Minha maneira de ajudar o Grêmio

Há muito tempo eu aprendi que boa parte das pessoas leem o que elas querem ler, não o que está realmente escrito.

Quando abri este ‘boteco’, foi com o objetivo de ter um meio para expressar publicamente o que penso sobre várias coisas, especialmente sobre tudo o que envolve o Grêmio, e aí ampliando para as questões do futebol em geral.

Inclui-se aí análise da crônica esportiva gaúcha, alertando para eventuais afloramentos de torcedor que existe em cada jornalista, o que é inaceitável a quem se diz isento.

É claro que que os frequentadores do boteco são em número infinitamente inferior ao atingido pelos cronistas esportivos profissionais da grande mídia, tanto repórteres como comentaristas.

Mesmo assim, expresso minha opinião e aponto excessos de cor clubística, em especial a cor vermelha, que é maioria no meio e mais atuante, principalmente quando o Grêmio começa a se assanhar para conquistar algum título.  É o caso hoje.

A rivalidade é tão exacerbada no RS que até outras forças se erguem no momento em que o Grêmio luta para tentar o tri da Libertadores.

Nem o fato de o Grêmio ter um treinador que comete erros sobre erros e tem um comportamento deplorável como o que mostrou no Chile, ao sair de campo com um sorriso debochado no rosto causando aquela confusão, conforta e acalma as forças oponentes.

Com a classificação alcançada ainda sem jogar um futebol que indique que irá muito adiante na Libertadores – apesar de estarmos chegando ao quinto mês do ano -, é certo que aumentará o número de pedras e espinhos vermelhos no caminho gremista, como se não bastassem os problemas existentes na alma do clube.

Agora, o que me levou a escrever essas mal traçadas neste sábado ensolarado, são os comentários do texto anterior, no qual digo que o Grêmio ganhou a vaga apesar so sr Luxemburo, completando uma campanha constrangedora para o grupo de jogadores que possui.

Não resta dúvida de que o Grêmio foi valente, guerreiro, como todos nós queremos, mas o futebol do time continua insuficiente para quem entrou na competição projetando o título. O presidente Fábio Koff não investiu tanto para ser um mero figurante.

A classificação deve ser comemorada por todos os gremistas. Eu comemoro, mas lamento que o time ainda não tenha um padrão de jogo, uma estrutura definida, organização tática. Lamento também não ver no sr Luxemburgo o comandante capaz de melhorar essa situação.

Gostaria muito de escrever o contrário. Que acredito no treinador, um dos profissionais do futebol de maior sucesso no Brasil em todos os tempos, mas que há anos acumula resultados negativos à beira do campo, não em outros empreendimentos.

Mas, como frisei no início, abri este espaço para escrever o que eu sinto, mas sempre deixando abertas portas e janelas para quem quiser se manifestar contra os meus conceitos e ideias.

Só não aguento patrulha de torcedor sem senso crítico. Existe a hora de torcer; existe a hora de avaliar.

Quando escrevo aqui não estou torcendo. Estou analisando, certo ou errado, não sei, mas é o que penso, com honestidade, sem ligar para nomes – fosse o Felipão a substituir dois de uma vez, sendo que um dos que entrou é um jogador que me faz sentir saudade do Leandro, levaria pau da mesma forma.

Então, quem pensa em encontrar aqui uma opinião ufanista, oba-oba, esqueça. Tampouco vou ser omisso. Não consigo. Tenho mania de me posicionar.

Sempre fui assim, em especial como jornalista esportivo.

Quando escrevi uma coluna no Correio do Povo, muito tempo atrás, dizendo claramente que sou gremista – já não aguentava mais gente dizendo que eu havia escrito isso ou aquilo porque era gremista ou colorado – fiz questão de concluir o texto dizendo que antes de ser gremista ou sou uma pessoa que pensa e e que gosta de expressar o que pensa, e que meu maior compromisso não é com o Grêmio ou qualquer outra coisa.

É com a minha consciência.

Então, enquanto em entender que há coisas erradas no Grêmio, vou criticar. Estou convencido de que apontar falhas e enaltecer acertos é uma forma de contribuir com o meu clube. Assim como ironizar a atuação dos bombeiros na interdição da Arena.

Enterrar a cabeça num buraco como avestruz não é comigo.

Podem me acusar de tudo, menos de omisso e ufanista. Podem até me chamar de corneteiro.

Mas essa é a minha maneira de comentar futebol e ajudar o Grêmio.

Se gostou, compartilhe!

  • MAZEMBIANO

    Parabéns mais uma vez Ilgo é assim de que deveriam ser todos os nomes da imprensa esportiva e principalmente se declararem seus clubes, ficariam muito melhor!
    Quanto a opinião, as pessoas tem raiva de quem analisa o contexto só sabem ver o resultado e daí se o fracasso acontece não sabem porque e começam a criticar tudo e a todos, acham que futebol é mágica e que só torcendo e fazendo rezas o time vai chegar lá e esquecem que tem que ter uma coisa, futebol! Ao meu ver com Luxemburgo, que desde o início era contra a sua contratação, acho que falta pra ele é ambição…gostaria de dar chance para outro técnico do interior como o Grêmio sempre fez no passado, pagando menos e com gente que quer conquistar seu espaço no cenário…eu como qualquer outro torcedor quero muito que o Grêmio ganhe, mas por isso não tenho que achar que tudo que acontece depois que o time alcança os objetivos está certo e que o tombo la na frente seja certo…e como você diz, aqui é um espaço para as pessoas colocarem suas opiniões, mas sempre tem gente que entrar só pra criticar a opinião de outros, mas a sua eles não sabem dar, ou tem medo de dar…

  • Francisco Coelho

    MAZEMBIANO; o que não falta ao Luxa é ambição…
    Ambição de ser presidente do Flamengo, de ser senador, de vender os melhores vinhos, pois entende mais que um enólogo, ser o mais elogiado pela critica, provocar como o fez com o Palmeiras dizendo que se classificou por enfrentar timinhos, ironizar com os caras do Huachipato e depois fugir correndo e sair ileso, mas virou piada com a queda. São muitas as ambições do Luxa e a principal é fazer com que o Grêmio jogue colocando quem quer para ser finalmente CAMPEÃO DA AMÉRICA. Provavelmente ambiciona um jatinho novo, mas pelo andar da carruagem e para nosso profundo pesar como gremistas que somos não vejo como ser campeão em 2013 sem uma mudança de pensamento e escolhas. Já senti o dedo ou a mão do Koff com a inclusão dos Bitecos em detrimento de mais alguma indicação do Luxa. Ilgo e MAZEMBIANO; parabéns pelos textos.

  • Marcos Agostini

    Belo texto mais uma vez Ilgo.
    A minha maneira de ajudar o grêmio é assim:
    http://www.youtube.com/watch?v=1ORxv7j6jrY

    Aproveita e assisti. Se puder e gostar, divulga no blog, por favor.
    Nem sempre é facil fazer videos e não ter a divulgação necessária!

    abraçao!
    dia 01 estarei na Arena! vamo lá!!!

  • Leandro

    Ilgo,

    Parabéns pelo texto e pela costumeira sinceridade em expressar o q pensas sobre o nosso Tricolor. Igual a ti, também penso q apontar equívocos, dar sugestões e aplaudir boas iniciativas é um bom meio de contribuir com o Grêmio. Procuro fazer isso lá no Conselho. Não gosto de omitir, por isso pedi, como relator, a reabertura do caso dos cheques ISL. Não compactuo com impunidade e irresponsabilidade. E agora, mesmo apoiando Koff, pedi ao presidente q não renovasse com o Sr. Luxemburgo. Infelizmente, mantiveram o treinador que, além de receber uma fortuna de salarios, não ganhou nada ano passado. Continuamos refém de alguém que desconhece o DNA do Gremio. Mas vamos em frente. Temos muitas batalhas até o Tricolor retomar o caminho das vitorias. Abraço.

    Leandro Vidal Nogueira Twitter: @vidalnogueira

  • RW

    Eu cncordo que Luxemburgo está mal.
    Não tenho dúvida disto.
    É preocupante?
    Sim.É preocupante.
    Mas acho que estão superdimensionando a questão Luxemburgo.
    Os treinadores erram muito.
    Vou citar 2 exemplos.
    Gosto muito do Mano Menezes.
    Mas Lucas e Anderson não estavam na fotografia da Batalha dos Aflitos.
    Mano fez tudo para perder aquele jogo.
    Mal escalado e mal concebido o Gremio implorou para perder nos Aflitos.
    Mas tenho que considerar que Mano fez um bom trabalho.
    Ouvi ontem um torcedor do Gremio pedindo Renato Portaluppi.
    Me disse ” que com Renato o Gremio não perderia para o Caracas”
    Lembrei para ele que perdemos para os reservas do LANTERNA Oriente Petrloleiro da Bolivia em 2011 por 3X0.
    Naquele jogo inventou Gabriel no meio-campo.E insistiu nesta burrada por várias paritdas
    Trouxe 2 bruxos para oa Libertadores de 2011 (rodolfo/Carlos Alberto) que compremeteram o Gremio.
    Botava Mário Fernandez no banco.
    Repito.Luxemburgo está mal.
    Mas vejo uma intolerância com ele….que não vi em outros treinadores.
    Abraço

  • Rodrigo

    Mazembiano: Pra teu governo eu não tenho medo de dar opinião e muito menos medinho de Ti, tu pode citar o meu nome quando quizer mandar recadinhos irônicos.

  • Ricardo de Cruzeiro

    Parabens pelo franco comentário,Ilgo.Se alguns botequeiros soubessem a dimensāo do teu gremismo te ouviriam com mais atençāo.Mas…por isto que menor e bebida nāo dá coisa boa kkkk.

  • MAZEMBIANO

    Pô Rodrigo meu fã, não bota o chapéu tão rápido assim cara! Confesso que nem me lembrava de como tu tem importância…vai cortar uma grama cara!

  • O RW sacou o pensamento e analise da maioria dos tricolores. Temos a obrigação de interpretar mas aceitar. Reafirmo não nos dispersemos e muito menos briguemos entre nós. È tudo que a IVI quer e tenho tido pesadelos com as fotos dos membros da IVI no blog do Corneta.Pensem temos que continuar a ampliar a cobertura destes blogs tri co lo res, tri campeones dela América e a meta é cada tricolores deve informar mais tres(tre) tricolores amigos de suas relaciones.

  • Francisco Coelho

    Em semana ruim, Vasco dá adeus ao carioca com derrota por 1 a 0 para o Madureira. Que papelão né Dinamite e Paulo Tartaruga Autuori.
    A situação do Vasco que vendeu DEDÉ para poder dar de comer aos funcionários é semelhante à de alguns clubes onde a administração se serviu. Tem outros com caixa e folha alta que estão em situação semelhante por falta de COMANDANTE… Qualquer semelhança não é mera coincidência…
    Caso alguém queira me criticar meu e-mail é chicoelho@pop.com.br, mas mande também seu nome completo e o endereço para provar que é MACHO. Assim posso visitá-lo…

  • Carlos Cesar

    É isto aí, ILGO. Time temos para tentar o título, mas o que está faltando urgente é treinador. O cara deve pensar que temos bombacha no lugar de cérebro. Vai enganar assim na p….Não estou entendendo o Dr. Koff?

  • Marcos

    Ilgo, te admiro e nao é de hoje. Parabéns pelo teu blog e, principalmente, por esse post. Se alguns esperavam encontrar um blog “cego”, mesmo que apaixanado pelo Grêmio, se enganaram. Torcer sempre, mas com os devidos pontos nos “Is”. O Grêmio até pode ser campeao dessa Libertadores e tenho certeza que quem é torcedor, quer isso mesmo, independentemente de ser “cego” ou nao. Mas deixemos claro, que, até agora, o time nao fez por merecer, muito por culpa do técnico que aí está. Isso nao quer dizer que nao acreditemos e nao queremos que o mesmo conquiste o título, mas por que nao apontar o que vemos de errado na conducao do time? Por que taxar quem critica o clube de “carangueijo” ou “corneteiro”? Isso é a ala raivosa e desbaratinada da torcida… contra quem eles têm que reclamar, se calam. Aposto que todos os dias acessam o site do ClicRBS e acreditaram que o Grêmio estava com os salários atrasados…

    Grande abraco,
    Marcos.

  • juca

    Excelente texto. Fico revoltado com o tamanho MIGUXISMO da nossa torcida. Tudo o que tem grife ou nasceu na Argentina é impassível de críticas, afinal, para eles, quem critica não é torcedor.

    Fosse, por exemplo, o Juarez com esse baita elenco que temos, os mesmos miguxos que defendem incondicionalmente o vendedor de vinhos, estariam pedindo a cabeça do treinador. Mas como ele já treinou o Real Madri…

  • Hillary

    Prezado Ilgo, sou fã do teu blog e quero te dar os maiores parabéns pelo teu post e ao mesmo tempo incluir os colegas de blog Maz.e F.Coelho pelo maneira serena, sensata e esclarecida de ver o futebol e principalmente nosso clube.Esta éa grande dificuldade q

  • Hillary

    Continuando: esta é a grande dificuldade que encontro e voces são testemunhas, em torcer para o GremIo na era Lw porque quem viveu a era ISl e os rebaixamentos, fica sempre com o pé atras quando vê tanto desperdicio de dinheiro, tanto jogador caro e ruim, sendo indicado e o pior, contratado, deixando de lado jogadores iguais da base ou do interior, com a grande vantagem de serem infinitamente mais baratos.Vejo menções ao jogadores que o Renato indicou mas todos eles com certeza, não custaram ao clube um décimo de qualquer um do indicados pelo “profexo”.
    O meu grande problema e me parece que é o teu também, que por motivos vários, nós não somos mais cegos, surdos e mudos a qualquer coisa que não sejam as vitorias ou a classificação mesmo que seja com as calças na mão(tipo esta)!!!

  • It as actually a cool and useful piece of information. I am glad that you shared this helpful info with us. Please keep us up to date like this. Thanks for sharing.