou demais para mudar o time. Faltou um atacante do lado do Barrios. Fernandinho não rende como segundo atacante. Com isso o Grêmio perdeu velocidade. Quando entrou o Everton o time finalmente começou a entrar na área do Vasco e as conclusões apareceram.

    Já no intervalo o Everton deveria ter entrado.

  • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

    QUERIDOS AMIGOS, ACORDEM !!!!!

    Façam como eu (desde 28 de maio contra o Sport) que ainda tinha uma esperança, e agora também o nosso bom Corneta do RW (em 10 de setembro) = desistam.

    Parem de querer fazer o óbvio, chover no molhado, é perda de tempo, é stress desnecessário, é remar contra a maré, é andar de costas e não querer ver à frente o que disse a Direção ainda no gramado da Arena na comemoração do Penta da Copa do Brasil 2016, mas todos esqueceram, pois estavam bêbados.

    Foi com voz forte e em bom som que eu ouvi do Presidente que em 2017 o nosso Grêmio iria ”buscar” o gauchão, Copa do Brasil, Libertadores e o G4 do brasileirão, pois nosso orçamento ”ainda” não permitia loucuras porque não temos uma Crefisa ou Parmalat à disposição do clube à qualquer momento.

    É evidente que todos nós estaríamos aqui falando apenas de Libertadores SE as Taças do Gaúcho e Copa do Brasil tivessem vindo, mas isso é passado, acabou, desistam, pois o fôlego é para seguir buscando a Libertadores que nos leva ao Mundial e manter o G4.

    É evidente demais, está claríssimo na mente de todos nós que a Libertadores ”não está garantida”, mas é perda de tempo absoluto querer fazer chover no molhado o tempo todo, todos os dias ”em vão” só para deixar registrado o que todos já sabemos desde a conquista do Penta. Fato.

    Mudar o rumo do percurso no meio do caminho só porque é vice-líder do Brasileirão desde o início jogando com times C, ou mistos em 4 ou 5 jogos ”ATÉ” a 22ª rodada, é o mesmo que viver aplaudindo vitórias e criticar nas derrotas, aí, é bem cômodo ser comentaristas de resultados, sustentadores de ”teses”, e isso, a IVI já faz para amansar ou apaziguar a enorme crise colorada no RS, e muitos Gremistas já embarcaram nessa a muito tempo.

    Imaginem o Grêmio Grande do Sul, Hexa da Copa do Brasil, com Renato Portaluppi de treinador, ser Tri Campeão Brasileiro com ele jogando assim com seus mistos desde 28 de maio com time ”C”, ou com times alternativos em outros 3 jogos, a Urubulândia batizada pelo Ilgo iria sumir, enfartar e se esconder em Sarandi, Recife ou em Colônia na Alemanha ….. Pois é ….. ACORDEM.

    Cornetas são muito boas, mas 15 anos ”pra mim”, foi realmente demais.

    • wilson santos

      O orçamento dos gambás também não permitia, devem até a zorba, mas foram campeões paulistas com varios times da serie A e serão campeões do BR. Ficar sempre arrumando desculpas pros fracassos eh o caminho pra mais 15 anos sem titulo.

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Wilson, ”os gambás” receberam 17 milhões da TV e 5 milhões de premio pelo título paulista com 18 jogos e o Grêmio recebeu 12 milhões da RBS pelos 15 jogos e não existe cota de premio em dinheiro ao campeão gaúcho.

        No orçamento ”dos gambás” para o brasileirão, entram 170 milhões da Globo e ao Grêmio apenas 60 milhões, e todos os clubes brasileiros devem ”a zorba” a muitos anos.

        Durante os 15 anos sem títulos, todos nós ficamos aqui criticando tudo, e todos, o tempo todo, e desde o ano de 2001 a 2003 que não jogamos um futebol tão bonito e convincente.

        Portanto, amigo, quando a maioria está apoiando o clube e o time num momento realmente positivo onde ele chegou na semi final do gaúcho e da Copa do Brasil perdendo nos pênaltis na casa do adversário, e está vivo nas duas competições mais importantes do ano, isso não é arrumar desculpas e nem são fracassos, pois sempre do outro lado haverá um adversário.

        Nem a Crefisa ou o apito amigo do Corinthians que neste ano anda até sumido ganham TUDO, todos os anos aqui no Brasil onde existem somente dois títulos importantes disputados sempre por 12 ou 14 clubes, Wilson. Acredite, o ano ainda não terminou.

        • GremioSempre

          Perfeito copião , bem isso.

        • wilson santos

          Qualquer torcedor sabe que os gambás recebem muito mais que o Grêmio.
          No entanto, a construção da Arena corinthiana lançou o clube numa impagável, estão quebrados, há mais de um ano não pagam parcelas do financiamento da Arena. Para efeito de comparação, é só analisar o elenco deles, é fraco, estão nessa posição por sempre jogarem com a corda bem esticada.

          Ademais, cada um vê à sua maneira, eu não vejo nada de positivo chegar a uma seminal de um Gauchão, quando o título é quase obrigação e à semi-final da CB, quando tinha amplas possibilidades de título.

          Na LA e no BR sim, vejo campanha positiva por enquanto, mas fica aquele sentimento que podemos mais. Quando o time é bom, a cobrança é maior. Por exemplo, aquele time de 2008, foi longe demais, era um time bem limitado, fez mais do que se esperava deles.

          E não é porquê alguns torcedores apontam erros em determinados jogos que eles não apoiam o clube. O próprio Renato disse que o time foi mole no jogo contra o Vasco, essa é a queixa da maioria dos torcedores.

          Só penso que estamos deixando passar a oportunidade de fazer história nesse ano.

          Contra o Vasco o time entrou pensando que podiam ganhar a qualquer momento, como disse, tem um adversário do outro lado, os próprios jogadores precisam assimilar isso e jogar com mais empenho, com mais foco, foi triste de ver o toque toque eterno sem objetividade alguma.

    • Jorge B. Vieira

      Brasileirão “garrei nojo”, mas o que dizer para os torcedores que locam uma cadeira para uma temporada? Devem ir no procon e reclamar da propaganda enganosa? Como explicar uma decisão dessas para os patrocinadores? E aqueles que compraram o pay per view, são tontos? Já ouvi, ou li, que o segredo das conquistas era planejamento, mas desistir no meio da temporada?

      No limite da discussão, o que a direção e o treinador fazem é debochar da torcida.

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Jorge, só para lembrar que todos nós ”garremos nojo”, porém, eu ainda tinha esperanças até 28/05/2017, mas à partir daí, ficou valendo o que disse o Presidente durante a conquista do Penta da Copa do Brasil com Renato Portaluppi de Treinador e é o que estão fazendo porque estamos muito bem colocados nas duas competições do 2º semestre.

        Pelo retorno que a nossa torcida dá desde 2003, o pay-per view foi o fator determinante para a Globo assinar com o Grêmio ”ainda” em 2017 com uma cota superior ao Inter, por exemplo, que teve que assinar com o Esporte Interativo perdendo muitos milhões de 2019 à 2024, e o quadro social do Grêmio pulou de 88 mil para 123 mil no torcedômetro desde a conquista da Copa do Brasil com Renato Portaluppi, pois com Roger Machado o time não ganhou nada, voltava para casa goleado tomando vários gols de bola aérea.

        É evidente que no limite da discussão, o ano também ainda não terminou, e é por isso que eu vejo nas redes sociais uma ”tentativa” de depreciação do bom trabalho administrativo e técnico até o momento, mas isso serão sempre ”teses”.

        Como disse o Blog do Demian Diniz, a IVI está em pânico, pois é difícil agradar a ”IVI”:

        Quando poupa titulares, criticam o Grêmio.
        Quando coloca os titulares, criticam o Grêmio.

        Abraço e boa semana.

    • Detective

      Concordo.

  • wilson santos

    E quando a direção e Renato pensaram que tinham se livrado do brasileirão, os gambás vão e perdem.
    Acho que vão precisar se esforçar um pouco mais pra se livrar do “estorvo” do BR.

  • Ilgo Wink

    Renato tinha razão: o Corinthians está mesmo despencando. O problema é que o Grêmio patina e não aproveita para encostar no líder. Tudo isso é muito frustrante. Resta mesmo é a Libertadores, nosso maior objetivo e que agora parece ser o único.

    • Mauro

      Sim, até o SINPOF nos tirar da Libertadores como nos tirou da Copa do Brasil.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Você está parecendo o Kleber Grabauska com este repeteco (kkkkk).
      Mas é mais ou menos por aí.

  • Serrano

    Faz três jogos fora de casa que o Grêmio perde. Um com reservas, mas enfim.
    Faz três jogos fora de casa que o Grêmio não faz um mísero golzinho. Até de pênalti ficou difícil.

    Estou oficialmente com medo pra Quarta.

  • Davi Calil

    Ando preocupado com a saída do PR32. Um dos principais jogadores da espinha dorsal do time. Fernandinho e Everton passam longe de ser o substituto ideal por varias razões: Movimentação, posicionamento, empenho tático, além de ambos serem jogadores de segundo tempo ou contra ataque e não para o modo de posse de bola como o Grêmio joga. E por esse motivo o meu temor com a LA. Botafogo vem retrancado explorando os contra ataques tanto em casa como fora. Só joga dessa forma. Como o Cruzeiro, como o Vasco jogou. E faz isso melhor do que o Vasco fez. É claro, faltou o Luan, nosso craque, responsável por abrir espaços, que Pedro Rocha também fazia com sua movimentação. Temo por Luan ficar sobrecarregado agora em sua função. A bola simplesmente não chegou no Barrios ontem, e se isso se repetir jogaremos sempre com um a menos em relação ao adversário. Jogo difícil meus amigos. As chances de títulos são reais nas 2 competições pois o Corinthians não voltará a ganhar jogos seguidos, pois não sabe jogar contra retrancas. O Grêmio sofre contra elas, mas eventualmente ganhava. Muito devido as assistências e gols de Pedro e de Luan. Ficamos com um apenas, o melhor jogador do brasil. Minhas esperanças estão em Arroyo para função. Se ele não der certo. Começo a acreditar menos em um título esse ano. Será que to louco?

    • Ilgo Wink

      Loucos todos nós estamos, rsrs
      Eu começaria com o Éverton pela esquerda

  • Paula Tejando

    Como faz falta o bolanos e o gata fernandez nesse time, pior que os dois pediram pra sair e não queriam permanecer de jeito nenhum.
    Acorda Direção do Grêmio!!!

    • Rezende

      Os dois atletas perceberam que o Renato SIMPLESMENTE não gosta de estrangeiros, dá milhares de chances ao Fernandinho, arma um jogo que isola o Barrios no ataque e só ATURA de gringo o Kannemann (mas sonha com uma dupla de zaga Geromel e Bressan secretamente).
      Não deu quase nenhuma chance ao Miller Bolaños e NENHUMA ao Gastón Fernandez (contratado como substituto do Douglas).
      Vamos ver quantas chances o “Professor Cascudo Nacional” dará ao Miky Aroyo até o fim da temporada.
      Sugestão para 2018 para a diretoria gremista: SE renovar com o Renato, favor não gastar o dinheiro do Grêmio contratando mais jogador estrangeiro….

  • GremioSempre

    Grêmio perde e saem todos as ruas,becos e esquinas, impressionante . Vou ali tomar um anti azia e já volto.

  • Cuca Beludo

    O que se previa aconteceu. Santos aplica 2 no Corinthians e o Botafogo idem no Flamengo.
    As opções do Renato não funcionaram e o cavalo passou com os arreios sem cavaleiro…
    Agora vão ter de jogar o que puderem ou vão voltar com um sorriso amarelo e 1001 justificativas vazias.
    Claro que já há alguns oficialistas aplaudindo terem chegado até aqui.
    São os que aplaudem diretores e treinadores e não o Clube.

  • Pedro de Lara

    O que eu mais lamento é que esse parecia ser o ano da “tempestade perfeita”. Padrão de jogo consolidado, jogadores inteligentes e ambiciosos, grupo qualificado (para os padrões brasileiros), os bruxos-chinelinhos-barbados de fora, financeiro em dia, comissão técnica robusta, treinador, aparentemente mais …vá lá…, maduro, adversários ‘batíveis’, co-irmão no fundo do poço, ….
    E poucos motivos pra não acreditar. Entre eles, a presença de um dirigente boca mole que entregou as chaves do vestiário e as decisões institucionais para um reconhecido profissional que usa a LEI DO MENOR ESFORÇO sem a menor cerimônia.

    Ano que vem, voltam os barbados, renova-se Fernandinho, Leonardo Moura, Bressan como titular (ai, meu Deus!!). Vão-se Arthur, Luan, Barrios, quem sabe Ramiro (o que está acontecendo com o Ramiro??),…
    O modelo de jogo será contestado. As contratações voltam a ser apostas,…

    Crônica de uma morte anunciada.

    Sei lá. Bateu um desânimo.

  • Mauro

    A impressão que fica é que o Grêmio entrou em campo sábado com o seguinte pensamento: “vamos entrar com os titulares para a torcida não ficar enchendo o nosso saco, mas não se esforcem muito, ganhem ao natural”. Deu no que deu. Aquele jogo contra o Cruzeiro, em BH, jogando fechadinho, a não fazer, com o 0x0 debaixo do braço, me deixou com um mau presságio para o resto do ano. Vou continuar torcendo, claro, quero muito ser tricampeão da américa, mas estou com as barbas de molho, BEEEEEEM de molho.

  • Alexandre

    Preocupante é a palavra correta. O Grêmio não conseguiu criar perigo ao fraco time do Vasco, abusando de cruzamentos e chutes de fora. Além do mais, deixou muito espaço nos contra-ataques, inclusive no gol deles (onde andava o Cortês?).
    Tudo isso é preocupante, pois o Botafogo joga nesse mesmo estilo, se defendendo e saindo em velocidade, mesmo em casa, mas com o diferencial de ser uma equipe mais bem organizada que o Vasco.
    Ainda tenho dúvidas com respeito ao substituto do PR. Penso que o Renato deveria inverter Ramiro e Fernandinho de lado, uma vez que ‘dinho é muito mais perigoso jogando pelo lado direito, onde pode cortar para o meio e chutar de pé esquerdo.

    • Rezende

      O Cortez subiu para o ataque e como o Fernandinho não é o Pedro Rocha para recompor a defesa ficaram os dois batendo boca no ataque EM DR. E o Kannemann tomou “una PELOTA en la espalda”…

  • Fabio Scheffer

    O meu temor é que o melhor momento do Grêmio tenha passado.
    A gente sabe que o futebol é dinâmico e a hora certa pra se arrancar é no ultimo terço dos campeonatos, e para isso é importante ter fôlego.
    Espero que possamos fazer um bom jogo contra o Botafogo, e com a volta do Geromel e talvez do Luan, possamos trazer um resultado que seja uma vitória ou no minimo um empate.
    E assim, não é querer jogar a responsabilidade em cima de um jogador até pq ele por mais ruim que seja não comprometeu nos últimos jogos.
    Mas vocês notaram que foi só o Bressan entrar no time que tudo começou dar errado !!!
    Porra o cara é um baita azarado e sua simples presença contamina o time.
    Sorte nossa que o Geromel tá voltando.

    • Diogo S

      Ter que engolir o Bressan de capitão…é dose. E agora a cantilena de que ele “se recuperou”. Discurso empurrado pra torcida. Ele tem o fracasso na paleta, voltou e já saímos de uma competição com ele. E isso em 2017!

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Bem lembrado, Diogo, é apenas um quebra-galho, nunca uma solução.

  • Luis Augusto Waschburger

    Tem algumas coisas que eu realmente não consigo entender.
    O próprio Renato “recuperou” o Fernandinho. Conseguiu dar alguma utilidade pra um jogador que muitos consideram um peladeiro, inclusive eu.
    Mas pra isto, ele tem que jogar pela direita! O Renato sabe disto.
    Então, por que raios o Fernandinho jogou o tempo todo aberto na esquerda?
    Leo Moura até tenta, mas não é capaz de dar a criatividade e/ou velocidade na transição.
    Hoje o Grêmio não tem substituto para Luan.
    Léo Moura agrega muito mais qualidade na LD do que no meio, já que o Edilson é esforçado, “valente, aguerrido e bravo”, e só.
    Com o Luan no time, temos chance, eis que assim, talvez, Barrios não fique isolado lá na frente rezando pra que alguém acerte um cruzamento.
    Meu time pra quarta: Grohe; Leo Moura, Kannemann, Geromel e Cortez; Kaio, Arthur, Ramiro e Luan; Everton e Barrrios.
    Se ele optar pelo Fernandinho, que seja pela direita!

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Dr. Luis Augusto, mesmo que alguns não gostem de ler isso, é visível que existe um desgaste em setembro, mas eu confio amplamente nesse time até o fim do ano:

      Marcelo Grohe, Edilson ”ou” Léo Moura, Geromel, Kannemann e Cortêz.
      Michel, Arthur, Ramiro, Luan, Arroyo e Bárrios
      .

      Precisamos recuperar Ramiro, e não vejo o Fernandinho nem Éverton ou Beto Silva titulares, pois os dois primeiros sempre entram bem na metade do 2º tempo e teremos ainda a volta do Douglas.

      Luis, foi evidente que contra o Vasco o time tirou o pé (também não gostei disso), pois não recebemos nenhum cartão amarelo, se bem que este time do Renato comete poucas faltas, e era quase certa a vitória do Santos no domingo. Que pena.

      • Luis Augusto Waschburger

        Sim.
        Eu coloquei o Kaio porque, se não me engano, o Michel não joga contra o Botafogo.
        Em tese, também prefiro o Arroyo à Fernandinho e/ou Everton.
        Mas o cara chegou agora, tem que entrosar e ganhar a titularidade na bola.
        Parece que, ainda, tanto Everton quanto o Fernandinho estão na frente pela vaga do PR32.
        O que não dá pra engolir é este time pachorrento que jogou contra o Vasco.
        Luan faz toda a diferença.
        É o único com criatividade pra fazer a transição e jogar perto do Barrios.
        Quanto ao Fernandinho, contra o Sport iniciou jogando e fez 2.
        Acho lenda esta história de “rende mais no segundo tempo”
        A real é que contra o Vasco estava mal posicionado em campo.
        É Everton na esquerda ou Fernandinho na direita.
        Ramiro realmente faz algumas partidas que anda mal.
        Quem pode jogar por ali?
        Patrick? Dionatã?

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          Por isso que citei acima que esse é meu time ”até” o fim do ano, mas Michel está fora contra o Botafogo pela expulsão do 2º amarelo no jogo com Godoy Cruz e Renato deve ir com o Kaio em seu lugar porque Christian só pode ser inscrito na outra fase.

          Amigo, entre Patrick e Dionathã acho que na posição do Ramiro tem mais chances o Jean Pyerre por ele ser um meia alto, de bom toque, passes e condução de bola, pois Dionathã é atacante e o Patrick é um meia atacante que chega muito na frente e finaliza, e todos com bom futuro. Aguardemos.

  • Rezende

    O Grêmio já doou nesta última década um Brasileiro para o São Paulo (11 pontos atrás ao fim do turno) com Celso Roth e uma ridícula diretoria de futebol Gremista que se recusou a contratar qualquer um no returno, um centroavante mixa de ofício, só para economizar.
    “Acho que conseguiremos o Brasileirão sem um novo centroavante de ofício” um mata-burros qualquer que tivesse feito 4 ou 5 gols no segundo turno teria sido suficiente para o Grêmio ter sido campeão em 2008.

    Desta vez contra toda lógica o Grêmio se recusa terminantemente a possuir uma CORNETA DE OURO, PLATINA E CRAVEJADA DE DIAMANTES.
    Um artefato místico, sagrado e precioso.
    INSUBSTITUÍVEL E INSUPERÁVEL !!!
    Ser o PRIMEIRO CAMPEÃO GAÚCHO NO BRASILEIRO na era dos pontos corridos !!!!
    E os vermelhos na SEGUNDONA assistindo a conquista pelo PPV!!!

    Vejam BEM os senhores Gauchão, Copa do Brasil e Libertadores TEM TODO ANO !!!
    Gauchão vencemos em 2010, Copa do Brasil vencemos ano passado e a Libertadores em 1995.
    O Brasileiro antigo vencemos em 1996 MAS NUNCA um Brasileiro na nova era dos pontos corridos (como o nosso adversário local).

    ENGRAÇADO graças ao político presidente e a diretoria, e com o técnico de esforço mínimo, a única competição com prioridade mais baixa que o Brasileiro foi a Primeira Liga.
    TUDO o mais foi mais prioritário que o Brasileiro, o mais ganho da história gremista.
    OUSO dizer QUE com a quantidade de partidas JÁ DESPERDIÇADAS neste brasileiro, que se o Grêmio ao final da competição não for campeão por menos de 7 pontos, é um campeonato que o GRÊMIO não quis e doou o título por não entender o que é prioridade DE VERDADE numa perspectiva HISTÓRICA além da mera temporada corrente.

    Um título BRASILEIRO no ano que o ARQUI-RIVAL está na SEGUNDONA é uma CORNETA IMORTAL.
    Eles tiveram duas chances e não conseguiram esta FAÇANHA.
    O GRÊMIO DEVERIA ter dado a MÁXIMA PRIORIDADE ao Brasileiro este ano e atordoado os VERMELHOS o ANO INTEIRO com esta perspectiva.
    IMAGINEM se o Grêmio tivesse assim procedido, qual seria o resultado ???

    O PRESIDENTE não entendeu isso, ODORICO não compreendeu isso e RENATO e seus cansados Bluecaps cascudos nem sabem do que EU estou falando.

    SE o Grêmio APESAR dos listados acima for Campeão Brasileiro este ano, meu ANO e o resto da minha vida de torcedor GREMISTA estará SALVA…

    Se o Grêmio DOAR o segundo título brasileiro nesta DÉCADA para um outro clube paulista ESTE ANO, passarei o resto da vida LAMENTANDO E CHORANDO a PERDA IDIOTA desta CORNETA IMORTAL…

    SE por causa deste ERRO PATÉTICO de prioridades do Grêmio, eventualmente for perdida esta chance imensurável, os vermelhos voltem a série A e sejam no futuro campeões brasileiros em pontos corridos antes do Grêmio….

    NADA ME CONSOLARÁ…

    • wilson santos

      Além disso, é o único título grande em que os cocôs nos supera.
      Ele não teriam nada para nos tocar uma flauta.

      Infelizmente a direção gremista e o treinador Renato tiveram um pensamento equivocado ao afirmarem que a CB era um caminho mais fácil para o título.

      É um caminho mais curto sim, mas nas copas sempre tem zebras, nem sempre o melhor ganha.
      Por outro lado, no BR de pontos corridos, o melhor time sempre ganha, não há espaço para zebras.
      Sim, eu ainda acredito que temos o melhor time.

      Dificilmente teremos outra oportunidade tão clara para vencer um BR, os clubes do eixo Rio/SP vão continuar dominante, somente o Cruzeiro, de fora do eixo, conseguiu tal proeza.