Ainda mato um técnico, mas não é o Renato

Felizmente, a escalação que era anunciada com Lúcio jogando de volante ao lado de Adilson não foi confirmada. Resultado: 4 a 2 em cima do São Paulo.

Renato manteve o esquema com três volantes, o que venho defendendo aqui há muito tempo e que foi usado contra o Atlético Mineiro. Improvisou o zagueiro Wilson, que ele conhece bem, como primeiro volante, adiantando Adilson e completando com Lúcio. Douglas, assim, ficou mais livre para criar.

Foi com essa formatação que Silas viveu seu melhor momento no Grêmio. Era Adilson, Maylson e W. Magrão. Fora disso é invenção.

Renato, portanto, está mostrando que não é como Silas: sabe por que ganha, e sabe por que perde.

Fora isso, Renato mostra também que é criativo. Gosto de técnicos com criatividade, que ousam, mas desde que em cima de um esquema que privilegie o sistema de marcação.

Posso estar enganado, mas acho que foi a melhor partida do Grêmio. Forte na defesa, consistente no meio e efetivo na frente. No segundo tempo, ao contrário de outros jogos, não houve maiores sobressaltos. Ninguém morreu do coração. E isso é um ótimo sinal. Um sinal de que o time está se consolidando, e isso começa com a definição, finalmente, por um esquema com três volantes.

No final, Renato declarou que demorou um pouco, mas achou o esquema adequado. E o esquema adequado, amigos, é esse que defendo há horas: três volantes. Os nomes a gente vê depois. Mas ainda prefiro Adilson, Maylson e W. Magrão (ou F. Rochemback).

Além de resgatar a auto-estima da torcida e do próprio time com a vitória dentro de casa, e sobre um time forte como o SP, o jogo serviu para dar mais moral para o centroavante André Lima, que agora só tende a crescer.

Quando Jonas ia mal do Grêmio, a ponto de ficar na reserva do decadente Alex Mineiro na Libertadores do ano passado, eu dizia aqui que ele precisava de sequencia, de alguns gols, para ganhar moral, porque talento sempre teve.

Centroavante sem moral, sem auto-confiança, não existe. Morre por falta de gols.

Gostei também o Gilson na lateral-esquerda. Acho que deu por Fábio Santos.

Paulão na zaga foi soberbo. Gostei também do Wilson como cabeça de área. É uma alternativa. Méritos do Renato.

A criatividade que Renato tinha como jogador, mantém como técnico. É só cuidar para não cruzar a linha que pode torna-lo um inventor.

A meu ver foi pênalti do Paulão, que enfiou a perna no Marlos. Também foi Pênalti do Cléber, que tocou o braço na bola de propósito.

Registro ainda a falha de Ceni no gol de Diego Clementino. E isso que o pai de Ceni não é gremista, é colorado.

SAIDEIRA

O Inter levou 2 a 0 do Palmeiras. O time estava desfalcado, jogava fora de casa. Natural a derrota. O problema é que Renan falhou de novo. Justifica, assim, a angústia dos colorados. O Inter não tem um goleiro realmente confiável. Agora entendo porque muitos colorados, todos que conheço, gostariam de ter Victor. Bem, aí só daria Inter no futebol mundial e interplanetário.
Ah, os secadores do Felipão começam a morder a língua.

Se gostou, compartilhe!

  • Ainda mato um técnico – a cor é magenta. Só para não falar….
    Melhor seria em azul ou verde o título. kkkk

  • Marlos ciscou, mas numa batida seca botou fora do alcance do Victor. Não criou mais por falta de companhia no ataque. Bom jogador, mas necessita controlar o peso ou vira um Neto.
    Do Grêmio Renato com Magrão e Maylson mais Adilson faz um meio liberando Douglas na criação. Aliás, Douglas pegou forte no Richarlyson devendo levar vermelho. Lúcio parecia um guri de 18 nas arrancadas. Jogar contra time grande faz diferença. Paulão agradou a galera e Clementino pode ser opção. Finalmente André marcou. Agora é agüentar o choro da Beira d’água com o goleiro e mais alguns… É validade vencendo. kkkkk

  • David

    Falasse no Silas. É incrivel como esse cara é um babaca com as palavras e atitudes. Me lembro ano passado no Avaí dele deixando o clube na penultima rodada pra fazer um estágio no Real Madrid. Depois aqui fez aquela cagada monstra de dizer que ja amava mais o Gremio que o Avai. Perdeu toda consideração da torcida avaiana. Depois deu declarações bizarras aqui como da barreira, que rebaixamento não era tudo isso e outras. Foi pro Flamengo com o mesmo discursinho que pra ficar marcado tem que ganhar algo, e agora solta essa contra o Jean. E isso que foi boleiro. Esse cara só pode ter um problema.

    Antes de pegar um clube novo, eu sugiro a ele um psicologo, sei la quem, que oriente o sujeito melhor nas palavras. Por que assim nao vai longe.

  • Ilgo, grande jogo ontem. A torcida tava precisando disso. Há tempos não via tanta festa nas arquibancadas.
    Discordo contigo que o Gremio teve 3 volantes. Lucio, lateral esquerdo, atuou como meia. Tanto que caía pelo lado esquerdo, quase como ponta, as vezes. No meu ponto de vista jogamos no 4-2-2-2.

    PS: que estrela tem esse clementino hein, pelo amor de deus!

    Abraços.

  • Anonymous

    Vamos brigar na justiça e correr riscos pelo Viçosa?`
    É craque esse Viçosa!!!
    Craque com 21 anos que só agora apareceu p/ futebol!!!
    Palmeiras não queria ele, só notícia de empresario.

  • ÉTICO? HAHAHAHA

    Menos aqui, aqui o blogueiro cheio de princípios “éticos e morais” não viu nada de erradona censura, na mordaça, blá, blá do PARTIDO DELE.
    ____________________________________________
    Censura de Beto às pesquisas vira manchetes nacionais

    Ivan Santos/Jornal do Estado – O inédito “apagão de pesquisas” eleitorais no Paraná, provocado pelas seguidos pedidos de impugnação do candidato do PSDB ao governo do Estado, Beto Richa, ganhou terça-feira as manchetes dos principais veículos de comunicação do País, e críticas de entidades de defesa do direito à informação. Desde 16 de setembro, quando foi divulgado um levantamento do Datafolha, nenhuma pesquisa sobre a disputa pelo governo pode ter seus resultados conhecidos pelo eleitorado, graças à ação do candidato tucano, que alega problemas de metodologia nos levantamentos. A notícia ocupou cerca de cinco minutos na edição de ontem à noite do Jornal Nacional – telejornal de maior audiência do País – na Rede Globo. Na reportagem, a emissora destacou que as ações de Richa contra as pesquisas coincidiram com o momento em que ele viu sua vantagem inicial em relação ao principal adversário, Osmar Dias (PDT) se reduzir, aproximando-se do empate técnico, e indicando uma tendência de virada na disputa estadual em favor do pedetista… (leia mais)

  • ÉTICO? HAHAHAHAH

    A reportagem do jornal “Folha de S. Paulo” divulgou nesta manhã a informação de que o ministro Gilmar Mendes teria recebido uma ligação do presidenciável José Serra (PSDB), momentos antes de pedir vista e interromper a análise da obrigatoriedade de dois documentos para votar.

    O STF julgava uma ação do PT que pede a derrubada da exigência e o placar já estava em 7 a zero quando o ministro pediu mais tempo para análise. A obrigatoriedade dos dois documentos é apontada por tucanos como um fato a favor de Serra, uma vez que a maior parte do eleitorado de menor renda e escolaridade está com Dilma Rousseff (PT).

    Segundo o site da Folha, o candidato tucano foi ouvido por repórteres quando pediu para o assessor ligar para Mendes, por volta das 14h de ontem, enquanto ocorria a votação. Ambos negaram que tenham conversado. Mendes disse à Folha que pretende dar seu voto ao Supremo nesta tarde. Se o julgamento da ação não for definido antes das eleições, segue valendo a obrigatoriedade dos dois documentos na votação.

  • Anonymous

    Que Maylson, acorda Ilgo!!!

  • I signed up to your blog RSS. Will you post more about this subject?

  • thanks, I believe your visitors could possibly want significantly more content pieces similar to this carry on the excellent get the job done.